fls.

1

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMARCA DE SÃO PAULO 7ª VARA CÍVEL Rua Alexandre Dumas nº 206, Sala 203, Santo Amaro - CEP 04717-000, Fone: 55483199 R235, São Paulo-SP - E-mail: stoamaro7cv@tj.sp.gov.br SENTENÇA
Este documento foi assinado digitalmente por ALEXANDRE DAVID MALFATTI. Se impresso, para conferência acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 0000317-46.2010.8.26.0002 e o código 020000001LO7A.

Processo: Requerente: Requerido:

002.10.000317-8 - Procedimento Ordinário Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo Bancoop Maximiliano Raul Dominguez

VISTOS.
Na petição inicial da ação de cobrança envolvendo as partes supra mencionadas, em breve resumo, a parte autora declarou-se credora da ré pela quantia de R$4.806,51. A quantia resultava da apuração de saldo devedor de uma adesão a um projeto habitacional. Ao final, deduziu pedido de cobrança.

Na contestação, em síntese, o réu levantou a ausência de interesse processual porque quitada a dívida. No mérito, impugnou a pretensão inicial

Houve réplica.

É O BREVE RELATO. FUNDAMENTO E DECIDO.

O processo comporta imediato julgamento, dispensandose a produção de outras provas, nos termos do artigo 330, inciso I do Código de Processo Civil.

Há interesse processual do autor. A causa de pedir foi articulada de maneira lógica e adequada ao pedido. Além disso, a resistência ao pedido inicial tornou patente a necessidade da prestação jurisdicional. A discussão sobre a existência de pagamento traduz mérito.

fls. 2

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMARCA DE SÃO PAULO 7ª VARA CÍVEL Rua Alexandre Dumas nº 206, Sala 203, Santo Amaro - CEP 04717-000, Fone: 55483199 R235, São Paulo-SP - E-mail: stoamaro7cv@tj.sp.gov.br

A ação é improcedente.
Este documento foi assinado digitalmente por ALEXANDRE DAVID MALFATTI. Se impresso, para conferência acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 0000317-46.2010.8.26.0002 e o código 020000001LO7A.

Na réplica, a autora admitiu a quitação. Ou seja, foi reconhecida a extinção da obrigação de pagamento reclamada na petição inicial, diante do acordo realizado entre as partes.

Ante o exposto, JULGO IMPROCEDENTE a ação de cobrança promovida por Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo - Bancoop em face de Maximiliano Raul Dominguez, para condenar a autora nas custas judiciais (atualizadas) e nos
honorários advocatícios, estes fixados em R$ 510,00 (quinhentos e dez reais) acrescidos de correção monetária, a partir da presente data. A autora deve responder pelas verbas de sucumbência, porque deu causa à demanda.

Base de cálculo da taxa judiciária incidente na fase recursal: R$ 4.806,51 – sem acréscimos. São Paulo,08 de agosto de 2010.

Alexandre David Malfatti CERTIDÃO PUBLICAÇÃO

Certifico e dou fé que a sentença, de fls. supra foi enviado ao D.J.E. Disponibilização_em _____/____/2009. Considera-se data da publicação o primeiro dia útil subseqüente à data acima mencionado. Eu, .............................. escr. , digitei e subscrevo.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO COMARCA DE SÃO PAULO 7ª VARA CÍVEL Rua Alexandre Dumas nº 206, Sala 203, Santo Amaro - CEP 04717-000, Fone: 55483199 R235, São Paulo-SP - E-mail: stoamaro7cv@tj.sp.gov.br
fls. 3

Este documento foi assinado digitalmente por ALEXANDRE DAVID MALFATTI. Se impresso, para conferência acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/esaj, informe o processo 0000317-46.2010.8.26.0002 e o código 020000001LO7A.