You are on page 1of 2

Chamada de Trabalhos para a Edição Especial Temática RAM 14.

3 (Maio-Junho 2013) Educação para Sustentabilidade: desafios para a formação da nova geração de administradores

Data Limite para Submissão de Trabalhos Científicos: 01 de Outubro de 2012
Editores Convidados Tânia Fischer (PPGA da Universidade Federal da Bahia - Brasil) Arilda Schmidt Godoy (PPGA da Universidade Presbiteriana Mackenzie - Brasil) Janette Brunstein (PPGA da Universidade Presbiteriana Mackenzie - Brasil) Não são novas as iniciativas para inserir o tema sustentabilidade no ensino superior. Desde os anos noventa do século passado um conjunto de declarações e cartas de princípios reflete esforços nessa direção, visando potencializar a capacidade da universidade em ensinar, investigar e agir para a sustentabilidade. Mesmo que se observe uma evolução da preocupação em se engajar a temática na educação superior, a materialização deste propósito ainda se mostra pouco efetiva, sobretudo pelo fato de que a própria universidade parece não ter conseguido incorporar em sua dinâmica organizacional, no campus, os princípios e práticas sustentáveis que pretende ensinar, gerando um descrédito interno entre alunos, professores e funcionários. No que se refere às escolas de administração a preocupação com o tema tem se constituído um grande desafio na medida em que a Educação para Sustentabilidade pode ser considerada como paradoxal ou mesmo constituir-se de tentativas extremamente limitadas no cenário de competitividade desenfreada que envolve os negócios no mundo contemporâneo. No entanto, as pressões por práticas de gestão social, ambiental e economicamente responsáveis exigem seu espaço e geram a necessidade de se investigar, divulgar e refletir sobre iniciativas que visam incorporar a temática no âmbito dos cursos de administração, buscando encontrar novos parâmetros para a formação das atuais e futuras gerações de administradores. O foco desta Edição Especial está centrado na análise e discussão do papel das escolas de administração na formação de gestores que têm por desafio enfrentar os dilemas sócio-econômico-ambientais de seu tempo. Propõe-se a pensar o significado de educar administradores em um contexto de exigências que até pouco tempo não ocupavam um lugar de destaque na grade curricular, nem mesmo no rol de preocupações docentes na sala de aula das escolas de negócios. Procura-se então, para esta Edição Especial da RAM, trabalhos (teóricos e/ou de pesquisa empírica) que tragam uma contribuição significativa ao avanço

desta temática de estudo e que estejam alinhados a um ou mais dos subtemas abaixo relacionados: 1) O papel da universidade na formação de administradores para sustentabilidade 2) As lideranças acadêmicas (diretores e coordenadores de curso) e a formação de administradores para a sustentabilidade 3) 4) 5) 6) Formação de professores para o ensino da gestão sustentável. A RAM está classificada no Qualis periódico como B1 na área de Administração. ISSN: 1678-6971 . Sustentabilidade no projeto pedagógico e no currículo de administração Experiências didático-pedagógicas em sustentabilidade Ambientes de Ensino e Aprendizagem em gestão sustentável: tutoriais. frutos de pesquisas empíricas ou ensaios teóricos.mackenzie. As políticas e as instruções para os autores estão disponíveis em http://www3. A responsabilidade sobre o conteúdo dos artigos. possuindo diversas indexações. Espanhol e Inglês. A avaliação dos artigos recebidos seguirá o processo de avaliação cega por pares. Os artigos devem ser submetidos unicamente pela página da Revista de Administração Mackenzie para a seção "Educação para Sustentabilidade". seu ineditismo e sobre os direitos autorais respectivos é dos autores.php/RAM. 7) O docente de administração e questões de sustentabilidade 8) Os alunos de administração e a sustentabilidade 9) Aprendizagem social para sustentabilidade e a formação de administradores 10)Temas emergentes em educação para sustentabilidade em administração Instruções para submissão Serão aceitos artigos inéditos (que não tenham sido publicados e nem estejam em avaliação em outros periódicos). Os trabalhos devem obedecer às políticas editoriais e às diretrizes para autores adotados pela RAM. e B2 na área de Sociologia.br/editora/index. B1 na área de Psicologia. objetos de aprendizagem e ferramentas de ensino. nos idiomas Português. Ciências Contábeis e Turismo.