1

EXPANSÃO SOCIALISTA NO PÓS-GUERRA A situação do Leste Europeu, após 1945, era vantajosa para a URSS, com suas tropas ocupando vastas áreas, resultando numa grande influência soviética e favorecendo os partidos comunistas nas regiões ocupadas. POLÔNIA O líder do partido comunista, Cyrankiewicz, tornou-se primeiroministro, encaminhando o país para um alinhamento total com a URSS e promulgando uma constituição de modelo soviético. BULGÁRIA Após a II Guerra foi proclamada a República Popular da Bulgária, dirigida por Georgi Dimitrov. ROMÊNIA A República Popular foi proclamada em 1948, após a abdicação do rei, e os comunistas se consolidaram no poder após eleições que lhes deram maioria no Parlamento. O novo governo alinhou-se completamente à URSS, e as tropas soviéticas mantiveram a ocupação de 1944 a 1958. TCHECOSLOVÁQUIA Atribui-se a consolidação do regime comunista da Tchecoslováquia não somente à ação dos comunistas deste país, mas principalmente às pressões que a União Soviética exerceu desde o fim da guerra. HUNGRIA Formou-se um governo de coalisão após a expulsão dos nazistas. Em 1948, a fusão dos sociais-democratas e dos comunistas resultou no Partido Operário Húngaro, que já tinha o controle total do país, alinhando-se à URSS. IUGOSLÁVIA

COORDENAÇÃO DA POLÍTICA ECONÔMICA DOS PAÍSES SOCIALISTAS 1949 – COMECON – Conselho de Assistência Econômica Mútua. Tito governou a Iugoslávia desde o final da guerra até 1980. Eslovênia. ALEMANHA ORIENTAL (RDA) A URSS renunciou a todas as reparações de guerra que a Alemanha deveria cumprir por acordos estabelecidos no final do conflito mundial. tornaram parte da China socialista (República Popular da China). responsável pela coordenação da política econômica dos países socialistas do Leste Europeu. a Albânia foi um dos países mais fechados dentro do mundo socialista. visando facilitar a rendição dos japoneses. com o apoio da URSS. em 1949. Taiwan deu origem à China Nacionalista. O comércio destes países socialistas com os capitalistas ficou extremamente reduzido. Manteve-se ora pendendo ao bloco socialista ora ao capitalista. Comunistas. liderados por Mao TséTung.2 Era formada por seis repúblicas populares com direitos iguais: Sérvia. A Iugoslávia ficou à margem do Comecon. CHINA Após a II Guerra – Partido Kuomintang (Partido Nacionalista). liderado por Chiang Kai-shek. capitalista. Macedônia e Montenegro. Croácia. COREIA A Guerra da Coreia (1950-1953) teve origem com o final da Segunda Guerra Mundial. Bósnia-Herzegóvina. . A Iugoslávia mantinha uma independência em relação aos soviéticos. ALBÂNIA Liderada por Enver Hoxha de 1944 a 1985. no momento em que a URSS e os EUA concordaram em dividir a Coreia no paralelo 38.

VIETNÃ Laos. Após três anos de combates. Estavam sobre o domínio francês e queriam a independência. governado por Ho Chin Minh .Vietnã do Norte: socialista. Os conflitos começaram a acontecer em 1941. os vietnamitas. as eleições foram anuladas por Ngo Diem que se tornou ditador após liderar um golpe militar e proclamou a Independência do Sul. Travada entre 1950 e 1953. tinha de um lado a Coréia do Sul e seus aliados. Quando a Segunda Guerra Mundial findou-se. . se agruparam e formaram a Liga Revolucionária para a Independência do Vietnã (ligada ao partido comunista). governado por Ngo Dinh-Diem No ano de 1955. que foi quando começou a luta entre os franceses e os guerrilheiros do Viet Minh (Liga para a Independência do Vietnã). Visando lutar contra os orientais. Na Segunda Guerra Mundial. liderados pelo revolucionário Ho Chi Minh. o Japão dominou esta região. ninguém saiu vencedor. Os franceses foram independência. e do outro a Coréia do Norte. o que resultou em confronto entre eles. derrotados e obrigados a aceitar a Em 1954.3  Coreia do Sul – capitalista  Coreia do Norte – socialista Os dois países reclamavam soberania sobre toda a península.Vietnã do Sul: capitalista. iniciou o processo de descolonização. apoiada pela China e a então URSS. que incluíam os Estados Unidos e o Reino Unido. Vietnã e Camboja faziam parte de uma região conhecida como Indochina. foi estipulado que até as eleições em 1956 o Vietnã ficaria dividido em: .

dinheiro e conselheiros militares. Nova cisão: via eleitoral x luta armada. No entanto. No 20o Congresso da PCUS (1956). sua rigidez doutrinária e a campanha de culto à sua personalidade. o Vietnã foi unificado e passou a ser um Estado Socialista.4 Os EUA se aliaram ao Vietnã do Sul enviando armas. . Não mais pelo voto. e os sul-vietnamitas atacaram por 10 anos o norte. O 20º CONGRESSO DA PCUS Após 29 anos no poder. Luta armada – exemplo cubano – visto como alternativa. denunciou os crimes de Stálin. e abriu espaço para a liberalização política. pois ainda havia alguns conflitos contra o norte. Com todos esses acontecimentos surgem os movimentos de oposição: Frente Nacional de Libertação: apoiados pelo Vietnã do Norte junto com o seu exército Vietcong. com grande apoio dos camponeses. a guerra só chegou ao fim em 30 de abril de 1975. chamado República Socialista do Vietnã. No ano de 1976. REVOLUÇÃO CUBANA 1959 – Fidel Castro derruba a ditadura de Fulgêncio Batista A revolução se deu a partir de um movimento de guerrilhas na Sierra Mestra. Os partidários de Kruchev passaram a ser chamados de revisionistas. Stálin morreu em março de 1953. (derrame cerebral) Kruchev condenou a ditadura stalinista. Cisão no movimento comunista mundial. Suas denúncias repercutiram mundialmente. Os americanos renunciaram ao conflito em 1973.

a planificação da economia (significa quando o estado planeja a economia do seu país. Campo econômico: sérios problemas. Embargo comercial dos EUA à Cuba. . desde quando Cuba foi excluída da OEA (Organização dos Estados Americanos). a reforma agrária (“Granjas Del Pueblo”: fazendas coletivas). com a nacionalização das atividades econômicas. educação. em 1962.5 Bons resultados na saúde. decidindo a respeito de quanto deve ser produzido e consumido). incentivou a indústria e a policultura etc. na Conferência de Punta Del Este. Realizações da revolução: reformas estruturais em Cuba.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful