You are on page 1of 18

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu

MCE6 Tema: “Desenvolvimento da Carreira”

Docente: Dra. Ana Nunes

Trabalho realizado por: Liliane Matias nº12159 Rosa Marques nº 12157

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Índice
Introdução: .......................................................................................................................... 3 Importância do Desenvolvimento e Gestão da Carreira ....................................... 4 Plano de Carreira – Liliane .............................................................................................. 5 Plano de Carreira – Rosa ................................................................................................ 9 Exercício de Orientação da Carreira I .........................................................................13 Reflexão sobre o modo como outras pessoas vêem as nossas preferências vocacionais – Liliane .....................................................................................................13 Reflexões sobre o modo como outras pessoas vêem as nossas preferências vocacionais – Rosa .............................................................................. 14 Exercício de Orientação da Carreira II .......................................................................15 Liliane ................................................................................................................................15 Rosa .................................................................................................................................. 16 Conclusão: .......................................................................................................................... 17 Bibliografia: ........................................................................................................................ 18

2 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Introdução:
O inicio de carreira é muitas vezes um momento difícil, de muitas novidades, conflitos, marcados por expectativas momentos inusitados e, às vezes, pelo choque com a realidade. Por isso, este trabalho foi proposto pela Dra. Ana Paula Nunes em virtude da unidade curricular MCE6- “Desenvolvimento da Carreira, onde nos foi pedido para reflectir sobre nós próprios e sabermos qual a percepção profissional que algumas pessoas próximas têm acerca de nós. Para além disso, desenvolveremos também um plano de carreira onde iremos perspectivar aquilo que será a nossa vida profissional isto é vamos pensar sobre quais as áreas em que queremos trabalhar, quais as formações profissionais a optar entre outras. Iremos também abordar a importância que desenvolvimento e gestão da Carreira pode ter nas nossas vidas, pois muitas vezes o emprego desejado não aquele que se consegue à primeira mas a qualquer altura pode surgir a oportunidade e nós devemos estar preparados.

3 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Importância do Desenvolvimento e Gestão da Carreira
A gestão da carreira é um processo em que a pessoa desenvolve, implementa e monitoriza objectivos e estratégias de carreira. Para uma gestão de carreira eficaz é requerido:      Conhecimento individual; Conhecimento do meio envolvente; Desenvolvimento de objectivos realistas e operacionais; Implementação dos objectivos; Revisão contínua para adaptação a eventuais mudanças.

Segundo Paula Baptista, Managing Directora da Hays em Portugal, considera que o que caracteriza uma carreira bem sucedida é a capacidade de estabelecer e cumprir as metas a que se propõe, pois apesar de parecer um processo simples exige o estabelecimento de várias regras, sempre associadas a uma atitude perseverante. No entanto, por de trás de uma carreira está muitas vezes um plano de carreira ou seja um percurso profissional desejável, previamente definido, capaz de estimular o desenvolvimento profissional de um colaborador. O plano de carreira traduz-se em vantagens quer para o criador do plano quer para as organizações. Na perspectiva de quem elabora o plano as vantagens que se destacam são:   Antever um conjunto de possibilidades sobre o seu desenvolvimento futuro enquanto colaborador de uma organização; Enriquecer as suas competências tendo em vista objectivos profissionais futuros a atingir Já na perspectiva das organizações as vantagens do plano de negócios são:   Preocupação com o desenvolvimento do

potencial dos colaboradores Reforço da percepção por parte do colaborador da importância das diferentes práticas de gestão de recursos humanos
4 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Plano de Carreira – Liliane
Plano de Carreira – I ANÁLISE DA SITUAÇÃO

Tipo de Factor Factores a considerar Favorável Desfavorável

Internos: Talentos Personalidade Habilitações Competências Experiencias Motivações (…)

Os meus pontos fortes são: O gosto pelo contacto com o público; Estar sempre preparada para qualquer desafio; Ser responsável, e querer sempre dar o máximo; Duas experiências profissionais que me levaram a ter um contacto directo com o mundo do trabalho; Estar a concluir o curso Superior de Gestão de empresas;

Os meus pontos fracos são: A nível de personalidade destaca-se por um lado a teimosia mas por outro a timidez; Falta-me alguma formação na área na banca/seguros, a área que eu gostaria de seguir;

Externos: Económico Social Legal Tecnológico (…)

Oportunidades para mim: Ameaças para mim: Aproveitar o momento para O contexto sócio adquirir mais formações de económico de crise; forma a poder-me distinguir Recessão da economia; de outros profissionais; Aumento do desemprego; Considerar a possibilidade de emigrar para o estrangeiro;

5 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira Plano de Carreira – II

DEFINIÇÃO DE OBJECTIVOS

Os meus objectivos pessoais

Conseguir um emprego na área da banca/seguros ou na área da contabilidade;

Descrição da função desejada

Assegurar a gestão de clientes, atendimento ao público

Entidades (potenciais empregadores) que me interessam

Organizações: Todas as instituições bancárias (BPI, BES, BCP, BIC…) e também todas as companhias de seguros (Tranquilidade, Liberty Seguros, …) : Área Geográfica: Portugal ou Estrangeiro

As características que me diferenciam e destacam face a outros candidatos

Personalidade: Gosto pelo atendimento ao público; estar sempre pronta para enfrentar qualquer desafio; Formação e experiencia: Estou a concluir o curso de Gestão de Empresas;

O meu posicionamento

Neste momento falta-me alguma formação específica;

6 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Plano de Carreira – III PLANIFICAÇÃO

Estratégias (acções que potenciam a minha empregabilidade)

Formação/Treino (Cursos): Fazer o exame para ser TOC; Fazer formação na área da banca; Projectos e experiências profissionais: Já tive duas experiencias profissionais como caixa :Obstáculos a ultrapassar: Conseguir fazer a formação na área da banca pois é difícil de encontrar;

Remuneração pretendida Estratégia de Promoção Estratégia de divulgação dos objectivos

700€ Fazer o meu CV com a respectiva carta de apresentação de acordo com a entidade a que me candidato. Por os meus objectivos nas redes sociais e manter sempre contacto com os amigos, colegas de trabalho…

7 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira Plano de Carreira – IV Implementação e controlo

Acções e prazos

Acções a Realizar Inscrição na ordem dos TOCs; Tentar fazer formações complementares;

Prazo limite 2anos Sempre que possível

Avaliação

O que resultou:

O que não resultou:

Controlo

8 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Plano de Carreira – Rosa
Plano de Carreira – I ANÁLISE DA SITUAÇÃO

Tipo de Factor Factores a considerar Internos: Talentos Personalidade Habilitações Competências Experiencias Motivações Favorável Desfavorável

Os meus pontos fortes são: Matemática; Raciocínio; Dinamismo; Dedicação.

Os meus pontos fracos são: Fraca em línguas (alemão, inglês, francês) ; Pouca aptidão para falar em público.

(…)
Externos: Económico Social Legal Tecnológico (…) Oportunidades para mim: Elevada carga fiscal; Maior importância dada à área financeira de uma empresa; Crescimento económico do Brasil. Ameaças para mim: Crise económica; Elevada taxa de desemprego.

9 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira Plano de Carreira – III

PLANIFICAÇÃO

Estratégias (acções que potenciam a minha empregabilidade)

Formação/Treino (Cursos):Cursos de línguas (inglês , alemão, espanhol ) Projetos e experiências profissionais: fazer o exame de acesso a OTOC Atividades extracurriculares: voluntariado em hospital, ações de formação. Obstáculos a ultrapassar:

Remuneração pretendida

500-1500€

Estratégia de Promoção Preparação de apresentação de CVs; Estratégia de divulgação dos objectivos Aumentar a minha rede de contactos através da realização de networking:

10 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira Plano de Carreira – II

DEFINIÇÃO DE OBJECTIVOS

Os meus objectivos pessoais

Trabalhar na área de consultoria, contabilidade procurando progredir na carreira

Descrição da função desejada

Desenvolver estudos e análises de natureza financeira de suporte à decisão; Trabalhar na área de contabilidade, fiscalidade.

Entidades (potenciais empregadores) que me interessam

Organizações: empresas, banca, seguradoras.

Área Geográfica: Portugal ou estrangeiro.

As características que me diferenciam e destacam face a outros candidatos

Talentos: Personalidade: criatividade, humildade, honestidade, gostar de saber o porque das coisas

Formação e experiencia: Curso de informática

Outras: O meu posicionamento Como me comparo com os outros:

11 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira Plano de Carreira – IV

IMPLEMENTAÇÃO E CONTROLO

Acções e prazos

Acções a Realizar

Prazo limite

Curso de inglês

Até ao fim 2013

Avaliação

O que resultou: O que não resultou:

Controlo

O que deve ser alterado no plano e/ou como modificar determinada estratégia:

12 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Exercício de Orientação da Carreira I
Reflexão sobre o modo como outras pessoas vêem as nossas preferências vocacionais – Liliane
Bem, no meu caso as pessoas que me rodeiam veem em mim aquilo que realmente sou pois a ideia que têm acerca de mim não foge muito da realidade. A minha irmã pensa que vou ser uma gestora de clientes de sucesso num banco, o que vai verdadeiramente de encontro à carreira que mais ambiciono. Já a minha mãe acha que eu tenho uma maior inclinação para a contabilidade. Eu, pessoalmente até gosto, apesar de ter sido uma cadeira difícil de realizar. No entanto, esta opção no meu plano de carreira é uma alternativa à carreira na área na banca. As minhas amigas sabem que tenho alguma habilidade para a pastelaria, e acham que se as carreiras em que pensei não resultarem que algum negócio liga a esta área pode ser uma boa alternativa, ideia com a qual eu concordo e acho que pode resultar.

13 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Reflexões sobre o modo como outras pessoas vêem as nossas preferências vocacionais – Rosa

As outras pessoas vêem me como uma pessoa calma, humilde, simpática. Uma pessoa que gosta muito de matemática cálculos e que procura fazer as coisas tentando perceber o porque das serem assim feitas as coisas dessa forma e não de outra. Uma pessoa que gosta sempre de andar ocorrente daquilo que se passa á volta dela e no mundo em geral. A maioria das pessoas viam me mais numa área relacionada com saúde em vez desta área. Quando concorri para este curso uma auxiliar da escola que frequentava perguntou-me para aquilo que eu tinha concorrido e quando eu lhe respondi ela disse-me: “pensava que tinhas ido para enfermagem tens uma cara tão simpática”. Os meus pais em relação às minhas preferências vocacionais nunca questionaram sempre apoiaram, a única coisa que ainda me dizem é que fui eu que escolhi o curso e que me dedique a ele.

14 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Exercício de Orientação da Carreira II
Liliane
Neste exercício optei então por colocar as questões à minha mãe, à minha irmã e a uma minha amiga respectivamente. Quais as minhas características e as minhas qualidades mais importantes para a minha futura opção de carreira? Mãe – Não tem medo de nada, é desinibida e decidida. Tenta sempre dar o melhor de si. Irmã – Muito empenhada, competente e humanista. Sabe trabalhar em grupo, é boa comunicadora e criativa. Amiga – Uma pessoa calma, com boa cultura geral, boa capacidade de improviso, uma pessoa desenrascada.

Em que tipo de atividade me vê a trabalhar? Mãe – Vejo-a talvez a trabalhar numa empresa como contabilista ou como gestora numa empresa, apesar dos tempos difíceis. Irmã – A coordenar/gerir pessoas ou como empresária. Amiga – Uma atividade que tenhas contacto com pessoas, num banco, numa seguradora.

Onde me vês profissionalmente daqui a dez anos? Mãe – Daqui a dez anos penso que a minha filha será uma empresária de sucesso. Irmã – Empresária ou como gerente de empresa. Amiga – Vejo-te talvez a dirigir uma pastelaria, com curso relacionado a restauração tirado ou num banco ou seguradora a lidar diretamente com clientes.

15 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Rosa
Perguntas: -Quais as minhas características e qualidades mais importantes para a minha futura opção de carreira? Amiga - Empenho nas coisas. Amiga - Inteligente, com uma boa capacidade de raciocínio e dedicada. Amigo - Gosta de aprender, humilde.

-Em que tipo de atividade me vê a trabalhar? Amiga - Atividade ligada a fiscalidade e contabilidade. Amiga - Penso que a Rosa terá uma carreira promissora na Administração Fiscal pois é uma área que deseja e na minha opinião tem muito potencial para exercê-la. Amigo - Numa seguradora, num banco talvez. -Para além deste curso em que outro me vias? Amiga - Curso de química. Amiga - Sinceramente num curso ligado à matemática pois sei que é um grande interesse teu. Amigo - Direito. -Que formação adicional deve fazer para potenciar a minha carreira? Amiga - Pequenas formações dentro da área de gestão, contabilidade Amiga - Talvez uma formação a nível de impostos pois existe outros impostos que não lecionados no nosso curso e visto que é uma área que gostarias de seguir, penso que é uma boa aposta para a tua carreira. Amigo - Ações de formação ligadas à área contabilística e/ou fiscal, um mestrado.

16 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Conclusão:

A realização do plano de carreira conjuntamente com os exercícios de orientação de carreira possibilitou-nos uma visão mais objetiva da nossa carreira a longo prazo. O plano de carreira mostrou-se um método muito útil para criar metas que se querem atingir, pensar no que temos de fazer para lá chegar. Possibilitou-nos considerar acerca de quais os nossos pontos fortes e fracos e o que podemos fazer para superar os últimos. Tendo em conta a conjuntura atual fez-nos pensar naquilo que pode para nós ser uma ameaça ou uma oportunidade. Tendo em conta que é o último ano da licenciatura em gestão de empresas o plano realizado fez com que nos aproximássemos mais do mercado de trabalho pesquisando sobre possíveis funções a desempenhar, potenciais empregadores e ainda que é necessário procurar diferenciarmo-nos de alguma forma no mercado de trabalho pois este é extremamente competitivo. O plano criado não é algo que tem que ser cumprido na íntegra mas potencia a que criemos e precisemos objetivos e metas na nossa carreira que devemos ir reformulando ao longo do tempo.

17 Ano lectivo: 2012/2013

MCE6-Desenvolvimento da Carreira

Bibliografia:
http://expresso.sapo.pt/conversa-com-especialistas-gestao-de-carreirasiii=f582459#ixzz2CfQNgH5o http://groups.ist.utl.pt/unidades/tt/files/M%C3%B3dulo4_Negocia%C3%A7%C3%A3o-e-Gest%C3%A3o-da-Carreira.pdf Material cedido pela Docente

18 Ano lectivo: 2012/2013