You are on page 1of 6

PLANO DE ACÇÃO PARA A BE/CRE

2009 /2010 / 2011 MISSÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR/CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS DA ESCOLA E. B. MARIA VELEDA

A Biblioteca Escolar da Escola E. B. 2, 3 Maria Veleda está integrada desde o ano lectivo 2003/2004 na Rede de Bibliotecas Escolares e segue as directrizes por ela emanadas, nomeadamente as que são referidas no Manifesto da Biblioteca escolar, aprovado pela UNESCO, na sua Conferência Geral em Novembro de 1999. Assim, a missão da Biblioteca Escolar será a de “disponibilizar serviços de aprendizagem, livros e recursos que permitam a todos os membros da comunidade escolar tornarem-se pensadores críticos e utilizadores efectivos da informação em todos os suportes e meios de comunicação”. Segundo a declaração política de IASL sobre Bibliotecas Escolares: 1 “um programa planeado de ensino de competências de informação em parceria com os professores da escola e outros educadores é uma parte essencial do programa das bibliotecas escolares.” Estes serviços de aprendizagem, ainda segundo o referido manifesto, devem ser disponibilizados “ de igual modo a todos os membros da comunidade escolar, independentemente da idade, raça, sexo, religião, nacionalidade, língua e estatuto profissional ou social”, sendo que, “aos utilizadores que, por qualquer razão, não possam utilizar os serviços e materiais comuns da Biblioteca, devem ser disponibilizados serviços e materiais específicos.” O acesso aos serviços e fundos documentais deve orientar-se pela Declaração Universal dos Direitos e Liberdades do Homem, aprovada pelas Nações Unidas, e não deverá ser sujeito a nenhuma forma de censura ideológica, política ou religiosa ou a pressões comerciais.

______________________________ 1 IFLA/UNESCO (1999) – School Library Manifesto

Page

1

ÁREAS DE INTERVENÇÃO/ACTUAÇÃO DA BE/CRE

1. Organização e gestão
1.1. Gestão corrente: a) – relação com a Direcção, C. Ped., Coordenadora das ACNDs, Coordenadores dos Departamentos e Professores → contactos regulares [pessoais e através de documentos escritos]; b) – relação com a RBE ( acompanhamento do “site”, “Newsletter” e blogue) →resposta a solicitações diversas →elaboração do Relatório Anual; c) - plano de acção, regulamento, regimento e plano anual de actividades →elaboração e reformulações; elaboração de um glossário relativo à BE/CRE; d) – preparação e realização de reuniões de coordenação e elaboração de actas; e) – elaboração e actualização de horários → da BE →da prof.ª bibl. e equipa educativa da BE/CRE →funcionária; f) – espaço da BE/CRE →estruturação e funcionamento →resolução de problemas →resposta a necessidades de equipamentos →disponibilização de serviços; g) – arquivos:estruturação e actualização →procedimentos de controlo →melhoria das condições de funcionalidade do arquivo morto; h) – centro de recursos: funcionamento e aquisições →procedimentos de controlo →resposta às necessidades dos utilizadores; i) – legislação e documentação de trabalho →conhecimento e estudo →tarefas ligadas à sua aplicação; j) – formação técnica: estudo da documentação de trabalho existente →realização de acções de formação específicas pelos membros da equipa da BE/CRE →participação em colóquios e congressos de relevância; k) – correio, “mail”, “site”, blogue e contactos diversos: → institucionais →com editoras e livreiros →com ofertantes →com outras entidades; l) – relação com os utilizadores: contactos →apoios diversos; m) – relação com os encarregados de educação: →resolução dos atrasos de devoluções →contactos; n) – estatísticas, inquéritos e estudos de frequência :→elaboração de mapas e documentos →recolha →tratamento da informação e dos dados →divulgação dos resultados→elaboração de gráficos; o) – relatórios de actividades: elaboração e arquivo; p) – relatório anual para a GRBE/DREL (auto-avalição da BE/CRE)→elaboração e envio → divulgação à Direcção, Conselho Pedagógico, e arquivo

1.2.Gestão dos recursos financeiros
a) - execução da política orçamental aprovada (budget); b) - controlo contabilístico da execução orçamental; c) - divulgação anual da execução orçamental realizada.

Page

2

1.3. Gestão dos recursos humanos
a) – coordenação do serviço da equipa de professores da BE/CRE; b) – coordenação da actividade da funcionária que presta serviço na BE, nas áreas que não forem da exlusiva responsabilidade da Direcção.

1.4. Gestão dos recursos materiais:
a) - determinação das necessidades a nível de espaços, fundo documental, equipamentos e serviços; b) - elaboração de propostas a apresentar à Direcção e ao Conselho Pedagógico.

1.5. Gestão documental
a) – serão respeitadas as disposições constantes nos documentos de base elaborados e aprovados: o Manual de Procedimentos. Procurar-se-á iniciar a realização da Política de Desenvolvimento da Colecção (PDC), uma vez que não está feita. b) – Procurar-se-á garantir:  A continuação/conclusão do processo de informatização da colecção;  A actualização do Manual de Procedimentos;  A formação dos professores da equipa educativa e da funcionária da BE/CRE.

2. Dinamização pedagógico-cultural (desenvolvida em vários domínios)
2.1. Junto do Conselho Pedagógico: a) - participação da coordenadora nas reuniões a realizar, em representação da equipa; b) – estreitamento de contactos com as Coordenadoras dos Departamentos para:  Promoção da BE e das suas potencialidades;  Promoção de estratégias de trabalho colaborativo;  Auscultação de necessidades;  Programação de contactos e de actividades.  Planificação e calendarização de actividades. 2.2. Junto dos Professores e das Estruturas de Orientação Educativa: 2.3. Junto dos Alunos: 2.4. Junto dos Pais e Encarregados de Educação:  Sensibilização visando o reconhecimento da importância da BE no desenvolvimento escolar e educativo dos educandos, e na ocupação criativa dos seus tempos livres;  Divulgação da colecção e recursos da BE, de forma a estimular os mesmos a beneficiarem dos recursos disponibilizados pela mesma.

Page

3

2.5. Junto dos Assistentes Operacionais:  Divulgação da colecção e recursos da BE, de forma a estimular os mesmos a beneficiarem dos recursos disponibilizados pela mesma. 2.6. Animação e ocupação dos tempos livres

Animação:  Promoção da leitura:
a) b) c) d) e) – a feira do livro – o livro do mês – concurso de leitura (o melhor leitor da biblioteca/período) – organização de sessões de leitura lúdica em voz alta – exposições de documentos da colecção, novidades, etc.

  

Contactar editora/outro para trazer um escritor à escola Manter animação do placard da BE Divulgação:
a) – boletim informativo ; b) – actualização da página da BE; c) – publicitação das actividades da BE na Escola, na página da escola e blogue. Exposições de trabalhos dos alunos das áreas curriculares disciplinares e das áreas curriculares não disciplinares Comemoração de efemérides: a) – dia/mês internacional da Biblioteca Escolar b) – centenário da implantação da República – exposição de livros sobre este tema – visionamento de um documentário sobre o 5 de Outubro c) – dia da ONU (dia 24 de Outubro) d) – dia da Declaração dos Direitos do Homem e) – dia internacional para a tolerância – bicentenário do nascimento de Louis Braille f) – dia mundial da língua materna g) – dia mundial dos direitos do consumidor h) – 25 de Abril – visionamento de um documentário e/ou possível vinda de alguém que tenha vivenciado esse período (contactar a Associação 25 de Abril) i) – dia do autor português j) – dia mundial do ambiente – comemoração do Ano Internacional da Biodiversidade Halloween na escola – exposição de abóboras Feira dos minerais Audição de música de Natal Celebrando o Natal – leitura de textos alusivos ao Natal – exposição de mensagens e poemas de Natal

 

Page

   

4

  

Recolha de património oral relacionado com o mês de Janeiro – provérbios e as Janeiras Carnaval – origem e pesquisa Páscoa e Santos Populares

Formação e apoio aos utilizadores
a) – Recepção aos alunos (5ºs Anos) – projecção de um powerpoint b) – Apoio a alunos → consultas → apoio bibliográfico → elaboração de trabalhos  Formação de utilizadores → departamentos c) - Elaboração de guias de utilização d) - Actualização dos dossiês temáticos

2.7. 2.8.

Promoção do gosto pela leitura e escrita Formação dos utilizadores e ensino da literacia da informação
a) - produção de guiões de apoio que possam apoiar os utilizadores na realização de tarefas concretas → projecção de um powerpoint →pesquisa de informação → avaliação da pertinência da mesma → realização de sínteses e outros trabalhos, em suportes variados b) – trabalho colaborativo com os professores, visando o ensino e o desenvolvimento da literacia da informação junto dos alunos

2.9. Difusão da informação Garantir a edição de material informativo que proceda à divulgação: → das disposições da tutela e do Gabinete da RBE → dos objectivos e principais decisões da BE → das actividades que promove → das novidades da colecção → das potencialidades pedagógicas da mesma e dos recursos e serviços que disponibiliza. Para garantir essa divulgação, proceder-se-á: a) – à edição regular do Boletim Informativo da BE b) – à animação da página e do blogue da BE c) - à realização continuada de exposições → divulgação de alguns dos principais documentos e novidades da colecção, junto dos professores, alunos e restantes utilizadores

3. Colaboração e parcerias
3.1. Com as outras BE do concelho Irá prosseguir-se com o trabalho interconcelhio, sob a iniciativa e coordenação da RBE. A equipa participará, com um dos seus membros, nas reuniões de trabalho que se realizarem com a colaboradora da RBE, as outras equipas das BES, e com a equipa da E.B.1/JI Fernando Bulhões, visando a articulação de procedimentos e a colaboração mais estreita na organização de actividades

Page

5

3.2. Com a Biblioteca Municipal Será promovida a colaboração com a Biblioteca José Saramago visando a obtenção de apoio técnico eventual para a resolução de problemas ligados à catalogação, à indexação e conservação de documentos. Serão efectuados contactos visando o estabelecimento de parcerias pontuais, que permitam, em condições de empréstimo, a obtenção de documentação com interesse relevante para a actividade lectiva ou para a realização de exposições.

3.3.

Com os Pais e Encarregados de Educação

Procurar-se-á promover redes de colaboração, informando as famílias sobre a BE e o seu programa de promoção de leitura, procurando implicá-las no desenvolvimento de hábitos de leitura nas crianças e jovens

Aprovado em reunião realizada no dia 24 de Setembro de 2009

A Professora Bibliotecária Ana Maria Paiva

Page

6