X OBJETO

ADI-(AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDAD -LeiE) ato normativo -Federal ou ou estadual -Posterior ao parâmetro constitucional-. norma formalmente constitucional*

ADC-(AÇÃO DECLARATÓRIA DE CONSTITUCIONALIDADE) -Lei ou ato normativo -Federal -Posterior ao parâmetro constitucional-norma formalmente constitucional* IDEM

ADPF -Ato Poder Púb. -Federal, estadual e Municipal -Anterior ou posterior ao parâmetro constitucionalIDEM

ADIN POR OMISSAO-ADO Norma constitucional que careça de intermediação do PL ou PE. Total ou parcial IDEM

-PGR, -Presidente da República -Mesa do Senado Federal -Mesa da Câmara dos Dep. -Mesa da Assem. Leg. Ou Câmara Leg. -Gov. de Estado ou DF -Conselho Federal da OAB -Confederação sindical ou -Entidade de classe de âmbito nacional -Partido Político com rep. CN -PP NÃO TEM -Confederação sindical ou CAPACIDADE POSTULATÓRIA -Entidade de classe de âmbito Art 3° A PROCEDIMENTO nacional petição indicará: I - o dispositivo da lei ou do ato normativo impugnado e os fundamentos jurídicos do pedido em relação a cada uma das impugnações;(Princ. Da Congruência)** II - o pedido, com suas especificações. -Cabe agravo da decisão que indeferir a petição inicial. O relator pedirá informações aos órgãos ou às autoridades das quais emanou a lei ou o ato normativo impugnado-30d -Vedada desistência. -Vedada intervenção de 3o LEGITIMADOS

IDEM Art. 14 A petição inicial indicará: I -idem II - idem IlI-a existência de controvérsia judicial relevante sobre a aplicação da disposição objeto da ação declaratória. -designar peritos e marcar audiência pública -xxxxx -idem -idem -idem - PGR-lSd AGU-sem prazo

IDEM Incidental- requisitocontrovérsia judicial relevante

IDEM Semelhante à ADI A petição indicará: I - a omissão inconstitucional total ou parcial quanto ao cumprimento de dever constitucional de legislar ou quanto à adoção de providência de índole administrativa; -relato solicitar manifestação AGU-15 d *******

LIMINAR

Maioria absoluta*** dos membros do Tribunal, após a audiência dos órgãos ou autoridades dos quais emanou a lei ou ato normativo impugnado, que deverão pronunciar-se no prazo de 5 d AGU e PGR3d(se relator julgar indispensável) Ex nunc

Maioria absoluta dos membros do TribunaLNão fala do recesso. -Suspender os processos que envolvam a aplicação da lei.

Maioria absoluta*** dos membros do Tribunal AGU.PGGR ou órgãos -5d-prazo comum

Quorum: IDEM IDEM Sessão de julgamento- 2/3- 8 Min Decisão -maioria absoluta-6 Min Modulação dos efeitos -2/38 Min -Veda Ação rescisória -Possivel Emb, de Declaração -Possivel Rec. Extraordinário. (contra -Erga omnes Ciência ao Poder ou IDEM IDEM EFEITOS DA todos)particulares e órgão DECISÃO poderes públicos, atinge o competente: dispositivo. -Órgão Adm-30 d ou -Vinculante em relação aos demais prazo órgãos razoável a ser fixado. do PJ e à A.P. federal, -PL-sem prazo.(18 estadual e meses para municipaljatinge as normas o CN-Jurisprudência) paralelas.**** -Ex tunc -Modulação temporal -ex nunc ou pro futuro -Decl. de inconst. sem redução de *Exceção :Objeto- Lei temporária- Quando a impugnação em tempo adequado antes do exaurimento da eficácia e possibilidade de conseqüências para o futuro.E para evitar fraude processual. **Exceção :Inconstitucionalidade por conseqüência ou por arrastamento -STF pode estender os efeitos da declaração a dispositivos não impugnados na petição inicial, mas que possuem uma relação de interdependência. ***Salvo no recesso: Presidente do tribunal, ad referendum do plenário. ****Não vincula o Plenário do STF, atribuições de Nat. Legislativa. Vincula o TCU. Transcendência dos motivos determinantes: Teoria restritiva e extensiva. *****Interpretação conforme: conferido um sentido à norma e afasta os outros; feita por qlq interprete da CF; utilizada tanto no difuso qnt concreto. ******Cabe só à CF definir os preceitos fundamentais: direitos e garantias individuais, princ. Constitucionais sensíveis e cláusulas pétreas. *******Não se confunde com a citação do AGU para defesa da norma. DECISÃO

Maioria absoluta dos membros do Tribunal, após a audiência dos órgãos ou autoridades dos quais emanou a lei ou ate normativo impugnado, que deverão pronunciarse nc prazo de 5 d PGR-3d(se relator julgai indispensável)