You are on page 1of 2

Fifa coloca vitória do Corinthians sobre o Chelsea no top 12 momentos do ano

Outro feito lembrado pela entidade foi o recorde estabelecido pelo argentino Lionel Messi. O atacante do Barcelona superou a marca do alemão Müller, que desde 1972 havia feito o maior número de gols em uma mesma temporada LanceNet A Fifa divulgou nesta quarta-feira (26) a relação dos 12 maiores momentos do futebol na temporada 2012. O título mundial do Corinthians no Japão, diante do Chelsea (Inglaterra), é destacado pela entidade em seu site oficial como um desses momentos. Na descrição do feito corintiano, a Fifa lembra que 'o campeão mundial da primeira edição em 2000' acabou com um 'domínio europeu nos últimos anos. O texto ainda diz que o triunfo ocorreu 'diante de mais de 25 mil torcedores do Timão em Yokohama', além de lembrar o gol de Paolo Guerrero na segunda etapa. Os outros 11 momentos do futebol mundial na temporada destacados pela Fifa foram os seguintes: 1) Emoção em Libreville (primeiro título continental da Zâmbia); 2) O milagre de Muamba (Fabrice Muamba lutar pela própria vida no gramado do White Hart Lane);

3) Nos descontos (A batalha pelo título do Campeonato Inglês foi até o minuto final do último jogo da temporada); 4) A consagração de Drogba (atacante marfinense responsável pela cobrança decisiva na decisão por pênaltis, garantindo o primeiro título europeu do Chelsea); 5) Taiti conquista a Oceania (troféu continental foi disputado por Taiti e Nova Caledônia, e foi um gol de Steevy Chong Hue que garantiu aos taitianos o título e um lugar na Copa das Confederações da FIFA); 6) Rangers na quarta (depois de 140 anos de história e uma incomparável marca de 54 títulos nacionais, o clube escocês decreta falência e vai parar na quarta divisão do país); 7) A cavadinha de Pirlo (A Itália perdia por 2 a 1 a decisão por pênaltis contra a Inglaterra pelas quartas de final da Euro 2012. O meio-campista deu uma cavadinha para acertar a cobrança, desestabilizar os ingleses e iniciar uma memorável virada de 4 a 2); 8) A confirmação da Espanha (A equipe comandada por Vicente Del Bosque bateu a Itália por uma diferença recorde de quatro gols para conquistar o bicampeonato europeu); 9) Morgan define jogaço (estádio Old Trafford foi palco de EUA x Canadá, pela semifinal do Torneio Olímpico de Futebol Feminino, com Alex Morgan selando uma vitória de 4 a 3 para as americanas no último minuto da prorrogação) 10) Ibra quatro vezes (Logo no seu primeiro jogo, a novíssima Arena dos Amigos de Estocolmo assistiu a uma exibição histórica. Zlatan Ibrahimovic tornou-se o primeiro jogador em 915 partidas a marcar quatro gols contra a Inglaterra) 11) Messi ultrapassa Müller (argentino marcou os seus gols de número 85 e 86 no ano de 2012, superando a marca que o alemão havia estabelecido em 1972. E o argentino não parou por aí, encerrando a conta com um incrível total de 91)