You are on page 1of 8

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS – UNIFEB ENGENHARIA DE PRODUÇÃO / MECÂNICA / QUÍMICA

RELATÓRIO 1 FÍSICA: RESISTORES

GUSTAVO TRABUCO DELGADO – RA 516684 – ENG. QUÍMICA

BARRETOS 2012

............................. Discussão: ............................... 5 Conclusão: ...........................................................................................................................................................................................................1..................... 8............. 7............................................................ 2 Resultados: ... 3 Medições do Resistor 2 ............. Medições do Resistor 1 .............................................. 2....... Materiais: .. 2 Métodos: ....................................................... 3.............. 1 Materiais e Métodos: .. 5 Referências Bibliográficas: ..... 5....................................................................................................................................................................................................................................... Objetivos: ...............1................................Sumário 1.......................................2.................................... 2 4................................. 1 Fundamentos Teóricos: .......................................................... 6 ....................................... 4 6.........................................2......... 5............................................................................................................. 4........................................................................... 4.. 3 5............................................................. 1 Introdução: ......................................................................................................

A corrente elétrica é um fluxo de elétrons que circula por um condutor quando entre suas extremidades houver uma diferença de potencial. possibilitando após medições com auxilido de intrumentos determinar a Tensão e Corrente Elétrica que percorrem um circuito elétrico determinando assim a sua resistividade elétrica. Introdução: O fundamento deste experimento é a observação do comportamento de um resistor quando submetido a variações na tensão. Assim temos: 1 . essa tensão (U) é proporcional a corrente (i) que percorre o circuito. A variação da tensão aplicada ao sistema é que nos possibilita observar o funcionamento do resistor. uma corrente elétrica inserida no sistema.RELATÓRIO 1 – FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL III Título : Resistores 1. observaremos o comportamento para cada resistor quando inserido nele uma diferença de potencial. quanto maior a tensão maior será a corrente elétrica. Essa resistividade é expressa em unidade denominada ohm (Ω). Fundamentos Teóricos: Sengundo a primeira Lei de Ohm quando aplicada uma diferença de potencial (U) nas extremidades de um fio condutor e mantida a temperatura do mesmo é possível notar que quase sempre. Através do estudo da Lei de Ohm poderemos observar que a corrente é diretamente proporcional a tensão aplicada em um circuito e inversamente proporcional à resistência . Com a utilização de equipamentos adequados que nos possibilitam fazer as medidas corretamente. Objetivos: O objetivo deste experimento é aprensentar elementos básicos constituintes de um circuito elétrico simples. ou seja. 2. em suma. Essa diferença de potencial é o que conhecemos como tensão. 3. Os resistores são componentes que oferecem oposição à passagem da corrente elétrica em um circuito.

obtém-se uma característica linear conforme figura 1 abaixo. 2 . Resistores.Ohm definiu que esta constante de proporcionalidade trata-se da resistencia elétrica do condutor que comumente é representada pela letra R. Métodos: Em um protoboard montou-se um circuíto simples entre a fonte de alimentação. As leituras foram realizadas com auxilio de um multímetro. resistor. Materiais: Multímetro. Figura 1: Gráfico da Tensão (U) em função da intensidade da Corrente Elétrica (i) Verifica-se que tan(α) = ∆U / ∆i de onde se conclui que a tangente do ângulo (α) representa a resistência elétrica linear. Protoboard. A partir deste circuito variou-se a tensão de 1 em 1 Volt até que atingir 12 Volts.1. ou seja: 4. A partir desta proporcionalidade surge a fórmula que representa a primeira lei de Ohm: Quando possuímos uma resistência linear. A cada variação na tensão.2. Fonte de Alimentação Elétrica. Materiais e Métodos: 4. foram anotadas as leitura de Tensão (U) e Corrente Elétrica (i) presente no circuito. O processo foi realizado duaz vezes com resistores diferentes doravante denominados Resistor 1 e Resistor 2. traçando (experimentalmente) um gráfico da tensão em função da intensidade de corrente. 4.

5.5 Ω).2 11. Com auxílio do software Origin plotando os valores da tabela acima obtemos o Gráfico 1 abaixo: Gráfico 1: Corrente em Miliamperes em função da Tensão Volts 3 .2 4.3 25.9 16.5 a 493. Das medições extraíu-se a tabela 1 abaixo: Tensao (U) V Volts 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Corrente (i) mA Miliampers 2.7 28 Tabela 1: Variação da tensão (U) em função da corrente (i) resistor 1. Resultados: 5.1.3 18.5 6.6 21 23. Medições do Resistor 1 Inicialmente foram realizados medições no resistor 1 de Resistência de 470Ω e variação de 5% (446.6 13.9 9.

8 14.0 50.9 9. Das medições extraíu-se a tabela 2 abaixo: Tensao (U) V Volts 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Corrente (i) mA Miliampers 4.8 34.8 24.8 29.8 19.9 40.5.2 55.2. Medições do Resistor 2 Inicialmente foram realizados medições no resistor 1 de Resistência de 220Ω e variação de 5% (231 a 209 Ω). Com auxílio do software Origin plotando os valores da tabela acima obtemos o Gráfico 2 abaixo: Gráfico 2: Corrente em Miliamperes em função da Tensão Volts 4 .0 45.3 60.4 Tabela 2: Variação da tensão (U) em função da corrente (i) resistor 2.

Conclusão: Foi possível observar que toda variação na tensão pode ser associada a uma corrente elétrica que circula em um circuito até chegar a um ponto em que sófre resisetência a sua passagem. Então temos para o resistor 1: 1 mA = 0. Pode-se também confirmar a teoria de Ohm que expos a relação entre corrente. onde corrente e tensão são diretamente proporcionais e corrente é resistência são inversamente proporcionais. Discussão: A partir do conceito da primeira lei de ohm e aplicação da fórmula .6. Essa limitação percebida pode também ser denominada com resistência elétrica que um resitor exerce sobre essa corrente. 5 . onde verificamos que os valores encontrados estão correspondentes com as faixa de variação apontadas na especificação dos resistores utilizados. tensão e resistência elétrica. Foi possível também através da aplicação pratica e cálculos algébricos determinar as resitências dos resistores 1 e 2.001 A 7.001 A e para o resistor 2: 1 mA = 0.

J.1 – 1996 – LTC – Rio de Janeiro. RESNICK. Vol. D.N. J. FÍSICA – Série Novo Ensino Médio – 2003 – Ed. Artica – São Paulo 6 . WALKER.8. R. Fundamentos da Física – Mecânica. SILVA. Referências Bibliográficas: HALIDAY.