You are on page 1of 5

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ

Reconhecida pela Portaria n° 821/MEC-D.O.U. de 01.06.94

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA
PLANO DE CURSO Disciplina: COMBINATÓRIA E PROBALIDADE Prof. Ms. Humberto da Costa Lima Neto Carga Horária: 60h/a Definição Probabilidade de freqüência ou probabilidade aleatória, que representa uma série de eventos futuros cuja ocorrência é definida por alguns fenômenos físicos aleatórios. Este conceito pode ser dividido em fenômenos físicos que são previsíveis através de informação suficiente e fenômenos que são essencialmente imprevisíveis. Já Probabilidade epistemológica ou probabilidade Bayesiana, que representa nossas incertezas sobre proposições quando não se tem conhecimento completo das circunstâncias causativas.

1- Probabilidade 1.2- Espaço Amostral e evento 1.3- O conceito de Probabilidade 1.4- Propriedades 1.5-Probabilidade em Espaços Amostrais Finitos 1.6- Probabilidade Condicional 1.7- Independência de Eventos 2- Variáveis Aleatórias e Distribuições de Probabilidade 2.1- O conceito de Variável Aleatória 2.2- Variáveis Aleatórias Discretas 2.3- Função de Distribuição de Probabilidade 2.4- Experimentos Binomiais e a Distribuição Binomial 2.5- Distribuição Normal 3- Teoria Elementar da Amostragem 3.1- Conceitos Básicos 3.2- Tipos de Amostragem 2.3- Distribuições Amostrais da Média e da Proporção 4- Intervalos de Confiança e Teste de Hipótese 4.1- Estimação de Parâmetros 4.2- Intervalos de Confiança para a Média Populacional 4.3- Determinação do Tamanho da Amostra para estimar médias

Testes de Hipóteses 4..Regressão Linear Simples: Estimação dos Parâmetros Referências Bibliográficas     FONSECA.L.Testes de Hipóteses para a Média Populacional 4.. São Paulo.L. 2ªed. P. Rio de Janeiro. Rio de Janeiro.. Estatística Aplicada.6. . & TOLEDO. 1985.4.3.4.5. G. 1999.S.Regressão: Conceitos 5. 1977.7.F. São Paulo. Probabilidade: Aplicações à Estatística.Correlação e Regressão 5. 1983. MARTINS.Intervalo de Confiança para uma Proporção Populacional 4.. 7ª ed. Estatística.8. J. MEYER.10-Testes de Hipóteses para uma Proporção Populacional 5.2. P.. TRIOLA.. Livros Técnicos e Científicos. Introdução à Estatística.L.Definição da Regra de Decisão. Editora Atlas. Editora AS. COSTA NETO.A. Edgard Blucher. Erros e Nível de Significância 4.Conceitos Fundamentais 4. G.Coeficiente de Correlação: Definição e Teste de Hipóteses 5.Correlação: Conceitos 5.Determinação do Tamanho da Amostra para estimar Proporções 4.4.9. M. Livros Técnicos e Científicos.1.

. Análise de Dados Estatísticos Conceitos Básicos de Estatística. créditos.06. A palavra estatística freqüentemente está associada à imagem de aglomeração de números. dispostos em uma imensa variedade de tabelas e gráficos. Isto é devido ao uso comum da palavra estatística como sinônimo de dados. Humberto da Costa Lima Neto Carga Horária: 60h/a 1. Estes métodos podem ser usados tão eficazmente em farmacologia como em engenharia. 2. Estatística Descritiva. taxas. estatísticas de acidente de trânsito ou as estatísticas de acidentes de trabalho.FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ Reconhecida pela Portaria n° 821/MEC-D. estatísticas da saúde. É considerada como método quando utilizada como instrumento por outra Ciência. analisar e interpretar dados de tal modo que a segurança das conclusões baseada nos dados pode ser avaliada objetivamente por meio de proposições probabilísticas. organizar. estatística lida com o desenvolvimento e aplicação de métodos para coletar. quando falamos das estatísticas de uma eleição. Situando a Temática A Estatística é considerada por alguns autores como Ciência no sentido do estudo de uma população. débitos. mortes. etc. O propósito da estatística não é exclusivo de qualquer ciência isolada.O. analisar e interpretar dados. em ciências sociais ou em física. organizar. por exemplo. populações. representando informações tão diversas quanto nascimentos. de 01. No sentido moderno da palavra. como. Fases do Experimento Estatístico. Ms. rendimentos.94 PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA PLANO DE CURSO Disciplina: ESTATÍSTICA Prof.U. a estatística fornece um conjunto de métodos úteis em toda área científica onde haja a necessidade de se coletar. Medidas Estatísticas. Ao contrário.

etc.2 Fases do Experimento Estatístico Em linhas gerais.  Histograma e Polígono de Freqüências. 3. Objetivando o estudo quantitativo e qualitativo dos dados (ou informações).1 Planejamento É o trabalho inicial de coordenação no qual define-se a população a ser estudada estatisticamente. a Estatística manipula dois conjuntos de dados fundamentais: a "população" e a"amostra". Programa: 2 . Porcentagens e Proporções  Realidade e Modelo 3 . 4 .Distribuições de Freqüências  Rol e Distribuição de Freqüências  Tipos de Freqüências: simples. 5.2. entrevistas. Desvio Padrão e Coeficiente de Variação  Momentos Ordinários e Centrais.Conceitos Básicos  Estatística Indutiva e Dedutiva  Variáveis e Constantes.  Calculo de somatórios  Freqüências. assim eira e curtose  Variância.3. formulando-se o trabalho de pesquisa através da elaboração de questionário. relativas e acumuladas. Aplicações.Medidas de Tendência Central e Separatrizes  Conceituação media aritmética. obtidos nos vários campos da atividade científica. moda e mediana  Separatrizes. podemos distinguir no método estatístico as seguintes etapas: 3.Medidas de Dispersão. Coeficientes. Conhecendo a Temática 3. . Analise gráfica.1 Conceitos Básicos de Estatística “Podemos considerar a Estatística como um conjunto de métodos e processos quantitativos que serve para estudar e medir os fenômenos coletivos”.

SAO PAULO 2ª. ed. E MARTINS SAO PAULO 1ª. STEVENSON. WILLIAM J. PEDRO LUIS DE O. FONSECA. SAO PAULO 2ª. Estatística básica atlas 1982. E OVALLE. Estatística Mc Graw Hill De Brasil. GERALDO L. Estatística ed. Harper & row1981 do Brasil. Ivo j. ed. JAIRO S. gilberto de a. curso de estatística atlas 1985. COSTA NETO. . ed. MURRAY R.Bibliografia:      SPIEGEL. Estatística aplicada a administração ed. SAO PAULO 1ª ed. BLUCHER TOLEDO. SAO PAULO 1ª. ed. Edgard 1977.