You are on page 1of 1

Discutindo política e cidadania nos dias atuais Camila Dalchiavon Hoje em dia, falar sobre política e cidadania se torna

muito difícil, pois as pessoas não se preocupam em saber sobre o que se trata de verdade, mas só se preocupam em escolher algum governante que aparentemente seja uma boa pessoa para governar a cidade, estado ou país e deixar os problemas da sociedade por conta de outras pessoas. O objetivo disso é mostrar às pessoas que elas podem usar a filosofia para conhecer um pouco mais sobre esses temas e poder exercer corretamente seus papéis na sociedade ,usando seus direitos, deveres, sabendo conversar para resolver problemas e não brigar, como muitos fazem hoje em dia, por falta de conhecimento. Esse é um grande problema da sociedade e deve ser resolvido. A política exerce um grande papel no país inteiro, pois todas as decisões tomadas, em sua maioria, são resolvidas na política. Política não envolve somente os governantes, mas, todas as pessoas, seja votando, conversando, seja até mesmo debatendo sobre um determinado assunto. Se todos nós pensarmos assim, poderemos ver que, se nos interessarmos mais por ela, não faremos coisas erradas, nem brigaremos ao invés de conversar. Todos nós temos direitos e deveres a serem seguidos; sabemos que eles são muito importantes para nossas vidas. Se todos nós tirássemos um tempo, mesmo sendo entre amigos, e debatêssemos sobre assuntos que nos causam dúvidas, como a política, poderíamos saber o que cada um pensa e todos dariam sua opinião, pois cada um pensa de maneira diferente. Todas as pessoas têm capacidade para um dia poderem ser governantes; não precisam falar várias línguas ou ter faculdades, mas apenas conhecer um pouco sobre o que a política fala no geral. Muitas pessoas não falam o que pensam por falta de espaço, ou por vergonha de expor seus conhecimentos. Assim, ficam desligadas da sociedade e do mundo. As crianças de hoje em dia são muito influenciáveis pela televisão e pelos adultos, e o que mais está sendo mostrado e falado é sobre a corrupção na política. Isso as deixa revoltadas, mas não é correto, pois nem todos os políticos são corruptos, e os pais deveriam conversar mais sobre isso com os filhos. Assim, eles cresceriam vendo também o lado bom da política. O poder e a autoridade estão relacionados com a política também, pois, quando se fala nela, nos vêm à cabeça justamente essas duas palavras. Os políticos têm poderes, mas não são ilimitados. Todo político tem limites. Poucos deles sabem usar de maneira correta a sua autoridade. Assim, as pessoas não se interessam nem mesmo em ver um pronunciamento de algum deles nas televisão, pois lhes parece que é apenas enrolação. Pensando em tudo isso, nós como cidadãos responsáveis, e agora mais conscientes, podemos usar a política para fazer uma sociedade muito melhor, debatendo ao invés de brigar, conversando sem se alterar e saber desenvolver projetos, assuntos, com a ajuda de todos os que se interessam com isso. Construindo assim um mundo melhor para todos nós, como cidadãos de verdade. Mesmo assim, sempre vão existir pessoas autoritárias demais que não se preocupam com a política nem com a cidadania, mas, se todos se unirem e trabalharem em conjunto, poderão mudar a maneira dessas pessoas enxergarem e interpretarem determinados assuntos.