Lasombra

Por Rodrigo Uivo_Solitário Baseado no trabalho de Junior Lobo

A história desta peculiar linhagem de Mekhet gira em torno de uma única palavra: Traição. As raízes dos Lasombra estão tão profundas na Santa Igreja Romana como um velho e austero salgueiro no campo. O frei Ian DeLacruz foi um nobre e dedicado membro da ordem franciscana do século XVI, possuía porém um cargo peculiar. Procurar e catalogar manifestações sobrenaturais na Europa Ocidental, porém em meio a uma destas buscar frei Ian encontrou algo que lhe fez tremer dos pés a cabeça. Embora o conceito da existência de vampiros não fosse algo novo em sua cabeça, o conceito destes seres estarem envolvidos nos mais altos escalões do clero era enlouquecedor. Uma vez que havia esbarrado nesta verdade inconveniente frei Ian sabia que só mesmo um milagre poderia livrá-lo de uma excomungarão e uma violenta morte nas mãos da inquisição. Milagre este que não aconteceu, frei Ian foi traído, acusado, torturado e trancafiado para ser morto nas mãos daqueles a quem ele havia a servido por tantos anos. Porém nem sempre o mover da grande roda da vida pode ser explicado por homens ou mesmo vampiros. De alguma forma, frei Ian foi salvo da morte por um nobre espanhol cujo nome se perdeu nas areias do tempo, um vampiro, este apenas o deu o dom macabro e desapareceu nas sombras, sem mencionar sequer uma palavra. Frei Ian via de alguma for mesmo que destorcida as mãos do Senhor em sua recente transformação, munido de sua imortalidade e um ódio incomum mesmo no mais herege dos pecadores, ele iniciou sua vingança. Apenas mais um projeto nunca concretizado, pois ele acabou descobrindo que era apenas mais uma no infindável mover de peças de forças universais. Frei Ian conseguiu de alguma forma transformar sua condição de ira e desespero em algo tangível, seu ódio e descontentamento haviam reagido com forças ainda mais sombrias, criando a desconcertante disciplina da tenebrosidade. De um único membro na Espanha, em poucos anos frei Ian acreditando ser um arauto da ira do senhor, destinado a gerar o arrependimento através da dor nos pecadores angariou outros seguidores. Fanáticos religiosos, com muita superstição e pouca instrução eram atraídos pelas discretas porém enérgicas exibições de poder e sabedoria profana de Frei Ian, agora auto-nominado Irmão Sangre. Com sua pequena seita, Irmão Sangre conseguiu atrair membros até mesmo da nobreza espanhola, curiosos com suas idéias sobre danação e arrependimento e admirados por suas demonstrações de poder. Em determinado momento, quando já haviam membros tão dedicados a sua causa que sua seita já se tornará um

assunto entre a alta classe espanhola, Irmão Sangre agora com domínio sobre sua condição, e conhecimento adquirido através de contatos entre a nobreza e o clero resolve dar seu dom a 5 membros escolhidos entre seus mais leais seguidores. Dentre estes 5 conhecidos como “A Foice” havia um jovem ambicioso cujo os registros secretos desta linhagem denominam, “O Divisor”, este prodigioso e belo jovem. Angariou força para o movimento, transformando em uma atração para a nobreza, desviando os menos favorecidos que outrora levantaram o movimento e secretamente recolhendo conhecimentos sobre o mundo sobrenatural além juntando riquezas para o movimento. A esta altura, a seita era dividida entre o clube social da nobreza e um círculo interno de conhecimento e heresia, atraindo cada vez mais pessoas esclarecidas sobre os mistérios universais. Neste círculo eram estudados mistérios do universo, e da própria sombra que cobria a camada de realidade a qual estamos ligados. O conhecimento adquirido foi se tornando cada vez mais tangível, e também perigoso. Desnecessário dizer que Irmão Sangre agora era uma figura comentada entre os principais dos vampiros espanhóis e suas aparições se tronavam cada vez mais esporádicas mesmo entre os de sua seita. Secretamente um jovem e promissor aprendiz procurou outras formas de adquirir poder, além do conhecimento profano e se envolveu com forças abissais, não demorou para ele convocasse seguidores próprios e alguns seres do abismo e matasse seu criador (embora ninguém nunca tenha visto o corpo, ou qualquer outro vestígio de sua morte), fugindo com seus conhecimentos e pertences mais valiosos e abandonando seus cúmplices a própria sorte. Seus irmão remanescentes da “Foice” ao verem o que havia acontecido, e o que o jovem fora capaz de invocar juraram procurar e matar o traidor nem que isso os leve ao próprio abismo (e provavelmente levará). Esses membros traídos passaram sua maldição e seus ideais de iluminação e condenação a outras pessoas. Espalhando assim sua maldição a sua visão deturpada da condição vampiresca como agentes provocadores do arrependimento. Sempre tomando o cuidado de entender e respeitar os poderes ao qual se ligaram devido a seu legado de ódio e traição. Alcunha: Vingadores ou Traiçoeiros Coalizão: Não costumam se preocupar muito com assuntos fora da iluminação pessoal e do arrependimento fora do clã. Embora recentemente uma porção de membros jovens e hereges tenham aparecido dominado as sombras, e falando sobre idéias de iluminação baseadas na total entrega aos prazeres mundanos. Talvez o próprio “O Divisor” esteja disseminando sua maldição e seus idéias entre os amaldiçoados Aparência: A grande maioria dos Lasombra sempre veste bem, de forma discreta e preocupada com uma aparência erudita, não raras vezes ostentando símbolos religiosos, tanto cristãos quanto de qualquer outra religião. Cabeças raspadas tatuagens de símbolos de poder não seriam nenhuma surpresa. Além de o atual movimento que parece fazer parte dos recentes movimentos New Age, com roupas pretas e símbolos de religiões não ortodoxas e profanas. Refúgio: Qualquer Lasombra se sentirá atraído a lugares que tenham apelo religioso, desde catedrais até cemitérios. Histórico: Os Lasombra costumam escolher seus membros entre pessoas eruditas, desiludidas ou fanáticas religiosas. Os membros dessa linhagem gostam de prestar atenção aqueles que examinam os detalhes de qualquer que seja sua orientação religiosa. Criação de Personagem: Os Lasombra de qualquer origem dedicam muito de seu tempo a pesquisar os mistérios do universo e a complexidade da vida. Além de tramar suas próprias vinganças e maquinações que são tão presentes quanto a própria tenebrosidade. Isso se reflete em sua preferência por Atributos de Refinamentos e habilidades mentais Atributos Preferenciais: Raciocínio e Manipulação Disciplinas: Auspícios, Resiliência e Tenebrosidade

Fraqueza: Além da Fraqueza original de todos os Mekhet, os vampiros dessa linhagem são obrigados a carregar consigo sempre um símbolo religioso. Para cada dia em que eles não fizerem isso, sofreram uma penalidade cumulativa de -1 dado em todas as suas ações ate o máximo de -5. Todas as penalidades sumirão após uma noite inteira carregando um simbolo. Além disso, toda vez em que estiverem dentro de uma igreja de religião cristã sofreram -2 dados em todas as suas ações. Organização: A estrutura dos Lasombra é formal. Eles prestam muito respeito a seus anciões freqüentemente os chamando por lorde ou milady. Respeito e homenagem são garantidos aos membros mais velhos. Uma vez por ano todos os Lasombra (com excessão do Divisor e sua suposta prole) se encontram para reunir informações e saber o que uns e outros descobriram sobre a origem dos membros e desaparecimento de Irmão Sangre. Os Cinco ainda existem alguns dizem, são eles que tomam as maiores decisões em nome dos Lasombra Conceitos: Professor de história, inquisidor pagão, assassino, guarda-costas, detetive, nobre rico, antiquário, estudante de teologia.

Tenebrosidade
O campo de atuação dos Lasombra, a Disciplina Tenebrosidade concede ao seu usuário o poder sobre a escuridão. A origem exata dessas sombras são fontes de discussão até hoje. Alguns acreditam que elas são sombras, enquanto outros, talvez mais corretamente, acreditam que o poder concede aos Membros o controle sobre a matéria prima de suas almas, permitindo a eles moldá-la em algo tangível. Outros ainda pensam que está é uma maldição sofrida por eles, devido a sua natureza pecaminosa. Uma coisa sobre a tenebrosidade é correta, seu poder tem um preço, com o tempo depois de aprender a comandar as sombras, inevitavelmente o usuário irá se tornar mais parecido com elas, tanto que sua aparência, mesmo a luz forte parece sempre sombria, seus olhos parecem sempre estar cobertos por sombras. Sua presença causa desconfortos a pessoas comuns e de bom coração. Alguns membros alegam que passaram a ter uma compreensão mais clara do caos primordial do qual as sombras são feitas. Alegam que conseguem lidar com os agentes da sombra, ou demônios para os mais ortodoxos. Aquele vampiros que adquirirem o nível 3 de tenebrosidade passam a apresentar estranhas características. Que vão piorando gradativa e respectivamente, Presença Sinistra: O vampiro apresenta sempre uma estranha sombra cobrindo seus olhos: – 1 em todos os testes sociais com pessoas que possuem ligação com o clero (não necessariamente cristãos). Adepto da Sombra: O vampiro se sente mais a vontade em ambientes escuros, e a luz o deixa inquieto, recebe +1 em seus testes baseados em Raciocínio em ambientes escuros ou com pouca iluminação, e -1 em testes de autocontrole em ambientes com muita iluminação (a critério do narrador). Iluminação Profana: O vampiro que consegue alcançar este estágio na tenebrosidade começa a adquirir uma compreensão maior da trama sombria da qual faz parte. Porém essa compreensão custará a inocência do manipulador (sim, para os seres das sombras, até este ponto ele ainda era inocente). Acrescente um bônus de +2 em testes de Ocultismo. Acrescente -1 em todas as jogadas para resistir ao vício, só recupere força de vontade devido a ele em 50% das oportunidades. Neste ponto é muito provável que o usuário vá encontrar seres ainda mais sombrios que os próprios vampiros (a criatividade do narrador é a única referência) Nível 1- Visão Sombria. Um estudante da Tenebrosidade aprende logo cedo a ver na mais total escuridão. Suas pupilas escurecem ate seus olhos ficarem completamente negros. Nesse

estado ele não poderá distinguir cores, vendo apenas em preto e branco. Custo: Sem Custos Parada de dados: este poder não requer rolagens de dado. Ação: Instantânea. O vampiro pode ativar e desativar a Visão Sombria quando quiser. Este poder não funcionara se o vampiro estiver de olhos vendados. Muito menos se o vampiro tiver os olhos arrancados. Outro poder também adquirido é a capacidade de ver fantasmas sem a necessidade deles se manifestarem (pág 210 do livro Mundo das Trevas). Perceba que o poder pode ser perigoso, pois o fantasma saberá que foi visto. Como ele vai reagir fica a cargo do narrador. Nível 2- Jogo de Sombras O usuário pode manipular as sombras que já existem. Ele pode fazê-las crescer, encolher, deformar ou a dar a forma que quiser as sombras. Todas essas imagens permanecem sombras, portanto não podem causar dano real em alguém, embora permitam que o vampiro também, possa se esconder em sombras manipuladas pelo poder. Embora, ver sua própria sombra tentando atacar outra pessoa, poderia revelar-se bastante perturbador. Os observar as sombras crescerem enquanto uma pessoa faz qualquer tipo de discurso pode fazer até mesmo o maior dos céticos tremer. Custo:1 de Vitae Parada de dados: Raciocínio + Intimidação + Tenebrosidade.(veja abaixo) Ação: Instantânea Resultado dos Testes: Falha Dramática: O personagem falha, o Vitae é gasto do mesmo jeito e este poder não poderá ser usado ate o próximo anoitecer.Falha: O personagem falha em manipular as sombras, mas o Vitae é gasto.Êxito: O personagem manipula as sombras com um alcance de 15 metros desde de si mesmo. A zona de alcance do poder pode ser mudada como ação reflexa, porem no máximo tem que estar no campo de visão do personagem.Êxito Excepcional: Igual ao sucesso normal, porem o alcance é de 30 metros. Os mortais ficam extremamente perturbados ao ver essas manipulações. Ao usar este poder para amedrontar um mortal, use a mesma parada de dados menos o Autocontrole do alvo (o mais alto valor se for usado em um grupo e mesmo assim ate no máximo o seu nível de Tenebrosidade em alvos).Vampiros e seres sobrenaturais não sofrem desse medo, mas mesmo assim acham as sombras perturbadoras. As sombras podem ser manipuladas ate o fim da cena, suas mudanças e formas são mudadas como uma ação reflexa. Apenas uma utilização deste poder pode estar ativa por cena. Assim, sombras em áreas distintas não podem ser mudadas ao mesmo tempo. As sombras voltam ao normal se o usuário for deixado inconsciente, em torpor, destruído ou perder as sombras de vista. O uso desse fica limitado apenas pela criatividade do jogar, já que ele pode moldar as sombras de forma a conseguir um bônus de até +2 em testes de Intimidar e Dissimulação entre outros a cargo do narrador. Nível 3- Mortalha da noite O praticante de Tenebrosidade pode criar sua própria escuridão tanto para esconder seus atos ou amedrontar os outros. Mortalha da noite um dos moderes mais perturbadores suprime a luz, um Membro pode fazer isso numa sala iluminada ou numa rua da uma cidade a noite. Luz elétrica ainda conduz corrente e fogo ainda queima, mas as luzes são totalmente suprimidas. Este poder não oferece proteção contra luz solar.

A luz do Sol penetra e anula a Mortalha automaticamente, embora os sons fiquem distorcidos e o senso de direção profundamente afetado. As vitimas sentem-se como se tivessem sido imersas na própria escuridão do abismo. Apenas um membro com Potência de Sangue maior que o criador da mortalha pode tentar enxergar dentro dela. Todos os outros estarão temporariamente cegos enquanto estiverem na Mortalha. Custo: 1 de Vitae Parada de dados: Inteligência + Ocultismo + Tenebrosidade. Ação: Instantânea Resultado dos Testes: Falha Dramática: O personagem falha, o Vitae é gasto do mesmo jeito e este poder não poderá ser usado ate o próximo anoitecer.Falha: O personagem falha em manipular as sombras, mas o Vitae é gasto. Êxito: O personagem manipula as sombras com um alcance de 20 metros. Dura 1 cena. Êxito Excepcional: Igual ao sucesso normal, porem o alcance é de 50 metros. O usuário não precisa estar na área afetada, mas precisa ter ela na sua linha de visão. Ele pode dissipar a escuridão sempre que precisar ou quando cair em torpor ou destruído. Todos serão cegos dentro da mortalha. Porem, vampiros com Potência de Sangue maior que o usuário e possuidores do nível 1 de Auspícios ou nível 1 de Tenebrosidade, pode tentar ver na mortalha normalmente passando em um teste de Raciocínio+Investigação. Mesmo aqueles que passarem neste teste, sentem-se incomodados como se estivessem sendo imersos em escuridão total, esse efeito causa um modificador de -1 em testes que envolvam meditação. Modificadores Sugeridos: Luz da Lua ou ruas mal iluminadas +2.Crepúsculo ou rua pouco iluminada +1. Sala mal iluminada --- Sala bem iluminada -1. Salão brilhante como o dia (mas não luz do Sol verdadeira.) -3

Nível 4- Tentáculo de Sombra Ao refinar o controle sobre a escuridão, o amaldiçoado pode criar um tentáculo que emerge de remendos de escuridão. A forma que este poder assume é de um tentáculo sombrio com garras. Este tentáculo pode erguer pesos, empurrar objetos ou atacar inimigos. Embora este seja um poder aparentemente destrutivo, muitos dos rituais religiosos dos Lasombra envolvem este poder Custo: 1 de Vitae a cada 3 turnos. Parada de dados: Inteligência + Ocultismo + Tenebrosidade. Ação: Instantânea Resultado dos Testes: Falha Dramática: O personagem falha, o Vitae é gasto do mesmo jeito e este poder não poderá ser usado ate o próximo anoitecer. Falha: O personagem falha

em criar o tentáculo, mas o Vitae é gasto. Êxito: O personagem cria dois tentáculos com um alcance de igual a sua Potência de Sangue x 1,5 em metros. O poder dura 1 cena. Êxito Excepcional: Dobre o alcance e o número de tentáculos. O teste de invocação já é considerado o teste de ataque do usuário contra o alvo no primeiro turno. Sendo necessário um teste adicional de ataque a cada turno com o tentáculo. Os ataques do tentáculo ignoram qualquer blindagem mundana oferecida pelo alvo e provocam dano agravado. Ataques direcionados ao tentáculo não surtem efeito, a menos que venham de fontes sobrenaturais. Enquanto estiver usando o tentáculo, o personagem não poderá se mover ou fazer qualquer ação que não seja atacar ou usar o tentáculo. Isso também faz com que o Membro perca o seu valor de Defesa enquanto estiver com o poder ativo, pois o poder exige muita concentração. Inclusive o vampiro fica impossibilitado de usar outras Disciplinas, exceto Tenebrosidade. Se em algum momento o personagem receber 5 ou mais de dano letal ou agravado num mesmo turno, ele perde a concentração e o tentáculo é desativado. Se for usado para erguer ou empurrar algo, considera-se que o tentáculo possui uma Força equivalente a Tenebrosidade + metade da Potência de Sangue do usuário (arredonde para baixo). Alem disso, o tentáculo dificilmente poderá ser usado para tarefas delicadas, como abrir uma porta sem fazer barulho, digitar em um teclado... Modificadores Sugeridos: Sala bem iluminada -1. Salão brilhante como o dia (mas não luz do Sol verdadeira.) -3. Usar para tarefas delicadas -4. Nível 5- Corpo de Sombras Um mestre de Tenebrosidade pode literalmente se tornar uma sombra. Nesta forma, um personagem pode deslizar através de paredes, através de uma rachadura em uma porta ou através de uma janela sem quebrar o vidro. Nenhuma força física além de uma chama no mínimo do tamanho de uma tocha pode prejudicá-lo porque sua forma não é sólida. Ela parece uma sombra (nesta forma é possível usar Jogo de Sombras em si mesmo para fazer se ainda mais difícil de reconhecer). O personagem pode também desafiar a gravidade e andar pelas paredes e se comunicar livremente. Custo: 1 de Vitae Parada de dados: Inteligência + Ocultismo + Tenebrosidade. Ação: 1 turno Resultado dos Testes: Falha Dramática: O personagem falha, o Vitae é gasto do mesmo jeito, o turno é perdido e este poder não poderá ser usado ate o próximo anoitecer. Falha: O personagem falhou em tentar se transformar, mas o Vitae é gasto e o turno perdido. Êxito: O personagem começa a se tornar uma sombra. Dura 1 cena.Êxito Excepcional: Igual ao sucesso normal, porem a transformação é instantânea sem a necessidade de esperar um turno.O personagem se torna uma sombra bidimensional e pode se deslocar com velocidade igual a seu deslocamento. Também é possível andar pelas paredes e tetos com igual velocidade. O personagem é livre para usar Jogo de Sombra para manipular sua própria forma, dando-lhe a aparência que quiser. Ele pode falar mas não afetar nada fisicamente. Sendo também invulnerável a qualquer dano físico ou poderes que afetem a mente, com excessão do dano por fogo. A luz do Sol ainda continua mortal. O personagem não pode usar Disciplinas físicas, somente Tenebrosidade será possível e apenas se ele tiver Vitae ainda para ativar. Fazendo isso ele poderá usar seus outros níveis de Tenebrosidade, estando ainda limitado a não poder se mover quando usar o nível 4.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful