You are on page 1of 62

Baseado no artigo A Trindade na Bíblia de Gerhard Pfandl – diretor associado do Instituo de Pesquisa Bíblica da Associação Geral da Iasd

a) Pai, Filho e Espírito Santo são manifestações diferentes da mesma pessoa, a quem nós chamamos de Deus? b) Pai, Filho e Espírito Santo são três pessoas distintas e coeternas? c) O Pai é Deus desde a eternidade, o Filho tem um princípio e o Espírito Santo é apenas uma força de Deus agindo em favor do homem?

“Há um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, uma unidade de três Pessoas coeternas”.

O mesmo Jesus que nos salvou está no santuário celestial ministrando em nosso favor – Hebreus 4:14. Salmo 110:4 . 5:6.Atos 4:12. 530 Só existe salvação no Nome de Jesus .“ – DTN.A divindade de Cristo é a certeza de vida eterna para o crente. p.

e ainda confiavam em seus inúteis sacrifícios e ofertas. não podiam ser beneficiados pela mediação de Cristo no lugar santo.Mas os judeus foram deixados em trevas completas. Perderam toda a luz que podiam ter recebido sobre o plano da salvação. O santuário celestial havia tomado o lugar do terrestre. . – Primeiros Escritos. p. mas eles não tiveram conhecimento da mudança. Assim. 259-260.

Primeiros Escritos. . as igrejas nominais haviam crucificado essas mensagens. e por isso mesmo não têm conhecimento do caminho para o santíssimo.Vi que assim como os judeus crucificaram a Jesus. p. 261. e não podem ser beneficiadas pela intercessão de Jesus ali.

porque ele habita convosco e estará em vós. o Espírito da verdade. porque não no vê. e ele vos dará outro Consolador. vós o conheceis. a fim de que esteja para sempre convosco. que o mundo não pode receber.E eu rogarei ao Pai. nem o conhece. (Joh 14:16-17 ARA) .

Observações importantes: Não podemos entender tudo sobre a Trindade. o que a Bíblia fala sobre ela. Todas as tentativas para explicá-la serão insuficientes: a Trindade é um mistério além da nossa compreensão. . mas precisamos entender. tanto quanto possível.

• Ellen White escreveu: “Há muitos mistérios que não busco compreender nem explicar. . 179). o silêncio é ouro” (Manuscrito 14. eles são muito elevados para mim e para vocês. Em alguns desses pontos. pág.

.

e o Verbo era Deus.João 1:1-3. 2 Ele estava (João enfatiza a distinção de pessoas) no princípio com Deus. e o Verbo estava (pessoas distintas) com Deus. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós. 1:14 No princípio era o Verbo. .

em que alguém se dirige a Cristo. chamando-O de “meu Deus”.“Respondeu-Lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu. nos evangelhos. • Cristo não o corrigiu .” João 20:28 • Essa é a única vez.

sendo em forma (morphé) de Deus.Filipenses 2:5-9 em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.. achado na forma (schema) de homem [. fazendo-se semelhante aos homens. não teve por usurpação (harpagmós) 7 ser igual a Deus. 6 Que.. 8 E. Mas esvaziou-se a si mesmo. tomando a forma de servo.]” “De sorte que haja .

uma bola de futebol pressionada pode se tornar oval.1. . Ex. Schema . Ex. Morphé – forma em essência. uma bola de futebol é essencialmente redonda 2.“forma” porém no sentido de aparência superficial.

“Porquanto nEle habita corporalmente (sōmatikos) toda a plenitude (plērōma) da Divindade.” .Colossenses 2:9.

Tito 2:13 • Paulo descreve os santos como “aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus”. • O nosso grande Deus = Salvador Jesus Cristo .

quando houver destruído todo principado. . virá o fim. quando ele entregar o reino ao Deus e Pai. então. que aparece 16 vezes no NT • 1 Corintíos 15:24 E. bem como toda potestade e poder.A expressão é semelhante à expressão “Deus e Pai”.

o qual se entregou a si mesmo pelos nossos pecados. segundo a vontade de nosso Deus e Pai. para nos desarraigar deste mundo perverso. .Outro Exemplo • Gálatas 1:4 .

o nosso Pai”. nesses casos. está funcionando como um sinal de igual. • Portanto. “Deus e Pai” é o mesmo que “Deus. . o Pai” e “o nosso Deus e Pai” é o mesmo que “Deus.Considerações • A conjunção “e”.

“o nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus” é o mesmo que “o grande Deus.Considerações • Assim. o nosso Salvador Cristo Jesus”. .

• Em outras palavras. Jesus é Deus. Assim. Voz do que clama no deserto: Mateus 3:3 Preparai o caminho do Senhor.Em Senhor cujo caminho João prepararia não era outro senão o próprio Jeová. a palavra traduzida como “Senhor” é Yahweh. Isaías 40:3. o ...• “.” • Referência a Isaías 40:3 .

Romanos 10:13
• “Porque todo aquele que invocar o

nome do Senhor será salvo.”

• Paulo está se referindo a Cristo; • O texto é uma citação de Joel 2:32,

onde novamente a palavra Senhor é tradução do hebraico Yahweh.

Hebreus 1:8 e 9
Mas, do Filho, diz: Teu trono, ó Deus, é para todo o sempre... por isso, Deus, o Teu Deus Te ungiu...”

• Jesus nunca afirmou diretamente Sua divindade; • Mas dizia ser o Filho de Deus (Mat. 24:36; Luc. 10:22; João 11:4).

tudo o que o pai é o filho também é.• De acordo com a idéia hebraica de filiação. Os judeus entenderam que assim Ele estava reivindicando igualdade com o Pai. .

fazendoSe igual a Deus” (João 5:18.• “Por isso. os judeus ainda mais procuravam matá-Lo. cf. mas também dizia que Deus era Seu próprio Pai. . porque não somente violava o sábado. 10:33).

e os judeus.Em Lucas 5:20. com base em Isaías 43:25. Jesus perdoou os pecados do paralítico. argumentaram: “Quem pode perdoar pecados senão Deus?” Dessa forma. a ação perdoadora de Jesus O identificava como Deus. .

Antes que Abraão nascesse. EU SOU! João 8:58 .

João 17:5 .E agora. Pai. glorifica-me em Tua presença com a glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.

Mateus 4:10 . e só a Ele servirás. Satanás! Pois está escrito: ao Senhor teu Deus adorarás.• Jesus sabia que somente Deus deve ser adorado: • Então Jesus lhe disse: Vai-te.

ele recebeu adoração: Mateus 14:33 E os que estavam no barco o adoraram.No entanto. dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus! .

veio e o adorou. socorre-me! . dizendo: Senhor. porém.Mateus 15:25 Ela.

o adoraram. quando o viram. .Mateus 28:9 E. mas alguns duvidaram.

.Mateus 2:2 E perguntavam: Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos para adorá-lo.

sua mãe. viram o menino com Maria. Prostrando-se.Mateus 2:11 Entrando na casa. . o adoraram.

. tomados de grande júbilo. eles.Lucas 24:52-53 Então. adorando-o. voltaram para Jerusalém. louvando a Deus. e estavam sempre no templo.

Senhor. . afirmou ele: Creio. e o adorou.João 9:58 Então.

O Mais Importante: Em nenhum desses casos Jesus corrigiu a atitude dos que O adoraram. . Quando criança. como o anjo fez com João. seus pais não corrigiram a atitude dos reis do Oriente.

.

Apocalipse 3:14 “E ao anjo da igreja que está em Laodiceia escreve: Isto diz o Amém. o princípio da criação de Deus” . a testemunha fiel e verdadeira.

22:13 (alfa. “fundamento”. • O mesmo título é novamente aplicado a Cristo em Apoc. fim). mas a “causa primeira”. Portanto. 21:6. • O próprio Pai também é chamado “princípio”. o “fundamento” da criação. (alfa. ou seja “o Criador”. ômega. fim). “regente”. ômega. em Apoc. • . Jesus não é o primeiro ser Criado. princípio.• a palavra traduzida como “princípio” também significa “causa primeira ou principal”. “soberano”. princípio.

Provérbios 8: 25 “[. . eu nasci”.. antes de haver outeiros..] antes que os montes fossem firmados.

I Crôn. 20:13 e 14). não sobre Jesus. . 85:10-13. 52:9. 96:12. Apoc. • Trata-se de uma figura literária amplamente usada na Bíblia chamada de Personificação (Sal.• o contexto da passagem fala da sabedoria. 16:33. Isa.

• Obs. mas que ela estava com Deus antes do início da criação. . • É importante notar que nenhum verso dessa passagem é citado no Novo Testamento.: mesmo em relação à sabedoria. o foco da passagem não é que ela teve um início.

às vezes. I. p. 247 . Vol.Mas Ellen White. aplicou Provérbios 8 a Cristo! – Mensagens Escolhidas.

. Estava Ele com Deus desde toda a eternidade.• Ela usou o texto para apoiar a preexistência eterna de Cristo. Deus sobre todos. ela disse que “Cristo era. • Antes de usar Provérbios 8. essencialmente e no mais alto sentido. bendito para todo o sempre”. Deus.

Colossenses 1:15 Cristo é “o primogênito (prototokos) de toda a criação” Prototokos = literalmente. primeiro nascido .

• Segundo 1:16. “primogênito” é o primeiro nascido.• o termo “primogênito”. tudo foi criado por Jesus. a palavra é também usada em outros sentidos: . nesse texto. é um título e não a definição de uma condição biológica. no entanto. • Na Bíblia. num sentido literal. Ele não poderia criar a Si mesmo. portanto.

31:9 . Jer. e Efraim é o meu primogênito”.• Embora Davi fosse o filho mais novo. • Deus disse de Jacó: “Israel é meu filho.] e ao segundo chamou Efraim”. 4:22. meu primogênito” – Ex. Gên. • “E chamou José ao primogênito Manassés. 89:20 e 27). [.. Deus o chamou de “Meu primogênito” (Sal. 41:50-51 • Mas Deus disse: “porque sou um pai para Israel..

• O importante era apenas a distinção e a dignidade de quem era chamado primogênito. no sentido de tempo. • No caso de Jesus. “primeiro”.• Nesses casos. . esse termo também se refere à Sua posição exaltada e não a um ponto no tempo no qual Ele tenha sido criado. foi desconsiderado.

• Portanto. o termo faz referência à sua posição exaltada. É uma aberração dizer que Jesus nasceu de entre os mortos. Cristo é chamado “o primogênito de entre os mortos”. 2.• Em Colossenses 1:18. Se o termo tivesse sido usado em sentido literal não faria sentido: 1. . Jesus não foi o primeiro a ressuscitar.

e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus.” .João 1:1-3 “No princípio era o Verbo.

. 13 e 18. inclusive no mesmo capítulo (João 1:6. I Tess. Luc. em grego (explicar uso do artigo). • Kai theos en ho logos • O termo theos sem artigo freqüentemente também é usado para o Pai. 2:14. Atos 5:39. I João 4:12. 2:5. II João 9).• A polêmica toda está no uso do artigo.

João 1:14 e 18. Esses versos falam de Jesus como o Filho unigênito (monogenes) do Pai. 3:16 e 18. I João 4:9. . Em razão disso. algumas pessoas sugerem que a palavra grega monogenes indica que Jesus foi gerado literalmente.

3:16 e 18.• A palavra monogenes significa “único de uma espécie”. • • Nos escritos de João. 8:42. I João 4:9). • Seu uso ocorre nove vezes no Novo Testamento. Três vezes em Lucas (7:12. . ela aparece cinco vezes (1:14 e 18. como uma designação do relacionamento de Cristo com o Pai. 9:38) sempre se referindo a um único filho.

entretanto. Era o único filho da promessa. ela se refere a Isaque como o filho unigênito de Abraão. A ênfase aqui não é sobre o nascimento. .• Em Hebreus 11:17. mas sobre a unicidade do filho. que Isaque não era o único filho do patriarca. • Sabemos.

Mateus 14:33 “És Filho de Deus!” .

• Na mente oriental ou semítica.• No pensamento ocidental. mas subordinou-Se funcionalmente à vontade do Pai. dependência e subordinação. eles enfatizam igualdade de natureza. entretanto. os termos “Pai” e “Filho” contêm a idéia de origem. . • “O Filho não Se tornou inferior ao Pai durante a encarnação.

• Isso é apoiado posteriormente por Paulo ao afirmar que o Filho é a exata imagem de Deus.. porque Ele falou de Sua relação com o Pai em termos de Pai e Filho. 1:15. Conclusão dos judeus: “[. 2:6). Heb.] tu mero homem. . 1:3.33. te fazes Deus a Ti mesmo” – v. Filip. • Os judeus tentaram apedrejar a Cristo. sendo igual ao Pai (Col..• Que o título “Filho de Deus” salienta a divindade de Jesus é evidente em João 10:29-36.

• “e Ele é o resplendor de Sua glória e a exata representação de Sua natureza” – Nova Bíblia Padrão Americana • “Tenho visto muitas vezes o amorável Jesus.“ Primeiros escritos. p. que é uma pessoa. Perguntei-Lhe se Seu Pai era uma pessoa e tinha a mesma forma que Ele. Disse Jesus: "Eu sou a expressa imagem da pessoa de Meu Pai. 77 .