PROGRAMA DE DISCIPLINA 1.

Dados de Identificação Disciplina: Arte no Contexto Urbano Código: 7URBAN Carga horária: 72 h/a Créditos: 4 CR Curso: Licenciatura/Bacharelado em Artes Visuais Habilitação: Artes Visuais Departamento: Artes Visuais (DAV) Fase: ª Professor (a): Célia Maria Antonacci Ramos Currículo: 2008

2. Caracterização da Disciplina (Ementa) A partir dos projetos e ações de artistas e grupos que vivenciam a arte no espaço urbano, a disciplina estuda as políticas e poéticas da arte contemporânea frente às problemáticas do desenvolvimento das cidades na convivência com a diversidade humana. 3. Objetivos Gerais a. Perceber o meio urbano como um espaço contemporâneo de arte e política. b. Estudar as políticas eI poéticas que configuram a cidade contemporânea. 4. Objetivos Específicos • Salientar as articulações sócio, políticas e culturais que formam o espaço da cidade contemporânea. • Salientar as políticas e práticas discriminatórias dos planejamentos urbanos contemporaneous e a importâmncia dos estudos integrados da universidade com as comunidades. • Estudar os grupos ou artistas contemporaneos que estudam a cidade, suas metodologias de pesquisa e representação dos textos poéticos. • Orientar os acadêmicos na produção dos textos poéticos a partir da pesquisa com os novos sujeitos históricos que integram a ciade contemporânea. 5. Conteúdo A formação das cidades A cidade e o meio urbano
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE ARTES - CEART DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS - DAV

Macula. Edusp. RAMOS. BRISSAC. SANTOS. O Local da Cultura. Passages.) O Espaço da diferença. Metodologia A proposta metodológica baseia-se nos estudos culturais e sua contextualizaçào no meio urbano contemporâneo. Arte Cidade.UDESC CENTRO DE ARTES . São Paulo. KRAUSS. Perspectica. 2007. Milton. Seattle. 2002. Jeanne (org. 1996. Marcelo Lopes de. CANEVACCI. Letras Contemporâneas. uma introdução crítica ao planejamento e à gestão urbanos.1993. BRODY. 2005. Celia Maria Antonacci. Belo Horizonte. Lê Sens de la Ville. Toulouse. 2000. Bay Press. São Paulo. Paris. 1997. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA . Humanitas. São Paulo. 1996. 2003.L’Harmattan. Rio de Janeiro. ________________ O País Distorcido.2002. 7.A cidade enquanto sistema de cultura Dimensão política do espaço urbano As novas cartografias e espaços de exclusâo urbana Arte e espaço urbano Políticas urbanas versus políticas transgressoras.DAV 2 . Ilha de Santa Catarina. Bertrand Brasil Editora. ___________________________Grafite. BHABHA. O que é público e o que é público no espaço da cidade As novas apropriações dos espaços públicos na vida cotidiana e na Arte Novos territórios artísticos da cartografia urbana contemporânea Políticas e poéticas das novos sujeitos socias. (org. Antonio (org. Nobel. Massimo. LAMIZET. seminários interativos entre os alunos e da observação e crítica dos espaços urbanos da cidade de Florianópolis. 8. Florianópolis. desenvolvemento urbano e meio ambiente. A dinâmica da disciplina baseia-se em aulas expositivas. DEBORD. Contraponto. Rio de Janeiro. As nazi-tatuagens: inscrições ou injúrias no corpo humano? São Paulo. _________________Por uma Geografia Nova. 2001.CEART DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS . Nelson. Publifolha. Guy. São Paulo. SOUZA. Papirus. Sincretismo. UFMG. Débora. Nina. Rosalind. 2001. Paris. Florianópolis. 2006. Homi K. Referência Bibliográfica ARANTES. 6. RECORD.2001. 2003. Press Universitaire du Marail. A sociedade do espetáculo. Bernard. 2003. São Paulo. Campinas. UDESC.) La Rue. Pichação & Cia. Annablume. LIMA. Senac. Por uma outra Globalização – do pensamento único à consciência universal. seguidas de slides e filmes. FELSHIN. Avaliação Participação nos seminários e monografia contextualizada na bibliografia e nas discussões da disciplina. Mudar a cidade. São Paulo.) But is it Art? ( the spirit of Art as Activism). __________________________Teorias da Tatuagem (uma análise da loja Stoppa Tattoo da Pedra).

Da Diáspora (Identidades e Mediações Culturais). editora UNESP. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA .) Stuart Hall. SOVIK.DAV 3 .SOUZA. São Paulo. 2004.UDESC CENTRO DE ARTES . Minas Gerais. Planejamento Urbano e ativismo sociais. Humanitas. Liv (org. 2003.CEART DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS . Marcelo Lopes de e Glauco Bruce Rodrigues.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful