Templários.

O mistério dos Templários A Ordem do Templo de Salomão, ou a Ordem dos Templários, é uma ordem decavalaria quase mítica, e onde se crê que se encontram conservados alguns dos maiores segredos místicos da humanidade. Desde o Santo Graal, aos restos mortais de Jesus, aos ossos de Maria Madalena, ao conhecimento da linhagem descendente de Cristo, a segredos sobre a imortalidade, á Arca da Aliança, já um pouco de tudo se afirmou sobre os tesouros secretos que se encontram na posse da Ordem dos Templários. Todas as lendas apontam contudo num sentido: os templários tiveram acesso a algum poderoso segredo esotérico que se encontrava encerrado, ou no mítico Templo de Salomão, ou algures nas terras de Jerusalém. A Ordem dos Templários foi criada na longínqua Jerusalém em 1118, por 9 cavaleiros. Estes uniram-se sob um voto de santidade e cavalaria, jurando proteger todos os peregrinos que viajassem para Jerusalém, assim como proteger a própria Terra Santa onde Jesus viveu e sucedeu todo o milagre da ressurreição. Assim a Ordem dos Templários é uma ordem de natureza mística: os seus membros são simultaneamente cavaleiros, ( guerreiros), e monges, ( homens do clero), que vivem tanto sob uma rígidadisciplina militar, ao mesmo tempo que observando com todo o rigor a vida espiritual. As cruzadas ocorrem do sec XI ao sec XII, aquando do movimento de expansão Geopolítica, económica e religiosa dos reinos europeus no sentido do médio oriente, por contraposição aos movimentos de invasão muçulmana da Europa. Quando as cruzadas terminaram, a existência da Ordem dos Templários já não fazia sentido, pois a sua principal razão de existir, ( proteger os peregrinos que viajavam para Jerusalém, e guardar a Terra Santa), já não fazia sentido. Todos os lugares santos estavam já perdidos e 1244, e a Terra Santa depois da queda do Porto de Acre em 1291 jamais voltou a ser reconquistada. As cruzadas já não existiam, e a terra santa já não necessitava de protecção. Parecia que neste ponto da história, o papado iria simplesmente dissolver a Ordem dos Templários. No entanto, contam as lendas que foi nesses tempos, que um segredo desenterrado do chão de Jerusalém foi levado aos olhos do papa. Tal seria a importância desse segredo religioso, que o papa Inocêncio não só autorizou a continuação da existência desta ordem religiosa, como lhe concedeu poderes ilimitados e total autonomia, sendo que assim a Ordem dos Templários prosperou sem limites nem precedentes. A dado momento da história Europeia, dizia-se que os Templários eram a mais rica instituição do mundo, superando mesmo o Papado. Todos os reinos da Europa contraiam empréstimos á Ordem dos Templários. Os Templários funcionavam como uma grande multinacional financeira, um banco de dimensões internacionais, logo uma organização de enorme influencia e poder. Consta que um dos reinos que mais se endividou junto da Ordem dos Templários, foi a França. E rezam certas versões, que foi precisamente por esse motivo, que no Sec XVI, a França actuou cruelmente de forma a dizimar todos os membros da ordem, e a apoderar-se dos bens e tesouros da Ordem dos Templários. O rei de França Filipe VI, pressionou o Papa Clemente V de forma a obter uma autorização para atacar impunemente e á traição a Ordem dos Templários. O papa Clemente V,( também ele um dos devedores de vastas somas de dinheiro á Ordem dos Templários), acabou acedendo. Na madrugada de 13 Outubro 1307, centenas e centenas de monges foram assassinados sem ordem nem aviso. Os que não foram mortos imediatamente, foram encarcerados para logo depois serem queimados na fogueira. O movimento militar do rei Filipe VI foi fulminante e impiedoso. No entanto, ao tentar apoderar-se do precioso segredo que a Ordem dos Templários possuía no seu tesouro, Filipe VI encontrou uma decepção: a frota de navios Templários estacionados em França desaparecera misteriosamente para nunca mais ser vista, e com ela… o segredo e o tesouro dos Templários. Dizem as lendas, que a frota se dirigiu para Portugal, onde sabia contar com forte protecção. Na verdade, a Historia afirma com factos uma realidade: em Portugal, a perseguição aos templários acabou por ter um desfecho completamente diferente do que sucedeu no resto da Europa.

o rei português resolveu o assunto com aguda habilidade diplomática: Retirou todos os bens materiais á Ordem dos Templários. aos 22de Abril de 1500. Infante D. Em virtude disso. mas eram antes uma parábola . hoje em dia o presidente dos Estados Unidos da América não seria nem 1/3 tão rico quão terá sido o rei Salomão no tempos do seu reinado. que ninguém sabe ao certo indicar onde se encontravam. Os membros da ordem dos templários também transitaram para essa nova ordem. e sob uma nova identidade. O testamento de Salomão O nome Salomão significa «sabedoria». Vasco da Gama entre outros. foram todos eles membros da Ordem de Cristo. havendo sido. Por virtude da expansão marítima dos planos templários. O projecto místico e religioso dos templários. No entanto. Mais que isso. nascia assim a Ordem de Cristo. Pois os demónios são conhecidos por habitar no Hades. E lidar com os demónios das mais profundas dimensões da terra. Pedro Alvares Cabral. nas profundezas da terra. e assim os templários sobreviveram sob a protecção do rei. perguntas continuam por responder: Onde esta o famoso segredo dos templários. Muitos dizem que a verdadeira fonte da sua riqueza advinha de umas misteriosas minas. leva o movimento Templário para as gloriosas terras do novo continente. e transferiu-os para uma nova ordem que criou ao abrigo da coroa Portuguesa. que as minas nunca existiram verdadeiramente. ou seja: templários. Ao contrário. que naquele fatídico dia de 13 Outubro 1307.Perante as ordens do Papa no sentido de extinguir os Templários e executar os seus cavaleiros. (como seria de esperar). a Ordem dos Templários acabou chegando ao Brasil. continuando vivo e activo. provavelmente um dos últimos redutos na Europa onde os templários continuaram a existir e a viver na persecução das suas santas metas. As minas são algo subterrâneo e obscuro. rezam as lendas que a Ordem dos Templários assim se instalou no Brasil ate aos dias de hoje. nada mais senão uma metáfora para o verdadeira fonte do seu poder. nenhuma morte ocorreu. intocáveis quanto ás intenções de França e do papa. o rei D. ( na sombra e ocultamente). alguns ocultistas tendem a ver no mito das «minas do rei Salomão». é como trabalhar numa mina: é um trabalho situado em zonas obscuras. e na verdade rezam as lendas que Salomão foi o mais sábio dos reis. Afirma-se também que alguns dos símbolos presentes em Brasília e na sua arquitectura. os grandes impulsionadores desse movimento de expansão da fé crista. Defendem por isso certos ocultistas. Deu a essa nova ordem o nome de Ordem de Cristo. Salomão foi o mais rico de todos os reis do mundo. de onde com grande perigo se extraem enormes riquezas. para nunca mais ser visto? Brasil? Portugal ? Magia de Salomão. Em termos comparativos. e conservando os seus míticos segredos. que os cavaleiros da ordem dos templários estavam inocentes de todas as acusações. zarpou dos portos de França a bordo da Frota templária. descobre o Brasil e com ele. ou seja. cujo o símbolo era precisamente a famosa Cruz da Cristo vermelha num fundo branco. Pedro Alvares Cabral. são igualmente de inspiração Templária. Assim. O inquérito concluiu. Dinis instaurou um processo de inquérito de forma a averiguar sobre a culpa ou inocência desses cavaleiros. Inúmeros símbolos de municípios no Brasil possuem ainda hoje ícones que são de inspiração templária. um trabalho perigoso. Contam as lendas que os templários estiveram ocultamente envolvidos nas aventuras marítimas portuguesas. Em 1319. Segundo rezam as lendas. e consequentemente nos descobrimentos marítimos do sec XV e XVI. mas um trabalho que pode fazer vir á luz do dia enormes riquezas. que era o domínio exercido sobre os demónios. sobreviveu aos tempos e aos ataques. Henrique.

. Salomão envolveu-se com sacerdotisas. nem fama. Entretanto.. mas também com outras divindades. Salomão seguiu Astarte. ídolo dos amonitas (…) construiu um santuário a camos. I Reis 11.3 O texto é claro. nem ouro. místicos e esotéricos bem diferentes daqueles professados pela religião hebraica. . chamado «testamento de Salomão». Salomão praticou cultos das Deusas de Fertilidade. Nesse texto. que sabemos? Sabemos que Salomão se dedicou com grande fé a servir Deus. Disso encontramos prova nas sagradas escrituras. oferecia sacrifícios e incensos nos lugares altos I Reis 3. com tanto sucesso? A resposta também nos surge nos textos sagrados. e Melcom.. os segredos mais profundos da espiritualidade. onde podemos ler: Salomão (. ( quase milagreira). que queimavam incenso e ofereciam sacrifícios aos seus deuses.4-8 Sabemos por isso que Salomão se relacionou não apenas com o Deus hebreu. tendo praticado tais cultos. deusa dos Sidónios. e oferece-nos uma visão do que se passou na vida do famoso rei Salomão.)e um santuário a Melcom (…) Fez o mesmo para agradar ás suas mulheres estrangeiras.para expressar um segredo bem guardado: a fortuna do poderoso rei Salomão. mas antes…. e tão reconhecida sua obra mística.)seguia os preceitos de seu pai David. como é que o Rei Salomão alcançou tamanho poder sobrenatural e capacidades místicas. mas também a sabedoria mais desejada e poucos conhecem: a sabedoria mística. e perguntou-lhe: «O que queres que te dê?» Salomão fez uma sabia escolha: não escolheu riquezas. que ate mesmo Jesus fez referencia ao rei Salomão: Ora aqui está quem é maior que Salomão Lucas 11.29-31 Mas. No I Livro de Reis. Pois tão grande foi o poder das suas artes magicas. não foi apenas a sabedoria que lhe permitiu ser um político bem sucedido. E assim foi: Deus concedeu a Salomão sabedoria I Reis 5. existe uma curiosa narrativa que explica com detalhes. advinha da magia negra e do controlo que Salomão exercia sobre os demónios. mas que por outro lado praticou cultos religiosos.9 Pois a sabedoria que Salomão recebeu. E como conseguiu Salomão fazer toda essa obra mística. ídolo dos moabitas (. Sabedoria. havendo contribuído generosamente para a construção e manutenção de templos dedicados a essas divindades. haverão outras fontes históricas e místicas que expliquem como Salomão obteve o poder para realizar feitiçarias de magia negra tão poderosas que o tornaram lendário? Pois existe um texto antigo. Mas sobre Salomão e a magia. observamos que Deus apareceu em sonhos a Salomão.

que imediatamente ficou em tormentos. sendo que ele foi ficando cada vez mais magro e debilitado. e o anel que o rapaz atirou ao demónio. revoltado com a situação. usando para isso o poder do seu anel. O rapaz explicou a Salomão o motivo do seu tormento. O demónio dedicou-se a roubar o salário do filho do chefe dos operários construtores do grande Templo. Belzebu. O demónio passou a inquietar o rapazinho. A mais ancestral tradição mística hebraica. acorrentados. este lhe atirasse o anel em nome do Rei Salomão. ( Ornias era um demónio pertencente a uma linhagem de arcanjos). As preces foram ouvidas pelo arcanjo Miguel. preso e indefeso. A certo ponto. ficou cravado no peito desse. A chave da magia de Salomão é por isso essa mesma: a sabedoria mística. e trata-se de um texto que data entre os séculos I e IV d. bem como na obtenção de fabulosas riquezas. obtendo inimagináveis riquezas e poder. È um texto que reflecte histórias contadas sobre Salomão em tempos idos. Assim sucedeu. ficando a saber o seu nome e seu símbolo astrológico. Salomão invocou e dominou um demónio feminino de nome Onoskelis. O demónio implorou para que o rapaz lhe retirasse o anel do peito. Salomão ordenou a Ornias que lhe trouxesse o príncipe dos demónios. e o rapaz foi fiel ao seu rei. foi descoberto no Egipto. que permite pela fé e conjugação dos elementos místicos certos. foram usados na construção do templo. Belzebu passou assim a estar aos pés de Salomão. colocando-os á disposição de Salomão. foi forçado a trazer. subjugar e obter poder sobre as mais fortes e perigosas forças espirituais. Conta a lenda que todos os demónios que foram subjugados por Salomão. onde se encontrava inscrito um selo.O testamento de Salomão. e Salomão. Salomão deu o anel ao rapaz. A partir daqui. e tentou saber o motivo do estado cada vez mais enfermo do menor. Salomão passou a exercer domínio sobre o demónio Ornias. provavelmente através de uma tradição oral. Salomão interrogou o demónio. Ornias assim fez. um demónio chamado Ornias apareceu em Jerusalém. ( que passou a estar permanentemente sob sua autoridade pessoal). e Belzebu foi capturado. que desceu á terra e deu a Salomão um anel com uma pedra preciosa. .C. fazendo que com esse demónio trouxesse outros demónios a subjugarem-se ao poder de Salomão. instruindo-lhe que quando o demónio lhe aparecesse. todos os demónios sob seu poder. O testamento de Salomão revela que quando o templo de Israel estava a ser construído. sendo que em troca lhe daria todo o ouro e prata que ele desejasse. Assim não sucedeu. revela-nos assim como usando o poder de Deus. pedindo a Deus que colocasse o demónio sobre a sua autoridade. O demónio foi levado á presença do Rei Salomão. orou de dia e de noite. Salomão tinha um particular carinho pelo rapaz. Salomão praticou a mais poderosa magia negra e feitiços. bem como o terrível Asmodeus.