You are on page 1of 6

Feng Shui

Cores/Divisões

MANUAL PRÁTICO DE FENG SHUI

Este é um manual simples e rápido, para entender o que é o Feng Shui e começar a pô-lo em prática na sua vida.

Feng Shui é uma antiga arte chinesa que busca a harmonia e o sucesso dentro de um determinado ambiente, através dos cinco elementos da Astrologia chinesa e o equilíbrio do Yin e Yang. Esta harmonia é alcançada através da energia Ch\'i , que é a força universal da vida. Quanto mais energia Ch\'i existir num ambiente, mais equilibrado e harmonioso ele vai ficar.

A filosofia tornou-se moda e está a ser aplicada em escritórios, casas, objectos de decoração e, atenção, até a colecções de roupas.

História:

Não se tem uma data precisa de quando exactamente o Feng Shui surgiu, mas estima-se que ele exista há, pelo menos, três mil anos.

O começo desta filosofia deu-se pelo estudo e avaliação geográfica da paisagem e o modo como ela influenciava a vida das pessoas que moravam nesse ambiente. Hoje conhecemos essa primeira forma de estudo como a Escola da Forma. Depois da invenção da bússola, o Feng Shui tornou-se mais personalizado, e uma nova escola surgiu, a Escola da Bússola. Hoje, existem outras escolas, algumas até antagónicas - e, a polémica instaura-se entre os praticantes desta arte.

Os cinco elementos:

O Feng Shui utiliza os cinco elementos da Astrologia chinesa para alcançar os seus propósitos, que são nada mais, nem nada menos do que equilibrar os ambientes: a madeira, a água, o fogo, a terra e o metal. Eles representam as formas fundamentais do universo e são os cinco modos da energia Ch’i se manifestar.

Por isso, o Feng Shui utiliza esses elementos para criar ambientes favoráveis para a energia Ch’i fluir e os especialistas recomendam que, para que se tenha um bom ambiente Feng Shui, todos os elementos devem ser utilizados.

Shars:

Assim como temos a energia Ch’i, que é a essência da vida e do equilíbrio, temos osShars, que são, para os chineses, malignas setas envenenadas que se movem em linha recta e chegam à nossa casa. Causas comuns de Shars são casas que ficam no final de uma rua, onde a rua acaba exactamente na porta de entrada. Telhados e quinas que apontam para a casa também criam Shars.

Uma solução é a utilização de espelhos, paredes ou plantas que possam quebrar a trajectória desses Shars.

Cores:

Os efeitos poderosos das cores são conhecidos há milhares de anos. Seres humanos primitivos utilizavam as cores para se proteger do mal e aumentar a sorte e a virilidade. Os antigos chineses usavam as cores como símbolos e para representar as estações do ano. O verde simboliza a madeira, e representa a Primavera. O vermelho simboliza o fogo e representa o Verão. O amarelo e o laranja representam o sol a lançar os seus raios cálidos sobre a Terra, representando o fim do Verão. O branco simboliza o metal, e representa também o Outono. O azul simboliza a água e o Inverno.

As cores exercem sobre nós efeitos positivos ou negativos. Faber Birren, psicólogo especializado em cores, relata que as pessoas normais tendem a apontar qualidades favoráveis nas diferentes cores, mas os neuróticos são mais propensos a notar o que é desfavorável.

Todos nós reagimos à cor, quer estejamos conscientes disso ou não. Imagine dormir num quarto vermelho sangue, ou cozinhar uma refeição numa cozinha preta como carvão. As cores conferem um certo clima ao aposento. Algumas cores estimulam-nos, outras irritam- nos, enquanto outras nos acalmam. Fez-se uma experiência interessante há alguns anos, quando uns prisioneiros foram colocados em celas pintadas de rosa. Essa cor exauriu a agressão dos internos, e eles tornaram-se prisioneiros modelo. Como essa experiência mostra, a cor pode causar efeitos radicais, por isso, precisamos ter cuidado ao escolher e utilizar as cores.

No Feng Shui, as cores controlam a quantidade de luz e reflectem-na. A combinação de cor e luz deve proporcionar as melhores condições possíveis para se viver, é melhor escolher um esquema seu de cores nos próprios aposentos, já que o tom das cores costuma mudar quando visto sob uma luz diferente. As luzes quentes, por exemplo, fazem com que as cores quentes fiquem ainda mais quentes, enquanto que com as luzes frias acontece o oposto.

Convém, naturalmente, que você tenha na sua casa as cores que se relacionam com o seu elemento e com o das pessoas que moram consigo. No entanto, deve também ter uma variedade de outras cores, simplesmente pelo facto de gostar delas. Cuidado, porém com as cores que se opõem umas às outras. Por exemplo, muito vermelho não seria uma boa escolha se você pertence ao elemento água, pois fogo e água não se harmonizam. Acromoterapia também dá uma boa ajuda nesta definição de cores.

Yin Yang:

Leve em consideração um ioiô. Esse brinquedo funciona utilizando-se dois extremos numa relação equilibrada entre um e outro. Sem um dos extremos, um ioiô não pode funcionar. Ele precisa do \"para cima\" tanto quanto do \"para baixo\". Yin e Yang também precisam sempre um do outro para existir equilíbrio, equilíbrio esse que precisa estar presente num quarto de uma pessoa, num jogo ou até mesmo na vida.

A entrada principal da casa é o principal ponto de entrada do Ch’i. Por isso, é importante que, antes de tudo, preste atenção a essa área. Um belo jardim, um ambiente confortável, tudo isso ajuda a trazer o Ch’i para a sua casa.

Para o Ch'i fluir pela sua casa, e conseguir fazer dela um lugar próspero e feliz, precisa ter cuidado com a disposição dos seus moveis e tudo o que o Feng Shui recomenda para que

a sua casa se torne um lugar harmonioso. O principal no que se refere à energia Ch’i é necessário evitar salas abarrotadas, com espaço entre os móveis, de modo a que as pessoas se movimentem livremente.

O Ba-guá na sua casa

Você pode aplicar o Ba-guá na sua casa inteira ou apenas numa divisão. Antes de mais nada, alinhe a figura do Ba-guá com a parede em que fica a porta de entrada do quarto ou da casa, onde irá aplicá-lo. Tenha em atenção que nalguns casos, alguns lados são menores ou inexistentes. O Feng Shui recomenda como solução para os guás faltantes a colocação de espelhos, sinos ou cristais nas paredes que se aproximam desse locais.

A Escola Intuitiva não utiliza a bússola como ferramenta, aplica o “Baguá”- uma grelha

com nove áreas, cada qual correspondendo a diferentes aspectos da vida, simbolizados por um trigrama. Com esta análise sabemos que as áreas da nossa casa influenciam determinadas áreas da nossa vida.

Utilizando o Baguá

Esta grelha deverá ser aplicada sobre a planta geral da casa ou sobre um dos compartimentos, colocando o sector da Carreira sobre a parede onde se situa a porta de entrada principal (“Norte” virtual).

Podemos descrever resumidamente o significado de cada sector do Baguá e uma leitura da sua energia da seguinte maneira:

Área da Carreira:

Por vezes considerada como a área do “Caminho de vida”, tem a ver com a sua jornada.

O trigrama é a Água e a cor é o azul muito escuro ou preto. Certifique-se que se esta

área está livre de desarrumações que impeçam a energia chi de fluir facilmente. Colocando elementos como um aquário ou uma jarra de vidro com flores, ou um símbolo de água (como uma pintura de um rio, uma imagem de uma praia), espelhos, poderá melhorar a Área da Carreira.

Área do Conhecimento e Motivação:

Sabedoria, Meditação e Conhecimento são outras designações para esta área. O trigrama é a Montanha e a cor é o castanho.

Desordem, acumulação e uma casa de banho nesta área limitam a nossa capacidade de aprendizagem, de tomada de decisões e bloqueia o caminho do auto-conhecimento. Livros

e outros elementos de aprendizagem são próprios para esta área, incluindo computadores.

Área da Família e Comunidade:

Refere-se aos antepassados – pais, avós - coloque aqui as suas fotografias. Aqui o trigrama é o Trovão e a cor é o verde.

Neste sector também, desordem e acumulação podem fazer com que haja problemas com superiores, pais ,figuras de autoridade, bem como em encontrar o nosso próprio lugar na família e na comunidade.

Para melhorar as relações familiares poderá colocar fotos da família e de amigos - em molduras de madeira. As formas rectangulares esguias (móveis e objectos) em madeira e plantas também são aconselháveis para esta área.

Área da Prosperidade e Bênçãos:

Tem uma poderosa influência e deve estar limpa, arrumada e bem conservada - objectos partidos ou avariados, conserte-os ou retire-os. O trigrama é o Vento e a cor é o azul claro.

Desordem e acumulação nesta área tendem a causar pouca liquidez monetária com estagnação da situação financeira, tornando difícil a prosperidade. Para atrair abundância, poderá colocar objectos caros, plantas ou “campainhas de vento”.

Área da Fama e Reputação:

Está relacionada com a sua reputação, paixão e o reconhecimento do seu trabalho. Aqui o trigrama é o Fogo e a cor é o vermelho.

Nesta área é óptimo colocar diplomas ou prémios, especialmente emolduradas com passe-partout de cor vermelha. Velas ou plantas (palmeiras, por exemplo) são excelentes opções para activar a área da Fama. Por aqui não deverão existir casas de banho - energia Fogo em conflito com energia Água.

Área dos Relacionamentos:

Tem a ver com o lado feminino, com o matrimónio e também o amor. O trigrama é o Solo e a cor é o castanho e o rosa.

Na decoração será benéfica a aplicação de objectos aos pares (quadros, molduras com fotos do casal). Se a área coincidir com uma casa de banho ou se estiver desarrumada, poderá gerar problemas de relacionamento. Por aqui evite plantas com espinhos e não deixe as facas de cozinha à vista.

Área da Criatividade e Crianças:

Aqui se desenvolve a criatividade, o relacionamento com os filhos e se descansa. O trigrama é o Lago e as cores são cobre e metais ricos.

Se não tiver filhos, esta área destina-se à sua criatividade e projectos. Com esta zona desarrumada poderão surgir problemas – rivalidade entre irmãos, má comunicação com os pais, por exemplo. Aqui também é de evitar a existência de casas de banho. Objectos que tenham acabamento metálico e formas redondas serão apropriados para activar e corrigir a área.

Área da Amizade e Viagens:

Relacionada com a energia masculina, com o pai da família. O trigrama é o Céu e as cores são neutras: cinza, branco e prata.

Também ligada aos amigos e pessoas úteis - que nos ajudam na altura certa. Se pretender viajar, mantenha esta área cuidada. Se coincidir uma casa de banho nesta área e se houver muita acumulação poderá haver dificuldades em organização e planeamento. O elemento associado a esta área é o Metal, por isso objectos metálicos são bastante apropriados.

O Centro – Saúde e União:

O centro do Baguá coincide com o centro da casa e é um lugar muito especial. Esta área está relacionada com a saúde, sentido da vida e união da família. Não existe trigrama para o Centro. O Solo é representado pela cor amarela ou por cores da terra, como tons ocre ou castanho.

É essencial o centro da casa estar vazio (livre), ou seja, que as pessoas possam circular sem dificuldade. É bom que não coincide com uma casa de banho ou que esteja em falta (não exista), pois os outros sectores ficarão desequilibrados. Formas quadradas ou rectangulares, vasos, pedras, são soluções para “trazer” terra para esta área. Evite casas “sem centro”.