You are on page 1of 6

1

Universidade de Brasília – UnB

APOSTILA – NORMAS DA ABNT CITAÇÕES As citações no texto devem ser apresentadas de acordo com a ABNT. Segundo a NBR 10520 (ABNT, 2002b, p.1) citação é "a menção de uma informação extraída de outra fonte". Encontram-se três tipos de citação: direta, indireta ou citação de citação. A citação direta é a “transcrição textual da parte da obra do autor consultado”. No caso da citação indireta, ocorre uma transcrição livre do que foi lido, o que significa dizer que é elaborado “um texto baseado na obra do autor consultado”. Por último, na citação de citação faz-se referência aos conceitos de um autor lidos em outro autor, por não se ter tido acesso à obra original e pode ser direta ou indireta. As citações diretas devem conter obrigatoriamente a indicação da página onde foi extraído o texto. Essas devem ser feitas dos seguintes modos: • Até três linhas, deve ser incorporada ao parágrafo, entre aspas duplas: Exemplo: Salomon (1999, p.299) destaca que a elaboração de uma monografia "exige uma preparação: saber trabalhar intelectualmente, com hábitos de estudo, leitura e documentação pessoal". ou A realização de uma monografia “exige uma preparação: saber trabalhar intelectualmente, com hábitos de estudo, leitura e documentação pessoal" (SALOMON, 1999, p.299). • Citação com mais de três linhas deve ser destacada com recuo de 4 cm da margem esquerda, com fonte menor que a usada no texto (no caso fonte 10) e sem aspas.
Geralmente, os trabalhos de pesquisa que se realizam em educação colocam Questões de Pesquisa ou Perguntas Norteadoras. Algumas pesquisas levantam também hipóteses. Não é raro que um trabalho de investigação reuna, ao mesmo tempo, Questões de Pesquisa e Hipóteses. Realmente, muitas vezes, as Questões Pesquisa envolvem subentendidamente a colocação de alguma hipótese (TRIVIÑOS, 1987, p.106).

No caso de citações indiretas, basta a inclusão do sobrenome dos autores e do ano da obra.

p. a página é obrigatória apenas nas citações diretas. 1995. Na citação de citação. Se fossem dois autores. p. Portanto. portanto Pessoa deverá fazer parte das Referências. • Citação entre parênteses: No empreendimento de se elaborar uma monografia hábitos básicos são necessários (SALOMON. Plano diretor da reforma do aparelho do Estado..isso significa que Silva foi lido na obra de Pessoa. • Incluído no texto: Segundo Salomon (1999. .25 apud PESSOA.3) . Ex: Segundo Lima e Soares (2003. os sobrenomes seriam separados por ponto e vírgula: (LIMA. Destaca-se que a inclusão de números de páginas é obrigatória apenas nas citações diretas e nas indiretas é opcional. identifica-se. que conduziria à captação de recursos privados como forma de reduzir os investimentos públicos no ensino superior (BRASIL. Na lista de referências. 2002b): O mecanismo proposto para viabilizar esta concepção é o chamado Contrato de Gestão.89). p.89). p. optamos pelo sistema autor-data. 1999.147).3) ou no final de uma sentença (SILVA.. DF. p. a obra diretamente consultada: Segundo Silva (1983 apud PESSOA.147) ao se fazer uma monografia são necessários alguns hábitos essenciais. 1995). 1999.. 1999. ficaria assim: BRASIL. 1983. Se fossem dois autores.2 Universidade de Brasília – UnB Dentre as opções apresentadas pela ABNT para indicação da fonte da citação (sistema numérico ou autor-data). Brasília. Novamente. extraído da NBR 10520 (ABNT. nas referências. SOARES. p. veja o exemplo a seguir. por ser o mais comumente utilizado nos periódicos científicos. p.. não indiquem número de página nas citações indiretas. Ministério da Administração Federal e da Reforma do Estado. os sobrenomes seriam ligados pela conjunção “e”. Qualquer que seja o tipo de citação discuta as idéias dos autores... No caso de citação de um documento. 2003.

pois como os temas são bem específicos. Para padronizar os trabalhos. favor consultar a referida Norma na biblioteca da Instituição... utilizamos partes de livros. No entanto. R. Usar espaço simples em uma mesma referência e dois espaços simples entre uma e outra. Filosofia da ciência: introdução ao jogo e suas regras.4. V. devem ser incluídos todos os autores nas obras com até três autores. as referências podem aparecer: no rodapé. Em caso de dúvida com relação a alguma referência não mencionada neste manual. finalmente. caso utilize as idéias do livro inteiro ou quase todo. 10. V. LIMA. Seguem alguns detalhes: • • • Incluir nos casos de edição revisada e aumentada . LIMA. apresentam-se orientações dos tipos mais comuns de referências. R. R. Segundo a NBR 6023 (ABNT. sem negrito).”) e. LIVRO INTEIRO Raramente lemos um livro inteiro para uma monografia. no caso de mais de um autor. . local de edição. 2002b). em lista própria e antecedendo resumos. Deve-se optar por um recurso tipográfico (negrito.rev. usaremos o negrito.e aum.3 Universidade de Brasília – UnB REFERÊNCIAS Todas as obras citadas no texto devem constar das referências. incluindo sobrenome do autor (e as iniciais dos nomes). os nomes devem ser separados por ponto e vírgula e ter um espaço entre um e outro: ALVES. subtítulo do livro (se houver. edição (sem o número de ordem.ed.A. deve fazer a referência.ed. resenhas e recensões. No caso de mais de três autores. editora (sem as expressões “Editora. título do livro (em negrito). o ano da edição da obra. no fim do texto ou de capítulo. 1987. Veja um exemplo: ALVES. incluir o primeiro seguido da expressão et al. grifo ou itálico) para destacar o título e deve-se manter o mesmo em todas as referências. só o pontinho). A seguir. São Paulo: Brasiliense. A nossa opção é pela apresentação das referências no final do texto e em ordem alfabética dos sobrenomes dos autores. O alinhamento das referências no texto deve ser feito somente à margem esquerda de modo a destacar cada obra. Ltda. pois é a mais recomendada nas publicações científicas.. ALVES. As referências devem ser feitas de acordo com a NBR 6023 (ABNT. 2002b). S.

10. do capítulo. deve ser referenciado apenas o capítulo lido. • no caso de mais de uma obra de um mesmo autor.3. et al. mas não lemos o livro todo. R. 1987. No caso.R. Nesse caso. seria ALVES.4 Universidade de Brasília – UnB SOUSA. R. Pesquisas brasileiras. pode-se usar um traço equivalente a seis espaços e um ponto no lugar do autor: ______. Depois deve figurar o nome do capítulo lido (Dados estatísticos). Nesse caso. 1972.K. O mesmo pode ser usado em títulos repetidos. 2. vários autores comumente se reúnem e escrevem um livro que possui um eixo comum que une os diferentes capítulos. CAPÍTULO DE UM MANUAL ORGANIZADO POR UM OU MAIS AUTORES Atualmente. O travessão foi empregado porque os nomes dos autores do livro coincidem com os do capítulo (falamos que o livro todo foi escrito por um ou mais autores). ______. local da edição. São Paulo: Formar. São Paulo: Brasiliense. 1. (até 3 autores) e se tivesse mais um autor além desses três. BURLAMAQUI. F. e 2. CAPÍTULO DE UM LIVRO É o caso mais comum. A seguir. inicial e final. a expressão In. sempre tem alguém responsável por organizar o livro. In:______. O livro pode ser todo ele escrito por um ou mais autores.3) ou as páginas. vendo a melhor ordem dos capítulos e se responsabilizando pela . ALVES. editora (Formar). salve um exemplo no seu computador e depois é só copiar e colar. em que lemos um capítulo que mais se aproxima do nosso tema de monografia.ed. Filosofia da ciência: introdução ao jogo e suas regras. C. o ano. Observe que sempre iniciamos com os autores. seguida por dois pontos (significa que foi lido em).ed. Para facilitar sua vida. cap. Dados estatísticos. Título etc. É trabalhoso. P. o capítulo lido (cap. graus. assim que deve ser feita a referência: SOARES. mas é sempre assim. Depois vem a edição..

M. O título e subtítulo do livro é Handbook de estudos organizacionais: modelos de análise e novas questões em estudos organizacionais (somente o título é destacado) e. São Paulo: Atlas. Os organizadores do manual foram CALDAS. compêndios ou manuais... O título do capítulo é Teoria da Contingência Estrutural..O pai no contexto familiar. n. T. Vocês já devem ter deduzido a razão. 1. Vejam como fica a referência de um capítulo de um Manual: DONALDSON. por fim. 1997. FACHIN. TRABALHO APRESENTADO EM EVENTO . A . Eletronic publishing at APS: its not just online journalism. Logo após. O único mês que não se abrevia é maio. p. FACHIN.. 15. T. São os organizadores ou coordenadores dos livros. o número do periódico.org/apsnews/1196/11965. estes comumente denominados de handbook.html>.105-133. depois o local da publicação. Disponível em: <http://www. os meses abreviados e o ano. o nome do artigo (O pai no contexto familiar). Vocês já sabem que primeiramente figuram os autores do artigo. R. 1996. M. O autor do capítulo é o Donaldson.. Nov. ARTIGO DE JORNAL CIENTÍFICO EM MEIO ELETRÔNICO KELLY.5 Universidade de Brasília – UnB estruturação do trabalho. pois vocês terão acesso a diferentes visões de um tema e representam produções mais atualizadas (já que um livro leva um tempo bem maior para ser publicado). L.aps. depois vocês já sabem. In: CALDAS. Brasília. FISCHER./abr. M. APS News Online. ARTIGOS EM PERIÓDICOS CIENTÍFICOS É muito comum e até mesmo aconselhável ler artigos científicos em periódicos na elaboração do projeto e da monografia. as páginas inicial e final do artigo e. (Org. FISCHER. Vejam o exemplo de referência de um artigo científico: LEWIS. jan.. a seguir. 9-16.1998. o volume. R. p. Los Angeles. Acesso em: 25 nov. C. R.1999. DESSEN.). v. Psicologia: Teoria e Pesquisa. o nome do periódico (e esse é que deve ser destacado com negrito).. Teoria da Contingência Estrutural.. Handbook de estudos organizacionais: modelos de análise e novas questões em estudos organizacionais.

título do documento (Anais. Suplemento. Muitas outras referências podem ser feitas e para isso devem consultar a referida norma da ABNT. W. A. caso exista. v.7. et al.. R.São Paulo: USP. 1986. out. 1943. de 1 de maio de 1943.A. 1966. p. C. DISSERTAÇÕES E TESES ARAÚJO.452. Máscaras inteiriças Tukúna: possibilidades de estudo de artefatos de museu para o conhecimento do universo indígena. U. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS. Maceió. v. Estudos preliminares sobre os efeitos de baixas concentrações de detergentes amiônicos na formação do bisso em Branchidontas solisianus. Anais. editora. Decreto-lei n° 5. tópicos temáticos etc. M. Trabalho apresentado ao 13° Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. 1995. São Paulo. Lex: legislação federal e marginalia. Lex: coletânea de legislação: edição federal. seguido da expressão In: nome do evento. local. título do trabalho. São Paulo. 1985. data de publicação e páginas inicial e final da parte referenciada. 1985. B./dez. 1994. 1985. . de 9 de novembro de 1995.). 59. 2002b): BRASIL. São Paulo. numeração. p. LEGISLAÇÃO Veja exemplos extraídos da NBR 6023 (ABNT. BRASIL. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Emenda constitucional n°9. São Paulo. MALAGRINO. ano e cidade em que foi realizado. MEDEIROS. 1994. atas. Exemplos: BRAYNER. 9.6 Universidade de Brasília – UnB Devem ser incluídos os dados referentes à: autoria. A. 102 f.. Constituição (1988). 16-29. .