You are on page 1of 15

CERIMÔNIA DE INSTALAÇÃO DOS OFICIAIS

uma cerimônia aberta emitida pelo

Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil

Segunda Edição © 2009

CERIMÔNIA DE INSTALAÇÃO DOS OFICIAIS
Um Serviço de Instalação aberto pode ser incrementado com detalhes importantes, tais como, seleções musicais, adereços, e apresentação de símbolos adequados para a cerimônia. Isto deve ser feito da forma mais impressionante possível, pois é uma oportunidade para os DeMolays explicarem e exemplificarem os objetivos da Ordem para aqueles que jamais poderão aprender de outra maneira.

A critério do Grande Mestre de Estado, os Oficiais poderão ser instalados nesta ordem ou na ordem inversa, somente. Além disso, a instalação de alguns oficiais poderá ser dividida entre os demais membros do time de Oficiais Instaladores. Isto permitirá que os outros Oficiais tenham oportunidades de participar. No entanto, o Oficial Instalador é responsável por sempre conhecer toda a parte que lhe cabe na cerimônia. Ao instalar um oficial, o membro do time de Oficiais Instaladores deverá se movimentar para o ponto O. Os movimentos de solo deverão ser feitos da maneira mais eficiente possível.

Com a permissão do Grande Mestre de Estado, o juramento do Mestre Conselheiro poderá ser dado por outro DeMolay ou adulto, mas deve ser feito de memória.

Oficiais requeridos: Oficial Instalador: O.I. – Primeiro Conselheiro Instalador: 1ºC.I – Segundo Conselheiro Instalador: 2ºC.I – Mestre de Cerimônias Instalador: MCer.I – Capelão Instalador: Cap.I – Primeiro Diácono Instalador: 1ºDI

Acessórios Requeridos: Malhetes no posto do O.I. e 1ºC.I; Bíblia Sagrada fechada no Altar; livros escolares no posto do O.I.; Bandeira Nacional padrão no local indicado no Diagrama Um; sete candelabros com velas arrumados como indicado no Diagrama Um;

Itens Opcionais: Toalha para o Altar; Estandarte do Capítulo colocado conforme indicado no Diagrama Um; Flores no Altar; forro para as mesas; bastão para o MCer.I.

Os membros da equipe instaladora ocupam os postos correspondentes aos dos Oficiais do Capítulo até o Oficial ser instalado, quando então os membros da equipe instaladora se sentarão em cadeiras extras que deverão ser reservadas para eles.

Os Oficiais Instaladores formam uma fila simples na porta nesta ordem: O.I. – 1ºC.I – 2ºC.I – MCer.I – Cap.I – 1ºDI. O O.I., liderando a fila, se move do ponto A para D G F J formando um triângulo conforme o indicado:

O.I. 1°C.I 1ºDI MCer.I Cap.I 2ºC.I

Eles se ajoelham para um momento de prece silenciosa.

O.I.

Amém

Oficiais Instaladores se levantam e o O.I. se move J K S S’ V Z X e se vira para o Oeste.

O.I.

* (uma batida)

Simultaneamente 1ºC.I se vira para a esquerda e 2ºC.I se vira para a direita. Eles se movem para as respectivas faixas de movimentação e depois para os seus postos. Assim que eles alcançarem as faixas de movimentação, simultaneamente: 1ºDI se vira para a direita e MCer.I e Cap.I se viram para a direita. Eles se movem para as respectivas faixas de movimentação e depois para os seus postos, com o MCer.I seguindo o Cap.I.

O.I.

* (uma batida)

Todos, exceto o O.I. se sentam.

O.I.

Amigos, em nome do Capítulo ........ n.º .... da Ordem DeMolay, nós lhes damos as boas vindas, muito cordialmente, a esta cerimônia de instalação dos Oficiais que foram eleitos ou nomeados para o mandato subseqüente. Pode não ser fora de propósito, explicar agora, brevemente, as finalidades gerais de nossa ordem, para a qual, somente jovens rapazes com idade entre 12 e 21 anos são elegíveis a ingressar. Embora nós tenhamos sinais secretos, palavras e modos de reconhecimento, nós não temos segredos para o mundo no que se refere a nossa causa e objetivos centrais. Nós estamos ligados por uma melhoria mútua, para ajudar uns aos outros a viver uma vida limpa, varonil, íntegra e patriótica que nos dará crédito com nossos pais e amigos, e que merecerá o apreço de todos os homens de bem. Em nossas reuniões nós ensinamos somente princípios que estão em harmonia com este elevado propósito e em nossas vidas diárias tentamos praticá-los. Sentimos que podemos contar verdadeiramente com nossa Ordem em nossas vidas e em particular com a calorosa ajuda de todos os homens e mulheres de bem.

O.I.

Irmão Primeiro Diácono Instalador, você comparecerá ao Altar.

Sugestão de música.

1ºDI se move X Z M para o candelabro 1, acende-o e acende os outros, em ordem, cruzando entre o Altar e o Leste, o O.I. começa o seguinte discurso assim que o 1ºDI ascende o candelabro 1. O.I. e 1ºDI coordenam a fala e a ação de modo que o candelabro 7 seja aceso quando o O.I. concluir seu discurso.

O.I.

Nossos antepassados bem sabiam que a liberdade religiosa, representada pela Bíblia Sagrada, que a liberdade civil, representada pela bandeira de nossa pátria, e a liberdade intelectual, representada pelos livros escolares, deviam sempre caminhar lado a lado e em ordem para serem efetivas. Em torno destes baluartes, a Ordem DeMolay coloca sete velas, simbolizando as Sete Virtudes Cardeais de um DeMolay -- amor filial, reverência pelas coisas sagradas, cortesia, companheirismo, fidelidade, pureza e patriotismo. Como a luz destas velas ilumina esta sala capitular, possa sua luz brilhar diante dos homens, afim de que eles possam ver os seus bons trabalhos e glorificar o seu Pai que está no céu.

1ºDI se move do candelabro 7, J K Z X, ele fita o Oeste.

O.I.

* (uma batida)

1ºDI se senta.

O.I.

Irmão Primeiro Conselheiro Instalador, você abrirá a Bíblia Sagrada no Altar.

*** (três batida)

Todos se levantam. 1ºC.I se move X Z H G J, fitando o Leste, ajoelha-se sem tocar o Altar, abre a Bíblia lenta e reverenciadamente, se levanta sem tocar o Altar.

1ºC.I Abrimos a Bíblia Sagrada, o alicerce de nossa fé em dias eternos, sobre o Altar como um símbolo da liberdade religiosa que é um direito inalienável de todas as pessoas. Sobre este Altar não está o emblema de um credo ou o depósito de qualquer sistema de teologia, mas a palavra de um Deus vivo e verdadeiro, cuja Paternidade universal ensina a inevitável lição da fraternidade de todos os Seus filhos. Sem a oportunidade de adorar a Deus de acordo com os ditames da nossa própria consciência, nossa liberdade seria falsa e, por isso, como alicerce de todas as outras liberdades, nós colocamos a palavra de Deus sobre nosso Altar e eu, solenemente recomendo aos membros deste Capítulo que sempre caminhem a luz de seus ensinamentos e nunca se mantenham longe de suas páginas abertas.

1ºC.I se move J G H Z X e se vira para o Leste.

O.I.

Irmão Segundo Conselheiro Instalador, você providenciará que a bandeira de nosso país seja apresentada no Altar.

2ºC.I Irmão Primeiro Diácono Instalador, você apresentará a bandeira de nossa pátria no Altar.

1ºDI se movimenta diretamente para a Bandeira.

2ºC.I Irmãos e amigos, vocês permanecerão de pé em atenção e saudação à nossa Bandeira.

Permanecer em atenção e saudação significa estar de pé com a cabeça e o corpo eretos, os ombros para trás, as mãos sobre as laterais das pernas, dedos para baixo, estando os indicadores sobre a risca da costura lateral da calça. À proporção em que a Bandeira se move, a cabeça e o corpo se movem juntos de modo que a pessoa sempre esteja sempre olhando para a Bandeira. O Primeiro Diácono Instalador segura o mastro da Bandeira com as duas mãos. Poderá usar luvas brancas. (Veja as figuras).

No Brasil, o 1ºDI a retira com ambas as mãos, e coloca o mastro apoiado em seu ombro esquerdo. Ao chegar em sua posição diante do Altar, coloca o mastro na posição vertical, segurando-o com ambas as mãos fechadas, ficando o pano desfraldado, porém sem tocar o chão (Lei 5.700 de 1º de Setembro de 1.971).

Quando o 1ºDI pegar a Bandeira, todas as pessoas permanecem em atenção, até que os Hinos tenham terminado e voltam a essa posição quando o 1ºDI se dirige com a Bandeira para o seu posto. O 1ºDI não canta os hinos.

Sugestão de música.

1ºDI se move Z V U T Q’ Q F G, se vira para o Altar e permanece a uns 6 passos do ponto J, Todos, exceto o 1ºDI devem cantar os hinos.

2ºC.I Cantemos o Hino da Bandeira.

Executa-se o Hino à Bandeira.

2ºC.I Cantemos o Hino Nacional Brasileiro.

Executa-se o Hino Nacional.

2ºC.I se move X Z L N O e se vira para o Oeste.

2ºC.I Apresentamos a bandeira no Altar, como um símbolo da liberdade civil, sem a qual não poderia haver liberdade religiosa. É oportuno que esta bandeira seja entregue a guarda desses jovens rapazes que logo se tornarão cidadãos e que por sua honra deverão defender esta bandeira, ou nos campos de batalha ou na perpétua luta dos bons cidadãos contra o mau. Em todas as crises da história desta nação nós temos chamado nossos jovens e agradecemos a Deus, que nunca nos deixou de responder. O verde, o amarelo, o azul e o branco em nossa bandeira representam as riquezas e a grandiosidade de nossa pátria que devemos aos nossos antepassados que lutaram para que pudéssemos desfrutar de liberdade. Nós, por isso, a apresentamos em nosso Altar como uma sentinela a nos guardar enquanto a adoramos e eu, solenemente, recomendo aos membros deste Capítulo que nunca a deixem de protegê-la, e fora das paredes deste Capítulo, sempre viver de maneira digna desta sagrada bandeira.

2ºC.I se move O N L Z X e se vira para o Norte. Depois que o 2ºCI estiver em seu posto o 1ºDI se move G H S V e coloca a Bandeira em seu pedestal, e depois se move X e fita o Oeste.

O.I.

* (uma batida)

Todos, exceto o O.I. se sentam. O O.I. carregando os livros escolares, se move X T U R O, se vira para o Oeste e coloca os livros escolares no canto Nordeste do Altar.

O.I.

Do meu posto no Leste, emblema da manhã da vida, colocamos os livros escolares no Altar como um símbolo da liberdade intelectual, sem a qual não poderíamos ter liberdade civil nem religiosa. Eles são especialmente o símbolo do grande sistema de escolas públicas de nosso país, a fundação daquele esclarecimento universal que é a glória coroada de nossas instituições. O apoio devotado as nossas escolas públicas é um ensinamento cardial da Ordem DeMolay. Nós nos opomos inalteravelmente que um mesmo prédio comporte uma escola, uma igreja e uma sede do governo civil. Liberdade civil, religiosa e intelectual são três fontes da grandeza de nosso país, mas elas devem permanecer a sós, sob diferentes fundações e debaixo de tetos separados. Estes livros, representando aqueles que são levados para as escolas públicas por milhões de meninas e meninos todos os dias, são os símbolos vitais de nossas liberdades, como a Bíblia Sagrada, que é a regra e guia de nossa fé, ou a bandeira que protege a igreja, a escola e o poder civil. Nós, por isso, colocamos estes livros sobre o Altar e eu, solenemente, recomendo aos membros deste Capítulo sempre lutarem pela proteção, permanência e existência livre das escolas públicas, a cidadela de nossa segurança e a fonte única e verdadeira da liberdade em um governo do povo, pelo povo e para o povo.

O O.I. se move O R U V Z X, se vira para o Oeste.

O.I.

Como nenhum grande empreendimento deve começar sem pedir a benção do Onipotente Deus, dirijam sua atenção ao Capelão Instalador que nos guiará em oração.

*** (três batida)

Todos se levantam.

O.I.

Irmão Capelão Instalador, você nos guiará em oração.

As luzes são diminuídas. Cap.I, conduzido pelo MCer.I, se move X Z I J. MCer.I e Cap.I param no ponto J. MCer.I dá um passo à frente, em direção ao Norte. Ambos se viram para o Leste. Simultaneamente, Cap.I dá um passo à frente em direção ao Altar e MCer.I dá um passo para trás. Quando o Cap.I e o MCer.I deixarem seus postos, todos os DeMolays Ativos no Leste e o 1º e 2ºC descerão ao nível do chão.

O.I.

Os DeMolays ativos se ajoelharão sobre o joelho esquerdo. Todos os demais permanecerão de pé.

Todos os DeMolays Ativos, exceto o MCer.I, se ajoelham em uníssono com o Cap.I.

Cap.I Onipotente Deus, nosso Pai celestial, nós o agradecemos pelas muitas oportunidades que tivemos para mostrar os múltiplos dons de vossa graça. Nós vos agradecemos pelo privilégio de trabalhar e pelo conhecimento de vosso eterno amor. Pedimos vossa benção especial sobre esses Oficiais que assumem a responsabilidade de liderança neste Capítulo. Dê-lhes vossa orientação contínua e cuidado protetor. Dê-lhes a vontade de compreender, a coragem para fazer aquilo que é justo e a força para colocar em prática os vossos ensinamentos. Amém.

TODOS

Amém.

Os DeMolays Ativos se levantam quando o Cap.I levantar. Cap.I dá um passo para trás, simultaneamente MCer.I dá um passo à frente em direção ao Altar. Ambos se viram para o Norte. Cap.I dá um passo à frente, ficando do lado do MCer.I Cap.I conduzido pelo MCer.I se move J K V Z Cap.I cruza à frente do MCer.I e move X, permanecendo virado de frente para o seu Posto. MCer.I move X Z. MCer.I e Cap.I se viram para o Oeste simultaneamente. Assim que o Cap.I é levado do Altar, todos os DeMolays Ativos que se sentam no Leste e o 1ºC e 2ºC retornam aos seus Postos. As luzes são totalmente acesas.

O.I.

Eu agora declaro este Capítulo aberto com a finalidade de instalação.

* (uma batida)

Todos, exceto o O.I., se sentam.

Sugestão de música.

O.I.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você lerá o nome dos Oficiais que foram eleitos ou nomeados para servir este Capítulo no mandato subseqüente.

Feito.

Se o Capítulo desejar os Oficiais que serão instalados já poderão estar sentados dentro da Sala Capitular, ou nos postos que estão prestes a assumir, ou em

alguma outra área reservada para este fim. Se qualquer um destes métodos for utilizado, os Oficiais formarão o triângulo como ilustrado na Figura 2 quando seus nomes forem lidos. Ou, se o espaço permitir, os Oficiais poderão se sentar no triângulo ilustrado na Figura 2, a partir do início da cerimônia.

Esta parte poderá ser omitida por opção do Grande Mestre de Estado.

O.I.

Irmãos do Capítulo, vocês estão diante daqueles que foram eleitos ou nomeados para servir no mandato subseqüente. Vocês prometem fiel cooperação com todos os seus esforços para o crescimento dos interesses de nossa Ordem?

TODOS

Nós prometemos.

O.I.

Vocês prometem deixar de lado todos os pequenos ciúmes e ambições e trabalhar leal e assiduamente com eles no cumprimento do dever ou da parte do seu trabalho que lhe for designada?

TODOS

Nós prometemos.

O.I.

Irmãos Conselheiros, vocês puderam ouvir de seus irmãos a garantia das promessas de leal apoio dentro e fora do Capítulo. Vocês, por sua vez, prometem trabalhar zelosamente com eles para levá-los em direção aos propósitos que a todos anima?

Cons. Nós prometemos.

O.I.

Irmãos Conselheiros e irmãos deste Capítulo, em nome de nossa Ordem, eu aceito suas promessas de cooperação como um feliz presságio de sucesso que esse zelo e harmonia mútua asseguram. O trabalho comum não pode ser feito só por Oficiais ou por membros somente. Os mais eficientes Oficiais que pudessem ser escolhidos seriam ineficazes sem a leal ajuda dos membros e os membros mais entusiastas seriam impotentes sem a liderança inteligente e consagrada. Sem essa fiel e eficiente cooperação vocês não poderão ter esperança de que merecem o sucesso.

O.I.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você apresentará os Preceptores para a instalação.

Feito.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar os Irmãos ........, que foram escolhidos como Preceptores para o mandato subseqüente.

O.I.

Meus irmãos, é desnecessário para mim enfatizar a importância dos deveres que vocês exercerão ao exemplificar nosso ritual. Sem entrar em detalhes de suas partes nesse trabalho, eu posso veementemente recomendar a maior eficiência de que vocês sejam capazes. Sua seleção é uma grande honra, pois foi dada a vocês a parte mais impressionante de nossa cerimônia de iniciação. A impressão que vocês passarem aos candidatos que lhes forem apresentados será permanente, e quanto maior for a eficiência de vocês, maior será essa impressão.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá os Preceptores aos seus postos e depois você apresentará o Tesoureiro, o Hospitaleiro e o Orador para a instalação.

Feito.

MCer.I conduz os Preceptores J K S S’ V T Q’ Q F C’ C D E E’ H S S’ V Z X. 1ºP se move Z X quando eles passarem pela primeira vez em seu posto. Os outros se movem Z X, em seqüência, quando passarem. Quando todos os Preceptores tiverem chegado a seus postos eles se sentam simultaneamente.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi eleito Tesoureiro, o Irmão ........, que foi escolhido como Hospitaleiro e o Irmão ........ que foi escolhido Orador para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmão ........, você foi escolhido para administrar as finanças deste Capítulo e eu o lembro a rígida fidelidade no exercício desta importante confiança. Com propriedade, eu lhe peço que tenha um rigoroso cuidado para que este Capítulo possa, a qualquer tempo, conhecer sua situação financeira.

Irmão ........, é seu dever, lembrar-nos, no desempenho de seus deveres como Hospitaleiro, que a caridade, não aquela pomposa e incompreensível distribuição de esmolas, mas a caridade que foi traduzida como “amor fraternal” é uma virtude que todos devemos praticar. O choro da necessidade soa cada vez mais em nossos ouvidos e para ele os nossos ouvidos nunca deverão se fechar.

Irmão ........, você foi escolhido como o Orador deste Capítulo. E este é um cargo de uma importância que não pode ser subestimada. A interpretação da lição a ser ensinada no Grau DeMolay depende, em grande parte, da maneira como o Orador faz sua explicação sobre o significado fundamental dos ensinamentos de nossa Ordem. Não é com pouca habilidade que você cumprirá com sua parte no ritual e sua seleção para este cargo é uma prova automática da confiança que o Mestre Conselheiro tem em você e em sua habilidade.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá o Tesoureiro, o Hospitaleiro e o Orador para os seus respectivos postos e depois você apresentará o Escrivão e o Porta Bandeira para a instalação.

Feito.

Tes., Hosp., e Or. se sentam em uníssono quando chegarem aos seus postos.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi escolhido como Escrivão e o Irmão ........, que foi escolhido como Porta Bandeira para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmão ........, você foi escolhido para registrar os assuntos do Capítulo e eu o lembro o cuidado, a polidez e a eficiência que fazem o trabalho de um secretário valioso para qualquer fim. Os deveres de seu cargo são muitos e variados e não se resumem às reuniões do Capítulo. Nós confiamos em sua fidelidade em todos os momentos, para que nenhuma confusão possa acontecer com a rotina administrativa do Capítulo.

Irmão ........, como o título do seu cargo sugere você é o guardião oficial do amado símbolo da grandeza de nossa pátria. Patriotismo é uma das virtudes cardeais de nossa Ordem, e como o guardião formal da bandeira você deve nos recordar os nossos deveres comuns como companheiros naquelas bênçãos conquistadas por todos os sacrifícios daqueles que viveram virtuosamente e morreram gloriosamente para o bem de nossa pátria. A responsabilidade de honrar esta bandeira, em breve será entregue em nossas mãos e não há uma função mais iluminada para você, que foi escolhido como seu detentor.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá o Escrivão e o Porta Bandeira para os seus respectivos postos e depois você apresentará o Capelão para a instalação.

Feito.

Esc e P.B. se sentam em uníssono quando chegarem aos seus postos.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi escolhido como Capelão para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmão ........, você foi escolhido para um cargo muito sagrado e honroso. Conforme sugerido por seu título você deve liderar o Capítulo em suas devoções e nem preciso lhe lembrar que seu comportamento, em todos os momentos, deve ser escrupulosamente compatível com a dignidade, a solenidade e a santidade de seus deveres. É necessário um rigoroso decoro em todos os postos oficiais, mas o seu, em particular, demanda muitas qualidades que justificarão a sua sábia escolha. Nossas devoções não são fórmulas sem significado, mas são práticas de deveres constantemente inculcados em nossos ensinamentos.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá o Capelão para o seu posto e depois você apresentará o Mestre de Cerimônias e o Sentinela para a instalação.

Feito.

Cap. se senta quando chegar ao seu posto.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi escolhido como Mestre de Cerimônias e o Irmão ........, que foi escolhido como Sentinela para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmão ........, será o seu dever conduzir as procissões prescritas em nosso ritual e ainda cumprir outros deveres que podem lhe caber. Você desempenhará com dignidade e eficiência os seus deveres que não são, de modo algum, desimportantes.

Irmão ........, você foi escolhido pelo Mestre Conselheiro para ser o Sentinela. Seu posto é do lado externo da porta. A você recai o dever de zelar, para que ninguém seja admitido às reuniões do Capítulo, a não ser que esteja plenamente qualificado. E é bom lhe lembrar que você é o guarda do templo.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá o Mestre de Cerimônias e o Sentinela para os seus respectivos postos e depois você apresentará os Mordomos para a instalação.

Feito.

MCer e Sent se sentam em uníssono quando chegarem aos seus postos.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi escolhido como Primeiro Mordmo e o Irmão ........, que foi escolhido como Segundo Mordomo para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmãos, seus deveres são sugeridos por seus títulos e como parte integral de nosso trabalho vocês têm um lugar definido. Vocês deverão ajudar os Diáconos a conduzirem os candidatos durante a cerimônia de iniciação. Vocês terão muitas oportunidades de mostrar

seus eficientes trabalhos e os seus postos nos ensinam que todo o trabalho é honrado e digno de fiel desempenho.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá os Mordomos para os seus respectivos postos e depois você apresentará os Diáconos para a instalação.

Feito.

1ºM e 2ºM se sentam em uníssono quando chegarem aos seus postos.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi escolhido como Primeiro Diácono e o Irmão ........, que foi escolhido como Segundo Diácono para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmão ........, o cargo de Primeiro Diácono é um posto de muita importância dentro da linha de oficiais. Na interpretação do trabalho da Ordem você foi escolhido para um papel que é simultâneamente árduo e honroso. Sua seleção para este posto é um elogio a sua eficiência, e eu acredito que você trabalhará com zelo para justificar a sabedoria de sua seleção.

Irmão ........, como Segundo Diácono você será o guarda interno do Capítulo e deverá auxiliar o Primeiro Diácono na cerimônia de iniciação. Eu o recomendo a mesma devoção ao trabalho da Ordem que é dever de todo oficial, não importa em que posto esteja.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá os Diáconos para os seus respectivos postos e depois você apresentará o Segundo Conselheiro para a instalação.

Feito.

1ºD e 2ºD se sentam em uníssono quando chegarem aos seus postos.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi eleito Segundo Conselheiro para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmão ........, o cargo de Segundo Conselheiro é um posto de dignidade e honra. Os membros deste Capítulo expressaram sua confiança em você quando o elegeram para este cargo. Você deverá cooperar zelosamente com os outros dois Conselheiros conforme prescrito por nosso ritual. Sua habilidade e eficiência demonstrarão o melhor de seu zelo e interesse neste Capítulo. Seu posto é no Sul, simbólico do Sol meridiano e do meio dia da vida.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá o Segundo Conselheiro para o seu posto no Sul, e depois você apresentará os Primeiro Conselheiro para a instalação.

Feito.

2ºC se senta quando chegar ao seu posto.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi eleito Primeiro Conselheiro para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmão ........, você foi eleito por seus irmãos para o segundo mais alto cargo e será o seu dever presidir na ausência do Mestre Conselheiro. Se necessário, entretanto, você deverá

estar qualificado não somente para o seu posto em particular, mas também para o seu superior imediato. Seu posto no Oeste é simbólico do Sol poente e o emblema da noite que anuncia um dia eterno.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá o Primeiro Conselheiro para o seu posto no Oeste, e depois você apresentará o Mestre Conselheiro eleito para a instalação.

Feito.

1ºC se senta quando chegar ao seu posto.

M.C-e se move para o ponto J. MCer.I se move Z X I J, ele se posiciona do lado esquerdo do M.C-e, ambos fitam o Leste.

MCer.I

Oficial Instalador, eu tenho o prazer de apresentar o Irmão ........, que foi eleito Mestre Conselheiro deste Capítulo para o mandato subseqüente.

O.I.

Irmão ........,você foi eleito para o honroso cargo de Mestre Conselheiro deste Capítulo. Não preciso lembrá-lo, como o seu título já sugere, você será o líder do grupo. Você não deverá ser arrogante ou arbitrário. Em vez disso, deverá conduzir aqueles que te seguem com alegria, pois você provou sua boa vontade em ouvir conselhos assim como em dá-los. É o seu dever presidir todas as reuniões e realizar todos os deveres que naturalmente pertencem ao seu cargo, ou que possam lhe caber de tempos em tempos. Antes de assumir este cargo, porém, devemos ouvir de você uma declaração pública. Você está pronto a fazer esta declaração?

M.C.

Eu estou.

O.I.

*** (três batidas)

Todos se levantam. Por opção do Oficial Instalador ele poderá passar o juramento do Altar. Se essa opção for usada, O.I. se move X Z U O, e fita o Oeste.

O.I.

Você se ajoelhará sobre ambos os joelhos...

M.C. se ajoelha...

O.I.

e colocará ambas as mãos sobre a Bíblia Sagrada.

...coloca as mãos como instruído.

O.I.

Você promete seguir os passos de Jacques DeMolay se o trabalho e o dever assim exigirem?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete, por sua honra como um DeMolay, que você procurará que cada membro viva uma vida pura, com elevado respeito por seus pais e consideração para com o sexo feminino?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete que será justo quando estiver decidindo entre um ou outro irmão?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete que obedecerá as leis de sua cidade, estado e país e que sempre merecerá a reputação de um bom cidadão?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete que se esforçará para ajudar os membros deste Capítulo a uma maior realização dos seus deveres para com o nosso amado país?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete ajudar os aflitos e fatigados e nunca permitir que um irmão passe necessidade?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete que obedecerá, em todas as ocasiões, as Regras e Regulamentos do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete que nunca permitirá que uma reunião termine sem uma palavra de prece para sua mãe, seu pai e o bem estar de seu país?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete que observará que ambos os graus desta Ordem sejam conferidos pelo menos uma vez durante o seu mandato?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você promete que fará o melhor possível, para observar o cumprimento de todos os dias obrigatórios que ocorram durante seu mandato?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Você agora declara que defenderá o sistema de escolas públicas e que se assegurará que ele seja um baluarte de nossa cidadania?

M.C.

Eu prometo.

O.I.

Então você se levantará

M.C. se levanta...

O.I.

Você selará sua promessa beijando a Bíblia Sagrada.

Feito. Se o O.I. estiver no Altar ele se move O U X e se vira para o Oeste.

O.I.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você conduzirá o Mestre Conselheiro ao seu posto.

MCer.I conduz o M.C. se movendo J K V U, e o vira para o Leste. O M.C. sobe os degraus e se vira para o Oeste; então o MCer.I se move U Z X, e se vira para o Oeste.

O.I.

Irmão Mestre Conselheiro, diante de você, e a sua volta, estão seus irmãos. Irmãos e amigos, diante de vocês está o Mestre Conselheiro.

O.I. lidera os aplausos.

O.I.

* (uma batida)

Todos, exceto o O.I. e o MCer.I se sentam.

O.I.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você apresentará o Primeiro Conselheiro Eleito para a instalação.

MCer.I se move X Z I J e se vira para o Leste.

Quando o O.I. falar o título do(s) Oficial(is) o MCer.I o apresentará para a instalação, o(s) oficial(is) chamado(s) se moverá para o ponto J. Quando o O.I. instruir o MCer.I acompanhará o(s) Oficial(is) para seu(s) posto(s). MCer.I se move então J K S S’ V U T Q’ Q F C’ C E E’ H K com o(s) Oficial(is) o acompanhando para Z X. Então o MCer.I retorna para J permanecendo sempre a esquerda do membro que será instalado.

Quando mais de um Oficial for conduzido: os Oficiais formarão uma fila simples seguindo o primeiro; eles permanecem de pé até que todos estejam em seus postos, quando então se sentam simultaneamente.

O.I.

Irmão Mestre de Cerimônias Instalador, você proclamará agora que os Oficiais do Capítulo ........ da Ordem DeMolay devidamente e regularmente instalados.

MCer.I se move para o ponto J, se vira para o Leste, sem se ajoelhar, coloca a mão direita sobre a Bíblia e levanta a mão esquerda (e o bastão, se um estiver sendo usado).

MCer.I

Em nome e sob a autoridade do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil, e sob a direção do Oficial Instalador, eu declaro que os Oficiais do Capítulo ........ da Ordem DeMolay devidamente e regularmente instalados.

O.I.

* (uma batida)

MCer.I se move para o ponto J K V Z X, se vira para o oeste e se senta.

O.I.

Irmão Mestre Conselheiro, eu agora apresento a você o malhete da autoridade e eu recomendo a você, o dever de empunhá-lo com dignidade, imparcialidade e cortesia, nunca esquecendo que, apesar de você estar temporariamente no comando de seus irmãos você veio das fileiras e para as fileiras em breve retornará.

O.I. entrega o malhete para o novo M.C. depois que o M.C. completar seus agradecimentos, apresentações e anúncios e etc... ele devolve o malhete para o O.I.

O.I.

Irmãos e amigos, antes de concluirmos nossa cerimônia, unamo-nos em oração.

*** (três batida)

Todos se levantam.

O.I.

Irmão Capelão Instalador, você nos guiará em oração.

As luzes são diminuídas.

Cap.I pode usar a oração seguinte ou a oração da cerimônia das nove horas, incluindo a resposta de todos os irmãos.

Cap.I, conduzido pelo MCer.I, se move X Z I J. MCer.I e Cap.I param no ponto J. MCer.I dá um passo à frente, em direção ao Norte. Ambos se viram para o Leste. Simultaneamente, Cap.I dá um passo à frente em direção ao Altar e MCer.I dá um passo para trás. Quando o Cap.I e o MCer.I deixarem seus postos, todos os DeMolays Ativos no Leste e o 1º e 2ºC descerão ao nível do chão.

O.I.

Os DeMolays ativos se ajoelharão sobre o joelho esquerdo. Todos os demais permanecerão de pé.

Todos os DeMolays Ativos, exceto o MCer.I, se ajoelham em uníssono com o Cap.I.

Cap.I Nosso pai do Céu, nós que estamos prestes a deixar este lugar pedimos vossa santa bênção. Inspirai-nos em todos os elevados propósitos que aqui ouvimos. Abençoai todos os que se dedicam à causa da virtude, de vida pura e varonil, de vidas honradas ao vosso sagrado nome. Abençoai a vida dos jovens que têm trabalhado por nossa Ordem, para que ela tenha o poder de fazer o bem nesta comunidade e em todo a nosso país. Amém.

TODOS

Amém. (ou a resposta da oração da cerimônia das nove horas)

Os DeMolays Ativos se levantam quando o Cap.I levantar. Cap.I dá um passo para trás, simultaneamente MCer.I dá um passo à frente em direção ao Altar. Ambos se viram para o Norte. Cap.I dá um passo à frente, ficando do lado do MCer.I Cap.I conduzido pelo MCer.I se move J K V Z Cap.I cruza à frente do MCer.I e move X, permanecendo virado de frente para o seu Posto. MCer.I move X Z. MCer.I e Cap.I se viram para o Oeste simultaneamente. Assim que o Cap.I é levado do Altar, todos os DeMolays Ativos que se sentam no Leste e o 1ºC e 2ºC retornam aos seus Postos. As luzes são totalmente acesas.

O.I.

Irmão Primeiro Diácono Instalador, você comparecerá ao Altar.

Sugestão de música.

1ºDI se move X Z T I J, se vira para o Leste, se ajoelha sem tocar o Altar e lenta e reverenciadamente fecha Bíblia, se levanta sem tocar o Altar, e se dirige para o candelabro 1, apaga-o e apaga os outros, em ordem, cruzando entre o Altar e o Leste, depois se dirige ao Altar, retira os livros escolares sem se ajoelhar, se movimenta J K V U, coloca os livros no posto do O.I., e depois se move U Z X e se vira para o Oeste.

O.I.

Eu agora declaro este Capítulo fechado.

* (uma batida)

O restante da cerimônia é opcional, cabe ao time de oficiais instaladores decidir.

O.I.

Os Oficiais Instaladores irmão agora se retirar.

** (duas batidas)

Os oficiais instaladores se levantam. O.I. se move X Z T I J, e se vira para o Leste. Quando o O.I. se virar para o Triângulo, vindo das faixas de movimentação, simultaneamente o 1ºC.I e o 2ºC.I deixam seus postos e vão para as suas posições no Triângulo; Quando eles se virarem para o Triângulo, vindo das faixas de movimentação, simultaneamente o MCer.I, o 1ºD.I e o Cap.I deixam seus postos e se movem para as suas posições no Triângulo, com o Cap.I seguindo o MCer.I. Quando os oficiais chegarem em suas posições eles se ajoelham para um momento de prece silenciosa.

O.I.

Amém

Oficiais se levantam. O.I. se vira para a direita, e se move J I A. Quando ele chegar à faixa de movimentação, simultaneamente 1ºC.I e 2ºC.I se vira para a direita e se movem pelas faixas de movimentação em direção ao ponto A. Quando eles chegarem na faixa de movimentação, simultaneamente Cap.I, MCerI e 1ºD.I se viram para a direita e se movem pelas faixas de movimentação em direção ao ponto A.

N.T. eles se retiram em uma fila simples, como na entrada.