You are on page 1of 2

DITADURA JAMAIS! PELA MORALIZAÇÃO NA ACS/PE, ELEIÇÕES JÁ! Prezados companheiros Policiais e Bombeiros Militares, há um (01) ano compareci na Av.

Cruz Cabugá (local do desfile de 07 de setembro) para entregar-lhes um folheto, no qual continha as propostas relativas à candidatura para Deputado Federal, referente às eleições de 2010. Na ocasião, senti que a tropa com um olhar desconfiado (há muitos motivos para o tal), mas esperançoso, demonstrou a possibilidade de crer no surgimento de um novo nome para liderar mais uma vez a “Grande Mudança” nas Corporações, no que diz respeito à política salarial, reforma do código disciplinar e etc. Como resultado daquela campanha obtivemos quase 10.000 votos, mais precisamente, 9.467 - maior votação conseguida por um praça em toda história, para o Congresso Nacional, como candidato pela 1ª vez, e, pelos quais sou muito AGRADECIDO. É claro, que gostaríamos de ter sido eleito, entretanto sabemos que muitas situações não contribuíram para que naquele momento fosse alcançado o que tanto desejávamos. E, podemos relacionar pelo menos três motivos, dentre os quais: 1. A mobilidade do efetivo Policial Militar (11.000) para o interior do estado, a fim de compor as diversas OMEs, um dos motivos mais fortes para o esvaziamento do eleitorado Policial e Bombeiro Militar, pois não temos ainda uma lei que nos faculte o voto onde quer que estejamos no dia da eleição; 2. Herança de um legado negativo de descrença, pois alguns candidatos que foram eleitos pela tropa com grandes votações acabaram não correspondendo; 3. O absurdo número de candidatos que se lançaram a cargos eletivos. Os números comprovam: vinte e três (23) Policiais e Bombeiros Militares para Deputado Estadual e oito (08) Policiais Militares para Deputado Federal, o que causou uma confusão na cabeça do eleitorado PM e BM. Estes itens acima comprovam a necessidade da instauração de uma consciência democrática, a qual nos levará ao tão sonhado processo de politização nas Polícias (PM) e Corpo de Bombeiros Militares (CBM), o que nos propiciará uma melhor condição, para discernimos quanta a escolha dos nossos representantes. Como participante de várias mobilizações na busca de melhorias as nossas categorias, sou a favor de uma democratização na Gestão das Corporações, pois a democracia é um sistema político que exige respeito à diferença (Fiorin, 2010). E, para que a democracia se instaure em nossas Corporações é preciso que nos organizemos como uma classe trabalhadora de Segurança Pública. E, esta luta começa com algumas reflexões: 1. O que dizer de uma diretoria que dirige uma entidade de grande relevância para a luta das classes trabalhadora da Segurança Pública, a qual se perpétua por quase quinze (15) anos no poder; 2. Qual real contribuição é acrescida por este grupo para o presente vivenciado nas Corporações; 3. Que moral tem esta diretoria de reinvidicar uma gestão democrática nas Corporações, se ela altera o estatuto quanto ao cumprimento do mandato (mais 08 anos), durante o exercício do mesmo, comprovando o seu desejo de perpetuar-se por 23 anos ao todo. Recentemente, acompanhamos a queda de várias dinastias, ou por que não dizer ditaduras, as quais se instauraram por vários anos, tais como: 1. Hosni Mubarak, o qual governou por quase trinta (30) anos o Egito e no dia 11 de fevereiro do corrente ano renunciou, após muita contestação do povo que não suportava mais o governo autoritário do ditador; 2. Zine al Abedine Ben Ali, que governou a Tunísia desde 1987, renunciou no dia 14 de janeiro do corrente ano; 3. E, por último Khadafi, que tenta resistir à vontade do povo da Líbia que é não vê-lo mais no poder, pois o povo começou a perceber que a perpetuação no poder promove condições para enraização de uma administração corrupta. Estes acontecimentos só comprovam que sem alternância de poder a democracia é enfraquecida. Precisamos manifestar a nossa opinião. É bem verdade, que democracia não é o governo da maioria como dizem (é só olhar os atuais modelos de alguns governos), porém o respeito à diferença deve existir. E, da forma como a Associação dos Cabos e Soldados (ACS/PE) está sendo conduzida, certamente, perderemos o pouco que conquistamos. O povo tem que ter opção para escolher os seus representantes, ainda que desacreditados, pois a “RENOVAÇÃO” deve acontecer, a fim de provocar a oxigenação de ideias e ações para melhoria da nossa classe. E, quem não quer isso, contribui para o fim da luta de classes. Portanto, não podemos deixar morrer uma entidade que é de fundamental importância na representação de classes trabalhadoras da Segurança Pública, pois a quem interessa o seu

pois “quem quer ir além do Bojador tem que passar além da dor”: Ó mar salgado. Sei que você pode dizer que não acredita em mais nada. com base no art. com uma escala de serviço melhor. com a conseqüente destituição da diretoria empossada. bem como os seus efeitos. A ACS precisa de uma RENOVAÇÃO. com uma qualidade de vida melhor. Determinando a realização imediata de um novo pleito eleitoral. 269 do mesmo código. pois não cairá do céu a mudança que queremos. quanto do teu sal São lágrimas de Portugal! Por te cruzarmos. E não obstante. (você pode dizer que sou sonhador. e o mundo será um só). Precisamos acordar para uma “RENOVAÇÃO”. and the world will be as one. com votações na capital e em diversas cidades do interior.964 eleitores. mas não sou o único. até e porque a lista de votantes habilitados foi publicada a apenas três (03) dias da eleição quando o regulamento exige o prazo antecedente de 15 dias. a Juíza de Direito do Recife. eu acredito que juntos poderemos ter um mundo melhor. julgo procedente o pedido para. com fundamento no art. Entretanto. Clara Maria de Lima Callado. Deus ao mar o perigo e o abismo deu. que se juntos dermos as mãos faremos a diferença. que todo mundo quer tirar proveito de alguma forma. que se realizou no dia 31 de janeiro de 2008. quantas mães choraram. Soldado PM Albérisson Carlos alberissoncarlos@hotmail. Confira a sentença deliberada (sábia decisão). Lennon fez as seguintes afirmações: “You may say I’m dreamer.4º. combinado com o art. anular o registro feito no cartório de títulos e documentos acerca da eleição e posse do demandado. É preciso que se realize um novo pleito eleitoral conforme decisão judicial. o cantor inglês John Lennon e o poeta português Fernando Pessoa. com mais justiça. deliberou a sentença que anulou a última eleição “democrática”. em número previsto no Art. but I’m not the only one. pois uma entidade que tem em torno de 13. Pelo que. 131 do CPC. o que aponta para um número inexpressivo de Policiais e Bombeiros aptos a votarem. a partir desta construção. os quais acreditavam que o mundo poderia ser melhor. num universo de 12. pois os fatos alegados por nós àquela época foram comprovados. que teremos uma Polícia e um Bombeiro Melhor. 4º do CPC. da 29ª Vara Cível da Capital. ó mar! Valeu a pena? Tudo vale a pena Se a alma não é pequena.500 sócios não pode viver alheia as questões políticas que envolvem as Corporações Militares da Segurança Pública. ou seja. Confesso que há muitas razões para pensar desta forma.enfraquecimento? No dia 22 de julho do corrente ano. de pessoas que queiram construir e. declarar a nulidade da eleição Associação Pernambucana de Cabos e Soldados e Bombeiros Militares . .000 inscritos. Quem quer passar além do Bojador Tem que passar além da dor. I hope some day. Na música “Imagine”.ACS_PE ocorrida em 31 de janeiro de 2008. Mas nele é que espelhou o céu. promover a reconstrução da entidade. de que todos são iguais. Esta dedução decorre também da análise do conjunto da prova produzida nos autos. eu espero que um dia você se junte a nós. Assim como. Assim como Lennon. Isto me leva a refletir em duas grandes pessoas da história. do Regulamento. basta olhar um pouquinho para trás e para o atual momento. Será um prazer interagir com você. cientificando-se desta decisão. Fernando pessoa em seu poema “Mar Português” demonstra que para se chegar ao que se quer. imediatamente. Quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram por casar Para que fosses nosso. No Certame só votaram 2. com nova Comissão Eleitoral formada na forma instituída no Estatuto.com entre em contato conosco. no dia 22 de Julho de 2011: “O juízo considera como verdadeiros os fatos alegados na petição inicial. prefiro acreditar que algum dia teremos a nossa oportunidade. A ACS é uma entidade que tem por responsabilidade também. you’ll join us. devendo ser expedido ofício ao cartório respectivo. de promover a democracia na PM e no CBM. muitas lutas hão de acontecer.