You are on page 1of 10

Módulo 7 - Eixo Traseiro

Global Training

Eixo Traseiro

Fundamental de Serviço - Treinamento Técnico

192

e o eixo traseiro sofre constante oscilação. não se encontra a árvore de transmissão. Fundamental de Serviço .Treinamento Técnico 193 . Como a caixa de mudança é fixa. transmite o movimento da caixa de mudanças ao eixo traseiro nos modelos convencionais. chamadas juntas Universais. as ligações da árvore de transmissão com a caixa de mudanças e com o eixo traseiro são feitas por meio de articulações flexíveis.Árvore de Transmissão Global Training Mais conhecida como “Eixo Cardan” ou simplesmente “transmissão”. Nos automóveis em que a caixa de mudança e o diferencial formam um só conjunto.

no qual se comunica às rodas montadas em uma árvore transversal.Eixo Traseiro Os componentes do eixo traseiro são: Global Training Carcaça do diferencial Cubo da Roda Lonas de Freio Cilindro do Freio Semi-Árvore Flange de acoplamento Tambor de Freio Porca de fixação do conjunto do pinhão Parafuso de regulagem de encosto da coroa Princípio de funcionamento A rotação do motor. que pode ser interrompida a qualquer instante por intermédio da embreagem. sempre desmultiplicado. passa pela caixa de mudanças chegando ao eixo traseiro. por ser o pinhão menor que a coroa. Fundamental de Serviço . conseguese por meio da engrenagem de um pinhão e de uma coroa.Treinamento Técnico 194 . que possui de cada lado uma semi-árvore. Esta mudança em ângulo reto. ajustando-se às condições de trabalho correspondente a cada tipo de veículo. que comunicam às rodas o movimento do motor.

Esse movimento se divide no diferencial e é transmitido às rodas através das semi-árvores. As engrenagens cônicas compreendem uma coroa dentada solidária ao diferencial que é acionada por um pinhão ligado à árvore de transmissão.Treinamento Técnico 195 .Coroa/Pinhão Global Training A transmissão angular tem a função de mudar a direção do movimento transmitido pela árvore motora de transmissão num ângulo de 90º. é o de engrenagens cônicas. O tipo de transmissão angular mais empregado. atualmente. Coroa Satélite Pinhão Planetárias Fundamental de Serviço .

possui algumas vantagens em relação aos outros. Outra vantagem. atualmente prefere-se os dentes helicoidais que apresentam as vantagens de um funcionamento silencioso. um bom rendimento mecânico e uma maior resistência ao desgaste. mas. Uma delas é permitir uma colocação mais baixa da árvore de transmissão.Treinamento Técnico 196 . o que era crítico no sistema palóide (linha de centro do pinhão coincidindo com a linha de centro da coroa. é a possibilidade de se obter maior superfície de contato entre dentes.Global Training As engrenagens cônicas podem ter os dentes retos. devido ao crescente emprego de linhas aerodinâmicas e redução da altura dos veículos. Uma outra vantagem e a mais importante é uma maior distribuição das forças que se produzem no rolamento da ponta do pinhão. pois toda força transmitida à coroa pelo pinhão ficava concentrada no alojamento dos rolamentos da mesma. Quando o pinhão for montado com a linha de centro. Esse tipo. Fundamental de Serviço . evitando com isso as constantes quebras do alojamento do mesmo. deslocada em relação a linha de centro da coroa. se dizem sistema hipóide.

move consigo a caixa de satélites rigidamente ligada a ela. Ele permite que uma roda gire a uma certa velocidade. e a outra com velocidade maior ou menor. quando por exemplo o veículo descreve uma curva. Satélites Planetárias Fundamental de Serviço . estas e as respectivas semi-árvores terão as rotações iguais e no mesmo sentido da coroa. nas curvas. evidentemente. No entanto. as planetárias giram as velocidades diferentes. Se o eixo das rodas traseiras fosse rígido.Diferencial Global Training O diferencial é um dispositivo mecânico que permite diferença de velocidade entre as rodas de tração sob certas circunstâncias. a roda de tração do lado de dentro iria arrastar-se no solo. os dentes das satélites se deslocam sobre os dentes das planetárias e o conjunto já não funciona como se fosse rígido. Como elas engrenam em forma de cunha com as planetárias. compensando a diferença. de modo que as engrenagens satélites são obrigadas a se moverem em seu próprio eixo. o conjunto diferencial entra em ação da seguinte maneira: desde que haja diferença de tração ou de resistência. Essa diferença de velocidade é necessária. enquanto o veículo estiver andando em linha reta. Como já vimos. se uma roda oferece resistência maior que a outra. de modo que quando ela gira. o pinhão se engrena à coroa.Treinamento Técnico 197 . já que o tempo é o mesmo e as trajetórias descritas são diferentes. Assim. A velocidade de rotação das rodas do lado de dentro da curva é menor que a velocidade de rotação das rodas do lado de fora. fazendo com que as engrenagens satélites sejam arrastadas.

teremos praticamente uma marcha intermediária entre as marchas normais da caixa de mudanças. esse diferencial poderá além de dupla redução. Aplicando-se segunda redução. dispor de bloqueio de diferencial. que propicia ao veículo vencer com facilidade terrenos acidentados com arranques mais firmes. Fundamental de Serviço .Treinamento Técnico 198 .Eixo Traseiro Com Duas Velocidades Global Training Este eixo traseiro tem duas reduções. portanto. duas velocidades. Para serviços fora de estrada à baixa velocidade. o que resultará em perfeita adaptação do veículo às diferentes condições de serviço e melhor aproveitamento da potência do motor.

impede o efeito diferencial do compensador mantendo unidos fixamente o 1º e 2º eixo. daí diretamente ao eixo posterior. A função do divisor é compensar a diferença de rotações entre os dois eixos. provocadas pelos acidentes do terreno e etc. caixa de satélites. semi-árvores) devido ao aperfeiçoamento das técnicas de construção de todo o conjunto do eixo. O bloqueio do divisor de torque ao ser acionado.Treinamento Técnico 199 . por uma árvore de transmissão passante. Ao sistema está Iigado um divisor de torque (compensador) .Eixo Traseiro Com Compensador Global Training Este tipo de eixo traseiro tem aplicação específica em certos veículos que possuem dois eixos motrizes na traseira. diminuindo com isso maiores tensões nos elementos de transmissão (coroa. A força é transmitida da caixa de mudanças ao 10º eixo traseiro e.. O bloqueio do divisor de torque deve ser aplicado sempre que o veículo trafegar em terrenos inconsistentes (alagados) e desfeito tão logo cessem as condições adversas. pinhão. Luva do Bloqueio longitudinal Engrenagem Satélite Planetária Pinhão Luva do Bloqueio transversal Coroa Fundamental de Serviço .

Bloqueio Longitudinal e Transversal Global Training O bloqueio do divisor ( longitudinal ) de torque deve ser aplicado sempre que o veículo trafegar em terrenos inconsistentes (alagados) e desfeito tão logo cessem as condições adversas. O bloqueio da luva ( Transversal ) anula o efeito das planetárias. ou seja. o eixo trabalha como se fosse rígido.Treinamento Técnico 200 . Fundamental de Serviço .

Treinamento Técnico 201 . aumentando-se. assim.Global Training Nos eixos de cubos redutores. a redução principal é efetuada nos cubos das rodas. Desta forma. Fundamental de Serviço . pode se reduzir o tamanho da carcaça do diferencial. a altura livre sobre o piso (muito importante para veículos utilizados em canteiros de obras).