Time Travellers 1 ano de Turismo Arqueológico

Raquel Policarpo Inês Ribeiro

Turismo Arqueológico
• Segmento do turismo cultural • Objetivo: Divulgação do património histórico e arqueológico
3 S – “Sun, Sand and Sea”

3 L – “Leisure, Learning and Landscape”

Ideia
• Empresas de Turismo Arqueológico no estrangeiro • Países com forte aposta no Turismo Arqueológico

Objetivos
• • • • Dar a conhecer os sítios arqueológicos de Portugal Transmitir o valor da Arqueologia Criar experiências positivas com a História Aproximar o público à Arqueologia

Criação
• • • • Julho 2011 Programa de Apoio ao Empreendedorismo – Mulher+ Formação Plano de Negócios

As atividades TT

Fanatic Travellers

Regresso às Origens

Em Portugal…sê Romano!

O Reino de Portugal

Histórias de Príncipes e Princesas

Cidades com História

Faça a sua História

Criação dos Passeios
Criação dos roteiros
- Sites próprios e facebook, câmaras municipais, Igespar, Monumentos.pt, Direções Regionais da Cultural, Associações locais - levantamento de sítios, monumentos, equipamentos culturais, roteiros

Experiência

Parcerias

Aspetos Positivos
Património inventariado e organizado

Inspiração temática

Informação complementar

Restaurantes

Alojamento

Outros interesses

Aspetos Menos Positivos…
• Facilidade de pesquisa • Qualidade da informação transmitida
– – – – – Contextualização Mapas Acessos Informações úteis Discrepância entre fornecedores

• Articulação entre a divulgação e a realidade
– Vias de acesso – Sinalética – Manutenção

Dificuldades no Terreno
• Ideia e conceito recente/pouco conhecido em Portugal • Pouca abertura dos equipamentos para novas realidades turísticas • Poucos apoios

Potencialidades
• Maior preocupação na conservação do Património e da Cultura • Criação de formas de rendimento nos equipamentos culturais • Desenvolvimento local e criação de emprego

Conclusão

Valorização do Património Arqueológico

Valorização da Atividade Turística

Cooperação entre ANTs e a gestão do Património