www.portaldosjornalistas.com.

br

Edição 863

12 a 18 de setembro de 2012

Lance investe em novo site de futebol internacional
n Depois da “timização”, isto é, uma reformulação nas páginas dos oito grandes clubes do Rio e de São Paulo no Lancenet e no impresso (ver J&Cia 861), o Grupo Lance agora investe num novo site de futebol internacional, dentro do Lancenet. Segundo Luiz Fernando Gomes, editor-chefe do grupo, “o princípio é o mesmo, ou seja, fazer do site uma referência indiscutível na cobertura das ligas europeias e no acompanhamento das seleções, exatamente no ano que antecede a Copa das Confederações e em que as Eliminatórias de 2014 já estão em andamento”. n O novo site já está na rede. Usa a marca Fut, da revista do mesmo nome, também orientada para futebol internacional. Entre as novidades, páginas exclusivas de cada um dos principais clubes de Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha, França e Portugal, um canal específico de vídeos internacionais, o espaço Fora de campo, que trata da vida dos astros do futebol mundial fora das quatro linhas, e a publicação, por meio de parcerias, de conteúdo dos jornais Olé (Argentina), As (Madri), Mundo Deportivo (Barcelona), Corrieri dello Sport (Itália), Record (Portugal e México), que, em contrapartida, recebem re-

gularmente material brasileiro do n O editor do novo projeto é RoLance. Em breve, estarão no site drigo Cerqueira, que já era editor a coluna FastFut, assinada pelo de futebol internacional do jornal. ex-editor da Fut Celso Miranda, Ele responde a Gomes, mas tem com informações de bastidores a supervisão do editor-executivo das principais ligas europeias; e Carlos Alberto Vieira e do editor um espaço significativo para blo- de Produtos Digitais Andre Alt. gs sobre o futebol internacional, A base é no Rio, com equipe parte produzidos pela equipe do formada por Thiago Correia, Lance e parte extraídos da comu- Raphael Martins, Leonardo nidade do L!Activo, a rede social Pereira e João Victor Xavier. do Lancenet. Luiz Fernando diz Segundo Luiz Fernando, com o que a nova proposta, além de crescimento do projeto e apoio de buscar conquistar os internautas patrocinadores, pode haver a conpela quantidade de informações, tratação de outros profissionais. “tem o objetivo de fazer jornalismo de profundidade, totalmente integrado ao diário, produzindo matérias bem apuradas, com pautas bem trabalhadas, que tragam 47861_2_AF_Selo_Jornalista_Cia_vr2.pdf 1 8/10/11 4:59 PM para a web um pouco do espírito da revista impressa”.

RELAÇÕES COM A IMPRENSA

(11) 5582-2572/7441/2578/9748/7442/8795 PLANTÃO DE ATENDIMENTO À IMPRENSA (11) 8644-0128 – tamimprensa@tam.com.br

Marion Strecker está de volta ao Brasil e Cassiano Elek Machado, à Folha. Álvaro Fagundes regressa ao Caderno Mercado do jornal e Rafael Cariello sai para a piauí
n Marion Strecker, co-fundadora do UOL e sua diretora de Conteúdo por 15 anos, deixou no final de agosto o portal e San Francisco, nos EUA, onde era correspondente, e está de volta ao Brasil. Diz ela que regressou por Nova York, onde começou a escrever um livro, “inspirada pela incrível reação dos leitores quando nos últimos meses passei a narrar em primeira pessoa e com certa dose de humor como me dei conta de que estava viciada em internet, na coluna que escrevo para a Folha de S.Paulo desde 2010”. Já aqui, assinou contrato com a Editora Record, pela qual o livro deve sair em 2013. Em paralelo, segue com a coluna na Folha. n Ainda na Folha, Álvaro Fagundes assumiu na última semana como editor-adjunto de Mercado, na vaga aberta semanas atrás com a ida de Gitânio Fortes para Poder. No jornal desde 2006, Álvaro retorna ao caderno em que já havia atuado até novembro de 2010, quando seguiu para Nova York como correspondente. Em seu retorno ao Brasil, em setembro de 2011, foi para Mundo, onde estava até agora. Ainda por lá, registro para o retorno de Cassiano Elek contratação de oito reforços e recorde da edição Comer & BeMachado, que já havia atuado na casa de 1996 a 2005. Depois passou por Trip, Piauí e Cosac Naify, além de ter sido curador da Festa Literária Internacional de Paraty, em 2007. Repórter especial, escreverá para os cadernos Ilustrada e Ilustríssima, além de colaborar nos trabalhos da Três Estrelas, selo jornalístico da Publifolha. n E Rafael Cariello, editorialista do jornal desde 2009, aceitou convite do editor-chefe da piauí Fernando Barros e Silva e começa como repórter na revista carioca em outubro. Na Folha há 11 anos, onde entrou como trainee, em jaC M Y CM MY CY CMY

neiro de 2002 Rafael foi contratado como redator de Política, passando depois a repórter de Política e de Cultura, editor-interino do extinto caderno Mais e correspondente em Nova York. Voltará a trabalhar com Fernando, seu ex-chefe em J e Cia - Premio Festa.pdf Política da Folha, que assumiu a edição da piauí no início deste ano.

1

Abril promove mudanças em Veja São Paulo e Veja Rio
n Veja São Paulo anuncia novo site, integração com impresso,

ber. No Rio. Maurício Lima passa a publisher da Vejinha. (pág. 2)
K

Prêmio Jornalistas&Cia/HSBC de Imprensa e Sustentabilidade: com recorde de 1.073 inscrições, trabalhos começam a ser analisados pela Comissão de Seleção (pág. 8)

Medicina e Saúde Imprensa: (11) 3897-4122

/jornalista @jornalis

secia

tasecia

Edição 863 Página 2

Mudanças eM Veja são Paulo e Veja Rio

Veja São Paulo anuncia novo site, integração com impresso, contratação de oito reforços e recorde da edição Comer & Beber
n A Veja São Paulo prepara a estreia de um novo portal, prevista para o final de setembro, e uma integração total entre as redações de impresso e digital. A mudança começa em casa, com alguns profissionais da própria redação. O editor Marcelo Ventura, por exemplo, já coordena o Roteiro da Semana na versão impressa e será também o responsável pelo editorial do site, enquanto Mariane Nishihata responderá pela parte de produto. Ambos se reportam à diretora de Redação Alecsandra Zapparoli, subordinada ao diretor n Maurício Lima, diretor de Redação da Veja Rio, acaba de assumir também a direção da área Comercial, no recém-criado cargo de publisher da revista. Maurício ingressou na Abril em 1997 pelo Curso Abril de Jornalismo. Foi repórter e editor da Veja, e editor-executivo da Exame até 2009, quando passou a responsável pela Veja Rio. Trabalhou nove anos em São Paulo e voltou ao Rio há três, pouco antes do anúncio das Olimpíadas. editorial de Veja Cidades, Carlos Maranhão. n Para fazer frente às mudanças e ampliação do alcance editorial da marca, tanto no impresso quanto no digital, Veja São Paulo reforçou a equipe. Retorna à casa, por exemplo, Rachel Verano, que, depois de uma temporada de sete anos no exterior e uma rápida passagem pela Globo Condé Nast (onde foi editora de Cultura e Lifestyle da Glamour), assume a edição de Veja São Paulo. Ela substitui a Claudia Jordão, que deixou a revista há dois meses para tocar projetos pessoais.

Após sete anos no exterior e passagem pela Glamour, Rachel Verano retorna à Abril para editar a revista; para o site, chega Adriana Ferreira, vinda da Folha

n Também passa a integrar a equipe Adriana Ferreira Silva, após 12 anos de Folha de S.Paulo, onde foi repórter, editora do Guia da Folha e editora assistente da Ilustrada. De lá também vem Milena Emilião, repórter do Guia. Do site Glamurama chega a repórter Juliene Moretti. Também foi contratada Carolina Romanini, ex-Veja e ex-Peixe Urbano. Do MSN vem Diego Maia, que assume como editor de Mídias Sociais. Para assumir a edição de Arte do site volta à editora Renata Aguiar, que já atuou na revista Recreio e no site Abril.com – esmente, permanece a característica como guia de entretenimento e lazer, mas agora abrangendo outras áreas que impactam o carioca, como segurança e economia. Um importante investimento está previsto para junho do próximo ano: a ampliação da área de internet, com a contratação de cerca de 20 profissionais – hoje há cinco pessoas na equipe. O objetivo é buscar novos leitores, ampliando os assuntos tratados e veiculando parte da cobertura em inglês.

tava, recentemente, no Estadão. com. Como analista de produto do site foi anunciada Fernanda Grumach, que passou por R7 e Ogilvy. Até outubro devem chegar outros profissionais. Recorde histórico – n Em paralelo, a revista lança neste sábado (15/9) a 16ª edição de seu especial Comer & Beber, que bate o recorde histórico de páginas (652 no total) e de anúncios (309). São 1.310 endereços de restaurantes, bares, comidinhas e vinhos. Ele também estará disponível no iPad e em aplicativo para smartphones. n No novo cargo, Maurício passa a se reportar ao diretor Comercial de Administração da Unidade de Negócios Veja Cláudio Ferreira. Andrea Veiga, gerente de Vendas de Publicidade que atende Veja Rio, responderá diretamente a Maurício. Em termos editoriais, ele continua ligado a Carlos Maranhão, diretor Editorial de Veja Cidades. Na revista, acumula por enquanto as antigas funções e, para isso, conta com a ajuda do editor-chefe Daniel Hessel Teich.

Maurício Lima passa a publisher da Veja Rio

n A proximidade dos grandes eventos e a crescente importância da cidade em termos culturais, turísticos e de negócios levou a revista a acompanhar essa mudança, ampliando seu escopo. Veja Rio deve adotar uma postura mais agressiva para expor a marca e já lançou a campanha Sou fã, seja fã você também, criada pela McCann. A veiculação começou nas revistas da Abril, nas ações em eventos como o ArtRio e na orla, e deve chegar à televisão. Editorial-

São Paulo

As assessorias dos candidatos à Prefeitura
n Tendo em vista às eleições municipais, J&Cia fez um levantamento dos assessores dos principais candidatos à Prefeitura de São Paulo. Carlos Giannazi (PSOL) é assessorado por Tatiane Ribeiro (11-95165-2819 e tatiane@psolsaopaulo.org) e Caio Zinet (99143-3503 e caio@

psolsaopaulo.org). Fernando Haddad (PT) conta com Everaldo Gouveia (9934-8555 e impren safernandohaddad@gmail.com) e Emanuel Neri (etneri@uol.com. br), que coordena a imprensa da campanha. A comunicação de Gabriel Chalita (PMDB) está aos cuidados da agência MVL e o te-

lefone do comitê é 11-3106-2801. Luiz Gonzalez chefia a campanha de José Serra (PSDB) e Fábio Portela (3111-8200) coordena a imprensa. O responsável pelo atendimento à imprensa de Paulinho da Força (PDT) é Edson Baptista (5549-7825). A assessoria da campanha de Soninha Francine

(PPS) está a cargo do secretário de Comunicação e Redes do partido Maurício Rudner Huertas (99319636 e mauriciorh@uol.com.br). Até o fechamento desta edição, a assessoria de Celso Russomanno (PRB) não havia confirmado o nome do assessor, que atende no 2276-5051.

Teneo assume relações com a mídia do UBS no Brasil
O trabalho de campo será conduzido por Antonio Carlos Seidl
n O UBS passou a ser atendido também no Brasil pela Teneo, consultoria estratégica internacional sediada em Nova York e agora presente no País, presidida por Mário Marconini. O trabalho para o UBS no Brasil será focado em relações com a mídia e para esse fim a Teneo contratou Antonio Carlos Seidl, que foi por 11 anos, até janeiro deste ano, assessor-chefe de imprensa do HSBC Bank Brasil. Antes, ele trabalhou na Folha de S.Paulo de 1985 a 1992, tendo sido correspondente do jornal em Londres, onde também integrou o Serviço Brasileiro da BBC. Os contatos de Seidl são 11-37092699 e midia@teneostrategy.com. n Caetano Bedaque deixou há alguns dias a Diretoria de Comunicação da Rede TV, onde estava havia três anos. O cargo foi extinto e quem passa a responder pela área de relações com a imprensa é Lizandra Cremonese, da própria equipe que Bedaque até então comandava. O ex-diretor disse à revista Imprensa que vai descansar por um mês e, posteriormente, deve se dedicar ao projeto de um livro sobre a história da tevê brasileira. Além de Rede TV, ele teve passagens por Band, Cultura, Manchete e SBT. n Denise Marcolino começou na Espalhe como diretora de Amplificação, respondendo pelas equipes de relacionamento com a imprensa e redes sociais. Ela teve passagens por CDN, CDI e Burson-Marsteller. Seus novos contatos são denise@fan.inf.br e 11-5105-2230. n Carolina Marcondes começou nesta 2ª.feira (10/9) na RP1, onde irá cuidar da comunicação da CCR, no núcleo dirigido por Marcia Glogowski. Ela estava na Thomson Reuters cobrindo o setor de empresas de infraestrutura. Seus novos contatos são 11-5501-4640 e carolinamarcondes@rp1.com.br. n A Scritta (11-5561-6650), de Paulo Piratininga, está comemorando neste mês seu 20º aniversário. Focada em assessoria de imprensa, comunicação interna, auditoria de imagem, gerenciamento de crise, media training e produção de conteúdo, a agência tem entre seus clientes São Paulo Convention & Visitors Bureau, Copa Airlines, Pousada do Rio Quente, Avis e Budget. n Dentro do programa de treinamento para seus funcionários, o Grupo Máquina recebe em sua sede, no final do mês (26/9), Paula Gonçalves, a Magic Paula, ex-campeã mundial de basquete e diretora executiva do Instituto Passe de Mágica, que irá apresentar a palestra Minha Empresa, Meu Time, para cerca de 250 pessoas, entre funcionários e clientes.

Vem aí a edição de aniversário de Jornalistas&Cia!
•Fechamento comercial: 24 de setembro de 2012 •Fechamento editorial: 25 de setembro de 2012 •Circulação: 26 de setembro de 2012
Reservas de espaço com Sílvio Ribeiro (silvio@jornalistasecia.com.br) ou Oswaldo Braglia (oswaldo@jornalistasecia.com.br), pelo tel. 11-3861-5280

n A parceria de conteúdo da Car Magazine com o caderno Pense Carros, do jornal Zero Hora; a reforma do caderno e do site Veículos, da Tribuna Ribeirão; a chegada de Rafael Luis Azevedo à edição do programa Veículos, da Record-CE; e as novas mídias lançadas pela Abrati. n Nas colunas, Luís Perez analisa a diferença de força entre a notícia incisiva e a de conjectura na coluna Destaque da semana; e Destaques do Salão entrevista Luiz Guerrero, da Car and Driver. Jornalistas&Cia Imprensa Automotiva – todas as 6ªs.feiras nas mesas e computadores dos principais jornalistas e assessores de imprensa ligados ao setor automotivo. Peça sua inclusão no mailing gratuito pelo e-mail silvio@jornalistasecia.com.br ou leia diretamente no site www.jornalistasecia.com.br.

Leia na edição 172

Edição 863 Página 3

São Paulo – continuação VaiVém-SP

Marcelo Bonfá deixa a Record News e Gustavo Poloni, a Info
n Marcelo Bonfá, que integrava a equipe fundadora da Record News, deixou o canal após cinco anos. Nesse período, ele foi produtor executivo e comandou o núcleo de entrevistas, tendo atuado em mais de cinco mil programas, ao lado, entre outros, de Paulo Henrique Amorim, Celso Freitas, Rodrigo Vianna, Arnaldo Duran, Fátima Turci, Amanda Françozo e Marco Camargo. Também atuou na cobertura dos Jogos Olímpicos de Inverno 2010 (Vancouver), Jogos Pan-Americanos 2011 (Guadalajara) e Jogos Olímpicos 2012

(Londres). Marcelo passou anteriormente por CBS News (nos EUA), ESPN Brasil, SBT e Band. Enquanto não define seus novos passos profissionais, pode ser contatado pelo e-mail umolhar@gmail.com. n O redator-chefe da Info Gustavo Poloni está deixando a revista após Roma. Repórter de Agronegócio e Economia, Filipe é também estudioso da religião católica e mantém o blog Praça de Sales (http://pracadesales.wordpress. com). Ingressou no Grupo Estado como repórter da coluna de Celso Ming, depois de participar do Curso Focas de 2008. Estará disponível para frilas pelo filipe. domingues@gmail.com. n Depois de quatro anos atuando como repórter de Playboy, Camila Gomes deixou a publicação no começo do mês para dedicar-se a trabalhos freelancer. Ela teve passagens também pela Caros Amigos e pelo jornal argentino Perfil, em Buenos Aires. Seus novos contatos são www.camilagomes. com e 11-98702-3336. n Guilhermes Damian, o Guilhes, deixou o comando da editoria de Infografia do iG no final de agosto para se dedicar em tempo

um ano e meio para tirar um período sabático. Em seu lugar assume Juliano Barreto, que ocupava anteriormente o cargo de editor. Poloni esteve antes no iG, por cerca de um ano, e teve passagens pelo portal Terra e pelas revistas Época Negócios, Exame e Veja. integral ao QUByte Interactive (www.qubyteinteractive.com), estúdio digital que mantinha paralelamente havia quatro anos. A empresa, que focava em jogos para celulares e tablets, agora vai reformular seu modelo de negócios para fornecer também soluções em aplicativos e serviços de infografia e ilustração digitais, entre outros produtos, para clientes no Brasil e no exterior. Os novos contatos de Guilhes são contact@qubyteinteractive.com e 11-2307-8425. No iG, ele está sendo substituído por Marcos da Veiga Jordão, da própria equipe. n Darlene Santiago, que fazia atendimento na agência Holofote, começou como repórter da Dinheiro Rural na Editora Três. Entrou na vaga de Diego Costa, que aceitou convite para ser pauteiro do Jornal da Band. n Na Editora Europa, Manoel a Atingire, consultoria que desenvolve programas de treinamento em gestão e desenvolvimento de líderes. Atendimento de Niobe Cunha (niobe@evcom.com.br) e Carla Foschini (carla@evcom. com.br). n A Ketchum assumiu a assessoria de imprensa da HBO Latin America Group no Brasil. Integram a equipe de atendimento a executiva Chrystiana Pegoraro (11-5090-8900, ramal 8747), a coordenadora Bianca Ferreira (5090-8916) e a diretora Adriana Toledo (5090-8968). E-mails formados por nome.sobrenome@ ketchum.com.br. n A Máquina PR assumiu na última semana os trabalhos de comunicação da agência de publicidade Enox Onlife Media. Cuidam do atendimento Carol Prado (113147-7423), Tâmara Scala (7464) e Renata Asprino (7389). E-mails formados por nome.sobrenome@ grupomaquina.com.

E maiS...

n Depois de dois anos como repórter do site Planeta Sustentável, da Editora Abril, Marina Franco está de malas prontas e embarca na próxima 2ª.feira (17/9) para Barcelona, onde fará mestrado em Meio Ambiente com especialização em Comunicação e Educação Ambiental pela Universidade de Barcelona. Ela acumula passagens na reportagem de Época e na organização de seu Prêmio Empresa Verde (ex-Mudanças Climáticas). Em 2010, ganhou o Prêmio Jornalistas&Cia/ HSBC de Imprensa e Sustentabilidade, nas categorias Revista e Grande Prêmio, como integrante da equipe de Época. Permanecerá na Espanha até novembro de 2013 e até lá estará disponível para frilas, não apenas em pautas relacionadas a sustentabilidade, pelo e-mail franco.marina@gmail. com ou skype marina.franco. de Souza, que em março havia deixado o comando da revista Natureza (ver J&Cia 838) para se dedicar integralmente ao novo projeto mensal da revista Mundo dos Super-Heróis, assume paralelamente a edição de uma segunda publicação da casa. Acumula a vaga de Nelson Alves Junior, que deixou a editora, no comando da Xbox, revista oficial do console da Microsoft no Brasil. Licenciada e originalmente produzida na Inglaterra, a revista conta também com parte de seu material produzido no Brasil pelos redatores Leandro Rodrigues e Vitor Tritto. Para auxiliar na operação da Mundo dos Super-Heróis, foi contratado o redator Gustavo Vícola, que já vinha colaborando com a publicação. Inicialmente distribuída em São Paulo e Rio de Janeiro, a Mundo também anunciou que ampliará sua circulação para todo Brasil. n Na revista Bites, destaque para

n Quem já seguiu para a Espanha foi a repórter Vanessa Dezem, da editoria de Indústria do Valor Econômico. Ela pediu licença não-remunerada para estudar em Madri e volta no início de 2014. n Três repórteres deixaram o JT recentemente: Pedro Antunes, de Variedades, que foi para a Rolling Stone Brasil; Cris Bomfim, de Cidades, que seguiu para a reportagem de Veja São Paulo; e Luciele Velluto, de Economia, foi para IstoÉ Dinheiro, na vaga deixada por Márcio Orsolini, outro que foi estudar na Espanha. n Na Dinheiro Online, entrou o repórter Diego Marcel. n Filipe Domingues despede-se da Agência Estado no próximo domingo (16/9) e embarca no final do mês para um período de dois anos na Itália, onde irá fazer Mestrado em Comunicação pela Pontifícia Universidade Gregoriana de a chegada de Fabiana Parajara (ex-Veja, Saúde, Forbes, Dinheiro e Revista Poder), que assume como gerente de Análise, e a promoção de Isabela Crepaldi a gerente de Informações Sociais. n Foi ao ar nesta 2ª.feira (10/9) o Programa da Tarde, nova atração diária da TV Record ancorada por Britto Jr. e Ana Hickmann. Com direção geral de Vildomar Batista, o programa conta com participação da plateia em estúdio e abordará temas como moda, sexualidade, comportamento, saúde, celebridades e turismo. Para a reportagem chegam os repórteres Hélio Almeida (ex-Band) e Guilherme Arruda (ex-Band e SBT), além de personalidades como o psicólogo Jairo Bouer, a veterinária Manu Karsten e o consultor de moda Gustavo Sarti. A atração vai ao ar de 2ª a 6ª.feira, a partir das 14h30, com duração de três horas.

curtaS-SP

n A Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo lançou nesta 2ª.feira (10/9) a versão online da Revista Caasp (http://migre. me/aF688). O escritor Gaudêncio Torquato está no conselho editorial. Paulo Henrique Arantes responde pela edição, com reportagens de Joaquim de Carvalho e Karol Pinheiro. n A CBN promove no em 22/9 o último debate da série Seu bairro, nossa cidade, que abordará segurança, habitação e cidadania. A apresentação será de Fabíola Cidral e participarão do debate o cientista social Sérgio Adorno, o arquiteto João Sette Whitaker e Mario Sérgio Cortella, filósofo e comentarista da emissora. Às 10h, ao vivo do Sesc Pompeia (rua Clélia, 93). Distribuição de ingressos a partir das 9h30.

dança daS contaS-SP

n A EVCom passou a assessorar

Portal doS JornaliStaS

Ziraldo e Ivan Ângelo estão entre os novos perfilados
n O Portal dos Jornalistas traz entre os novos perfilados na última semana duas importantes personalidades não apenas do jornalismo, mas também da literatura brasileira, vencedores inclusive do consagrado Prêmio Jabuti: o artista gráfico e escritor Ziraldo e o romancista, cronista e roteirista Ivan Ângelo. Mineiro de Caratinga, Ziraldo, “pai” do famoso personagem Menino Maluquinho, começou a carreira em 1954 na revista Era Uma Vez..., e passou pelas redações de Folha de Minas, O Cruzeiro, Jornal do Brasil, além de ter sido um dos fundadores de O Pasquim. Também mineiro, mas de Barbacena, Ivan entrou no Diário da Tarde, de Belo Horizonte, no ano seguinte a Ziraldo, e passou por veículos como Correio de Minas, Jornal da Tarde, Playboy, Vip, Exame e Veja, onde continua até hoje, como cronista. Os perfis de ambos você confere

em www.portaldosjornalistas. com.br, ao lado de profissionais como Lucas Sampaio, Sílvia Corrêa e Caco Galhardo (Folha de S.Paulo), Adriano Oliveira, João Cláudio Silveira e Tercio Saccol (BandNews FM), Cristine Gentil, Rafael Campos, Maria Júlia Lledó e Olívia Meireles (Correio Braziliense), Ricardo Carlini, Leopoldo Siqueira, Sônia Mineiro, Ricardo Guimarães, Ana Cristina Pimenta, Darlisson

Dutra, Isabel Guimarães, Liliane Luchin, Juliano Azevedo e Péricles de Souza (TV Alterosa), Caiã Messina (TV Bandeirantes), Rodrigo Alvares (RedeTV), Nelson Blecher (Editora Globo), André Blumberg (A Tarde), Marcelo Ayres (Rede Record), Edla Lula (EBC), Cristiano Gobbi (Band-BA), Tina Roma (Jovem Pan), Viviane Freitas (O Globo), Mauro Marcelo (Revista Gula), Meire Bertotti (CBN) e Igor Marx (SBT).

Perfis biográficos dos jornalistas brasileiros e o noticiário com o vaivém profissional

Edição 863 Página 4

São Paulo – continuação agEnda-SP

Carlos Chaparro recebe em 15/9 o Averroes 2012
n Livre-docente da ECA-USP, o professor Carlos Chaparro será laureado na tarde de sábado

(15/9) com a edição 2012 do Prêmio Averroes, concedido anualmente a um cientista reconhecido

como pioneiro e compartilhador do conhecimento em sua área de estudo. A cerimônia começa às sede (rua Pamplona, 1.200, 1º), à 9h30, um café para jornalistas a fim de apresentar a programação do XXIV Congresso Nacional de Corretores de Imóveis, que realizará de 16 a 19/9, no Transamérica Expo Center. Informações e credenciamento com Silvana Chaves, no imprensa@sciesp.org. br ou 11-3889-5899, ramal 578. n Nesta mesma 5ª, coletiva de lançamento das operações da Jive no Brasil, empresa especializada na criação de soluções de redes sociais corporativas. Das 12h às 14h30, no Caesar Business Faria Lima (rua Olimpíadas, 205). Credenciamento pelo jive@planin. com. 14/9 (6ª.feira) – n O professor da Universidade São Judas Tadeu e repórter freelancer Moacir Assunção participa de mesa-redonda e debate, ao lado do professor Francisco Doratioto (UnB), sobre Guerra do Paraguai, crise do Mercosul e crise do Paraguai atual. Depois ele autografa Nem heróis, nem vilões: Curepas, caboclos,

14h, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo (viaduto Jacareí, 100). cambas, macaquitos e outras revelações da sangrenta Guerra do Paraguai (Record). A partir das 19h30, no Memorial da América Latina (av. Auro Soares de Moura Andrade, 664). 15/9 (sábado) – n O quadrinista MJ Macedo lança A espetacular vida da Morte (Gutenberg), seu romance de estreia. A obra conta a história do jornalista Horácio Portobello que – após ser demitido do jornal em que trabalhava – vê surgir à sua frente a Morte. Às 15h30, na Livraria Martins Fontes (av. Paulista, 509). 18/9 (3ª.feira) – n O HotPopCorn, fórum de debates sobre o mercado de comunicação e marketing, discute o tema Processo de Concorrência em Comunicação, sobre os pontos mais polêmicos desse mercado. Das 8h30 às 13h, no Shopping Cidade Jardim (av. Magalhães de Castro, 12.000). Informações pelo 11-5505-8922, com José Luiz Chaves (joseluiz@ dfreire.com.br) ou Priscilla Garcez (priscilla@dfreire.com.br).

Empresas que Melhor se Comunicam entrega prêmios na próxima 3ª (18/9)
n A revista Negócios da Comunicação entrega na próxima 3ª.feira (18/9) seu Prêmio Empresas que Melhor se Comunicam com Jornalistas. Serão mais de 90 contemplados em 31 categorias, como agropecuária, automotivo, higiene e limpeza, mineração e varejo. Foram convidados a entregar os prêmios Miguel Jorge, vice-presidente do Conselho Consultivo da MAN Latin America; Celso Kinjô, diretor de Jornalismo da TV Cultura; Juca Kfouri, colunista da Folha de S.Paulo; Ricardo Kotscho, repórter da Brasileiros e comentarista da Record News; Sergio Gomes, diretor da Oboré; Guto Camargo, presidente do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo; e Eduardo Ribeiro, diretor deste J&Cia; além de Audálio Dantas e Eugênio Araújo, respectivamente diretor de Redação e editor da Negócios da Comunicação. No Vila Bisutti (rua Tenerife, 174), às 19 horas. 12 a 23/9 (4ª.feira a sábado) – n O Museu Brasileiro da Escultura (av. Europa, 218) recebe a exposição fotográfica Laços de família: etnias do Brasil. Promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, com curadoria de Nadja Fonsêca Peregrino e Ângela Magalhães, a mostra, que também deu origem a um livro de mesmo nome, apresenta os resultados de uma expedição realizada em 2011 pelos fotógrafos Ary Diesendruck, Gal Oppido, José Caldas, Marcio Scavone e Patrícia Gouvêa nos estados de Mato Grosso, Amapá, Pernambuco, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, para traçar um retrato histórico e cultural da população brasileira. A inauguração oficial, entretanto, será na 2ª.feira (17/9), com a presença do príncipe Frederik da Dinamarca, que ao final dará uma coletiva. A exposição, gratuita, fica aberta de 3ª.feira a domingo, das 10h às 19 horas. Mais informações no www. etniasdobrasil.com.br. 13/9 (5ª.feira) – n O Sindicato dos Corretores de Imóveis no Estado de São Paulo promove em sua

Santa catarina

Carolina Spricigo assume nova editoria de leitores do Diário Catarinense
n Carolina Spricigo, que durante três anos foi editora de Opinião de A Notícia, de Joinville, assumiu em Florianópolis a coordenação da recém-criada editoria Diário do Leitor do Diário Catarinense. A seção nasce no bojo das mudanças por que vêm passando o jornal, o maior em circulação do Grupo RBS em SC. O objetivo da editoria é criar e estreitar as relações entre o leitor e a Redação do DC. Além das cartas, e-mails e dos telefonemas, a equipe acompanha a participação dos internautas nas redes sociais. “Dialogar com o nosso público passa a ser uma das principais bandeiras da Redação do DC”, diz o diretor de Redação Ricardo Stefanelli. “Temos de atuar como se estivéssemos em um espaço envidraçado e transparente, pois o público tem o direito de acompanhar e, quando possível, participar da produção de conteúdo”. Além de Carolina, a nova editoria conta com a assistente Mariana Della Justina e as telefonistas Itamara Santos e Luciana Caetano. A recepcionista Thamyris Nepomuceno, que já recebia as ligações dos leitores do DC, continua no posto. No corpo do jornal, a página do leitor

ganhou espaço mais nobre dentro da paginação, agora colocada ao lado dos artigos de Opinião. n Ainda no jornal, estreia em edição semanal nesta 4ª.feira (12/9) o caderno Casa Nova. Comandado pela editora Janaina Hoffmann e com coordenação de fotografia de Ricardo Wolffenbüttel, o suplemento aborda arquitetura e design de interiores. O arquiteto Abreu Jr. assinará a coluna Clube Casa Nova, que visa a estreitar a relação com profissionais da área, que também participarão do novo Conselho de Avaliação. A versão online de Casa Nova está

disponível em www.diario.com. br/casanova. n A propósito, desde esta 2º.feira (10/9) os sites dos jornais da RBS em Santa Catarina (Diário Catarinense, A Notícia e Jornal de Santa Catarina) têm uma página especial com informações dos prefeituráveis de cada cidade do Estado, além da lista completa dos que disputam um cargo de vereador. A ficha de cada candidato conta com informações disponíveis no TSE, como a declaração de bens, além de fotos, vídeos e outros links dos candidatos a prefeito, como site oficial e redes sociais.

dE PaPo Pro ar
O ator Jackson Antunes, que também tem um monte de discos gravados, só foi conhecer o mar na fase adulta. De origem humilde, nunca sequer pensara deixar sua terrinha querida, Janaúba, no Norte de Minas Gerais, para se aventurar por aí.

Vasto mar

Um dia foi convidado para fazer um teste na Globo, como ator. Desconfiado, pegou um avião em Belo Horizonte e lá foi. Ao sobrevoar a Lagoa Rodrigo de Freiras, chamou a aeromoça e abobalhado perguntou: – É o mar?

Sérgio Ricardo estará no Cultura Popular nº 6
Assis Ângelo, jornalista, estudioso da cultura popular e presidente do Instituto Memória Brasil

http://assisangelo.blogspot.com.br

n A sexta edição de Jornalistas&Cia Memória da Cultura Popular, prevista para circular em 1º/10, enfocará o compositor e instrumentista Sérgio Ricardo, que ganhou renome ao quebrar um violão e atirá-lo ao público que o vaiava no III Festival de Música Popular Brasileira, transmitido pela TV Record, em 1967. Ela traz a entrevista que Sérgio deu a Assis Ângelo em 1991, publicada no nº 13 da revista Memória, do Departamento de Patrimônio Histórico da Eletropaulo. n A propósito, reproduzimos a seguir mensagens que Assis recebeu pela edição com Câmara Cascudo: “A entrevista com Luiz da Câmara Cascudo foi um privilégio que dignifica sua trajetória multifacetada de jornalista, poeta e escritor amante do conhecimento. Ícone do folclore, dotado de inteligência nativa e singela, LCC soube versar sobre a alma do povo pesquisando a riqueza do homem anônimo e seu enciclopedismo rudimentar. Soube, como poucos, entrelaçar no folclore a psicologia social e antropológica para torná-lo uma forja permanente de dados constitutivos da nacionalidade no país continente. O pensamento cria, o desejo atrai e a fé no trabalho realiza.” – Mário Jequibau Albanese “Parabéns por esse trabalho. O saudoso professor Rossini Tavares de Lima, de quem tive o prazer de privar de sua amizade e até fazermos um trabalho juntos, ele me falava muito da amizade dele com Cascudo e das pesquisas que fizeram juntos. Isso tudo é um pouco de Brasil. Infelizmente desconhecido da geração atual.” – Biaggio Baccarin

n A quinta edição, que reproduz a entrevista que o etnógrafo, etnólogo, antropólogo, historiador, romancista, poeta e, principalmente, último grande pesquisador da cultura popular brasileira Luís da Câmara Cascudo (1898-1986) deu a Assis para o suplemento Folhetim nº 103, da Folha de S.Paulo, em 7/1/1979, pode ser conferida em www. jornalistasecia.com.br.

Jornalistas&Cia é um informativo semanal produzido pela Jornalistas Editora Ltda. • Tel 11-3861-5280 • Diretor: Eduardo Ribeiro (eduribeiro@jornalistasecia.com. br) • Editor-Executivo: Wilson Baroncelli (baroncelli@jornalistasecia.com.br) • Editor: Igor Ribeiro (igorribeiro@jornalistasecia.com.br) • Editor-assistente: Fernando Soares (fernandosoares@jornalistasecia.com.br) • Assistente de redação: Mariana Ribeiro (marianaribeiro@jornalistasecia.com.br) • Editora-regional RJ: Cristina Vaz de Carvalho, 21-2527-7808 (cvc@jornalistasecia.com.br) • Correspondente: Kátia Morais (DF), 61-3347-3852 (katia@jornalistasecia.com.br) • Diagramação e Programação visual: Paulo Sant’Ana (santana@santanabiro.com.br) • Assinaturas: Silvio Ribeiro, 11-3861-5283 (assinaturas@jornalistasecia.com.br) • Novos negócios: Oswaldo Braglia Jr. (oswaldo@jornalistasecia.com.br).

Edição 863 Página 5

rio dE JanEiro

Cenário positivo para quem fala com a classe C, diz Nicolino Spina em entrevista a J&Cia
n O grupo Ejesa contratou no final de agosto Nicolino Spina como presidente-executivo da Editora O Dia, que responde pelos títulos O Dia, Meia Hora e Marca (ver J&Cia 861). Engenheiro formado pela USP e pós-graduado em Administração pela FGV, Spina tem um respeitável currículo em cargos de direção nos meios de comunicação: 15 anos, divididos entre a Editora Abril e a presidência do Valor Econômico. Agora à frente dos jornais da Ejesa no Rio, ele falou a Jornalistas&Cia sobre a expectativa que acompanha sua chegada à nova casa, as principais diferenças entre os veículos em que esteve e os que dirige atualmente, e até sobre um tema controverso, como os rumores da venda de O Dia. Acompanhe: Jornalistas&Cia – O senhor traz, do Valor, uma bagagem de aumento de circulação e faturamento. A esse respeito, qual o seu diagnóstico sobre as publicações que agora assume na Ejesa? Nicolino Spina – As publicações da Editora O Dia são focadas majoritariamente na emergente classe C. Acredito muito no potencial de crescimento das nossas publicações. Essa classe está em um ótimo momento e tem muito potencial de crescimento, criando um cenário positivo e muito desafiador. J&Cia – O senhor disse (conforme press release de 24/8) que os jornais de interesse amplo são novidade em sua carreira. Quais as principais diferenças entre as publicações que dirigiu e os jornais da Editora O Dia? Spina – A principal diferença é o público leitor. Venho do Valor Econômico, que tinha um público classe A, mais velho, formado por presidentes e empresários. Na Editora O Dia o publico é mais jovem, com notícias com temas variados e de amplo interesse. Para mim, a Editora O Dia é um trabalho desafiador e estou muito animado. J&Cia – O senhor deixou o Valor em abril. Cumpre quarentena? Em caso afirmativo, existe a possibilidade de vir a assumir o políticas que coordena para divulgar a Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu. Com patrocínio da Petrobras e apoio de artistas locais, a escola leva o audiovisual para a vida dos moradores. Brasil Econômico futuramente, quando o prazo se encerrar? Spina – É comum nesses contratos cumprir um período de quarentena, mas gostaria de reforçar que venho para assumir os veículos da Editora O Dia – Marca Brasil, Meia Hora e O Dia. Para mim é uma grande honra e um desafio assumir as publicações da Editora O Dia. J&Cia – Notas na imprensa mencionam o interesse do grupo Record de Comunicação no jornal O Dia, especificamente (conforme Lauro Jardim, na revista Veja de 14/7, e Anna Ramalho, no JB Online, em 1º/8). Circula no mercado o comentário: “Pedro negou Cristo três vezes. A Ejesa já desmentiu duas”. Poderia nos esclarecer se há motivo para a constante retomada dessa notícia? Spina – Não há motivos para a constante retomada desse boato. A Editora O Dia não tem interesse em vender nenhum dos seus títulos. Quando a Ejesa comprou os jornais da Editora O Dia, em 2010,

essa negociação foi parte da estratégia de expansão da empresa. Não há razão para a persistência nesse tipo de especulação. J&Cia – O senhor está com que idade? Nasceu onde? No novo cargo, vai residir no Rio de Janeiro? Spina – Sou um paulistano de 52 anos. A Editora O Dia é enorme, mas com presença mais forte no Rio de Janeiro, por isso ficarei na ponte área Rio de Janeiro – São Paulo. Isso porque não podemos esquecer que temos a edição paulista do jornal esportivo Marca Brasil. comunicação e saúde na Fiocruz. O PPGICS, programa de pós-graduação nessa área, é oferecido pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz, instituição criada em 1986 por Sergio Arouca. Para se candidatar, basta acessar o site www.sigass.fiocruz.br e seguir os links inscrição/Informação e Comunicação em Saúde-Icict. n Cilene Soares, na Rádio Globo, estreia o boletim Vida saudável, apresentado pelo preparador físico José Rubens D’Elia. Diário, de 2ª a 6ª.feiras, é veiculado às 15h10, logo após O Globo no ar. Na pauta, informações objetivas de como é possível ter uma vida mais saudável com ações simples do cotidiano, dicas de alimentação e de melhoria no condicionamento físico. Maria (autor de Ninguém me ama e Manhã de carnaval). Às 13h e às 15h, no auditório do Rio Data Center (rua Marquês de São Vicente, 225). 17 e 20/9 (2ª e 5ª.feiras) – n Bette Romero ministra workshop Assessoria de imprensa 2.0 – Como se relacionar com a imprensa em tempos de mídias sociais. Das 19h às 22h, no Curso Radix (av. Erasmo Braga, 299, grupo 103).

aSSESSoriaS-rJ

n Hebe Veiga (hebe.veiga@ inpresspni.com.br), na In Press Porter Novelli, coordena o atendimento ao 19º Prêmio Multishow, em 18/9, com apoio de Roberta Gelio (roberta.gelio@inpresspni. com.br). Pela primeira vez, além do júri especializado – formado por músicos, jornalistas, críticos e profissionais da indústria fonográfica, para escolher os melhores em cinco categorias –, haverá um superjúri, composto por profissionais do mercado, que vai definir ao vivo os vencedores de três categorias especiais da noite. O evento ocorre na Arena, com show da cantora Ivete Sangalo e do humorista Paulo Gustavo, e tem transmissão ao vivo pelo canal, às 21h45. n Amanda Dantas (jornalismobrasil@ gmail.com e 21-7812-2956) abre espaço nas muitas campanhas

Curtas-rJ

n A CBN Rio apresenta em 22/9 o último programa fora do estúdio sobre eleições. Cada especial da série debate um tema relevante, alvo de reportagens de 2ª a 6ª.feiras, e, no sábado, um encontro reúne especialistas para um debate em diferentes regiões do Rio. Apresentado por Maurício Martins e Lilian Ribeiro, a série já abordou Saúde, Habitação e meio ambiente, Conservação e ordem pública e Transportes. O quinto programa, que encerra a série, vai discutir Educação no teatro do Tijuca Tênis Clube (rua Conde de Bonfim, 451), das 10h n Na mesma 4ª, Sérgio Cabral, pai, e o cantor Alfredo Del Penho contam e cantam A música popular e o Rio de Janeiro. O curso recorda os ritmos que adotaram o Rio como tema e se transformaram em fonte importante para conhecer o comportamento do povo, os acontecimentos políticos e a evolução urbana da cidade. Em três aulas, sempre às 4as.feiras, às 20h, também na Casa do Saber.

às 12h, e será transmitido ao vivo, também na internet e nos aplicativos. Os convidados são Cláudia Costin, secretária Municipal de Educação; Maria Joselza Lins, diretora do Ciep Pablo Neruda, em Jacarepaguá; Márcio da Costa, professor da UFRJ e pesquisador do Laboratório de Pesquisas em Oportunidades Educacionais – Observatório Educação e Cidade; e Wanderley Quêdo, presidente do Sindicato dos Professores do Município do Rio e Região. Terá ainda como atração musical Kelzy Ecard, atriz e cantora em cartaz no Sesc Tijuca com o monólogo musical Meu caro amigo, em que interpreta uma professora cuja vida é marcada por músicas de Chico Buarque. n De agora até 10/10 estão abertas as inscrições para o processo de seleção para mestrado e doutorado em Informação, 13/9 (5ª.feira) – n Os professores de Introdução ao Jornalismo, à Publicidade e ao Cinema da PUC-Rio convidam para a sua tradicional tarde de palestras, desta vez com Claudia Silva, da RioTur, Gustavo Maria e um cineasta. Gustavo é chefe de Redação de Esportes da Rede Globo e, como se não bastasse, filho de Antônio Maria Filho (que cobriu nove Copas do Mundo) e neto do lendário jornalista e compositor Antônio

agEnda-rJ

12/9 (4ª.feira) – n Viviane Nogueira responde pela mediação do 6º debate da série Encontros O Globo – Saúde e bem-estar. Com coordenação do médico Cláudio Domenico, os endocrinologistas Ricardo Meirelles e Amanda Athayde vão falar sobre reposição hormonal e os prós e contras do tratamento. Às 17h, na Casa do Saber (av. Epitácio Pessoa, 1.164).

intErnacionaiS

Paulo Nassar recebe Atlas Award da PRSA
n O presidente da Aberje Paulo Nassar irá receber em outubro o Atlas Award, premiação concedida pela Sociedade de Relações Públicas dos Estados Unidos como reconhecimento por seu trabalho internacional na área. A honraria será concedida em 14/10, durante a Conferência Internacional da PRSA, em São Francisco. Vale lembrar que a Aberje nos últimos anos vem desenvolvendo várias atividades visando maior globalização da entidade, como o primeiro Curso Internacional de Comunicação

Empresarial, promovido em parceria com a Universidade de Syracuse de Nova York, e os Brazilian Days, uma série de eventos nas principais capitais do mundo para estimular o diálogo entre os profissionais do setor. n O Ministério das Relações Exteriores pediu à Abraji que fizesse recomendações à Unesco para ampliar a proteção de jornalistas e combater a impunidade. Com a ajuda de diretores e associados, a entidade traçou recomendações que possam criar ambientes livres e seguros aos profissio-

nais da mídia. Dentre os pontos levantados pela entidade, destaque para a necessidade de que o plano seja mais claro quanto à responsabilidade dos Estados no cumprimento de determinações para proteger jornalistas e que familiares de jornalistas assassinados e testemunhas das agressões devem ser alvo de proteção especial. A íntegra do plano está disponível em http:// bit.ly/P9C0nT. n Os canais Band International e Bandnews International passam a ser oferecidos nos Estados

Unidos pela operadora de tevê por assinatura Dish. Os canais estão abertos desde 6/9 e assim permanecerão até 19/9, quando os 15 milhões de assinantes da tevê poderão optar por contratá-los junto aos pacotes específicos com conteúdo brasileiro. A programação da Bandnews International é a mesma veiculada no Brasil. Na Band International, no entanto, o conteúdo é diferenciado e conta, além dos principais programas exibidos pela Band aberta, com atrações dos canais pagos Bandsports e Terraviva.

Edição 863 Página 6

BraSília

Eduardo Campos chega para cobrir Fazenda no Valor. Jose Jerônimo e Paula Filizola deixam o Correio Braziliense. Anthony Boadle é o novo correspondente da Reuters
n Transferido da editoria de Finanças do Valor Econômico em São Paulo, Eduardo Campos chegou a Brasília para cobrir o Ministério da Fazenda. Entrou na vaga de João Villaverde, que deixou o jornal em 20/8 em direção da sucursal do Estadão (ver J&Cia 860). Ainda por lá, houve uma troca de funções entre Ivna Sousa, que passou a cuidar do Senado, e Bruno Peres, que cobre agora o Palácio do Planalto. n As repórteres Jose Jerônimo e Paula Filizola deixaram o Correio Braziliense na semana passada. Jose, que cobria EconoCorreio Braziliense), nos dias 21 e 22/9, o Congresso Distrital dos Jornalistas 2012, cujo tema será Jornalismo: relações de trabalho, liberdade de expressão e marco regulatório. O objetivo é discutir a situação nacional e local da categoria e, a partir dessa reflexão, deliberar um conjunto de ações que serão priorizadas pelo Sindicato nos próximos dois anos. Na ocasião, deverão também ser aprovadas as teses do DF ao Congresso Nacional dos Jornalistas, marcado para novembro, no Acre. Informações www.sjpdf.org.br ou 61-3343-2251. n E em 15/10 o Sindicato retoma mia, foi para a sucursal de IstoÉ. Paula, que atuava em Educação, seguiu para a assessoria do MEC. O Correio estuda novas contratações para os próximos dias nas editorias de Política e Brasil, que trabalham juntas, como explicou o coordenador Ivan Nunes. o projeto Cozinha Fotográfica, eventos direcionados a profissionais da área, repórteres cinematográficos, estudantes de Jornalismo e público que gosta de fotografia. Criado em 1998, o projeto reuniu nomes como Sebastião Salgado, Orlando Brito, Evandro Teixeira e Gevásio Baptista. Este ano contará com as presenças de Ueslei Marcelino (Reuters) e Monique Renne (Correio Braziliense), que apresentarão seus trabalhos e debaterão temas correlatos. n Como parte das comemorações pelos 110 anos de nascimento do ex-presidente Juscelino Kubits-

aSSESSoria-dF

n A Proativa divulga o lançamento, na próxima 3ª.feira (18/9), do MyDocBook (www.mydocbook. com.br), portal de serviços médicos criado para agendar consultas médicas de forma rápida e eficaz, e armazenar o histórico de saúde de pacientes, entre outras facilidades, todas gratuitas. Informações e contatos com Flávio Resende (61-3242-9058 / 9216-9188).

curtaS-dF

n O Sindicato dos Jornalistas do DF promoverá em sua sede (Edifício City Offices Carlos Castelo Branco, no SIG, ao lado do

n Anthony Boadle é o novo correspondente da Agência Reuters em Brasília, em substituição ao editor de Redação Raymond Colitt, que deixou a empresa. Os contatos de Anthony são anthony. boadle@thomsonreuters.com e 61-3426-7000 / 7021. chek, o Arquivo Público do Distrito Federal, a Casa Civil e o Memorial JK reeditarão três mil exemplares da Revista Brasília, sobre o dia a dia da construção da capital do País. A publicação, tombada em 2008, foi lançada em 1957 pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e circulou por três anos. n Miriam Leitão participou nesta 2ª feira (10/9) de mais uma edição do projeto Roda de Conversa, promovido pela Secretaria de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial (www.seppir. gov.br). O tema do encontro foi Cotas nas Universidades.

rio grandE do Sul (*)

Maíra Gatto assume o Teledomingo no lugar de Tulio Milman
Programa também tem novo visual
n O Teledomingo, atração do final das noites dominicais da RBS TV, passou a partir de 9/9 a ter apresentação de Maíra Gatto, além de novos cenário virtual e logomarca, criados por Gustavo Bulow, Carlos Porto, Sandré Sarreta e Felipe Linck, do Departamento de Arte da emissora. Maíra substitui a Tulio Milman, que no início de julho, antes de seguir com a equipe da RBS para a cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres, anunciou que deixaria o programa após 14 anos no posto (ver J&Cia 853). Ele formalizou sua saída no último dia 26/8, para se dedicar a um novo projeto da TVCom, cujos detalhes ainda não são conhecidos. Natural de Santa Maria, Maíra era desde 2010 repórter da RBS na sucursal de Brasília, de onde fazia links ao vivo no Bom Dia Rio Grande. Formada na UCPel, de Pelotas, universidade onde começou sua carreira, Maíra atuou em outros veículos e passou uma temporada em Londres antes de ingressar na RBS. n Também a partir de 9/9 Zero Hora começou a publicar a série Os 10 palcos da Revolução Farroupilha, para cuja produção o repórter Nilson Mariano e o fotógrafo Lauro Alves rodaram 3.161 km em 12 dias por dez lugares simbólicos dos combates no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Uruguai. Eles fizeram dez reportagens que narram a evolução da Guerra dos Farrapos nesses lugares em ordem cronológica e revelam fatos atuais, além de editarem um webdocumentário de 13 minutos (http://migre.me/ aEOfE) para zerohora.com mostrando essas histórias. O conteúdo é parte do pacote de ZH para a Semana Farroupilha.

agEnda-rS

13/9 (5ª.feira) – n Termina a consulta popular sobre a criação do Conselho Estadual de Comunicação Social pelo site do Gabinete Digital do Governo do Estado (http://migre.me/afYAA). Os interessados podem enviar contribuições à proposta de lei, assim como sugerir entidades da sociedade civil, empresas ou instituições de ensino para compor o Conselho. Os resultados da consulta serão apresentados em seminário a ser realizado em outubro.

(*) Com o portal Coletiva.Net (www.coletiva.net)

n Thaís Pacheco deixou o Estado de Minas e começou na Produção da Rádio Globo.

minaS gEraiS (*)

aSSESSoriaS-mg

n Nomeado assessor de Comunicação da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, Gustavo Mendicino deixa de assinar a coluna Vibra BH no Hoje em Dia. n Bruno Faleiro, que editava a Revista do Cruzeiro, passa a assessor de imprensa do clube, no lugar de Fabrício Faria, que saiu.

curtaS-mg

n Com curso de especialização em moda na London School of Fashion, a editora do caderno Pandora de O

Tempo Natália Dornellas decidiu contar novidades sobre moda, cultura, gente e eventos no www. nataliadornellas.com.br. Ao lado de Carol Godoi, Gustavo Brito, Isabela Grecco e JR Mendes, Natália faz uma mistura interessante de notícias variadas e atuais e a agenda de eventos da semana na capital mineira. Sugestões de pautas para nataliadornellas@ nataliadornellas.com.br. n Estreia neste sábado (15/9) na Rede Minas o Futurando, resultado de parceria da emissora com a tevê alemã Deutsche Welle. O programa debaterá ciência, meio ambiente e tecnologia e apresentará em linguagem simples e des-

contraída, a cada semana, projetos inovadores e complexos realizados por cientistas de destaque internacional, indicando como podem ter impacto direto no cotidiano. Vai ao ar todos os sábados, às 14 horas.

agEnda-mg

15/9 (sábado) – n A Editora Intermeios lança em Belo Horizonte Jornalismo: cenários e encenações, de Carlos Alberto de Carvalho e Mozahir Salomão Bruck, e Jornalismo e homofobia no Brasil: mapeamento e reflexões, também de Carlos Alberto, com Bruno Souza Leal. A partir das 10h, na Livraria Quixote (rua Fernandes Tourinho, 274).

n No mesmo sábado, profissionais de imprensa de Governador Valadares terão a oportunidade de aprimorar a qualidade de seus textos no curso Redação para jornalistas, iniciativa do Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais em parceria com a Vale, sob a responsabilidade de Otacílio Lage, subeditor do Estado de Minas, e do revisor e professor de português Túlio Costa. Das 13h30 às 18h, no auditório da Estação Ferroviária (av. João Paulo Pinheiro, s/nº, Centro). Inscrições, gratuitas e exclusivas para jornalistas e estudantes de Jornalismo, pelo e-mail secretaria@ sjpmg.org.br.

(*) Com a colaboração de Admilson Resende (aresende@zoomcomunicacao.com.br – 31- 8494-9605), e de Diane Duque (diane@zoomcomunicacao.com.br), da Zoom Comunicação (31-2511-3111 / 8111)

cEará
n Rafael Luis Azevedo (rafaelluis. azevedo@gmail.com) deixou em julho a edição de Esportes do jornal O Povo para assumir a edição e produção dos programas n Sheila Borges substitui Ana Lúcia Andrade na coluna política Pinga Fogo do Jornal do Commercio. Gilvando Filho vinha responEsporte Cidade e Velocidade, da TV Cidade, afiliada da Record no Ceará, ambos apresentados Ana Cláudia Andrade. Em agosto, ele lançou o site Verdendo interinamente pelo espaço. Registro – n Morreu na manhã desta 2ª.feira (10/9), vítima de infarto, o fotógrafo Alcir Lacerda, minosos por Futebol (www. verminososporfutebol.com.br), sobre cultura, memória e lado B do futebol, que, diz, “em três semanas foi acessado em 26 de 84 anos. Entre as empresas em que trabalhou estão Italo Bianchi Publicidade, Diário de Pernambuco, Aliança Publicitária, estados e 31 países”. Segundo Rafael, “verminosos” é uma expressão local para designar “fanáticos”.

PErnamBuco (*)

Jornal do Commercio, O Estado de S. Paulo, Manchete, Fatos e Fotos, O Cruzeiro, Veja, Alcântara Publicidade e Placar.

(*) Com a colaboração de Ana Cristina Lima (81-3269-0005 / 9961-9468 e analima@bravacomunicacao.com), da Brava Comunicação

Edição 863 Página 7

curtaS

In Press lança empresa de planejamento e produção de vídeos
n A In Press Porter Novelli apresentou à imprensa nesta 4ª.feira (12/9), em São Paulo, e fará o mesmo no Rio na 6ª (14/9), sua nova empresa, a VBrand, que vai planejar e produzir conteúdo em vídeo para empresas (branded content). Hugo Godinho, diretor de Comunicação Integrada e Mídias Digitais da In Press, será também o CEO da nova agência, que, segundo ele, “é uma forma de manter uma conversa ativa, de comunicar bem as marcas de um jeito interessante”. A empresa já nasce com uma polpuda carteira de clientes e parceiros. Entre os primeiros, estão Grupo RBS, Qualcomm, Ambev, Guia da Semana e Senac-SP. Dos parceiros, destaque à produtora in-house do Google no Reino Unido, a Across the Pond Productions, que transferiu know how e dá apoio estratégico à VBrand. O objetivo é oferecer aos clientes vídeos ágeis, em full HD e multiplataforma, que podem ser visualizados em formatos variados, em computadores, celulares e tablets. A produção pode ser terceirizada ou realizada com colaboradores, mas será sempre finalizada na própria empresa, com edições rápidas, de até dois minutos e meio, que podem ser desde pílulas informativas até reportagens patrocinadas por uma marca

específica. Além de Hugo e da sócia Kiki Moretti, presidente da In Press, a equipe conta com a diretora executiva Fernanda Menegotto, a produtora executiva Beatriz Padrão, a coordenadora de operações Sabrina Carozzi e a coordenadora de produção Marcella Tovar. Ficará sediada junto à In Press no Rio. n A Folha de S.Paulo está abrindo um novo espaço opinativo no caderno Poder com vistas às eleições municipais de outubro e convidou para colunistas André Singer e Eduardo Graeff (que passam a se revezar às 2as.feiras), vindo na sequência da semana Nelson de Sá, Vera Maga-

lhães, Marcelo Soares Vivian Whiteman, Morris Kachani e, fechando a semana, no domingo, o quadrinista Rafael Coutinho. n A Aner prepara para 24/10, no Ranaissance, em São Paulo, o VI Fórum Aner de Revistas. Estão confirmadas as presenças de Pedro Doria (O Globo), Pyr Marcondes (Proxxima), Alexandre Maron (Editora Globo), Lulli Radfahrer (ECA/USP e Folha), Eurípedes Alcântara (Veja), Nelson Sirotsky (RBS), Svida Alisjahbana (Femina Group/Indonésia), Thomaz Souto Corrêa (Abril), Timothy O’Brien (The Huffington Post/EUA), Rupert Heseltine (Haymarket), Frederic Kachar (Editora Globo), Jairo Leal e para cima (literalmente) com suas aeronaves, ostentando luxo diante do desespero de seus funcionários, onde [sic] muitos não sabem como irão honrar os compromissos: aluguel, a escola dos filhos e nas piores situações, a própria alimentação e necessidades básicas de sobrevivência”. Pelo que J&Cia apurou com fonte da empresa, os salários de quem está contratado pela CLT foram acertados integralmente nesta 3ª.feira (11/9), com um dia de atraso em relação ao prazo legal. E os PJs, cujo acerto se dá em duas etapas, ainda estão com 25% atrasados do que deveria ter sido pago em 25 de agosto. A conferir.

(Abril Mídia), Caco Alzugaray (Editora Três), Fernando Costa e Roberto Muylaert (Aner). No evento também serão premiados O melhor editor do ano pelo conjunto da obra e A melhor capa do ano, cujas inscrições seguem abertas até 19/9 pelo www.concursocapas.org.br. n Em comemoração ao seu primeiro ano de criação, a TV Brasil reestreou em 6/9 o programa Público na TV, que ganhou novos cenário e quadros e teve entrevista da diretora de Jornalismo Nereide Beirão, que destacou o trabalho dos jornalistas da EBC na cobertura do período pré-eleitoral e durante as eleições, com base no Manual Eleições 2012. Reali-

zado pela Ouvidoria da empresa e apresentado por Regina Lima, o programa tem por objetivo mostrar os bastidores das produções da TV Brasil e de mediar as questões dos telespectadores com aqueles que as fazem. n A Agência Radioweb acaba de lançar a Rádio CUT (www. radio.cut.org.br), cujo conteúdo jornalístico é apresentado em três formatos: um programa de dez minutos (Jornal da CUT), boletins noticiosos de dois minutos (Informa CUT) e um programete de um minuto com dicas sobre direitos (Cutuque). Na equipe, Daniel Brazil, roteirista; Tayguara Ribeiro, na edição e reportagens; e Ilana Alves e Jones Mendes,

como apresentadores. A Rádio CUT é o quarto canal de rádio corporativa online gerido pela Radioweb, que já coordena as de OAB-RJ, OAB-RS e Themis, do Tribunal de Justiça do RS. n A questão salarial continua a afligir os funcionários da Rede TV, a ponto de eles terem elaborado um manifesto para divulgação externa, com um apelo para que a opinião pública pressione a direção da empresa a regularizar a situação. Trecho da segunda metade da carta diz “O que mais nos deixa indignados é a falta de respeito. Os atrasos não são justificados, a empresa não nos dá nenhum tipo de satisfação. (...) Os donos ficam para baixo

liVroS
n Para marcar o lançamento de Televisão Pública, para quem e para quê?, de Teresa Montero Otondo, a Editora AnnaBlume e a Casa da Cidade (rua Rodésia, 398, na capital paulista), realizarão na próxima 2ª.feira (17/9), às 19h, o debate Desafios da Televisão Pública, que contará com a participação de profissionais com vivência na área: Eugênio Bucci, que assina a orelha do livro, falará sobre TV Pública/TV Estatal, a partir de sua experiência na Radiobrás; Beth Carmona, que passou por TV Cultura e Discovery Kids, entre outras, abordará a qualidade de televisão para crianças; João Brant, do Coletivo Intervozes, falará da desejada participação da sociedade civil na TV Pública; e Laurindo Leal Filho focará o polêmico tema da regulação e democratização dos meios de comunicação. n Teresa (tmotondo@uol.com.br) afirma que, embora prevista na Constituição de 1988, a TV Pública ainda não foi regulamentada

Debate sobre tevê pública marca lançamento de livro de Teresa Otondo
e não existe realmente, apesar das tentativas da TV Cultura e TV Brasil. Ela começou sua carreira como repórter no Jornal da Tarde, em dezembro de 1965, um mês antes do lançamento do jornal. Atuou depois no Estadão, como subeditora do suplemento dominical de cultura e editora de Economia. Na TV Cultura de São Paulo foi chefe do Departamento de Documentários e criou a Assessoria de Relações Internacionais. n No livro que está lançando, originado de sua tese de doutorado, Teresa parte da premissa de que a TV Pública é necessária para o século XXI como fator de equilíbrio democrático das comunicações sociais, mas questiona suas validade e viabilidade na América Latina. Aborda a estrutura jurídico-institucional de modelos conhecidos; a noção de serviço público e os processos de discussão sobre a televisão pública no âmbito da Comunidade Europeia e do Mercosul; e a necessidade
Movimento Landell de Moura

de políticas públicas de comunicação, não só para preservar o lugar da televisão pública no universo globalizado da televisão contemporânea, mas como forma de garantir a democratização da comunicação e o direito à informação no mundo de hoje.

E maiS...

n Mário Marinho e Silvio Natacci lançaram Corinthians, sala de troféus – A história dos 42 tro-

féus mais importantes do timão, incluindo o da Libertadores (Nova Leitura). Distribuída em bancas e livrarias, a obra reúne, em 176 páginas, fotos e relatos dos principais títulos conquistados pelo clube em toda a sua história. Depois desse lançamento, Mário e Silvio começam a preparar o segundo livro da série, dessa vez sobre o Palmeiras, que adotará os mesmos moldes e também será publicado pela Nova Leitura. n Mário Magalhães (mario. magalhaes@uol.com.br), repórter especial do jornal Folha de S.Paulo no Rio de Janeiro, que se prepara para lançar Marighella – O guerrilheiro que incendiou o mundo (ver J&Cia 861), criou uma página no facebook, com fotos, ilustrações e novidades sobre o livro (http://migre.me/aEd4s) e vem antecipando no twitter (mariomagalhaes_) informações contidas na obra. A biografia, que sai pela Companhia das Letras em outubro, está em pré-venda em diversas lojas.

n Como resultado da divulgação da entronização do padre-cientista Roberto Landell de Moura, inventor brasileiro do rádio, no Livro dos Heróis da Pátria (ver J&Cia 862), e da comemoração dos 90 anos da primeira transmissão radiofônica no Brasil, Hamilton Almeida, biógrafo do padre, deu entrevistas ao vivo sobre os eventos para a Jovem Pan Campinas, no dia 7/9, e Estadão/ESPN, no dia 8. Diversos sites abriram espaço para Landell, como o Correio do Povo, de Porto Alegre (http://migre.me/aEK7s), IICS (http://migre. me/aEKmo), Observatório da Imprensa (http://migre.me/aF4e8 ),

Ecos da entronização

Sulrádio (http://migre.me/aEPIR) e Assis Ângelo (http://assisangelo. blogspot.com.br). n Na matéria que a Agência Brasil veiculou em 7/9 sobre os 90 anos do rádio no Brasil, Nelson Breve, presidente da EBC, declarou que, a exemplo do padre Landell de Moura, inventor brasileiro pioneiro da transmissão de voz, usando equipamentos de rádio de sua criação, também o cientista e educador Edgar Roquette Pinto deveria fazer parte do Panteão dos Heróis da Pátria: “Ele teve a visão de que a comunicação pública é importante para prover os cidadãos brasileiros do direito de saber e do direito de dizer”.

Edição 863 Página 8

PrêmioS

Com recorde de 1.073 inscrições, trabalhos começam a ser analisados pela Comissão de Seleção
n Os jurados da Comissão de Seleção já estão analisando os trabalhos concorrentes à terceira edição do Prêmio Jornalistas&Cia/HSBC de Imprensa e Sustentabilidade. O concurso teve novo recorde de inscrições este ano, abrangendo 1.073 trabalhos de 572 jornalistas, quase o dobro da edição 2011. A próxima etapa será a definição dos finalistas pela Comissão de Seleção e a seguinte, a escolha entre 1º/10/2011 e 30/9/2012, em três categorias – Jornais, Revistas e Blogs –, além de um prêmio especial de Excelência Jornalística, ao qual concorrerão apenas Jabuti, evento que acontece em 20/9, a partir das 10h, na Câmara Brasileira do Livro (av. Ipiranga, 1.267, 10º). Nesta primeira fase sideram prioridade na sua cidade em Educação, Saúde, Segurança e outros itens. Além disso, há um teste para o internauta descobrir o candidato mais alinhado com o que ele julga necessário para a sua cidade. O nome é Jogo eleitoral, um quiz com perguntas sobre temas diversos, em que as opções de resposta são frases reais dadas pelos candidatos, sem os identificar. Ao final, o leitor descobre com qual candidato concorda mais. Em

Desempenho excepcional – inscrição de 572 jornalistas – torna o Prêmio Jornalistas&Cia/HSBC de Imprensa e Sustentabilidade um dos mais concorridos do País
dos vencedores pela Comissão de Premiação. Em paralelo, os integrantes do Conselho Consultivo já estão indicando nomes para serem votados numa segunda etapa para os prêmios especiais Veículo do matérias publicadas em veículos impressos. Mais informações e inscrições no www.premiocnh. com.br. n Também a 17ª edição do Prê-

Ano em Sustentabilidade, Veículo Especializado do Ano em Sustentabilidade e Personalidade do Ano em Sustentabilidade. A festa de premiação será em 30/10, na EcoHouse, em São Paulo. mio Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais) aceita inscrições até 10/10 pelo www. premioabrelpe.org.br. inscritos. Interessados devem encaminhar e-mail com nome, veículo, telefone e RG para andre. mascarenhas@viveiros.com.br. page, que passa a permitir maior integração com redes sociais, entre outras novidades. n O portal feminino Vila Mulher (www.vilamulher.com.br) reformulou seu leiaute e ganhou nova logomarca. Segundo a empresa, a ideia é valorizar o conteúdo – dividido em dez categorias – com um visual mais leve. Vila Mulher tem em média 3 milhões de unique visitors por mês e 388 mil usuários cadastrados.

CNH de Jornalismo Econômico e Abrelpe abrem inscrições
n Estão abertas as inscrições para a 20ª edição do Prêmio CNH de Jornalismo Econômico, que irá reconhecer as melhores reportagens sobre economia publicadas

E maiS...

n Aberto credenciamento para a cobertura da apuração dos finalistas da 54ª Edição do Prêmio

os jurados indicam os dez melhores livros de cada uma das 29 categorias que compõem o prêmio, de um total de 2.203 algumas cidades, como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Recife, o G1 transmitirá ao vivo os debates. A fase de apuração terá cobertura em tempo real em quase todas as cidades. n O site Jornalistas da Web (www.jornalistasdaweb.com.br), de Mario Lima Cavalcanti (mario@ jornalistasdaweb.com.br), que aborda a relação do Jornalismo com as novas mídias, lançou recentemente sua nova home

SiteS, blogS e afins
n Pela primeira vez, o G1 faz parceria com 25 afiliadas e emissoras regionais da TV Globo na cobertura das eleições municipais (http:// migre.me/aF8sg). O site traz uma página especial dedicada exclusivamente ao assunto, agrupando em um só local as notícias do País inteiro, além de páginas de cidades brasileiras com notícias e informações de todos os candidatos. Os eleitores podem também interagir, escolhendo o que con-

mEmóriaS da rEdação
n A história desta semana é uma colaboração de Carlos Marchi (carlos.marchi@camara.sp.gov.br), que foi repórter especial de O Globo e do Estadão, atuou na campanha de José Serra à Presidência da República, assessorou o então deputado federal por São Paulo e hoje senador José Aníbal (PSDB) e desde março de 2011 é diretor de Comunicação Externa da Câmara Municipal de São Paulo. Você pode gostar ou não gostar de Paulo; não, isso não fará muita diferença para aprender com esta história. De toda maneira, naquela época, começo de 1972, nem os que gostavam muuuuuito dele conseguiam admitir que ele era um bom repórter ou aceitar que tinha um bom texto. Na redação de O Globo (rua Irineu Marinho, 40, Lapa, Rio de Janeiro), ele era conhecido como o repórter que só queria escrever sobre alguns temas – questões alternativas de uma forma geral, manifestações exotéricas, discos voadores, comunidades hippies, maconha, maconha, maconha. Mas tudo Globo – ali estava ele. Ficou meu amigo e me confidenciava que seria escritor a qualquer custo. Eu não dizia nada, mas achava difícil que ele contornasse a falta de densidade dos textos e a banalidade dos temas. Uma vez, como não fora listado para cobrir o Festival Internacional da Canção, me pediu para entrevistar um “grande amigo” (dele) baiano que inscrevera duas músicas – Let me sing my rock’n roll e Eu sou eu, Nicuri é o diabo. Entrevistei Raul em meio a irrespiráveis cortinas de fumaça. Descobri que Paulo era parceiro letrista do amigo magrelo e roqueiro, movido a maconha – nada brilhantes, as letras tinham graça. Saí em prise direta. Semanas depois, Paulo me

Quero ser escritor

isso mal cabia nas austeras edições do jornalão de Roberto Marinho. A verdade é que Paulo não estava entre os melhores repórteres de O Globo e não ligava nem um pouco para estar. Eu, um dos quatro privilegiados repórteres especiais contratados pouco antes, temia por seu presente e, principalmente, por seu futuro. Viveria de quê se fosse demitido? Esse tipo de preocupação não parecia frequentar a cabeça de Paulo. Sua aparência era compatível com as crenças – cabelos compridos, barba meio crescida, roupas (muito) usadas, quase puídas. Era nítido que os chefes de Rerevelou: não tinha mais saco, pediria demissão para morar em comunidades hippies no interior da Bahia, onde viveria para escrever. “Vou ser escritor”, decretou. Viver de quê nos meses ou anos da tentativa? Ele não sabia, e também não estava muito preocupado em saber, como nunca estivera com a “carreira” de repórter, que nunca prezou. Fiquei perplexo. Meu horizonte abrigava apenas a carreira de jornalista. Como aquele cara podia ser tão irresponsável com o futuro? Dei-lhe conselhos: “Cara, você vai se lascar, não faça isso”. Ele não se impressionou com meus apelos candentes. Pensei: “Gente do céu, ele não consegue ser um repórter mediano, como vai viver como escritor?”.

portagem tinham cada vez menos paciência com aquele riponga que só queria escrever sobre coisas alternativas. Nos céus do Rio de Janeiro não havia discos voadores suficientes para justificar as matérias que ele criava, a cada chance que tinha. Não era cego de texto, encadeava frases com, talvez, excesso de simplicidade; o problema maior era a insistência nos temas alternativos. Nascido na classe média, estudara no tradicional Colégio Santo Inácio, um dos Lembro-me do último apelo: nos encontramos na portaria de O Globo, eu chegando, ele saindo. “Não vá, Paulo, você vai perder o único emprego que te dá sustento”. Ele já havia pedido demissão. Emburacou nas comunidades alternativas nas praias lendárias da Bahia. Trilhou o Caminho da Mão Esquerda. Naquele mundo inexato de drogas, ocultismo, fantasias e crenças, foi conviver com os aliens que infestavam suas matérias fantasiosas e os introduziu como personagens de seus livros. Nem soube, mas ele tentou lançar um primeiro livro em 1982. Chamava-se Arquivos do inferno e deu muito errado, cumprindo a minha profecia. O segundo, Manual prático do vampirismo, logo

melhores do Rio, onde participava de tudo que era concurso de poesia ou de teatro. Queria ser escritor, para contrariedade da mãe: o pai o queria engenheiro. Antes do Jornalismo, tentou ser ator e diretor de teatro. No início de 1970 buscou um lugar na equipe de reportagem de O a seguir, deu mais errado ainda. Até então, eu estava acertando: ele, que nunca fora um repórter, jamais seria um escritor. Mas em 1986 ele deixou as praias da Bahia para fazer um circuito que entrava na referência dos alternativos – a peregrinação pelo Caminho de Santiago. Andou 700 km, do sul da França até Santiago de Compostela, na Galizia. Narrou a viagem num novo livro, que chamou O diário de um mago, editado em 1987. Minha profecia desabou. Paulo não só virou escritor, como se tornou o mais célebre deles e o mais vendido em todo o mundo. Virou membro da Academia. Eu? Aqui, modestamente, continuo jornalista, trabalhando para sobreviver...

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful