You are on page 1of 2

RESPOSTA O sofrimento faz parte da vida. O que é sofrer?

Para os ricos, uma diminuição abrupta de patrimônio (de 1 bilhão de dólares para 1 milhão) é um sofrimento insuportável; para outros, ter que viajar sempre de ônibus, por falta de um carro particular; outros ainda acham que uma artrite reumatóide é um grande sofrimento. Um crente que vê seu filho desviado, também sofre. A certeza de que bilhões de amas irão para o inferno é um tipo de sofrimento. Em nenhum lugar da Bíblia os crentes encontram a garantia de que jamais sofrerão. Ademais, o sofrimento conduz ao aperfeiçoamento das virtudes cristãs. Crentes que só pensam em levar uma vida sem problemas, no "bem-bom", devem urgentemente entrar na fila não da quebra de maldições, mas da conversão. Devem aceitar Jesus novamente e começar tudo outra vez. A genética ensina que é possível uma pessoa herdar certos caracteres. Por exemplo, muitos de uma mesma família morrem de ataques cardíacos; outras famílias têm uma história de morte por câncer. Mas isto se explica no âmbito da Medicina, e não no contexto espiritual. Quanto aos desvios morais (alcoolismo, jogatina, adultério, assassinatos,etc),não se pode falar em herança maldita. É certo que a má conduta dos pais pode influenciar o caráter dos filhos, e fazer com que estes sigam o mesmo caminho. Mas isto não é uma regra. Há filhos de pais viciados que seguem caminho diferente; e muitos filhos, cujos pais são honestos e dignos, seguem uma vida dissoluta. Todos esses fardos poderão ser quebrados mediante a aceitação do senhorio de Jesus, nosso libertador. Ele tira o fardo pesado dos vícios, dos pecados, das más influências, da escravidão (Jo 8.32,36). Ele promete alívio a todos os que atenderem ao Seu convite (Mt 11.28). As influências malignas são quebradas quando entregamos nossas vidas ao Senhor (Tg 4.7; 1. Jo 5.18). Todos os homens nascem com a herança da maldição do pecado, em face da desobediência do primeiro casal. Com essa maldição veio a morte física e a morte eterna. Mas tudo isso pode ser quebrado pelo novo nascimento em Cristo. Os viciados e adúlteros devem entrar na fila para se arrependerem de seus pecados, confessarem que Jesus é Senhor e permanecerem na fé. Mas os crentes em Jesus não; estes já estão lavados e remidos no sangue do Cordeiro. Os crentes precisam apenas crescer na graça e no conhecimento do Senhor, e aperfeiçoar as virtudes cristãs (amor, paz, domínio próprio, paciência, perseverança, fé, etc) (Gl 5.22; Pe 3.18). Jesus, Ele próprio, se fez maldição em nosso lugar; levou a lavou nossos

É mais de dentro para fora. A quebra de maldição via conversão não é de fora para dentro. É preciso que haja boa vontade da parte de quem a recebe. for lançada em terreno pedregoso. Então. jamais germinará.pecados. com a ajuda do Espírito Santo. Se a Palavra. através da oração de algum líder religioso. é interior. como semente. devemos pregar o Evangelho da libertação às pessoas à nossa volta para que tenham vida abundante em Cristo. Não adianta quebrar maldições se a pessoa realmente não se converter. . Basta irmos a Ele. A conversão é a mais eficaz e poderosa maneira de quebrar maldição.