1

EXCELENTÍSSIMO JUIZ FEDERAL DA 1ª JUDICIÁRIA DO ESTADO DE MATO GROSSO.

VARA

DA

SEÇÃO

Autos nº 8111-52.2012.4.01.3600

Mandado de Segurança Impetrante: Celso Marques de Araújo Impetrado: Presidente da OAB/MT e outros

O PRESIDENTE DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL – SECCIONAL MATO GORSSO, Cláudio Stábile Ribeiro, na qualidade de representante da entidade e do Conselho Seccional nos termos do art. 59 c/c 55, § 1º, da Lei nº 8.096/94, com domicilio no endereço constante do rodapé destas, vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, por intermédio de seus procuradores ao final assinados (doc. 1), em atenção à notificação expedida no mandado de segurança em epígrafe, no prazo legal, apresentar as cabíveis informações e defesa, nos seguintes termos:

Das informações e defesa meritória
Nobre Julgador, inicialmente a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso, registra que diferente do alardeado no writ o impetrante não foi excluído dos quadros da OAB/MT, apenas encontrase suspenso por força de decisão exarada em processo administrativo ético-disciplinar a qual esta em plena vigência com a revogação da liminar concedida nos autos do mandado de segurança Nº 436516.2011.4.01.3600 o qual foi extinto sem julgamento do mérito, fato este já observado por Vossa Excelência na decisão datada de 30-05-2012 dos presentes autos.
2ª Avenida Transversal, s/n – CPA – Tel.: (0xx-65) 3613-0900 – Fax.: (0xx-65) 3613-0921 – CEP: 78050-970 – Cuiabá - MT Site: http://www.oabmt.org.br

2

De modo semelhante tem-se que o fato de existir uma ação judicial de nulidade de atos administrativos por si só não tem o condão suspender as decisões tomadas pela administração, e como bem exarado por Vossa Excelência, em não havendo a suspensão das mesmas por força de decisão judicial, restam, por ora, incólumes as conclusões dos feitos administrativos, ou seja, o impetrante permanece suspenso das atividades profissionais.

Ocorre que o cerne da questão esta assentando sobre a efetiva anotação da suspensão no prontuário do impetrante. Pois bem, em 25/03/2011 o impetrante teve implementado a pena de suspensão proferida e transitada em julgado nos autos do processo ético-disciplinar Nº 2.373/2002, pena esta suspensa em razão da liminar deferida nos autos do mandado de segurança tombado sob o Nº 436516.2011.4.01.3600 que tramitava por esta r. vara. Em 09/01/2012 sobreveio sentença extinguido o writ acima declinado, sem resolução de mérito, por corolário revogando a liminar que assegurara o exercício profissional do impetrante. No inicio de maio/2012 a OAB/MT foi intimada acerca da r. decisão, sendo que após despacho fundamento do Presidente do TED/OAB/MT a pena de suspensão aplicada nos autos do processo éticodisciplinar Nº 2.373/2002 foi restabelecida, observando-se o prazo já cumprido. Assim em 22/05/2012 a pena de suspensão aplicada ao impetrante foi restabelecida, bem como as anotações lançadas no prontuário da impetrante junto a OAB/MT. O impetrante teve ciência da implementação da suspensão em 25/05/12 mediante carta envida por “AR” cuja a cópia se carreia a presente defesa. Nesse desiderato expediu-se os comunicados de praxe as autoridades competentes. Impende registrar Douto Julgador que a suspensão do impetrante foi efetivamente anotada em seu prontuário em 25/05/2012. No que tange a consulta realizada por Vossa Excelência, no sitio eletrônico da OAB/MT, registramos que ao se acessar o link “serviços online”, “cadastro de advogados”, o site da OAB/MT recaminha o interessado ao “Cadastro Nacional de Advogados” que é mantido pelo Conselho Federal da OAB, que a época da consulta realizada por Vossa Excelência, provavelmente não havia logrado êxito em efetuar a alteração no Cadastro Nacional, para informar que o impetrante estava suspenso. Porem em reprisando a anotação fora implementada no prontuário do impetrante junto a OAB/MT em 22/05/2012.

2ª Avenida Transversal, s/n – CPA – Tel.: (0xx-65) 3613-0900 – Fax.: (0xx-65) 3613-0921 – CEP: 78050-970 – Cuiabá - MT Site: http://www.oabmt.org.br

3

Nobre Julgador os atos praticados nos processos administrativos em tramite junto a OAB/MT, em desfavor do impetrante, guardam o devido respeito as princípios que os norteiam, entre eles legalidade, ampla defesa, contraditório, duplo grau e entre outros, o que lança por terra os alaridos do vertidos na inicial, que lança mão do presente writ para fins diverso do que resguardar direito liquido e certo, tanto o é que o mesmo não logra êxito e demonstrar qual a lesão a seu direito. Pelo o acima exposto requer ao final SEJA NEGADA A SEGURANÇA VINDICADA, como a revogação da liminar deferida.

Estas são as informações.

Cuiabá, em 25 de junho de 2012.

Cláudio Stábile Ribeiro
Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – MT

Marcondes Rai Novack – OAB/MT 8.571 Procurador Juridico da OAB/MT

2ª Avenida Transversal, s/n – CPA – Tel.: (0xx-65) 3613-0900 – Fax.: (0xx-65) 3613-0921 – CEP: 78050-970 – Cuiabá - MT Site: http://www.oabmt.org.br