You are on page 1of 2

3.

1 Taxonomia

Taxonomia (do grego antigo τάξις táxis, arranjo e nomia νομία, método) é a disciplina acadêmica que define os grupos de organismos biológicos, com base em características comuns e dá nomes a esses grupos. Para cada grupo é dado uma nota e os grupos podem ser agregados para formar um super classificação hierárquica. Taxonomia tem sido chamado de “profissão mais antiga do mundo", pois nomear e classificar nossos arredores foi provavelmente uma das primeiras coisas que a humanidade fez para poder se comunicar. Foram importantes para saber os nomes das plantas e animais venenosas e comestíveis, para comunicar essas informações para os outros membros da família ou grupo. No Oriente, um dos primeiros registros de farmacopeias foi escrito por Shen Nung, imperador da China (c. 3000 aC). Ele queria divulgar informações relacionadas com a agricultura e medicina, e diz-se ter provado centenas de plantas com o objetivo de aprender o seu valor medicinal. Registros são difíceis de interpretar depois de algum tempo, mas ilustrações de plantas medicinais aparecem em pinturas egípcias de c. 1500 aC. As pinturas mostram claramente que essas sociedades valorizavam e comunicavam o uso de diferentes espécies e tinham uma taxonomia básica. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Taxonomia) Segundo Pelcsar et al (1997) Os biólogos agrupam os organismos que compartilham certas características comuns em grupos taxonômicos denominados taxa (singular táxon). O táxon básico é a espécie, que é uma coleção de cepas com características similares - especialmente em seu material hereditário. Outras características usadas para agrupar os organismos em espécies incluem morfologia e exigências nutricionais. grupo de maior pontuação, criando uma

Espécies intimamente relacionadas são agrupadas em gênero. os gêneros em famílias. (http://pt.org/wiki/Taxonomia)  . Em zoologia. Ficologia e micologia.  Ela deve incluir referências e atributos que tornem o táxon único. O taxon e definido por sua descrição. e os filos ou divisões em reinos. etc . os métodos variam de simples comparações quantitativa ou qualitativa de características marcantes. as famílias em ordens.. mas a nomeação e publicação de novos taxa é regido por um conjunto de regras. análises com computadores das grandes quantidades de dados de seqüência de DNA. comportamento.wikipedia.  Estes quatro primeiros requisitos devem ser publicados em uma obra em que haja um grande numero de cópias idênticas.. Não existem regras fixas que regem a definição dos taxa. a nomeação dos taxa é regido pelo Código Internacional de Nomenclatura Botânica. Nas áreas de botânica. a nomenclatura mais comumente utilizados (superfamília a subespécie) . as ordens em classes. notas ecológicas.  A descrição deve basear-se em pelo menos um Espécie . as classes em filos ou divisões. como um registro científico permanente.tipo. é regulada pelo Código Internacional de Nomenclatura Zoológica.A descrição inicial de um táxon envolve cinco requisitos principais:O táxon deve receber um nome com base nas 26 letras do alfabeto latino (um binômio das novas espécies ou uninomial para outros patentes). Muitas vezes também é incluído mais informações. química. Como os pesquisadores chegam à vários taxa. dependendo dos dados disponíveis e os recursos. O nome deve ser único (não pode ter um homônimo). como a distribuição geográfica do táxon.