You are on page 1of 6

Atividades a serem realizadas

.

pouca integração entre os profissionais das diferentes áreas. engenheiros de produção. falta de identificação clara de todos os interessados no projeto. padronização de orçamentos e cronogramas. A troca poderia ser melhorada através do gerenciamento das comunicações feito por um gerente de projeto. etc. reitoria. Mas esse fato ainda não é suficiente para que a troca seja fluida como se espera. prazos e consumo de materiais. também. etc. por exemplo. tomadas de decisões. relativo a acabamentos. . incentivando a inserção nos projetos de sugestões e definições de engenharia.criação de um manual com uma metodologia padronizada. a padronização de siglas. O motivo mais apontado para isso é a falta de tempo pelo grande volume de serviços. . auxiliando futuros clientes na compreensão do processo e eliminando dúvidas para que o processo seja iniciado corretamente. criação de um banco de leis. custos. instruções e bibliografia sobre temas relacionados a projetos de arquitetura e de engenharia para consulta por parte dos profissionais. Esses cronogramas não possuem detalhamento suficiente para o fiscal utilizar para o acompanhamento e medições. dentre outras partes interessadas).além da disponibilização no sítio eletrônico para facilidade de acesso de outras pessoas. a definição das funções dos envolvidos.Essa padronização deveria fazer parte de um manual. instituição da figura do gerente de projetos para atuar no processo de execução de projetos e obras. estabelecer procedimentos e agenda de reuniões para garantir a troca de informações e a perfeita comunicação entre os diferentes atores (empreendedor. escassez de reuniões conduzidas de modo formal. etc.). criação de um banco de dados de especificações. instituição de uma Matriz de Responsabilidades. estabelecer procedimentos para garantir a integração entre o projeto e a obra. criação de um banco de dados de projetos. definição da equipe responsável pelo projeto. pró-reitorias. engenheiros. falta de compatibilização entre os projetos antes da execução. Nele constaria o fluxograma do processo. não possuem um documento padrão para fiscalização e acompanhamento do progresso da obra. a matriz de responsabilidades.Ponto na Tese POP – Procedimento operacional padrão . preferencialmente integradas com as bases do Governo Federal. tornando o processo suficientemente claro e transparente para todos os envolvidos (estagiários. identificação clara e registro de todos os interessados e do escopo do projeto. normas. disponibilização das informações de todo o processo no portal eletrônico da Pró-Reitoria de Admninistração – PAD (Infraestrutura e Meio Ambiente). principalmente para a compatibilização dos projetos. a padronização de procedimentos. projetistas. e podem apresentar os problemas mencionados nas entrevistas. que deverá desenvolver suas atividades nos moldes dos processos de gerenciamento de projetos. adequação da estrutura organizacional funcional para uma estrutura projetizada ou matricial. disponibilização. criação e manutenção de banco de dados de índices de produtividade. instalações e equipamentos. os acrônimos e documentos. padronização e sistematização do registro das informações (reuniões. fornecedores). padronização dos desenhos técnicos quanto a camadas. falta de delineamento conciso do escopo. conscientização de todos os envolvidos de como se transcorre o processo de produção de projetos e obras. evitando a propagação e a perpetuação de erros. O cronograma fornecido pelas empresas geralmente são cópias do cronograma entregue pela UFV na licitação. com poder de ação em diferentes instâncias administrativas. cores. experiências. de documentos padrões para download no portal eletrônico da PAD. linhas. arquitetos. como os estagiários. conscientização da alta administração de se apenas começar a obra com orçamentos precisos e projetos bem detalhados e compatibilizados.. instâncias colegiadas.

agilizar e melhorar o processo de projeto. identificando as principais causas dos desvios do planejamento da produção e aplicação de estudo estatístico para a ocorrência desses desvios. aprofundamento do estudo do processo de projeto da UFV. enfocando em apenas um projeto. avaliação pós-ocupação de edifícios da UFV. nos diferentes câmpus. desde os estudos preliminares até o projeto executivo. estudo aprofundado da execução e fiscalização de obras na UFV. .obtenção de softwares oficiais para integrar. para sugestão de melhorias no processo de projeto e produção de edificações.

Quem realizará Estado (Espera. Andamento e Realizado) .