You are on page 1of 3

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA – ESCRITÓRIO MODELO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA __ª VARA DE FAMILIA E SUCESSÕES DA COMARCA DE UBERLÂNDIA MG

MARINA

ROSANA

NOGUEIRA

DA

SILVA,

menor

impúbere,

nascida aos dois de abril de dois mil e quatro, natural de Taboão da Serra/ SP, neste ato representada por sua mãe MICHELE ROSANE DA SILVA, auxiliar de copa e cozinha, portadora da Carteira de Identidade/RG nº40.500.377-8, e inscrita no CPF nº 308464688-08, residente e domiciliada na Rua Travessa Solar, nº 31, no Bairro Jardim Brasília na cidade de Uberlândia/MG, vem perante Vossa Excelência, por intermédio de seus procuradores in fine, assinados com escritório na Rua General Osório nº 67, Bairro Fundinho, Uberlânida-MG, onde recebem intimações, propor:

AÇÃO DE ALIMENTOS, pelo rito especial (Lei 5478/68) Em face MANASSES NOGUEIRA DA SILVA, natural de Embu-SP, filho de Manoel Nogueira Da Silva e Rubenita Conceição Da Silva, atualmente em endereço incerto e não sabido. DOS FATOS A autora é filha do réu, conforme faz prova da certidão de nascimento em anexo. Entretanto desde o fim do relacionamento, o réu tem se escusado do seu dever de contribuir para o sustento do filho. A requerente desconhece a situação econômica do alimentante haja vista, a perda de contato com o mesmo, que se encontra em local incerto e não sabido. DOS FUNDAMENTOS

no valor equivalente a 30% (trinta por cento) dos seus rendimentos integrais. inclusive para atender as necessidades de sua educação. O mesmo diploma legal preceitua ainda que seja devidos os alimentos a quem não tem bens suficientes para prover pelo seu trabalho à própria mantença. pode fornecê-los. e a identificação do empregador.NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA – ESCRITÓRIO MODELO Com fulcro no artigo 1694 do Código Civil podem os parentes. e aquele. com desconto em folha de pagamento quando empregado. uma vez que a representante da autora é juridicamente pobre. conforme documentos em anexo.00 (setecentos reais) por mês. cônjuges ou companheiros pedir uns aos outros os alimentos de que necessitam para viver de modo compatível com sua condição social. o qual é realizado precariamente. nos termos da Lei nº 1060/50 C/C Lei nº 5478/68. . b)A intimação do representante do Ministério Publico para acompanhar o presente feito até a prolação da sentença. c) A expedição de oficio à Justiça Eleitoral. sem desfalque do necessário ao seu sustento. de quem se reclamam. auferindo uma renda pouco maior que R$ 700. para viabilizar o desconto em folha de pagamento. para localização do alimentante. dos alimentos devidos. bem como. f) E seja finalmente. visto que. No caso em questão a autora é menor impúbere e sua mãe não tem condições de manter sozinha o sustento de sua filha. o réu condenado a pagar alimentos devidos ao autor. d) A expedição de oficio a Caixa Econômica Federal para abertura de conta em nome da representante da menor e) Fixação de alimentos provisórios no importe de 30% (trinta por cento) sob os rendimentos do impetrado. expedição de oficio à Caixa Econômica Federal a fim de verificar se o alimentante percebe depósitos de FGTS atualmente. DOS PEDIDOS Ante o exposto requer: a)Os benefícios da assistência judiciária gratuita. é auxiliar de copa e cozinha.

onde. Neste termos pede deferimento. juntado em anexo. 24 de maio de 2012. a ser designada por este douto juízo.92 (dois mil duzentos e trinta e nove reais e noventa e dois centavos). Protesto provar o alegado por todos os meios de provas admitidos em direito.NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA – ESCRITÓRIO MODELO g) A citação do demandado para comparecer em audiência de conciliação e julgamento. se quiser. sob pena de sujeitar-se aos efeitos da revelia. Uberlândia. Dá se a causa o valor de R$ 2. poderá oferecer resposta.239. notadamente documental. ALFREDO BARBOSA FILHO OAB-MG 114240 CAROLINA PERES MILWARD AZEVEDO OAB/MG 102041 CAROLINA NAVES AMARAL OAB/MG 109084 LAURA RIBEIRO OLIVEIRA OAB/MG 125219 MURILO NAVES AMARAL OAB-MG 109303 .