You are on page 1of 3

RESUMO DE MONOGRAFIA

O resumo do trabalho monográfico ou de conclusão de curso tem em sua melhor definição como um condensado da monografia. Ele funciona justamente como um modelo ultra compacto da pesquisa realizada. Neste, devem estar presentes as principais informações presentes nas monografias: deve conter algo da introdução, da metodologia, dos resultados e da conclusão da pesquisa monográfica ou do TCC. Assim, ele seria um sumário dos dados constantes na monografia. A qualidade de um bom resumo monográfico é avaliada pela capacidade de oferecer ao leitor condições de analisar o conteúdo da monografia sem a necessidade de leitura de todo o texto. Um erro muito comum praticado por autores de monografias, TCC e artigos científicos ao redigirem seus resumos é torná-los demasiadamente prolixos. Um bom resumo deve ter no máximo 300 palavras, e não pode fugir, em hipótese alguma, do tema da pesquisa. Outro ponto comum a todos é que geralmente ele é preparado em um único parágrafo. Isto facilita a leitura do mesmo, sem riscos de se desviar do assunto. No entanto, certas publicações científicas estão começando a exigir, na publicação dos resumos de artigo cientifico que este seja formado por parágrafos curtos. Em monografia e TCC, apesar disto, a regra é a do parágrafo único, sequencial. No entanto, apesar de seguirem sempre uma estrutura mais ou menos comum, alguns autores classificam os resumos de modo distinto, ou seja, para estes, existiriam mais de um gênero de resumo. Teríamos, assim, os tipos informativos e os descritivos. A diferença entre ambos residiria no conteúdo do mesmo. Um resumo informativo é aquele que oferece uma pincelada de cada tópico ou de cada elemento de importância da monografia ou do artigo científico, Já o descritivo enfocaria mais as razões pelas quais o tcc foi elaborado, quais os elementos fundamentadores do mesmo, em detrimento das informações metodológicas e dos resultados. Se você notar, nós sempre damos preferência ao resumo informativo, sendo este o conceito abordado em nossas monografias. Não concordamos com a preferência de alguns professores pelos resumos descritivos, alegando que isto forçaria o leitor a buscar todo o texto para encontrar o que deseja. Porém, nos dias de hoje, em que a informação deve ser rápida (saiba mais sobre a informação nos dias de hoje), e que o leitor precisa encontrar o mais rápido possível o que deseja, desestimulandose ao ler um resumo elaborado da forma descritiva. A partir de sua estrutura, o tópico em questão necessitará demonstrar:  O objetivo geral (que deve está relacionado ao problema da pesquisa), ou se coloca o problema, ou os dois.  O objeto de pesquisa da monografia  Descrever brevemente a metodologia utilizada, apontar brevemente os resultados e  Enunciar a conclusão fundamental. Tem-se que, os resultados conclusivos, no cômputo geral, estão presentes em três momentos em uma monografia ou um TCC, no resumo, na introdução e na conclusão propriamente dita. É praxe, também, que o tempo verbal utilizado para a escrita seja o pretérito perfeito do indicativo, já que a pesquisa monográfica já foi realizada e as conclusões já foram isoladas. Por seu caráter profundamente sintético, o resumo de uma monografia ou de um TCC não poderá jamais conter informações novas que não façam parte do corpo do texto. E por sua profunda pessoalidade, coligada ao esforço direto do autor de monografias, este não terá citações bibliográficas, salvo se o trabalho monográfico ou o artigo científico for uma revisão bibliográfica apoiada fortemente em um autor específico.

nesse sentido respeitar o nível de desenvolvimento de cada criança. abordando suas controvérsias. Neste trabalho. Através de uma pesquisa de campo observando e analisando os fatos e acontecimentos da atualidade relacionados a vida sexual do jovem e do adolescente entendemos que a sexualidade deve ser encarada de forma natural para se desvelar os anseios e desafios impostos por ela. Palavras-Chave: Jogos e brincadeiras. para que os objetivos sejam alcançados. Palavras-chave: Adolescência – Sexualidade – Orientação Sexual – Escola –Família. Deve-se.MODELOS DE RESUMO RESUMO 1 JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL: Uma possibilidade didáticopedagógica na construção do conhecimento matemático O presente construto monográfico defende que jogos e brincadeiras são indispensáveis para o desenvolvimento integral da criança. principalmente na Educação Infantil. construção do conhecimento. Os jogos e brincadeiras constituem-se atividades primárias que trazem grandes benefícios do ponto de vista físico. RESUMO 2 REFLEXÕES SOBRE A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO SEXUAL NA ESCOLA E NA FAMÍLIA O presente trabalho é uma proposta de estudo sobre os desafios e descobertas da vida sexual dos adolescentes. ressaltamos os assuntos pertinentes a dar suporte legal à proposta defendida. Apresentamos os aspectos da vivência da era colonial do modo como se tratava o assunto. Tal estudo tem por objetivo investigar o porquê das causas e conseqüências dos fatos e acontecimentos a cerca da sexualidade e proporcionar reflexão sobre a orientação sexual a respeito da responsabilidade da família e da escola no combate aos adventos errôneos impressos pela mídia. as mudanças e transformações. produzindo uma excitação mental. do ponto de vista intelectual essas atividades contribuem para a desinibição. as desigualdades sociais a política e os interesses que eram voltados para o lucro e desenvolvimento das metrópoles. por isso aprende melhor e constrói conhecimento pertinente. conceitos matemáticos. Observa-se que através da brincadeira a criança aprende com mais espontaneidade. Destacamos a importância de conhecer sobre o estudo da vida sexual dos adolescentes e entender sobre o que já foi feito e o que ainda resta fazer. Neste intuito traz uma discussão demonstrando a importância desses recursos na construção de conceitos matemáticos. satisfaz as necessidades de crescimento e da competitividade da criança. . os processos dos avanços tecnológicos.

A partir da análise realizada constatou-se que os discentes possuem dificuldades de leitura. dentre eles oito discentes e três docentes da Escola Oficina Educativa na cidade de Valença-Bahia. adultos. dificuldade de assimilação das letras e carência de conhecimento e preparo específico dos docentes para EJA. localizada na comunidade de Morro de São Paulo Cairu-Bahia. Palavras-chave: educação. educador. cansaço físico e mental. jovens. conclui-se que esses fatores dificultam no aprendizado da leitura pelos discentes. devido à idade avançada. RESUMO Nesta monografia buscou-se compreender quais os aspectos que levam a indisciplina dos alunos da Escola Nossa Senhora da Luz. novos conhecimentos sobre a indisciplina dos alunos e a integração dos pais junto a escola. metodologia de ensino. Palavras-chave: Indisciplina na escola – Aprendizagem – Família – Escola .RESUMO O presente trabalho pretende investigar quais os fatores que levam discentes da EJA terem dificuldades em desenvolver a leitura. no qual o instrumento da pesquisa foi uma entrevista semi-estruturada aplicada aos sujeitos. o instrumento de pesquisa foi uma entrevista semi-estruturada aplicada a 16 sujeitos representantes da escola e da comunidade. educando. com a realização desse trabalho possa-se contribuir positivamente na melhoria do ensino e aprendizagem de jovens e adultos. principalmente porque muitos educadores não se encontram preparados para trabalhar nessas classes da EJA. Este estudo tem como objetivo refletir sobre os fatores que contribuem para indisciplina na sala de aula. Acreditase que. Essa pesquisa teve uma grande contribuição serviu para que tenhamos um olhar voltado para a raiz dos problemas de indisciplina provocados em sala aula buscando uma maior compreensão sobre o assunto. A conclusão desse trabalho abriu um leque para grandes oportunidades e desafios na busca por melhorias. Como procedimento metodológico optou-se por um método descritivo. Acredita-se que com a realização desse estudo poderá no futuro contribuir positivamente na vida dos educando e no cotidiano escolar. Nesse sentido. Como procedimento metodológico escolheu-se o método quantitativo-descritivo.