INFORMAÇÕES SOBRE O LEITE

O leite contém uma grande variedade de nutrientes essenciais ao crescimento e manutenção de uma vida saudável. Além de energia e proteína ele é rico em cálcio, o principal mineral na prevenção da OSTEOPOROSE. O desenvolvimento tecnológico permite, hoje, melhorar ainda mais seu valor nutricional. O leite pode ser ENRIQUECIDO com cálcio, ferro e vitaminas. O leite pode ainda ser modificado na composição, para uma finalidade específica, como o leite com ômega ou com lactose reduzida (chamados LEITES FUNCIONAIS). Existem, além do leite INTEGRAL, os leites DESNATADO e SEMIDESNATADO, que têm parte da gordura retirada, para aquelas pessoas que precisam ou querem controlar a ingestão de GORDURA. Mas na hora da decisão de qual leite comprar, devemos ter em mente que antes de tudo, o leite deve ser seguro. Isto significa que devemos comprar leite que foi adequadamente tratado pelo calor, de forma que os germes que podem fazer mal à saúde sejam eliminados. Os principais são os leites PASTEURIZADO e LONGA VIDA (UHT). Existem ainda os chamados LEITES INFANTIS, que são utilizados por mães com reais problemas de amamentação. Apenas o leite que está com embalagem íntegra e que foi fiscalizado pelos órgãos de INSPEÇÃO é seguro ao consumidor. O LEITE CRU, direto da fazenda, vendido em canequinhas ou garrafas, não deve ser consumido, pois pode transmitir doenças. Leite Pasteurizado A pasteurização é empregada para garantir ao consumidor um leite seguro, isento de microrganismos que podem causar doenças no homem. Essa tecnologia consiste em aquecer o leite à temperaturas entre 72 e 75oC por um tempo que pode variar de 15 a 20 segundos. Após esse tratamento térmico, o leite é resfriado à 5oC e, em seguida, é embalado e estocado em câmaras refrigeradas. Leites pasteurizados devem ser mantidos em refrigeradores durante todo o tempo: na indústria, no comércio e em casa; o transporte do leite do mercado ou padaria até em casa deve ser o mais rápido possível. A refrigeração do leite é importante para evitar que ele estrague mais rapidamente, ou seja, antes de chegar ao fim do prazo de validade. A razão de

Já o leite tipo B é transportado para a indústria onde é pasteurizado e embalado. O leite tipo A é obtido sob um controle mais rigoroso. Esta é razão pela qual o leite longa vida. sem conter nenhum conservante. podem estragar o produto. também após o uso. poderá haver alterações de sabor. A caixinha de leite pasteurizado não pode ser confundida com a de leite longa vida. em pó. de cerca de quatro segundos. até que seja aberto. pasteurizado e embalado na própria fazenda. com a mesma variação de rebanhos da do tipo B. que possam estar presentes no leite. tipo B ou tipo C. no entanto. passa por rigorosas análises que assegurem sua qualidade. O leite utilizado para a fabricação do Leite Longa Vida tem a mesma origem que o leite utilizado na fabricação do leite pasteurizado. contendo. como a garrafa plástica e a embalagem cartonada (caixinha de leite pasteurizado). Os tipos de leite pasteurizado Existem tipos diferentes de leite pasteurizado. contendo. Além disso. qualquer que seja a embalagem. UAT (Ultra Alta Temperatura) ou UHT (do inglês Ultra High Temperature). A conservação em geladeira O leite pasteurizado deve ser sempre mantido em geladeira. classificados como tipo A. porém. apesar de não fazerem mal à saúde. As embalagens de leite pasteurizado O leite pasteurizado pode ser encontrado em diferentes tipos de embalagem. o “saquinho plástico” é embalagem mais comum. Entretanto. um número maior de microorganismos.isso acontecer é porque existem bactérias que sobrevivem à pasteurização e que. E adicionado ainda o citrato de sódio que é um . enquanto que os tipos A e B possuem quantidade de gordura superior. como é proveniente de rebanhos misturados e com alimentação variada. iogurtes e outros. porque quanto mais tempo o leite fica fora da geladeira. é a quantidade de microorganismos presentes antes e depois da pasteurização. O consumidor deve ficar atento para voltar o leite rapidamente à geladeira. para que não azede. Esta é a principal diferença entre o leite longa vida e o leite pasteurizado. portanto uma menor quantidade de microorganismos. A principal diferença entre eles. e como é extraído de um único rebanho garante um sabor sem oscilações. O leite tipo C é aquele que também é pasteurizado e embalado na indústria. de acordo com a forma em que o leite é obtido na fazenda. que ser mantido fora da geladeira. o leite tipo C tem 3% de gordura. quanto os agentes não nocivos à saúde são eliminados. Leite Longa Vida (UHT) Leite Longa Vida é o leite tratado por um processo denominado Ultrapasteurização. Tanto os agentes causadores de doenças. O processo de ultrapasteurização é o aquecimento do leite à temperatura de aproximadamente 150ºC por um tempo muito curto. mais rápido ele azeda. seguido por um rápido resfriamento. pode ser armazenado fora da geladeira.

O rompimento das camadas protetoras que constituem a embalagem pode permitir a contaminação do leite. pelo qual passou na .composto orgânico presente na natureza e que existe na composição do leite. A baixa temperatura da geladeira conserva o leite por mais tempo depois de aberto. ele é empacotado em uma embalagem especial. quanto a luz. O tratamento pelo qual o leite passou na indústria elimina todos os microorganismos que poderiam estragar o leite. fósforo. Leite Longa Vida e a fervura O leite longa vida não precisa ser fervido antes de ser consumido. o leite longa vida depois de aberto deve ser armazenado na geladeira. que protege as demais camadas. a embalagem longa vida constitui uma perfeita barreira contra a entrada de agentes que prejudiquem a qualidade do leite. a exemplo de cálcio. A Embalagem de Leite Longa Vida Após a ultra pasteurização o leite longa vida é embalado em caixinha. Começando de dentro para fora temos: duas camadas de plástico. O consumidor deve evitar as embalagens amassadas. etc. Em seguida. a última camada é constituída pelo plástico. Compre somente o leite cuja embalagem estiver em perfeitas condições. Finalmente. seguida pela quinta camada. tanto os microorganismos. pois o aquecimento em alta temperatura por curto tempo. minimizando a precipitação dos nutrientes (proteínas. Para garantir que o leite não seja contaminado pelos microorganismos presentes no meio ambiente. e pode sofrer contaminação e estragar rapidamente. vem uma camada de alumínio.05 g /litro).) do leite no fundo da embalagem. Portanto. o leite da caixinha entra em contato com o meio ambiente. que o mantém seguro. constituída pelo papel. e completa a barreira que protege o leite do meio ambiente. etc. A quarta camada também é de plástico. O Leite Longa Vida e a geladeira O leite longa vida não precisa ser armazenado na geladeira antes de aberto. que evita a passagem de oxigênio. pois reduz a atividade dos microrganismos. o ar etc… Depois de aberto. que dá resistência à embalagem e permite a impressão de todas as informações sobre o produto. minerais. sódio. Sua utilização é sempre em teores reduzidos (0. A caixinha Tetra Brik do Leite Longa Vida possui seis camadas protetoras de diferentes materiais. o leite longa vida é totalmente seguro e saudável para o consumidor. luz e a contaminação proveniente do meio externo. Na indústria de alimentos este mineral é muito utilizado devido as suas propriedades de estabilização. que protegem o leite e evitam o seu contato com as demais camadas da embalagem. Por não conter nenhum microorganismo e estando adequadamente protegido pela embalagem. Além disso.

9 % de gordura Leite Desnatado . Leites Enriquecidos Embora o leite seja uma fonte excelente de proteínas e cálcio. de acordo com a quantidade presente: Leite Integral . novas tecnologias possibilitam que com a adição de substâncias enriquecedoras (vitaminas e minerais). por diferentes quantidades de gordura. de acordo com as suas necessidades. na hora da compra. dependendo do fabricante. ideal também para aqueles que possuem deficiência de algum mineral ou vitamina. em 100 ml de leite semidesnatado a quantidade de gordura pode variar de 0. mas essas não são as únicas partes do corpo que precisam dele.9 gramas de gordura. evitando a formação da nata e a separação da gordura. O .6 a 2.indústria antes de chegar ao consumidor. Já em 100 ml de leite desnatado há no máximo 0. O cálcio é um mineral essencial para a formação e manutenção de ossos e dentes.5 % de gordura Na prática. Desta forma. em 100 ml de leite integral. já garante total segurança do produto.6 a 2. já existem no mercado.5 grama de gordura. O leite enriquecido. controlando assim a quantidade de gordura total de sua alimentação. A ingestão destes nutrientes através do leite contribui para o restabelecimento destes nutrientes no organismo. Da mesma forma. também chamado de fortificado. Gordura no leite Hoje. Leite Homogeneizado A expressão “Homogeneizado” pode vir escrita na embalagem para identificar o leite que passou pelo processo chamado de homogeneização. o consumidor pode optar.possui no máximo 0. estes percentuais indicam que. Leite enriquecido com Cálcio Este leite fornece uma quantidade maior de cálcio em um volume menor de leite. Este processo distribui a gordura do leite de maneira uniforme. é um importante aliado da alimentação saudável e completa. um alimento indiscutivelmente nutritivo. há apenas 3 gramas de gordura. o leite possa atender a necessidade dos diferentes tipos de consumidores. leites com diferentes teores de gordura e que recebem diferentes denominações.possui de 0. sem alterar o seu sabor ou sua qualidade.possui no mínimo 3 % de gordura Leite Semi-desnatado .

O ferro tem importante papel na manutenção do sistema imunológico (defesas do organismo). ou seja. PORÇÃO CÁLCIO (mg) 250 ml 302 250 ml 290 30 g 210 30 g 250 ALIMENTO Leite Desnatado Leite Integral Queijo Mussarela Queijo Prato Para obter o máximo dos alimentos ricos em cálcio é necessária a ingestão de vitamina D. o sangue para coagular e os nervos para transmitirem mensagens. em todas as etapas da vida. que transportam o oxigênio para as células do corpo. manteiga.coração para bater. os leites enriquecidos com ferro contém quantidade variável de 0. O leite praticamente não contém ferro. enquanto o mesmo copo (240 ml) de suco de laranja contém apenas 28 mg do mineral. por exemplo. sendo uma boa opção para pessoas que não conseguem ingerir. Lactente (1 – 3 anos) Crianças (4 – 6 anos) Crianças (7 – 10 anos) Adultos Gestantes Lactantes 800 mg 800 mg 800 mg 800 mg 1200 mg 1200 mg O leite e os produtos lácteos são os alimentos mais ricos em cálcio na dieta humana.8 a 3 mg por 100 ml. alimentos que são fonte de ferro. ovos. peixes gordurosos. Leite enriquecido com Ferro O ferro é um nutriente essencial para o organismo humano. Cerca de três copos de leite por dia suprem toda a necessidade diária de cálcio de um adulto. no leite integral. o cálcio destes alimentos possui alta biodisponibilidade. Alimentos ricos em cálcio. O corpo não pode fabricar seu próprio cálcio. mas ele pode ser enriquecido com esse mineral.). Participa do processo de respiração. também necessitam dele. Um copo de leite (240 ml) contém cerca de 295 mg de cálcio. os músculos para contraírem e relaxarem. . entre outros. Além de estar presente em grande quantidade no leite e seus derivados. sendo utilizado na formação dos glóbulos vermelhos do sangue. conforme o fabricante. Essas quantidades podem suprir boa parte da necessidade diária recomendada pelo Ministério da Saúde. daí a necessidade de ingerir uma quantidade diária adequada deste mineral. Ingestão Diária Recomendada (IDR) de Cálcio Ministério da Saúde 1998. Ela ajuda o organismo a absorver o cálcio dos alimentos. depositálo nos ossos e dentes e é encontrada. em quantidade suficiente. é mais facilmente absorvido pelo organismo. na composição da pele. (base: RDA 1989. Em geral.

B12. mulheres grávidas e idosos. C. dependendo do fabricante. etc. . kiwi.maior requisito de ferro devido ao volume de sangue aumentado. meninas adolescentes. sendo necessária a ingestão simultânea de alimentos ricos em vitamina C (laranja. seguida das carnes.) Lactente (1 – 3 anos) Crianças (4 – 6 anos) Crianças (7 – 10 anos) Adultos Gestantes Lactantes 10 mg 10 mg 10 mg 14 mg 30 mg 15 mg As melhores fontes de ferro na alimentação são o fígado de qualquer animal.) e leguminosas (feijão. mas se faltarem por longo período prejudicam o crescimento e o funcionamento do organismo. ervilha). parasitas ou câncer. Na dieta é necessária uma quantidade suficiente de ferro para prevenir o desenvolvimento de anemia ferropriva. lentilha. adolescência e gravidez. .Ingestão Diária Recomendada (IDR) de Ferro Ministério da Saúde 1998. couve. Leite enriquecidos com vitaminas Os leites vitaminados hoje existentes no mercado são enriquecidos com diferentes vitaminas e concentrações. B6. (base: RDA 1989. É importante que o consumidor verifique na embalagem as quantidades de vitaminas fornecidas e quanto da ingestão diária recomendada pode ser suprida com o produto. A anemia é uma doença do sangue caracterizada pela diminuição dos glóbulos vermelhos. resultado de dieta pobre desse mineral ou de distúrbios gastrointestinais crônicos. limão. tais como úlcera péptica que sangra. Entre as vitaminas mais freqüentemente utilizadas para o enriquecimento do leite podemos destacar: vitamina A. sendo que eles podem encontrar no leite enriquecido com ferro uma ótima alternativa para aumentar o consumo deste mineral. As vitaminas são necessárias em doses bem pequenas. como se observa na infância.). As três causas básicas da anemia ferropriva (por falta de ferro) são: -perdas crônicas de sangue. etc. tais como diarréia ou doença intestinal. mas não é bem absorvido pelo organismo. Os grupos considerados como de risco dessa anemia são crianças abaixo de três anos de idade. -absorção ou ingestão deficiente de ferro. D e E além de elementos como o ácido fólico e a nicotinamida. das aves e dos peixes e este ferro é mais bem aproveitado pelo organismo. O ferro também é encontrado nos vegetais verde-escuros (espinafre. hemorróidas.

nos legumes e nas frutas. Fontes: Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – USP CCA Laticínios IDEC . Os médicos não observam muita vantagem na substituição.As vitaminas são encontradas em maiores concentrações nas verduras. Leite com lactose reduzida Indicado para pessoas com intolerância à lactose. o açúcar natural do leite. a não ser em casos de alergia. Leite de Cabra Contém mais cálcio e ácido fólico (combatente da anemia) que o leite de vaca.Instituto de Defesa do Consumidor .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful