IDÉIAS SOBRE O BATISMO

” Agindo assim. a cerimônia do batismo ocorria da seguinte forma: “as próprias pessoas se imergiam em água enquanto dois oficiais judeus ficavam do lado de fora de um recinto fechado com cortinas. O uso do batismo entre os cristãos vem desde o começo do cristianismo. João Batista veio para trazer um conceito totalmente diferente baseado no arrependimento e remissão de pecados. Os judeus batizavam os prosélitos conforme o rito do judaísmo. 77 . provavelmente dos Essênios. eles criam que essas pessoas ficavam livres da identificação com a idolatria e o paganismo. Enquanto os adeptos do judaísmo estavam preocupados com o legalismo (a obediência cega à lei) e a supervalorização de sua nacionalidade (pois criam que bastava ter nascido judeu ou ao menos se converter à sua religião o judaísmo. e receberão o dom do Espírito Santo. Em Atos 2:38 está escrito: “Pedro respondeu: Arrependam-se. mediante o perdão dos seus pecados. para lhe preparar o caminho. para ser salvo). o judaísmo. pois irá adiante do Senhor.” Mas.“Quem crer e for batizado será salvo. mas quem não crer será condenado. para perdão dos seus pecados.” . será chamado profeta do Altíssimo. Diferença entre batismo dos judeus e do batismo dos cristãos. Em Lucas 1:76-77 diz: “76 E você.para dar ao seu povo o conhecimento da salvação. (Prosélito: indivíduo convertido que abraça outra religião diferente da sua anterior). recitando passagens da Torah (à Lei do Pentateuco). Quando as pessoas se convertiam à religião dos judeus. menino.” (Marcos 16:16) Origem do batismo cristão. e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo. atém do que estariam assumindo a obrigação de obedecer à lei. essa cerimônia é ainda mais antiga. Ele tratava os judeus como pessoas que não tinham sido verdadeiramente batizadas. tendo sido herdada do judaísmo.

ficavam livres do mesmo sendo então batizadas.Ele requeria um batismo verdadeiro e definitivo. “Quando viu que muitos fariseus e saduceus vinham para onde ele estava batizando. Queriam ser batizados sem terem realmente sido tocados pela nova mensagem que João Batista pregava. a um novo caminho. sem se arrependerem de seus pecados. o movimento de João Batista não significava somente o rompimento com um antigo sistema. Também era um palco onde teria início um novo sistema. muitos vinham até João para serem batizados sem serem tocados. Mesmo assim. Esses requisitos eram colocados por João como elementos indispensáveis para reforçar sua mensagem de que a verdadeira espiritualidade não depende do legalismo e nem da identificação com alguma nacionalidade. condicionando a conversão. significando que estavam lavadas dos antigos pecados. Essas pessoas eram recebidas por João Batista da seguinte forma: Mateus 3:7-8. arrependendo-se verdadeiramente dos mesmos. mesmo nos judeus que simplesmente por serem o povo escolhido de Deus já se achavam salvos. João aprendeu que em breve viria o Reino de Deus (Jesus estava por iniciar seu ministério) e a necessidade dos homens prepararem-se para o mesmo. sentir e agir das pessoas. disse-lhes: Raça de víboras! Quem lhes deu a ideia de fugir da ira que se aproxima? Deem fruto que mostre o arrependimento!” Assim. . João pregou uma nova e final mensagem condicionada a uma mudança completa da pessoa. Ao ouvir falar do Messias (Sua obra). O povo estava acostumado a ritualismos e tradições e cria que o simples entrar nas águas teria o efeito de outras cerimônias ou atitudes que eles já estavam acostumados a praticar. antes deveriam confessar os pecados que haviam cometido. Muitas coisas deveriam e iriam mudar na maneira de pensar. muitas pessoas eram levadas a este genuíno arrependimento e confessando seus pecados. Todas as pessoas para terem uma nova vida. fundamentado sobre Jesus Cristo.

Aspersão – lançar gotas de água sobre a pessoa. palavra grega . Por que o Batismo nas águas? O modo de batizar é importante? No dia de Pentecostes. e receberão o dom do Espírito Santo. Os motivos para tanto vão desde pontos de vista doutrinários próprios até condições climáticas. inodora (sem cheiro). insípida (sem sabor).baptiz que significa: limpar megulhando ou submergindo. pelos motivos que a seguir demonstramos: . tomar banho. Batismo. incolor (sem cor).” O batismo nas águas representa a lavagem dos pecados do homem. de onde deriva a palavra Batizar . tornar limpo com água. mostra-nos que o batismo em água veio logo após a pregação e a conversão dos ouvintes: “Pedro respondeu: Arrependam-se. a obra redentora de Cristo. definidas como símbolos externos da graça interna: o Batismo e a Ceia do Senhor. para perdão dos seus pecados. pois ela é: natural (não tem contaminação em sua essência).baptô que significa: mergulhar. o batismo por imersão total. submergir. ou seja. lavar-se. Derramamento – derramar uma quantidade pequena de água sobre a cabeça da pessoa. pura e apta para limpar. neutra. As igrejas evangélicas utilizam-se de formas diferentes de batismo nas águas:    Imersão – mergulhar a pessoa por completo na água. lavar. De qualquer maneira optamos por praticar o batismo que o Senhor Jesus praticou ou seja.Por que evangélicos não tem os sacramentos Sacramento é um termo usado por muitas tradições cristãs em referência as formas visíveis da graça invisível ou como sinal de um elemento sagrado. O melhor elemento encontrado na natureza para a limpeza é a água. e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo. imergir. Sendo assim. que consistem em imergir por completo o corpo da pessoa na água. em Atos 2:38. As igrejas evangélicas não concordam com a ideia de graça divina ser vinculada por meio de cerimônias. os evangélicos preferem falar em ordenanças. As ordenanças do batismo e da ceia do Senhor representam aspectos da operação interna do Espírito Santo em nós.

então nestes casos é válido a utilização de outra alternativa. O crente é batizado em nome do “Pai. Somente após este processo espiritual iniciado a partir do chamamento do Senhor e nossa aceitação é que o genuíno batismo descrito na Bíblia poderá ocorrer. O batismo por imersão representa lavar os pecadores de seus pecados. por estar em foco uma lavagem. Conclusão   Em primeiro lugar vem a graça de Deus.     O batismo considera em Jesus:    nos apresentamos como mortos. contudo também real. Podem ocorrer circunstâncias em que o batizando não pode ser batizado por imersão completa. ressuscitamos para andar em novidade de vida. nem tão pouco a verdadeira aceitação do Senhorio de Cristo. O batismo pe uma experiência espiritual simbólica. Sem a graça não pode existir a conversão. Pela imersão. O batismo nas águas é fruto do arrependimento do crente em relação aos seus pecados e sua disposição de não mais aceitá-los em sua vida. sepultamos o morto. do Filho e do Espírito Santo. . O convertido é que sente necessidade de se batizar. (A trindade). O batismo não leva ninguém à conversão. e Saíndo das águas.A imersão total pode simbolizar devidamente a purificação de uma pessoa de sua vida pregressa.