Autor: Pb.

Ubiratan

2
Família
Decorrido o turno de dias de seus banquetes, chamava Jó a seus filhos e os santificava; levantava-se de madrugada e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles, pois dizia: Talvez tenham pecado os meus filhos e blasfemado contra Deus em seu coração. Assim o fazia Jó continuamente. (Jó. 1: 5)

1

Família - Lição 1 a: Suficiência das escrituras no que diz respeito à nossa família que abrange, neste estudo, o relacionamento conjugal e relacionamento pais e filhos.

1. A bíblia trata sobre a família
Tudo o que consta nas escrituras foi escrito para o meu ensino. Sendo assim, as escrituras vão nos ensinar como sermos bons maridos, boas esposas, excelentes pais, amáveis filhos, preciosos avós e queridos netos. As escrituras nos ensinam como devemos criar os nossos filhos. Criá-los exige dos pais esforço e dedicação para que sejam amados filhos. Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança. (Rm. 15: 4) A bíblia nos ensina, como família, a corrigirmos os nossos erros, a repreendermos uns aos outros para a glória de Deus, a ensinarmos uns aos outros para a glória de Deus e para que todos nós sejamos educados na justiça para glória de Deus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. (2 Tm. 3: 16 e 17). O propósito de Deus é que na minha e na sua família sejamos conhecidos como uma família de boas obras que de fato colaboram com a obra de Deus.

2. A ciência não tem a resposta para o relacionamento familiar
A ciência é equivocada no trato do relacionamento familiar. A bíblia tem a resposta para o relacionamento familiar.

A ciência comportamental se contradiz. Em várias linhas de pensamento com soluções para o relacionamento familiar, que muitas vezes se contradizem. Os que as seguem se tornam equivocados por experimentarem as variações de terapias aplicadas à família. Aborreço a duplicidade, porém amo a tua lei. (Sl. 119: 113.) O texto bíblico diz: eu odeio os que são inconstantes, que no original significa duplicidade, isto é, eu odeio ideias, pensamentos inconstantes. Há uma duplicidade de pensamento nas ciências comportamentais familiares. Há diferenças em determinados indivíduos terapeutas. Uns dizem uma coisa, outros dizem outra (escolas diferentes). Ex.: homo afeição é genético x escolha (pensamentos duplos). O que eu devo seguir???? A bíblia diz que o homossexualismo é pecado. O homossexual deve ser amado e tratado. O homossexualismo deve ser tratado como pecado, porque é assim que a bíblia diz ser. Devo amar a lei do Senhor e não a duplicidade dos pensamentos que existem. Se a palavra de Deus diz “sim” é sim e se diz “não” é não. O que passar disso é do maligno. Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno. (Mt. 5: 37.)

3. A bíblia e o relacionamento conjugal como parte da grande família
Nunca se esqueça disso: os nossos filhos terão grande segurança, estando na 2

Família - Lição 1: a Suficiência das escrituras no que diz respeito à nossa família que abrange, neste estudo, o relacionamento conjugal e relacionamento pais e filhos.

idade que estiverem, quando demonstramos que amamos a mãe deles ou que amamos o pai deles. Isso é verdade bíblica, por isso Deus se preocupa muito com o relacionamento conjugal. Há um livro inteiro na bíblia chamado livro de cantares em que você tem ali uma correção de algo que o homem estragou em Gênesis 3:16. Por causa do castigo da queda, a mulher iria competir com o marido. E à mulher disse: Multiplicarei sobremodo os sofrimentos da tua gravidez; em meio de dores darás à luz filhos; o teu desejo será para o teu marido, e ele te governará. (Gn. 3: 16.) Marido e mulher estão sempre entrando em conflito porque estragamos o relacionamento conjugal por causa do nosso egoísmo, daquilo que eu quero, do que eu acho, porque tem que ser assim, por causa da criação diferente e etc. Encontramos essa realidade quando começamos a conviver como marido e esposa, após o casamento. Esses conflitos precisam ser minimizados. Sabe como Deus fez para minimizar nossa situação??? Ele escreveu para nós uma carta viva. Que grita: “me leiam, me ouçam, façam isso que estou dizendo a vocês. Porque assim fazendo, o casamento de vocês vai dar certo.” Leiam o livro de cantares para a próxima aula e aprenderemos como cônjuges a fortalecermos o nosso relacionamento.

Anotações

________________

________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________
3

Família - Lição 1 b: Suficiência das escrituras no que diz respeito à nossa família que abrange, neste estudo, o relacionamento conjugal e relacionamento pais e filhos.

Resumo da lição anterior:
 A bíblia trata sobre a família;  A ciência não tem a resposta para o relacionamento familiar;  A bíblia e o relacionamento conjugal como parte da grande família;

Notas sobre o texto bíblico: A égua do faraó era o item mercantil de grande valor (bonita e de porte elegante). A biga de faraó era puxada por 2, 4 ou 6 cavalos, porém os cavalos da frente eram os mais belos (éguas de faraó) para ressaltar o seu poder e aparência. É como se ele dissesse para Sulamita: quando você está no meio de outras, você é a mais formosa e valiosa. Guardada a devida proporção e possibilidade, a bíblia ensina até o marido a dar presente para a sua esposa, observando que se trata de presente de uso pessoal e não utensílio doméstico ou algo parecido. Marido!!! A sua mulher gosta muito de ganhar presente. Você, Sulamita, merece joias: Formosas são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço, com os colares. Enfeites de ouro te faremos, com incrustações de prata (Ct. 1: 10-11). A bíblia mostra também que a esposa aprecia o seu marido perfumado, cheirando bem. A Sulamita declara que Salomão é cheiroso: 12. Enquanto o rei está assentado à sua mesa, o meu nardo exala o seu perfume. 13. O meu amado é para mim um saquitel de mirra, posto entre os meus seios. 14. Como um racimo de flores de hena nas vinhas de En-Gedi, é para mim o meu amado (Ct. 1: 12-14). Notas sobre o texto bíblico: 4

1. O livro de Cantares e o relacionamento conjugal
1.1. O relacionamento conjugal deve ser nutrido com confissão de amor de um ao outro O livro de cantares mostra que necessitamos ser nutridos, alimentados, saciados com palavras, confissões e com verbalizações amorosas. Tanto a mulher quanto o homem querem isso... Mesmo conscientes que o nosso cônjuge sabe que o amamos, ela ou ele precisam ouvir: “eu te amo”. Em cantares Salomão e a Sulamita verbalizam confissões amorosas. A palavra de Deus está dizendo, falem um para o outro “eu amo você”. Salomão elogia a Sulamita e dá informação onde ela pode encontrá-lo: Se tu não o sabes, ó mais formosa entre as mulheres, sai-te pelas pisadas dos rebanhos e apascenta os teus cabritos junto às tendas dos pastores (Ct. 1: 8). Salomão compara a Sulamita ao que havia de mais formoso e belo em sua época: as éguas de faraó: Às éguas dos carros de Faraó te comparo, ó querida minha (Ct. 1: 9).

Família - Lição 1 b: Suficiência das escrituras no que diz respeito à nossa família que abrange, neste estudo, o relacionamento conjugal e relacionamento pais e filhos.

Mirra (um tipo de creme hidratante): produto caríssimo com aroma muito gostoso. As mulheres colocavam entre os seios um saquinho com mirra para ficarem perfumadas. Racimo de flores é buquê de flores. En-gedi é um oásis no oeste do mar morto. O mar morto é cercado por um deserto terrível, mas existem oásis e um deles é en-gedi que produz uns ramalhetes de flores, profunda e extremamente perfumados, que as mulheres gostavam de fazer perfumes, ou também para colocar nos cômodos da casa. A bíblia está nos ensinando, neste texto, como reagir e nutrir o nosso relacionamento conjugal, com momento de romance, momentos de um amor arrebatador. 1.2. Todo casamento tem conflitos Aprendemos que o relacionamento conjugal deve ser mantido por meio de resoluções de conflitos conjugais. Não se mantém relacionamento se não houver resoluções, não se mantém um relacionamento conjugal se a gente não sentar e resolver os nossos conflitos. Os versículos 2 a 6 do capítulo 5 de Cantares mostram o estabelecimento de um conflito entre o casal, conforme a seguir: 2. Eu dormia, mas o meu coração velava; eis a voz do meu amado, que está batendo: Abre-me, minha irmã, querida minha, pomba minha, imaculada minha, porque a minha cabeça está cheia de

orvalho, os meus cabelos, das gotas da noite. 3. Já despi a minha túnica, hei de vestila outra vez? Já lavei os pés, tornarei a sujá-los? 4. O meu amado meteu a mão por uma fresta, e o meu coração se comoveu por amor dele. 5. Levantei-me para abrir ao meu amado; as minhas mãos destilavam mirra, e os meus dedos mirra preciosa sobre a maçaneta do ferrolho. 6. Abri ao meu amado, mas já ele se retirara e tinha ido embora; a minha alma se derreteu quando, antes, ele me falou; busquei-o e não o achei; chamei-o, e não me respondeu (CT. 5: 2-6). Eis um conflito estabelecido entre a Sulamita e Salomão. Ao que nos dá a entender Salomão se atrasou para estar com a Sulamita e ele, irritada, não abre a porta e argumenta: “já despi a minha túnica, hei de vestí-la outra vez? Já lavei os meus pés, tornarei a sujá-los?” Nos versículos 10 a 16 do capítulo 5 e versículos 4 a 10 do capítulo 6, Sulamita e Salomão ponderam com respeito às qualidades do seu cônjuge. Apesar do conflito em que se encontram, surge um esforço para a criação de argumentos no íntimo do casal para o autoconvencimento de que não vale a pena continuar sofrendo a dor da separação, a quebra do relacionamento instaurados no conflito. Isto é, após o conflito, começam a avaliar a continuidade daquele estado de dor e amargura, um vez que se amavam e tinham sentimentos e admiração profundos. 10. O meu amado é alvo e rosado, o mais distinguido entre dez mil. 11. A sua cabeça é como o ouro mais 5

Família - Lição 1 b: Suficiência das escrituras no que diz respeito à nossa família que abrange, neste estudo, o relacionamento conjugal e relacionamento pais e filhos.

apurado, os seus cabelos, cachos de palmeira, são pretos como o corvo. 12. Os seus olhos são como os das pombas junto às correntes das águas, lavados em leite, postos em engaste. 13. As suas faces são como um canteiro de bálsamo, como colinas de ervas aromáticas; os seus lábios são lírios que gotejam mirra preciosa; 14. as suas mãos, cilindros de ouro, embutidos de jacintos; o seu ventre, como alvo marfim, coberto de safiras. 15. As suas pernas, colunas de mármore, assentadas em bases de ouro puro; o seu aspecto, como o Líbano, esbelto como os cedros. 16. O seu falar é muitíssimo doce; sim, ele é totalmente desejável. Tal é o meu amado, tal, o meu esposo, ó filhas de Jerusalém. (Ct. 5: 10-16) 4. Formosa és, querida minha, como Tirza, aprazível como Jerusalém, formidável como um exército com bandeiras. 5. Desvia de mim os olhos, porque eles me perturbam. Os teus cabelos descem ondeantes como o rebanho das cabras de Gileade. 6. São os teus dentes como o rebanho de ovelhas que sobem do lavadouro, e das quais todas produzem gêmeos, e nenhuma delas há sem crias. 7. As tuas faces, como romã partida, brilham através do véu. 8. Sessenta são as rainhas, oitenta, as concubinas, e as virgens, sem número. 9. Mas uma só é a minha pomba, a minha imaculada, de sua mãe, a única, a predileta daquela que a deu à luz; viram -na as donzelas e lhe chamaram ditosa; viram-na as rainhas e as concubinas e a louvaram. 10. Quem é esta que aparece como a

alva do dia, formosa como a lua, pura como o sol, formidável como um exército com bandeiras? (Ct. 6: 4-10) Não devemos dormir sem antes resolvermos nossos problemas conjugais, pois sentiremos amargor e decerto pouco dormiremos, pois o (a) amamos e o que queremos é reatar a nossa aliança e ficar em paz. Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira, (Ef. 4: 26) Cuide do seu relacionamento conjugal, pois ele é muito precioso. É vida, traz inspiração, força, alegria, conforto e segurança. Proteja o seu relacionamento conjugal contra aqueles que possam minar a confiança entre os dois. Quando obedecemos à bíblia, há perdão, há restauração e há restituição. Viva uma vida conjugal e seja uma grande bênção como marido ou esposa. E que seus filhos sejam como modelo e que você também seja direção certa, um porto seguro para uma sociedade que não sabe mais qual o caminho seguir.

Anotações

________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________
6

Família - Lição 2 a: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

Atualmente, percebem-se pais que, na maioria das vezes, por desconhecimento ou negligência acabam por não saberem como tratar os seus filhos. A Bíblia tem a ver com o nosso relacionamento pais e filhos como parte da grande família. Nós encontramos na Bíblia referências e mais referências de como tratarmos, como lidarmos e de como criarmos os nossos filhos. Sabemos que para sermos pais bíblicos demandará esforço e sofrimento, pois, tanto pai, mãe e filho têm a tendência de não obedecer às Escrituras. Criar os filhos na disciplina e admoestação do Senhor, sem dúvidas, exigirá esforço e dedicação. Mas os resultados serão colhidos, porque os nossos filhos, queiramos ou não admitir, seguirão o nosso modelo. A criança criada por pais segundo o coração de Deus deve ser preparada para enfrentar o mundo. Ela tem que aprender a influenciar e não ser influenciada pelo mundo, embora convivendo numa sociedade corrompida e sem Deus. Deverão ser influência positiva na escola, com seus amigos da vizinhança e etc.

que era uma atitude cultural muito forte na época, oferece as suas filhas. Cabe notar que embora vivendo numa sociedade completamente corrompida as suas filhas eram virgens. Ressaltamos que Ló vivia em Sodoma e Gomorra, lugar onde os indivíduos já estavam em grau de promiscuidade de deturpação. Lá usar a mulher como objeto sexual era comum, normal, diário, e agora estavam se usando homem com homem e mulher com mulher em Sodoma e Gomorra para dar vazão à sua devassidão, a ponto da palavra Sodoma virar um estereotipo de afeminado e de promiscuidade (Sodomia). Mas, as filhas de Ló eram virgens. Como é que Ló conseguiu? O que Ló fez com suas filhas pra que numa sociedade promíscua, depravada, deturpada sexualmente como era Sodoma e Gomorra, mantivesse as suas filhas virgens?

2. Precisamos aprender com Jó
Texto: Jó 1: 1 a 5 Precisamos aprender com Jó, que é capaz de oferecer sacrifícios a Deus pelos pecados de seus filhos. Decorrido o turno de dias de seus banquetes, chamava Jó a seus filhos e os santificava; levantava-se de madrugada e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles, pois dizia: Talvez tenham pecado os meus filhos e blasfemado contra Deus em seu coração. Assim o fazia Jó continuamente. (Jó. 1: 5)

1. Precisamos aprender com Ló
Texto: Gênesis 13: 12 e 13 e Gênesis 19: 1 a 11 Ló, vivendo em Sodoma, quando chegam os mensageiros de Deus, materializados em figura masculina, os homens daquela cidade que eram extremamente deturpados e depravados queriam que Ló lhes entregassem os mensageiros de Deus para cometerem torpeza com eles. Ló, para proteger os seus hóspedes,

3. Precisamos aprender com gente negativa
3.1. Pais permissivos, filhos perdidos 7

Família - Lição 2 a: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

A história de Eli e seus filhos. Essa é a história do sacerdote, do representante de Deus. Eli era um sacerdote de Deus, um homem que representava o Senhor na região em que Samuel nascera. Assim como Eli, também todos nós somos sacerdotes em Cristo Jesus, pois depois que o véu se rasgou nós somos sacerdócio real. Sendo assim, uma vez convertidos, somos representantes de Deus nesta terra, e Ele quer que sejamos com a nossa família um modelo vivo de relacionamento que glorifica a Deus. Porque Eli se tornou tão permissivo? Porque ele tinha medo de seus filhos, porque seus filhos se tornaram o centro da vida de Eli. O que chamamos de “Filhocentrismo”, na sociedade moderna, era o que estava acontecendo na vida de Eli. Podemos utilizar como figura dessa situação a de um neném que cresce pra cima do pai e vira um gigante pra cima do pai. Podemos testemunhar muito disso em nossa sociedade atual, nenéns que acabam gerando e determinando a rotina da família. Pais que estão para agradar e fazer aquilo que seus filhos querem que seja feito. Quando os pais deixam que os filhos cresçam pra cima de cada um deles, isso traz estresse, aflições, desespero, porque estão preocupados em agradar ao homem e não a Deus. Muitas vezes queremos dar aos nossos filhos aquilo que não tivemos. Isso está errado. Não entre nesse sistema mundano, secularizado, errado. Os nossos filhos não precisam ter o

que nós não tivemos. Os nossos filhos precisam ter de nós amor, atenção e educação na disciplina e admoestação do Senhor. Se os seus filhos puderem ter uma bicicleta de marcha, ótimo. Mas se não puderem, continue dando amor, atenção e os educando na disciplina e admoestação do Senhor. Se os seus filhos podem ter um carro quando passarem no vestibular, dê um carro, Mas se não podem, continue dando amor, atenção e os educando na disciplina e admoestação do Senhor. 3.2. Quais são os erros, e pecados que Eli cometeu contra Deus e que acabou sendo influência na vida se seus filhos? Por que pisais aos pés os meus sacrifícios e as minhas ofertas de manjares, que ordenei se me fizessem na minha morada? E, tu, por que honras a teus filhos mais do que a mim, para tu e eles vos engordardes das melhores de todas as ofertas do meu povo de Israel? (1 Sm. 2: 29) “E, tu, por que honras a teus filhos mais do que a mim,”. Eli é um exemplo de filhocentrismo, ele tem mais preocupação com o que os filhos pensam dele do que com o que Deus pensa dele. Ele tem mais preocupação em agradar aos filhos do que em agradar a Deus. Por isso é que Deus diz: “honras a teus filhos mais do que a mim, para tu e eles vos engordardes das melhores de todas as ofertas do meu povo de Israel”. Deus não admite essa situação e Ele pode nos testar com respeito a isso, conforme fez com Abraão em relação ao seu filho Isaque. Por que Deus pede a Abra8

Família - Lição 2 a: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

ão que sacrifique Isaque? Porque Isaque era para Abraão o filho central. Porque Abraão certamente estava se esquecendo de Deus por causa, agora, daquele filho da sua velhice, filho da promessa. E Deus quer ensinar a Abraão e ele acaba se tornando, na história, o pai da fé para todos nós, por causa da postura que Abraão teve, que Eli não teve. Qual foi a prova que Deus aplicou sobre Abraão?: “Abrão me entrega o teu filho. Prova pra mim que você me honra mais do que a teu filho..” Será que estamos honrando mais a nossos filhos do que a Deus? Será que estamos permitindo que os nossos filhos assumam posturas, tenham relacionamentos, falem, verbalizem, sintam aquilo que a Bíblia condena, por medo de que eles se voltem contra nós, de que eles não gostem mais de nós, de que na minha velhice eles não cuidem de mim? Então eu preciso deixar que as crianças façam o que bem entendam, porque aí eu vou ser um pai popular uma mãe muito legal e eu vou estar honrando mais aos meus filhos do que a Deus. Portanto, diz o SENHOR, Deus de Israel: Na verdade, dissera eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente; porém, agora, diz o SENHOR: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram, honrarei, porém os que me desprezam serão desmerecidos. (1 Sm. 2: 30) Traduzindo a ideia maior do texto bíblico acima temos: “Você Eli me despreza por causa dos seus filhos, você está desprezando a minha ordem, os meus mandamentos, desprezando aquilo que Eu pedi para você

por causa dos seus filhos, porque você honra mais aos seus filhos.” Devermos ter atenção se estamos desprezando os princípios de Deus. A gente despreza os princípios de Deus, quando alguém vem chamar a atenção dos nossos filhos porque eles erraram e colocamos “panos quentes”. Deveria haver uma palavra de repreensão a esse filho: “Você errou, você tem que pedir perdão a essa pessoa. Faça isso agora...” Quando disciplinamos o (a) nosso (a) filho (a) sofremos com ele (a) também, porque o (a) amamos, e justamente por amá-lo (a) é que muitas vezes somos obrigados a corrigi-lo (a). O nosso filho e filha sempre será aquele neném lindo que precisa da nossa proteção e por isso sofremos quando vemos o (a) nosso (a) querido (a) humilhado (a) sob a disciplina. Mas é para o bem dele (a). A Bíblia ensina utilizar a vara na disciplina. Não deve ser utilizado outro objeto diferente do que a Bíblia orienta. Não pode haver violência, mas a correção com a vara segundo orientação que Deus faz é saudável. Repetimos que é orientação de Deus. Muitos interpretam que a vara quer dizer princípio a ser aplicado, mas a Bíblia é bem clara e específica quanto ao objeto a ser utilizado que é mesmo a vara. O chinelo, o cinto, a mão, o sapato não são adequados à disciplina, conforme orientação Bíblica. A utilização desses traduz para a criança em violência. Temos que ser fortemente contra a violência doméstica, mas a favor da disciplina Bíblica. Quando você usa a vara, obviamente 9

Família - Lição 2 a: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

com moderação, e com motivos bem claros para ambas as partes (pais e filhos), já não há permissividade, há a correção segundo os moldes de Deus. Mas, se estais sem correção, de que todos se têm tornado participantes, logo, sois bastardos e não filhos. (Hb. 12: 8) Deus declara que o filho que não é disciplinado é bastardo e não filho.

Anotações

Anotações

________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________

________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________
10

Família - Lição 2 b: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

Resumo da lição anterior:
 A bíblia trata sobre a família;  A ciência não tem a resposta para o relacionamento familiar;  A bíblia e o relacionamento conjugal como parte da grande família; A lição continua com o texto de 1 Samuel: Então, suscitarei para mim um sacerdote fiel, que procederá segundo o que tenho no coração e na mente; edificar-lhe-ei uma casa estável, e andará ele diante do meu ungido para sempre. (1 Sm. 2: 35) Notas sobre o texto bíblico: “Suscitarei sobre mim um sacerdote fiel, que procederá segundo o que tenho no coração e na mente.” Eli e seus filhos não tinham na mente o que de fato Deus tem no coração e na mente. “Edificar-lhe-ei uma casa estável, e andará ele diante do meu ungido para sempre.” - O Senhor fala que Eli desestabilizou a sua casa e a casa de Deus (Eli era sacerdote do templo). Por isso que Deus diz quando a igreja precisa escolher um líder espiritual deve verificar se ele governa bem a sua casa. (1 Tm. 3). Se o homem não é capaz de cuidar bem da casa dele e governar bem os seus filhos (crianças ainda no processo de disciplina e admoestação - sentido bíblico no original), essa pessoa não serve para ser pastor dos meus filhos, porque ele não sabe cuidar dos dele. Como ele vai nos ensinar a cuidar bem dos nos-

sos? Cabe observar aqui que não se trata de filhos adultos, mas filhos ainda que estão sob a orientação dos pais. Se o filho é criado conforme a orientação de Deus e na maior idade ele, por escolha própria, decide pelo mau caminho, Deus não imputa isso como pecado aos seus pais (ver a história de Samuel e seus filhos – A Bíblia é clara em dizer que os filhos de Samuel não seguiram os passos de Samuel). Uma família instável na igreja traz instabilidade à igreja. A ovelha da igreja é amada da igreja, se ela sofre ou se perde a igreja sofre. As famílias da igreja são afetadas se uma família está instável. O que aconteceu com os filhos de Eli nessa história? Deus fala o que ia fazer com os filhos de Eli, o que eles estavam fazendo primeiro com Deus. 12. Eram, porém, os filhos de Eli filhos de Belial e não se importavam com o SENHOR; 13. pois o costume daqueles sacerdotes com o povo era que, oferecendo alguém sacrifício, vinha o moço do sacerdote, estando-se cozendo a carne, com um garfo de três dentes na mão; 14. e metia-o na caldeira, ou na panela, ou no tacho, ou na marmita, e tudo quanto o garfo tirava o sacerdote tomava para si; assim se fazia a todo o Israel que ia ali, a Siló. 15. Também, antes de se queimar a gordura, vinha o moço do sacerdote e dizia ao homem que sacrificava: Dá essa carne para assar ao sacerdote; porque não aceitará de ti carne cozida, senão crua. 16. Se o ofertante lhe respondia: Queime -se primeiro a gordura, e, depois, toma11

Família - Lição 2 b: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

rás quanto quiseres, então, ele lhe dizia: Não, porém hás de ma dar agora; se não, tomá-la-ei à força. 17. Era, pois, mui grande o pecado destes moços perante o SENHOR, porquanto eles desprezavam a oferta do SENHOR. (1 Sm. 2: 12-17) Notas sobre o texto bíblico: No vrs 12: Belial é uma palavra no hebraico que tudo o que se pensar de mau cabe nessa palavra, ou seja, promiscuidade, crueldade, violência, maledicência, desobediência etc. A lei dizia que no sacrifício primeiro era para o Senhor depois para o sacerdote, mas Eli fazia ao contrário, primeiro para ele e seus filhos depois o que sobrava dava para o Senhor. Pais são modelos. Eli estava passando para os filhos o desrespeito, desprezo à Lei de Deus. E pior, estava passando para os filhos o entendimento de que mesmo sendo representante de Deus naquele lugar, sendo ele sacerdote, era o primeiro a quebrar as Leis e desonrar a Deus mostrando profunda duplicidade de caráter. Era, porém, Eli já muito velho e ouvia tudo quanto seus filhos faziam a todo o Israel e de como se deitavam com as mulheres que serviam à porta da tenda da congregação. (1 Sm. 2: 22) Eli honrava mais seus filhos do que a Deus. Mesmo sabendo que praticavam sexo ilícito, se prostituíam, eram adúlteros, Eli não falava nada. Por que pisais aos pés os meus sacrifícios e as minhas ofertas de manjares,

que ordenei se me fizessem na minha morada? E, tu, por que honras a teus filhos mais do que a mim, para tu e eles vos engordardes das melhores de todas as ofertas do meu povo de Israel? (1 Sm. 2: 29) Eli, junto com seus filhos desprezavam (significado de “Por que pisais aos pés”) os sacrifícios a Deus. Nos versículos 30 a 36 vemos as consequências do pecado de Eli e de seus filhos. 30. Portanto, diz o SENHOR, Deus de Israel: Na verdade, dissera eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente; porém, agora, diz o SENHOR: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram, honrarei, porém os que me desprezam serão desmerecidos. 31. Eis que vêm dias em que cortarei o teu braço e o braço da casa de teu pai, para que não haja mais velho nenhum em tua casa. 32. E verás o aperto da morada de Deus, a um tempo com o bem que fará a Israel; e jamais haverá velho em tua casa. 33. O homem, porém, da tua linhagem a quem eu não afastar do meu altar será para te consumir os olhos e para te entristecer a alma; e todos os descendentes da tua casa morrerão na flor da idade. 34. Ser-te-á por sinal o que sobrevirá a teus dois filhos, a Hofni e Finéias: ambos morrerão no mesmo dia. 35. Então, suscitarei para mim um sacerdote fiel, que procederá segundo o que tenho no coração e na mente; edificarlhe-ei uma casa estável, e andará ele diante do meu ungido para sempre. 36. Será que todo aquele que restar da tua casa virá a inclinar-se diante dele, 12

Família - Lição 2 b: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

para obter uma moeda de prata e um bocado de pão, e dirá: Rogo-te que me admitas a algum dos cargos sacerdotais, para ter um pedaço de pão, que coma. (1 Sm. 2: 30-36) Embora conscientes de que estamos no período da graça em que o sacrifício de Jesus nos purifica de todo o pecado, quando o confessamos a Deus, nos versículos anteriores percebemos o grau de indignação que tal situação estabelece diante de Deus. No contexto acima, embora gozando da graça e do perdão de Deus, as consequências que podemos gerar na nossa descendência pelo modelo errado e impuro que porventura tenhamos estabelecido por meio de nosso mau testemunho no passado, nos leva ao entendimento da necessidade de pedir a intervenção de Deus nas vidas daqueles que influenciamos mal e de mantermos um testemunho de vida transformada, seguros de que Deus é fiel para promover e dar a oportunidade da restauração. 1. Como ser filhos segundo o coração de Deus A Palavra aos filhos é simples, objetiva e básica sendo, portanto, fundamental da mesma forma que os elementos básicos são o alicerce da perpetuação dos sistemas complexos. O que falar ao ser humano que se encontra no meio ou no final do percurso da vida? Muita coisa tem que ser dita, pois há muito o que refletir, consertar, redirecionar, restaurar num curso de vida onde as vicissitudes (dificuldades, lutas, reveses) causaram e continuam causando danos e estabelecendo perguntas sem

respostas. Vidas, na sua maioria, que se iniciaram sem o conhecimento, comunhão e orientação de Deus. Entretanto, aos filhos, a Palavra de Deus ensina o simples, o básico sobre o qual se estabelecerá uma vida honrada, digna, um modelo a ser seguido por uma humanidade carente e perdida, sem Deus. Pois o básico é o tudo, é a raiz, é o fundamento, é o elemento cristalizador. A Palavra ensina a honrar pai e mãe (primeiro mandamento com promessa). Honra a teu pai e a tua mãe, como o SENHOR, teu Deus, te ordenou, para que se prolonguem os teus dias e para que te vá bem na terra que o SENHOR, teu Deus, te dá. (Dt. 5: 16) A mais preciosa honra acontece longe das vistas daquele que é honrado. Quando você mantém obediência e segue os conselhos dos seus pais, mesmo estando longe, aí é que você realmente exalta o nome deles. Quando você tem atitudes notáveis longe das vistas dos seus pais a seguinte pergunta estará na mente daqueles que estiverem testemunhando o seu bom procedimento. “Quem serão os pais dessa criança, desse adolescente ou desse jovem?? Certamente são bons pais por participarem da educação de uma pessoa tão especial”. Entretanto, se o seu procedimento for mau, de forma inversa pensarão sobre os seus pais. Portanto, filho(a):  a melhor forma de demonstrar o seu amor pelos seus pais é honrá-los.  quando você honra os seus pais você está trazendo benção para sua vida atual e futura (“para que se prolonguem os teus dias e para que te vá bem na terra que o SENHOR, teu 13

Família - Lição 2 b: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

Deus, te dá.”).  guarde os mandamentos e os ensinamentos do Senhor para que tudo de bom aconteça com você e com seus filhos (quando você se casar e tiver filhos) na terra dada pelo Senhor (Deuteronômio 4.40).  ande no caminho que o Senhor te orienta andar para que você tenha sucesso nessa vida (Deuteronômio 5.33).  não se prostitua ou seja adúltero, por ser um caminho que além de desagradar profundamente a Deus trará danos à sua vida (Ler Provérbios abaixo). 3. porque os lábios da mulher adúltera destilam favos de mel, e as suas palavras são mais suaves do que o azeite; 4. mas o fim dela é amargoso como o absinto, agudo, como a espada de dois gumes. 5. Os seus pés descem à morte; os seus passos conduzem-na ao inferno. 6 Ela não pondera a vereda da vida; anda errante nos seus caminhos e não o sabe. 7. Agora, pois, filho, dá-me ouvidos e não te desvies das palavras da minha boca. 8. Afasta o teu caminho da mulher adúltera e não te aproximes da porta da sua casa; 9. para que não dês a outrem a tua honra, nem os teus anos, a cruéis; 10. para que dos teus bens não se fartem os estranhos, e o fruto do teu trabalho não entre em casa alheia; 11. e gemas no fim de tua vida, quando se consumirem a tua carne e o teu corpo, 12. e digas: Como aborreci o ensino! E desprezou o meu coração a disciplina!

(Pv. 5: 3-12) não se vicie, não tenha vida desregrada, pois isso não agrada a Deus e esse caminho poderá trazer problemas irreversíveis para você e aos que te amam (leia os textos abaixo). Ai dos que se levantam pela manhã e seguem a bebedice e continuam até alta noite, até que o vinho os esquenta! (Is. 5: 11) Andemos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedices, não em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes; (Rm. 13: 13) invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam. (Gl. 5: 21) Porque basta o tempo decorrido para terdes executado a vontade dos gentios, tendo andado em dissoluções, concupiscências, borracheiras, orgias, bebedices e em detestáveis idolatrias. (1 Pe. 4: 3) Finalmente, ame o teu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua força (Deuteronômio 6.5). Se você for uma filha ou um filho segundo o coração de Deus, certamente será esposa ou esposo, mãe ou pai, avó ou avô segundo o coração de Deus. Que o nosso Deus abençoe os nossos queridos filhos.

14

Família - Lição 2 b: Como conseguir ser um pai e uma mãe segundo o coração de Deus

Anotações

Anotações

________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________

________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________ ________________
15