You are on page 1of 3

RIO GRANDE DO NORTE

DECRETO Nº 22.982, DE 17 DE SETEMBRO DE 2012. Altera o Decreto Estadual n.º 15.931, de 7 de março de 2002. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das atribuições que lhe confere o art. 64, V e VII, da Constituição Estadual, e com fundamento nos arts. 11 e 66, I, da Lei Complementar Estadual n.º 163, de 5 de fevereiro de 1999,

D E C R E T A: Art. 1º O art. 3º do Decreto Estadual n.º 15.931, de 7 de março de 2002, passa a ter a seguinte redação: “Art. 3º Integram o CEDRUS – RN: I - o Secretário de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, que o presidirá; II - o Secretário de Estado do Planejamento e das Finanças; III - o Secretário de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária; IV - o Secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos; V - o Secretário de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social; VI - um representante da Superintendência Federal do Ministério da Pesca e Aquicultura no Rio Grande do Norte; VII - um representante da Superintendência Regional da Companhia Nacional de Abastecimento no Rio Grande do Norte; VIII - um representante da Delegacia Regional do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Rio Grande do Norte;

IX - um representante da Superintendência Federal de Agricultura no Estado do Rio Grande do Norte; X - um representante da Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no Rio Grande do Norte; XI - um representante da Superintendência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis no Rio Grande do Norte; XII - um representante da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte; XIII - um representante da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte; XIV - um representante da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte; XV - um representante da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Rio Grande do Norte; XVI - um representante da Arquidiocese de Natal – RN; XVII - um representante da Federação dos Pescadores do Estado do Rio Grande do Norte; XVIII - um representante da Articulação no Semi-Árido Brasileiro (ASA) no Rio Grande do Norte; XIX - um representante da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte; XX - um representante da Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Norte; XXI - um representante da Rede Estadual de Colegiados Territoriais do Rio Grande do Norte; XXII - um representante do Sindicato das Empresas de Pesca do Estado do Rio Grande do Norte; e XXIII - um representante do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte. § 1º Atuarão como suplentes das autoridades administrativas indicadas nos incisos I a V, do caput, deste artigo os respectivos substitutos legais. § 2º Os representantes de que tratam os incisos VI a XXIII, do caput, deste artigo, cuja participação no Conselho objeto deste Decreto é facultativa, serão indicados pelos Titulares dos respectivos Órgãos e Entidades, mediante ofício, ao Presidente do CEDRUS – RN.

§ 3º Para efeito de garantia de uma adequada representatividade, as organizações não governamentais integrantes do CEDRUS – RN deverão ser reconhecidas como de utilidade pública estadual e ter atuação em todo o território do Estado do Rio Grande do Norte. § 4º Os membros do CEDRUS – RN serão nomeados pelo Chefe do Poder Executivo do Estado. § 5º A participação no CEDRUS – RN não será remunerada, sendo considerada, no entanto, prestação de serviço público relevante. § 6º O Secretário de Estado do Planejamento e das Finanças, ou seu representante, será o Vice-Presidente do CEDRUS – RN, competindolhe substituir o Presidente do Conselho em suas ausências e impedimentos”. (NR) Art. 2º Fica o Secretário de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca autorizado a expedir os atos necessários à execução deste Decreto. Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Palácio de Despachos de Lagoa Nova, em Natal, 17 de setembro de 2012, 191º da Independência e 124º da República. ROSALBA CIARLINI Carlos Alberto de Sousa Rosado