ARRITMIAS CARDÍACAS  Distúrbios na formação do impulso  ARRITMIAS SINOATRIAIS:  - taquicardia sinusal  - Bradicardia sinusal  - arritmia sinusal  - Marcapasso migratório

 - assistolia ou parada sinoatria  ARRITMIAS ATRIAIS:  - extra-sístoles atriais  - taquicardia atrial paroxística  - Flutter atrial  ARRITMIAS JUNCIONAIS:  - extra-sístoles juncionais  - ritmo juncional  - taquicardia juncional paroxística  - taquicardia juncional nãoparoxística  - fibrilação Atrial  - assistolia atrial ARRITMIAS VENTRICULARES:  -extra-sístoles ventriculares  - taquicardia ventricular  - fibrilação ventricular  Distúrbios na condução do impulso  Bloqueio sino-atrial  Bloqueios atrioventriculares: - de 1º grau - de 2º grau - completo ( de 3º grau)  Bloqueios intraventriculares: - de ramo esquerdo - de ramo direito - bilateral de ramo - assistolia ventricular Classificação das arritmias de acordo com prognóstico  As Pequenas Arritmias: – taquicardia sinusal

– bradicardia sinusal – arritmia sinusal – marcapasso migratório – extra-sístoles atriais – extra-sístoles juncionais – extra-sístoles ventriculares ( raras) – As Arritmias Letais:  fibrilação ventricular  assistolia ventricular  As Grandes Arritmias (mais graves): – taquicardia sinusal persistente – bradicardia sinusal ( < 50 bpm) – bloqueio ou parada sinusal – taquicardia atrial – flutter atrial – fibrilação atrial – ritmo juncional passivo – taquicardia paroxística juncional – taquicardia juncional não-paroxística – extra-sístoles ventriculares (frequentes ou aos pares) – taquicardia ventricular – bloqueio AV de 1º grau – bloqueio AV de 2º grau – bloqueio AV de 3º grau ( completo) – bloqueio de feixe de ramo Arritmias por distúrbios na formação do impulso  origem no nódulo SA

1

 origem nos átrios  origem no nódulo átrioventricular  origem nos ventrículos Origem no nódulo SA  Taquicardia sinusal  Bradicardia sinusal  Arritmia sinusal  Bloqueio ou parada sinusal  Extra-sístole atrial  Taquicardia atrial paroxística   Flutter atrial  Fibrilação atrial  Assistolia atrial Origem no nódulo SA Taquicardia sinusal Bradicardia sinusal Arritmia sinusal Bloqueio ou parada sinusal Origem nos átrios Extra-sístole atrial Taquicardia atrial paroxística Flutter atrial Fibrilação atrial Assistolia atrial Origem no nódulo átrio-ventricular  Extra-sístole juncional  Ritmo juncional passivo  Taquicardia juncional paroxística  Taquicardia juncional não paroxística Origem no nódulo átrio-ventricular  Extra-sístole juncional Ritmo juncional passivo Taquicardia juncional paroxística  Taquicardia juncional não paroxística Origem nos ventrículos  Extrasístoles ventriculares  Fibrilação ventricular  Taquicardia ventricular  Extrasístoles ventriculares  Extra-sístole ventricular  Fibrilação ventricular  Taquicardia ventricular Arritmias por distúrbio na condução do impulso  bloqueios com origem no nódulo SA ou nos átrios  bloqueios com origem no nódulo AV ou juncionais  bloqueios com origem abaixo do nódulo AV  assistolia ventricular BLOQUEIOS COM ORIGEM NO NÓDULO SA OU NOS ÁTRIOS  bloqueio ou parada sino- 2 .

atrial Bloqueios com origem no nódulo AV ou juncionais  bloqueio AV de primeiro grau:  bloqueio AV de segundo grau tipo wenckebach:  Bloqueio AV de segundo grau tipo 2:1  Bloqueio AV de terceiro grau ou completo Bloqueios com origem abaixo do nódulo AV  Bloqueio de feixe de ramo  Assistolia ventricular primária  Assistolia ventricular secundária  Coração moribundo 3 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful