Caderno de Prova

Nome do candidato

A
Sala

Código do candidato

Estabelecimento

Documento de identidade

Assinatura do candidato

Instruções
LEIA COM ATENÇÃO
1. Este Caderno de Prova, com páginas numeradas de 1 a 27, é composto de duas partes:  PARTE I: constituída de 50 (cinquenta) questões objetivas de múltipla escolha, cada uma com cinco alternativas, assim distribuídas:  01 a 10 – Clínica Cirúrgica  11 a 20 – Clínica Médica  21 a 30 – Ginecologia e Obstetrícia  31 a 40 – Pediatria  41 a 50 – Saúde Coletiva  PARTE II: constituída de 10 (dez) questões discursivas, assim distribuídas:  01 e 02 – Clínica Cirúrgica  03 e 04 – Clínica Médica  05 e 06 – Ginecologia e Obstetrícia  07 e 08 – Pediatria  09 e 10 – Saúde Coletiva

2. Caso o Caderno de Prova esteja incompleto ou tenha qualquer defeito de impressão, solicite ao fiscal que o substitua. 3. Sobre a Marcação da Folha de Respostas da Parte I – Questões Objetivas
As respostas das questões objetivas devem ser, obrigatoriamente, transcritas com caneta esferográfica de tinta preta não porosa para a Folha de Respostas, que será o único documento válido para correção. Não haverá substituição da Folha de Respostas por erro do candidato.

3.1. Para cada questão existe apenas uma alternativa que a responde acertadamente. Para a marcação da alternativa escolhida na FOLHA DE RESPOSTAS, pinte completamente o círculo correspondente. Exemplo: Suponha que para determinada questão a alternativa C seja a escolhida. N.º da Questão A B
C

D E 3.2. Será invalidada a questão em que houver mais de uma marcação, marcação rasurada ou emendada, ou não houver marcação. 4. Para responder às Questões Discursivas, poderão ser usados os espaços para rascunho disponíveis logo após cada questão, mas as respostas definitivas deverão ser transcritas no CADERNO DE RESPOSTAS das questões discursivas. Use caneta esferográfica de tinta preta não porosa. 5. Não haverá substituição do CADERNO DE RESPOSTAS das questões discursivas por erro do candidato. 6. A duração da Prova Escrita é 5 (cinco) horas, já incluído o tempo destinado ao preenchimento da FOLHA DE RESPOSTAS das questões objetivas e do CADERNO DE RESPOSTAS das discursivas. 7. Será permitida a saída de candidatos da sala de prova somente após decorridas 2:00 h (duas horas) do início da Prova Escrita. 8. Antes de se retirar da sala de prova, o candidato deverá, obrigatoriamente, entregar ao fiscal este Caderno de Prova e a FOLHA DE RESPOSTAS das questões objetivas e o CADERNO DE RESPOSTAS das discursivas. Este Caderno de Prova poderá ser levado pelo candidato somente na última meia hora de prova. 9. É vedado ao candidato copiar as marcações feitas na FOLHA DE RESPOSTAS das questões objetivas e no CADERNO DE RESPOSTAS das discursivas.

perda de peso e exame de imagem mostrando massa tumoral ao nível do corpo do pâncreas.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato PARTE I – QUESTÕES OBJETIVAS Clínica Cirúrgica QUESTÃO 01 É característica dos cânceres hereditários. deve-se optar pelo uso de cardiotônicos. por apresentar eritema migratório necrolítico associado a diabetes melito. Qual a principal hipótese diagnóstica para esse caso? [A] Adenocarcinoma de pâncreas [B] Glucagoma [C] Síndrome de Verner-Morrison [D] Somatostinoma [E] GRFomas QUESTÃO 04 Em relação aos cuidados perioperatórios em pacientes que serão submetidos a tratamento operatório do feocromocitoma. [E] Os β-bloqueadores podem ser administrados após a obtenção de um α-bloqueio adequado. [B] Em situações de hipotensão ou oligúria no pós-operatório. [A] As alterações hemodinâmicas perioperatórias adversas mais comumente observadas são a hipotensão intraoperatória e a hipertensão pós-operatória. QUESTÃO 02 Trata-se do proto-oncogene que tem recebido a maior atenção nos últimos anos nos estudos relacionados à gênese tumoral da tireoide: [A] PTC/RET [B] ras [C] c-myc [D] c-fos [E] TRK QUESTÃO 03 Paciente de 43 anos é encaminhado ao cirurgião após avaliação inicial com dermatologista. [B] Tendência a serem unilaterais. que os distingue fenotipicamente de suas contrapartes esporádicas: [A] Ocorrências em idades mais avançadas. visando melhorar a hipertensão. anemia. [D] Choque hemodinâmico no pós-operatório está geralmente relacionado à hipervolemia pelo excesso de catecolaminas circulantes após a retirada do tumor. [C] Deve-se promover o mais precocemente possível redução na estimulação dos β-receptores vasodilatadores periféricos. glossite. 1/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . evitando-se grandes volumes de hidratação venosa. assinale a afirmativa correta. [C] Desenvolvimento multifocal. [D] Ocorrência de grupos com tipos diferentes de cânceres em parentes. no subgrupo de pacientes com taquicardia persistente. [E] Não costumam estar associados a outras condições como retardo mental e lesões patognomônicas de pele.

É submetido a novo procedimento operatório. Essa hérnia. Retorna cerca de 1 ano depois relatando recorrência do abaulamento inguinal na região operada. [D] Doença de Castleman.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 05 Paciente do sexo masculino. é submetido à herniorrafia inguinal à esquerda pela técnica de Bassini.3 cm/ano.6 cm/ano e sexo masculino. sexo masculino. [B] Expansão de 0. corresponde ao tipo: [A] IVC [B] II [C] IVD [D] IIIB [E] IIIC QUESTÃO 07 A formação de varizes de esôfago e a ocorrência de sangramento varicoso em pacientes portadores de cirrose na forma sinusoidal e pós-sinusoidal estão relacionadas. onde é observado grande conteúdo herniário. QUESTÃO 09 Forma familiar de linfedema de extremidades primário.4 cm/ano e sexo masculino. expansão de 0. tosse. regurgitação de material não digerido de odor fétido. [B] Doença de Meige. QUESTÃO 08 Qual situação associada está relacionada com alto risco de ruptura de aneurisma aórtico abdominal? [A] Diâmetro de 7 cm. Após tratamento do quadro pneumônico. é diagnosticado com pneumonia por aspiração. com evolução progressiva nos últimos anos. [D] 5 mmHg e 10 mmHg. [B] 6 mmHg e 9 mmHg. respectivamente. Analisando-se sua história pregressa.S.5 cm/ano e sexo feminino. [E] Diâmetro de 5 cm.L. Dessa vez. expansão de 0. salivação excessiva. 63 anos. insinuando-se tanto superior e lateralmente quanto inferior e medialmente aos vasos epigástricos profundos. iniciado entre as idades de 1 a 35 anos (linfedema precoce): [A] Doença de Milroy. qual o melhor exame para diagnóstico da lesão esofágica desse paciente? [A] Manometria de esôfago [B] Endoscopia digestiva alta [C] Ultrassom com doppler de região cervical [D] Esofagograma com bário [E] Tomografia por emissão de positrons QUESTÃO 06 Paciente L. 2/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . halitose. [E] Doença de Buerger.7 cm/ano e sexo feminino. dor retroesternal e alterações da voz. 63 anos. [C] Doença de Lyme. expansão de 0.5 mmHg e 5 mmHg. tabagismo moderado e sexo masculino. expansão de 0. a valores do gradiente de pressão porta a partir de [A] 4 mmHg e 7 mmHg. [C] Diâmetro de 4 cm. [D] Diâmetro de 6 cm. [E] 2. pela classificação de Nyhus. em seu tratamento é utilizado um reparo livre de tensão (técnica de Liechtenstein). [C] 10 mmHg e 12 mmHg. vêm apresentando disfagia intermitente.

Assinale a alternativa que apresenta a patologia que preenche corretamente a lacuna. [C] iodo não iônico. [C] na doença mista do tecido conjuntivo. desenvolvida por pacientes com disfunção renal severa. [D] Ingestão elevada de cálcio. com febrícula diária. com um episódio de hemoptise e dispneia há 5 dias. QUESTÃO 12 Paciente com história prévia de tuberculose pulmonar tratada. [D] tecnécio. [B] no lupus cutâneo agudo. nos exames tomográficos e vasculares. Qual o diagnóstico provável? [A] Aneurisma micótico [B] Abscesso pulmonar [C] Neoplasia broncogênica cavitada [D] Aspergilose bronco-pulmonar alérgica [E] Aspergiloma ou bola fúngica QUESTÃO 13 NÃO é observada em quaisquer das formas de apresentação clínica da ______________a falência das suprarrenais. com opacidade arredondada no interior da cavitação. nos exames de ressonância nuclear magnética. RX de tórax evidenciando fibroatelectasia e cavitação no lobo superior do pulmão direito. [E] gadolínio. tosse pouco produtiva com hemoptoicos. [C] Hiperuricosúria. nos exames radiológicos do sistema urinário. Clínica Médica QUESTÃO 11 A fibrose nefrogênica sistêmica. [D] no rash por fotossensibilidade. [E] Acidose tubular renal tipo 1. 3/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . nos exames radiológicos do sistema digestório. [E] no bloqueio cardíaco congênito.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 10 NÃO constitui fator de risco associado a nefrolitíase idiopática. [B] Ingestão elevada de cloreto de sódio. [B] iodo iônico. mobilizando-se na incidência em decúbito lateral com raios horizontais. responsável pela maioria dos cálculos sintomáticos: [A] Ingestão elevada de proteínas. nos exames cintilográficos. está relacionada ao uso de [A] bário. [A] Neoplasia maligna broncogênica [B] Paracoccidioidomicose [C] Tuberculose [D] Micose fungoide [E] Infecção meningocócica QUESTÃO 14 O auto anticorpo anti RÔ (SSA) NÃO é observado [A] no lupus neonatal. pós-exame de imagem.

tipicamente em áreas expostas. QUESTÃO 16 Achados de angiomiolipoma no rim e rabdomioma no coração sugerem associação com [A] esclerose múltipla. [B] esclerose tuberosa. está relacionada às seguintes parasitoses: [A] Ascaridíase. [C] Amebíase. criptosporidiose. dolorosa. ancilostomíase. com avaliação clínica bianual se PSA > 2. esquistossomose. base amolecida. [E] neurofibromatose. [C] esclerose lateral amiotrófica. bordas planas e indefinidas. base endurecida. [E] A ultrassonografia transretal deve ser utilizada rotineiramente. tipicamente plantar. independente de fatores de risco. estrongiloidíase. estrongiloidíase. dolorosa. [D] Deve-se iniciar aos 40 anos em negros e parentes em primeiro grau de portadores de CA da próstata.0 é indicativo de malignidade. [D] Giardíase. tipicamente nas pernas. na ausência de fatores de risco para cirrose hepática. tipicamente em áreas expostas. esquistossomose. em portadores de cirrose pelo vírus C.0. QUESTÃO 19 Lesão cutânea da Leishmaniose cutâneo-mucosa pode ser diagnosticada clinicamente. indolor. na metástase hepática e no hepatoblastoma. [C] Deve-se iniciar após 50 anos. processo pneumônico migratório associado à passagem pulmonar de larvas. [D] esclerose sistêmica progressiva. bordas planas com vesículas. base amolecida. com base nos seguintes aspectos: [A] Evolução inferior a 2 semanas. afastando a possibilidade de hepatocarcinoma. base endurecida. é correto afirmar: [A] Sua elevação não está relacionada à presença de hepatocarcinoma. não se elevando nas lesões identificadas apenas em estudos tomográficos e pela ressonância nuclear magnética. giardíase. [B] O PSA pode se elevar na hipertrofia benigna. filariose. é correto afirmar: [A] O PSA acima de 7. [D] Evolução inferior a 1 semana. como marcador tumoral para hepatocarcinoma. independente da idade do paciente e do tamanho da glândula. base endurecida. tipicamente na face. teníase. fundo exudativo. na hepatite alcoólica. tricuríase. indica replicação viral. [B] Sua elevação está relacionada à necrose tumoral presente nos tumores maiores que 5 cm. 4/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . sem indicar malignidade. [D] Não se eleva em até 20% a 30% dos hepatocarcinomas e em até 100% dos hepatocarcinomas fibrolamelares. [E] Não se eleva nas hepatites pelos vírus B e C. fundo hemorrágico com infiltração de planos profundos. isosporíase. fundo necrótico. [B] Ascaridíase. bordas elevadas e definidas. por apresentar baixa taxa de falso-negativo (< 10%) e de falsopositivo (< 15%). bordas elevadas e indefinidas. [E] Amebíase. com avaliação bianual pela ultrassonografia transretal. bordas vegetantes e necróticas. QUESTÃO 17 A síndrome de Löeffler. atingindo valores de até 10% do peso ou volume da glândula. [C] Sua elevação. necaturíase. ancilostomíase. indolor. [E] Evolução superior a 4 semanas. necaturíase. indolor. QUESTÃO 18 Em relação à alfa-fetoproteína.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 15 Em relação ao rastreamento do CA de próstata. [B] Evolução inferior a 1 semana. ascaridíase. fundo exudativo. [C] Evolução superior a 4 semanas. fundo seco.

os tumores do colo uterino que invadem a vagina e os paramétrios são estadiados em: [A] IIA [B] IIB [C] IIIA [D] IB1 [E] IB2 QUESTÃO 22 Os medicamentos utilizados para o tratamento da endometriose são passíveis de efeitos colaterais indesejáveis. sendo necessárias manobras adicionais para a finalização do parto. [E] Utilizar quimioterapia se o nível de hCG-beta estacionar por 3 semanas consecutivas ou aumentar. Qual medicamento cria um estado de pseudomenopausa durante o tratamento? [A] Danazol [B] Agonista do GnRH [C] Progestogênios [D] Moduladores do receptor de progesterona [E] Gestrinona QUESTÃO 23 A distócia dos ombros é urgência obstétrica com elevada morbidade e mortalidade perinatal. [E] tamponamento pericárdico. [C] cor pulmonale. [D] desprender o ombro posterior. [B] Após 3 exames negativos do hCG-beta.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 20 Na presença de turgência jugular patológica. o refluxo hepato-jugular é indicativo de [A] congestão venosa central. aplicada isoladamente. [B] pressão suprapúbica contínua sobre o ombro anterior. dosá-lo mensalmente por pelo menos seis meses. apresenta altas taxas de êxito. [C] Utilizar anticoncepção durante o seguimento pós-molar. introduzindo a mão pela concavidade do sacro após suspender o polo cefálico. Segundo essa classificação. [C] colocar a paciente em posição genupeitoral. [D] pericardite constrictiva. com a veia cava superior pérvia. desprendendo o ombro anterior. QUESTÃO 24 NÃO faz parte do seguimento da mola hidatiforme: [A] Dosagens semanais ou quinzenais do hCG-beta até três exames negativos consecutivos. [B] insuficiência cardíaca congestiva. A manobra de McRoberts é a intervenção que. 5/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . facilitando a apreensão do braço fetal. [E] introdução da mão do obstetra até o cotovelo fetal e liberar o ombro anterior impactado. [D] Raios X de tórax semanal até três dosagens negativas do hCG-beta. Essa manobra consiste em [A] hiperflexão e abdução das coxas em direção ao abdômen materno. Ginecologia e Obstetrícia QUESTÃO 21 O sistema de estadiamento dos cânceres de colo uterino mais amplamente utilizado é aquele desenvolvido pela Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia (FIGO) com colaboração da Organização Mundial da Saúde (OMS).

[B] das gestantes com impetigo entre 37 e 40 semanas. nessa paciente nesse momento. Lopinavir. Efavirenz. Assinale as medicações que devem ser usadas. Nelfinavir. bolsa íntegra. [D] falência hipofisária. Nevirapina [E] Indinavir. QUESTÃO 27 Para profilaxia da infecção neonatal por estreptococo do grupo B. 6/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . [E] Parvovírus B19. [A] Terbutalina e indometacina [B] Atosibana e prednisona [C] Dexametasona e betametasona [D] Betametasona e nifedipina [E] Terbutalina e inibina QUESTÃO 30 Uma paciente com amenorreia secundária e que apresenta sangramento após teste de progesterona. QUESTÃO 28 Em relação aos efeitos metabólicos dos componentes dos anticoncepcionais orais. [B] o etinil-estradiol reduz a albumina hepática. tem [A] alteração dos ductos de Müller. [E] falência hipotalâmica. apresentava colo apagado em 50%. Ritonavir. [D] Retrovírus. recomenda-se realizar cultura de material da vagina e ânus [A] de todas as gestantes entre 35 e 37 semanas. [B] Mobiluncos. Nelfinavir. Lamivudina. Nelfinavir. [E] das gestantes com corrimento fétido em qualquer época. [A] Zidovudina. Ritonavir [D] Lamivudina. [C] Listeria. [D] das gestantes soropositivas para HIV no primeiro trimestre. dilatado para quatro centímetros.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 25 Assinale o esquema atualmente recomendado pelo Ministério da Saúde para profilaxia da transmissão vertical do vírus HIV. Lopinavir [C] Zidovudina. [D] o etinil-estradiol reduz o colesterol total. [C] produção endógena de estrogênio. [E] o etinil-estradiol reduz os fatores de coagulação VII e XII. apresentação cefálica e BCF em 140 bpm. Nevirapina [B] Zidovudina. Nevirapina QUESTÃO 26 A causa infecciosa mais comum de hidropisia fetal não imune é a infecção intraútero por [A] Toxoplasma. simultaneamente. [C] os progestagênios aumentam o HDL-colesterol. Ao exame. [B] falência ovariana. [C] de todas as gestantes com 20. QUESTÃO 29 Primigesta de 32 semanas procurou o Pronto Atendimento com dores abdominais. Lamivudina. está comprovado que [A] os progestagênios diminuem a resistência à insulina. 28 e 34 semanas.

F. assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. em geral. F. 2 [E] 2. F QUESTÃO 32 A doença de Wilson advém de um erro inato do metabolismo. 4. V. nos primeiros dias de acometimento da orofaringe. V. É mais frequente em pacientes negros e no sexo masculino. A que metal o texto se refere? [A] Zinco [B] Selênio [C] Prata [D] Mercúrio [E] Cobre QUESTÃO 33 Em relação às Pneumonias. V. F. 4 [C] 3. 5. V [E] V. ) São considerados como sinais menores dos critérios de Jones: febre. 3. V. V. numere a coluna da direita de acordo com a da esquerda. F. 4. cuja principal consequência é o acúmulo de quantidades tóxicas de um determinado metal no fígado. A herança é autossômica recessiva e sua prevalência é de 1:30. V. cérebro. A doença tem sido descrita em todas as raças. [A] V. 4. córnea e rins. artralgia e alterações das provas da fase aguda. 5. 2. Marque a sequência correta. 5 [B] 3. V. ( ( ( ( ( ) ) ) ) É uma doença autoimune consequente a uma infecção de orofaringe causada pelo estreptococo beta-hemolítico do grupo A. [A] 1. F [C] V. F. 2. 1 – Pneumonia no neonato 2 – Pneumonia aspirativa 3 – Pneumonia no lactente 4 – Pneumonia em escolares e adolescentes 5 – Pneumonia na fibrose cística Marque a sequência correta. O início dos sintomas da FR. ocorre concomitante aos da orofaringe. 3 ( ( ( ( ( ) ) ) ) ) Refluxo gastroesofágico e Acalásia Estreptococo do grupo B e Enterobactérias Mycoplasma e Chlamydia pneumoniae Pseudomonas aeruginosa e Estafilococo Streptococcus pneumoniae e Haemophilus 7/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . 5. V [D] F. 1. 4. 3. 1 [D] 1.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato Pediatria QUESTÃO 31 Em relação à Febre Reumática (FR). 5. ou seja.000 nascidos vivos. V [B] F. F. F. V. 2. Indivíduos com FR apresentam susceptibilidade genética à doença. sendo particularmente mais comum em japoneses e judeus e nos povos com alto grau de consanguinidade. 1.

Realizou o teste do olhinho. [C] Síndrome de Edwards e Fanconi. com pico entre 2 e 5 meses de idade. Surtos ocorrem no outono-inverno e. acianótica. [D] Os microrganismos causadores de ITU. Para orientação dos pais quanto à profilaxia dessa doença é importante saber a faixa etária mais suscetível ao VSR. atingem as vias urinárias por meio de duas vias: a hematogênica e a gástrica. Mãe refere que a criança nasceu de parto normal a termo com peso de 3.. [D] Sindrome de Cri-du-chat e Osteomalácia. [D] primeiro ano de vida. além da virulência do agente. anictérica. ativa. atualmente. são necessárias situações especiais predisponentes para instalação da ITU.500 g. Está em aleitamento materno exclusivo. A mãe foi comunicada pelo Centro de Triagem Neonatal que um dos três exames. dosagem sérica de TSH [D] Teste do olhinho. do pezinho e da orelhinha ainda na maternidade. [E] Síndrome de West e Fanconi. [E] segundo ano de vida. por ser o menos invasivo. representa 8% das cardiopatias congênitas. assinale a afirmativa correta. 52 cm de comprimento. [B] Síndrome de Turner e Marfan. Salmonella sp. [B] segundo ano de vida. dosagem de PKU 8/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . [C] Pequenos inócuos de S. 80% das bronquiolites são causadas por esse vírus. Pseudomonas aeruginosa por via hematogênica não geram doenças em rins intactos. [E] Em todas as idades. Já firma o pescoço e emite sons guturais. aureus. com pico entre 18 e 20 meses de idade. Assinale a alternativa que apresenta o exame alterado e aquele a ser solicitado para esclarecer diagnóstico. um forte indicativo de ITU grave. porque. no lactente. caracteriza-se por estreitamento da aorta descendente logo após o arco aórtico. Em relação a anomalias extracardíacas. [C] primeiro mês de vida. isoladamente. QUESTÃO 37 Um menino de três meses de idade é trazido para sua primeira consulta. Exame neurológico sem anormalidades. [A] Teste do pezinho. especialmente as bactérias. peso 5. [A] No exame do sedimento urinário. A incidência de bronquiolite é maior no [A] primeiro ano de vida.200 g e 46 cm de comprimento. eupneica. na primavera. por vezes. [B] No neonato. a hematúria maior que 100. afebril. a coleta de urina por jato médio é o método de eleição para obtenção de material para urocultura. com pico entre 6 e 9 meses de idade.000/mL é. está alterado e a criança necessita ser avaliada por um Pediatra e por isso foi encaminhada para consulta. o Vírus Sincicial Respiratório (VSR) é reconhecido como o principal agente causal da bronquiolite e virtualmente o único com característica epidêmica. hidratada. Durante surtos epidêmicos de VSR. eletroforese de proteínas [C] Teste do pezinho. eletroforese de hemoglobina [B] Teste do olhinho. realizados no período neonatal. conforme sua posição em relação ao canal arterial. tem sido associada a várias síndromes.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 34 Atualmente. Ao exame físico: criança. em boas condições. entre a emergência da artéria subclávia esquerda e o local de inserção do canal arterial ou ligamento arterioso. Já recebeu as vacinas do 1º e 2º mês de vida. especialmente nos primeiros dias de vida. podendo ser classificada como pré-ductal e pós-ductal. a pesquisa de ITU é parte obrigatória no diagnóstico diferencial de sepse. negra. tais como: [A] Síndrome de Barter e Lipidoses. Exame segmentar sem anormalidades. com pico entre 13 e 15 meses de idade. fundoscopia do olho [E] Teste da orelhinha. QUESTÃO 35 Em relação à Infecção do Trato Urinário (ITU). QUESTÃO 36 A coartação de aorta é um defeito congênito comum. essa possibilidade é mais rara.

1. 2. pesando 3. numere a coluna da direita de acordo com a da esquerda. 5. 5.realizar plasmaferese 5. Sífilis e Arranhadura do gato Mononucleose. virulência do germe. [D] 3 e 6. 4. 3. [C] 4 e 5.430. filho de mãe A Rh(-). plaquetas. 1. [B] 1. variações epidemiológicas e fatores predisponentes. 1. 4. Leucócitos-7.200 sem desvios e reticulócitos de 18%. 4 e 5. 1 – Vírus 2 – Bactérias 3 – Fungos 4 – Parasitária 5 – Congênita Assinale a sequência correta. tais como: situações anatômicas. A mãe realizou seis consultas de prénatal e foi encaminhada para interrupção da gravidez devido à parada dos movimentos do feto. sendo Bilirrubina Direta 0. paralisia facial e labirintite aguda [D] Paralisia facial. Que medidas são necessárias? 1. 2.5 mg% e Bilirrubina Indireta 12. pré-exsossanguineotransfusão 6. 3 [D] 4.000/mm3. VDRL (-) e Bilirrubina Total 12. 5. [A] Fístula labiríntica.prescrever fototerapia contínua. 4. 5. 4 e 6.300g.realizar exsossanguineotransfusão 2. 3. 2 [E] 2. com 36 semanas de gestação. Combs Direto (+). O exame realizado ainda na sala de parto mostrou quadro de icterícia+hepatoesplenomegalia+anasarca. abscessos extradural e subdural [C] Mastoidite aguda.0 mg%. Lagochilascaris Cisto tireoglosso e Cisto branquial Blastomicose e Actinomicose QUESTÃO 40 Recém-nascido (RN). apenas. paralisia facial e petrosites [B] Labirintites. hemograma com Hb-7.prescrever albumina 20% 3. nascido de parto cesariana. HIV e Rubéola Toxoplasmose.encaminhar imediatamente para o Alojamento Conjunto Está correto o que se afirma em: [A] 2.A Rh(+).prescrever concentrado de hemácias 4. 5. 3 e 5.0 g/dL. Alguns fatores contribuem para isso. meningites e tromboflebites [E] Abscessos intracranianos e paralisia facial QUESTÃO 39 Em relação à etiologia de massa cervical na infância. 2. 3 ( ( ( ( ( ) ) ) ) ) Tuberculose. [A] 1. [E] 1.5 mg%. 1 [C] 2. Os exames laboratoriais realizados na 1ª hora de vida foram: tipagem sanguínea do RN .Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 38 As complicações da Otite Média Aguda ainda são frequentes apesar do avanço da antibioticoterapia. 9/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . 4 [B] 3. Ht-21%. Assinale a alternativa em que todos os itens são considerados complicações da Otite Média Aguda.

[D] Organização por profissionais cientificamente qualificados e capacitados. estado e país. INSTRUÇÃO: Leia a situação clínica abaixo e responda às questões 43 e 44. apenas. Ele fica em dúvida se deve aumentar a dose do vasodilatador que o paciente já faz uso ou se deve iniciar outro medicamento antihipertensivo.O direito à informação é assegurado por lei e outorga ao usuário o domínio das informações sobre os dados coletados pelas III .Com a hierarquização. apenas. analise as afirmativas abaixo. apenas. [B] Estudos de coorte terapêutica de pacientes hipertensos. [C] Estudos de casos e controles. dependendo II . QUESTÃO 43 Caso o médico resolva consultar as fontes de informações biomédicas. [E] Revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados. reconhecendo o homem como ser integral e prevendo seu atendimento como biopsicossocial. superando a ideia de acesso por pirâmide e IV . [C] Prática voltada para a atenção continuada e abrangente das necessidades de saúde do indivíduo. [E] II. II e III. [A] Medline [B] Scielo [C] LILACS [D] Biblioteca Cochrane [E] Consensos das Sociedades ou Associações de Especialistas 10/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . apenas. QUESTÃO 44 Marque a fonte de informação biomédica mais adequada para consulta da dúvida clínica encontrada pelo médico. [E] Responsabilidade imputada à colaboração intersetorial e ao próprio usuário. [B] II e IV. apenas. substituindo-a por modelos mais flexíveis com variadas portas de entrada aos serviços. que tipo de delineamento de estudo clínico ele deve procurar para esclarecimento? [A] Ensaios terapêuticos controlados. Está correto o que se afirma em [A] I e II.Discriminação positiva refere-se à eleição de minorias populacionais para as quais se destinam ações prioritárias. Durante consulta de um paciente diabético de 62 anos. busca-se ordenar o sistema de saúde por níveis de atenção. III e IV.Equidade e integralidade asseguram a igualdade de todos perante o sistema de saúde. [D] I. Vigilâncias Epidemiológica e Sanitária de seu município. [B] Priorização do controle das enfermidades no contexto das Unidades Básicas de Saúde.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato Saúde Coletiva QUESTÃO 41 Sobre os princípios doutrinários do Sistema Único de Saúde brasileiro. [C] I e IV. QUESTÃO 42 NÃO é característica conceitual da atenção primária à saúde: [A] Enfoque na prevenção. atenção e cura. de seu grau de vulnerabilidade. I . o médico de família percebe que sua pressão arterial não está controlada. [D] Estudos de incidência de complicações em hipertensos.

em um estudo que avalia a eficácia de um anti-hipertensivo para prevenir AVC em 10 anos de seguimento. [D] A razão de verossimilhança para história negativa de edema de tornozelo é 0.93) (0. [C] A probabilidade pré-teste de ter ascite é 15/63.67) 15 48 Total 30 33 63 História de edema de tornozelo Sim Não Total (GUSSO. 11/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . [C] Ter resultado negativo com alta probabilidade de excluir a doença no indivíduo examinado.93/0. assinale a afirmativa INCORRETA. uma delas apresentará o efeito colateral em foco. significa que é preciso tratar 33 pacientes para se observar um evento de AVC. [E] O NNT informa quantas pessoas necessitam receber o tratamento para possibilitar um bom desfecho ou evitar um mau desfecho. [D] O NNH de 20 em uma investigação de efeito colateral significa que. Ascite no ultrassom abdominal Presente Ausente 14 16 (0.67/0. tais como o número necessário para tratar (NNT) e o número necessário para o dano (NNH.67. [B] Um NNT de 33. Tratado de Medicina de Família. uma vez que incorpora. 2012. pode-se concluir: [A] A probabilidade pré-teste de não ter ascite é 32/48. [B] A razão de verossimilhança para história positiva de edema de tornozelo é 0. [E] Ter alto risco relativo para a doença na população. aplicando um determinado teste de diagnóstico.07. QUESTÃO 47 A tabela abaixo apresenta dados de um estudo que avaliou a história de edema de tornozelo como recurso de diagnóstico de uma pessoa com ascite. [C] O NNH deve ser preferido para estudos cujo desfecho negativo é mais provável. [A] O NNT é uma medida de associação melhor que a redução relativa de risco (RRR) para a tomada de decisão. a dimensão do risco atribuível à doença. [D] Ter resultado positivo com alta probabilidade de confirmar a doença no indivíduo examinado. Porto Alegre: Artmed. em seu cálculo. Sobre esses dois conceitos.07) (0. de number needed to harm).Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 45 Um médico de uma equipe de saúde da família resolve implantar um programa para detecção precoce de pessoas com hanseníase na área adscrita de sua Unidade. [E] A chance pré-teste de ter ascite é (14/30)/(15/63). G.) Com base nos dados da tabela. Qual deve ser a principal característica de validade desse teste? [A] Ter alta probabilidade de resultar positivo entre portadores da doença. para cada 20 pessoas que necessitam receber o tratamento. [B] Ter alta probabilidade de resultar negativo entre indivíduos não portadores da doença.33) 1 32 (0. QUESTÃO 46 Novos conceitos epidemiológicos têm sido introduzidos nos estudos clínicos que visam avaliar a eficácia de medicamentos.

II . cujo resultado foi positivo para o anti-HIV e negativo para Doença de Chagas. isto é.A análise por intenção de tratar (intention-to-treat) é preferida. [D] Houve evidente piora das condições sociais e de vida da população do município X durante o período analisado.000 15. Por conta própria ele resolveu fazer esses mesmos exames em outro laboratório.000 700 500 500 270 290 310 7 6 7 9 7 8 Da análise dos indicadores de mortalidade no município. I .000 16. III . [E] I e IV.000 31. [D] I. QUESTÃO 49 Sobre os estudos epidemiológicos de intervenção. Dados relativos aos óbitos do município X no período de 2009 a 2011 População Ano Masculina Feminina Total Nascidos vivos Óbitos Óbitos menores de 1 ano Óbitos relacionados à gestação. Após procurar um médico. a avaliação cega. considerando que ainda não foi constatada a transmissão autóctone da doença de Chagas em Cuiabá.A análise por intenção de tratar (intention-to-treat) é feita apenas entre aqueles que completaram o tratamento. [E] O indicador de Swaroop e Uemura foi menor em 2011. II e IV. [B] II e III. segundo sexo. isto é. este considerou forte a chance do paciente ser realmente portador da infecção pelo HIV. apenas.000 14.000 27. Estão corretas as afirmativas [A] I e III.000 29. após doar sangue é comunicado que seu exame para HIV e para Doença de Chagas resultaram positivos. pois avalia a intervenção conforme ela se processa no mundo real. diferentes. Baseado em que parâmetro do exame laboratorial o médico fez esse raciocínio? [A] Valor preditivo positivo [B] Sensibilidade [C] Valor preditivo negativo [D] Especificidade [E] Razão de verossimilhança 12/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita .000 15. II.Os ensaios terapêuticos do tipo crossover são necessários quando se deseja fazer comparações entre pacientes de grupos IV . homossexual. apenas.000 14. sugerindo precariedade do serviço de saúde prestado à população feminina naquele ano. pode-se concluir: [A] A taxa de mortalidade geral. com todas as suas imperfeições.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 48 Analise o quadro abaixo. analise as afirmativas abaixo. residente em Cuiabá. [B] A mortalidade materna foi maior em 2009. apenas. apenas. não é característica dos ensaios clínicos abertos (open clinical trial).O mascaramento. III e IV. QUESTÃO 50 Analise o seguinte caso clínico: Um homem de 47 anos. parto e puerpério 2009 2010 2011 13. [C] A mortalidade proporcional do município não se alterou de forma significativa durante o período analisado. [C] I. encontra-se estável no período analisado. em decorrência da queda do número de óbitos nesse ano.

Está hiporético. O que são nutrientes com função imunomoduladora? Quais as vantagens do uso dessa classe de nutrientes no paciente em questão? (Valor: 2. É internado em enfermaria de clínica cirúrgica de um hospital universitário para tratamento. ASA 2 pela classificação da Sociedade Americana de Anestesiologia. qual planejamento terapêutico deve ser proposto? (Valor: 2. índice de massa corporal de 20 kg/m2. Além disso. apresenta-se ictérico +/4+. classificado pela avaliação subjetiva global como desnutrido grave (grau C). bilirrubina total de 4 mg/dL com predomínio de bilirrubina direta. relatando que a alimentação piora a dor abdominal. albumina de 2.5 g/dL.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato PARTE II – QUESTÕES DISCURSIVAS Clínica Cirúrgica QUESTÃO 01 Paciente do sexo masculino. 58 anos.5 pontos) B) Grupos especiais de nutrientes e farmaconutrientes têm sido utilizados no pré e pós-operatório de pacientes cirúrgicos.5 pontos) Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 13/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . astenia e dor abdominal é submetido a exame de tomografia computadorizada de abdome total que diagnosticou tumor em cabeça de pâncreas com sinais de malignidade. coagulograma e demais exames sem alterações significativas. Exames realizados para estadiamento mostraram doença restrita ao pâncreas (Estádio IB. No momento da internação. A) Em relação aos cuidados pré-operatórios. Foi realizado risco cirúrgico cardiológico. T2N0M0). apresenta quadro de diarreia e vômitos pós-prandiais frequentes. concluiu-se que está conseguindo ingerir valores menores que 50% de suas necessidades energéticas diárias. Exames solicitados na internação demonstraram hemoglobina de 11 g/dL. com quadro de emagrecimento progressivo nos últimos 6 meses (perda total de 12kg no período). estratificado como classe 2 de Goldman. hipocorado +/4+. do ponto de vista nutricional. hematócrito 38%. Avaliado seu quantitativo de ingesta. com critérios de ressecabilidade.

por orientação de seu médico cirurgião. questionada pelo médico anestesiologista. às 5 horas. ASA 1 pela classificação da Sociedade Americana de Anestesiologia.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato 18 19 20 21 22 23 24 25 QUESTÃO 02 Paciente do sexo feminino.0 pontos) Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 14/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . 35 anos. É internada às 7 h para realização do procedimento. com índice de massa corporal de 26 kg/m 2. Já na sala de operação. ingeriu 200 mL de uma bebida contendo carboidrato (maltodextrina) a 12%. tem indicação de realização de colecistectomia vídeo-laparoscópica eletiva para o tratamento de colelitíase. (Valor: 5. sem comorbidades. De posse dessa informação. Seus exames pré-operatórios são normais. relata que. o anestesiologista suspende o procedimento operatório até que se completem 6 h de jejum. faça uma análise crítica das condutas dos especialistas apresentadas na questão. Com base nos conhecimentos atuais acerca dos cuidados pré-operatórios para esse tipo de procedimento e suas principais complicações.

linha hemiclavicular (hepatimetria de 19 cm). natural e procedente de Chapada dos Guimarães-MT.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato 15 16 17 18 19 20 21 22 22 24 25 Clínica Médica QUESTÃO 03 Homem branco. há 90 dias com perda ponderal progressiva (12 kg no período). quais as condutas propedêutica e terapêutica? (Valor: 1. PA – 90 × 60 mmHg braço direito e 93 × 65 mmHg braço esquerdo. pulsos finos e simétricos.5 ponto) Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 15/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . lavrador. (Valor: 2. móveis e indolores. axilares e inguinais. febre baixa vespertina e sudorese noturna. acianótico e anictérico. justificando-as. Ao exame físico: emagrecido. Nega uso de drogas ilícitas. astenia. AP. submandibulares. Linfonodos fibroelásticos. anorexia.5 ponto) C) Caso esse paciente esteja neutropênico. Há 1 mês notou aumento do volume abdominal. desde 16 anos. Refere vários parceiros sexuais.0 pontos) B) Para cada hipótese elencada. 23 anos. sonolência e palpitações aos esforços. Abdome: globoso. com fígado palpável a 10 cm do rebordo costal direito. cite os exames a serem solicitados para confirmação diagnóstica. palpáveis em cadeias cervicais. bulhas hipofonéticas. FC – 80 bpm. respiratório: FR – 20 irpm. hipocorado (+++/4+). (Valor: 1. MV e FTV reduzido nas bases. Tabagista de 1 maço/dia e etilista de 200 mL de aguardente/dia. mal estado geral e nutricional. fibroelástico e pouco doloroso e o baço palpável a 8 cm do rebordo costal esquerdo. endurecido e pouco doloroso. com macicez móvel de decúbito. sem ruídos adventícios ACV: RCR 2t . Membros: sinais de punções venosas nos braços e edema perimaleolar nas pernas. sem uso de preservativos. A) Cite 4 hipóteses diagnósticas para o caso.

intensa. Exame físico : agitado. PA – 190 × 120 mmHg no braço direito. queixando-se de dor torácica de início súbito.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 QUESTÃO 04 Homem negro. HPP: HAS há 10 anos. (Valor: 1. familiar: pai hipertenso. social: Tabagismo de 1 maço/d há 35 anos. casado. ACV: RCR 3T ( B4). ausculta normal. Membros: extremidades frias. com facies de dor. H. justificando-a. (Valor: 2. Abdome: sem alterações.5 ponto) 16/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . precordial com irradiação para o dorso. H. náuseas. hipocorado ++/4+.5 ponto) C) Trace o plano terapêutico para o caso. há 1 hora. pálido. após libação alcoólica e discussão no trânsito. melhor identificado no braço direito. 62 anos. de difícil controle. FC – 110 bpm. tratado em farmácia. (Valor: 1. sem sopros. mãe com IAM e dislipidemia. sudoreico. cancro genital há 30 anos. pulsos periféricos de difícil palpação. região interescapulo-vertebral. com AVE isquêmico. com 24 irpm. justificando cada exame solicitado. 150 × 100 mmHg no braço esquerdo e 160 × 110 mmHg nas pernas. destilados. advogado. AP. acompanhada de sudorese fria.0 pontos) B) Trace o plano propedêutico imediato para o caso. palidez e lipotímia.: taqui-dispneico. etilismo de 2 doses/d há 35 anos. A) Cite a principal hipótese diagnóstica. resp.

Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 06 17/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita .

Descreva 3 critérios clínicos e 2 laboratoriais que estabelecem o diagnóstico.0 pontos) Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 06 18/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita .Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato Ginecologia e Obstetrícia QUESTÃO 05 Paciente em acompanhamento pré-natal foi diagnosticada como portadora de síndrome antifosfolípide. (Valor: 5.

0 ponto) Cite o agente etiológico da lesão. indolor e de bordas endurecidas.0 ponto) Cite dois exames que podem confirmar o diagnóstico.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 06 Paciente de 22 anos veio à consulta no PSF queixando-se de ferida na região genital. o médico constatou tratar-se de lesão única. A) B) C) D) Qual o diagnóstico clínico da lesão? (Valor: 1. Ao exame. (Valor: 2.0 pontos) Qual o tratamento indicado? (Valor: 1.0 ponto) Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 06 19/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . de fundo limpo. (Valor: 1. ulcerada.

sexo masculino. A) B) C) D) Qual é a condição clínica desse recém-nascido (RN) antes e após oxigenioterapia? (Valor: 1.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato Pediatria QUESTÃO 07 Recém-nascido (RN). ao aspirar as narinas. cujo peso foi 1900 g e DUM de 38 semanas. Após aspiração das narinas. filho de mãe diabética. respondendo com aumento da FC. nasceu por parto vaginal. melhora do padrão respiratório e do tônus muscular.0 pontos) Elabore profilaxia para o distúrbio metabólico mais frequente no filho de mãe diabética.0 ponto) Descreva as repercussões da doença materna no RN. foi-lhe administrado oxigênio sob máscara.0 ponto) Qual é a classificação deste RN segundo Lubchenco e cols? (Utilize a Curva) (Valor: 1.0 ponto) Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 20/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . esboçou careta. filho de mãe diabética. flácido. respiração irregular com choro fraco. (Valor: 1. As condições de nascimento foram regulares com: Frequência cardíaca (FC) <100 bpm. com cianose generalizada e. permanecendo com cianose apenas em extremidades. (Valor: 2.

1966 GM 4200 4000 90% Peso 3800 3400 75% 3600 50% 3200 25% 3000 10% 2800 2600 GM 2400 2200 2000 1800 1600 1400 1200 1000 800 600 400 0 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 Peso semanas 43 Semanas 21/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita ..Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato 22 23 24 25 Curva de crescimento intrauterino – Lubchenco. J.

Desenvolvimento: senta com apoio. a criança não apresenta problema algum de saúde. (Valor: 1. com peso de 3. Justifique.420 g e comprimento de 48 cm. anictérica. duas doses de Tetravalente e duas doses de Sabin. coloque o resultado na curva BMI-for-age GIRLS (WHO Child Growth Standards) e interprete. Antecedentes fisiológicos: gestação esperada e desejada.0 ponto) C) Comente a alimentação dessa criança.0 ponto) D) Como está o desenvolvimento dessa criança? Justifique. Vacinas: uma dose de BCG.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato QUESTÃO 08 Mãe traz menina de oito meses de idade para fazer acompanhamento pediátrico. referindo que. Chorou ao nascer e teve alta com 48h de vida. Peso 6. hipocorada ++/4+.800 g. afebril. perímetro cefálico de 34 cm. nessa data. não poderá receber para atualizar seu calendário vacinal. de acordo com o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde-PNI/MS2012. Com base nos dados dessa criança.0 ponto) B) Coloque os dados antropométricos dessa criança nas curvas Weight-for-age GIRLS e Lenght/height-for-age GIRLS (WHO Child Growth Standards) e classifique o seu estado nutricional. além do leite. duas doses de Hepatite B. eupneica. no momento. (Valor: 1. de parto cesáreo. (Valor: 1. pega objetos com a mão e emite só sons guturais. após leite de cabra – 150 mL 6xx/dia.0 ponto) E) Das vacinas atrasadas. A) 22/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita . (Valor: 1. Exame geral e segmentar sem alterações. cite qual(is) dela(s) essa criança. descritos acima: A) Calcule o BMI dessa criança.0 ponto) . Ao exame físico: bom estado geral. acianótica. Não recebe suplementação de ferro. uma dose de Rotavírus. Não aceita qualquer outro alimento. comprimento 64 cm. Alimentação: leite materno exclusivo até o 2º mês. Nasceu a termo. (Valor: 1.

Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato B) 23/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita .

Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 06 24/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita .

II. III e IV). I II Porcentagem Idade Porcentagem Idade III IV Porcentagem Idade Porcentagem Idade A partir das informações da figura.Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato Saúde Coletiva QUESTÃO 09 Na figura abaixo. (Valor: 5. apresentam-se as curvas de mortalidade proporcional de quatro municípios de médio porte (I. descreva a interpretação de cada curva e a conclusão sobre o nível de saúde de cada município.0 pontos) Espaço para rascunho 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 25/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita .

realizada simultaneamente à aplicação do questionário. Analise a tabela abaixo. Escolaridade do pai (anos de estudo) 0a8 mais de 8 Crianças examinadas 289 118 * teste do qui-quadrado: p = 0. dentre elas a escolaridade do pai. ao longo de três meses. constatou-se que as prevalências (Intervalos de confiança 95%) de anemia numa amostra de crianças da mesma faixa etária foram de 75.5% A) É possível afirmar que existe associação entre as variáveis anemia e escolaridade do pai? Justifique.5 pontos) B) Verificando um resultado de estudo semelhante feito numa cidade de grande porte. para se estudar a possível associação entre anemia e diversos fatores de risco.5 pontos) Espaço para rascunho 01 02 03 04 26/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita .Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 QUESTÃO 10 Uma amostra probabilística de 476 crianças foi selecionada a partir da população de menores de 5 anos residentes numa cidade de médio porte.5% (62.2%-56. A coleta de informações foi realizada por um questionário respondido pela mãe ou pelo responsável pela criança.9%) para filhos de pais com mais de 8 anos de escolaridade.04 Proporção de crianças com anemia * 64.6% (41.3%) para filhos de pais com 0 a 8 anos de escolaridade e de 44. Compare os resultados dos estudos feitos nas duas cidades e explique-os. (Valor: 2.4% 53. Analisou-se possível associação entre anemia e variáveis demográficas e socioeconômicas. O estudo também incluiu a dosagem de hemoglobina em sangue periférico das crianças.3%-81. (Valor: 2.

Nome do candidato Código do candidato Rubrica do candidato 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 27/27 – Revalidação de Diploma Médico Graduado no Exterior 2012 – UFMT/FM – 2a Etapa – Prova Escrita .