TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

- pág. 01/02 –

P R O C E S S O T C – 06.540/07
Prefeitura Municipal de Serra Grande. Devolução de Recursos do FUNDEB. Não cumprimento de decisão. Aplicação de multa e outras providências.

A C O R D Ã O APL - T C -00029/13

RELATÓRIO
01. Trata-se de verificação de cumprimento do Acórdão APL TC 704/2010, no qual este Tribunal Pleno aplicou multa ao Sr. João Bosco Cavalcante e, mantendo as determinações do Acórdão APL TC 07/2010, ordenou a devolução parcelada ao FUNDEB, do valor de R$ 51.354,55 em três (03) parcelas. A Unidade Técnica, fls. 143/144, verificou não ter sido recolhida a importância em comento. O MPjTC, em Parecer da Procuradora Elvira Samara Pereira de Oliveira (fls. 147/148), após considerações, pugnou pela declaração de não cumprimento do Acórdão APL TC 704/2011, pela determinação de pagamento integral do débito imposto e pela aplicação de multa ao ex-Prefeito Municipal de Serra Grande, com fundamento no art. 56, IV da LOTCE, em face do descumprimento de decisão desta Corte. O processo foi incluído na pauta da presente sessão, ordenadas as comunicações de praxe.

02. 03.

04.

VOTO DO RELATOR
Evidencia-se, nos autos, que a determinação plenária de recolhimento, com recursos do tesouro municipal, da quantia de R$ 51.354,55 ao FUNDEB, não foi cumprida, nem o parcelamento solicitado foi honrado, fazendo-se necessária a imposição de penalidade ao ex-gestor responsável pela omissão, bem como determinação ao atual gestor no sentido de dar cumprimento à restituição ordenada. Assim, adoto o parecer ministerial e voto no sentido de que este Tribunal Pleno: 1. Declare não cumprido o Acórdão APL TC 704/2011; 2. Aplique multa ao Sr. João Bosco Cavalcante, no valor de R$ 2.000,00, com fundamento no art. 56, IV da LOTCE, tendo em vista o descumprimento da decisão plenária; 3. Determine ao atual gestor que proceda, com recursos do município, ao recolhimento do montante de R$ 51.354,55 à conta do FUNDEB e encaminhe a comprovação respectiva por ocasião da remessa da Prestação de Contas referente ao exercício de 2012, para verificação, sob pena de multa e outras cominações legais; 4. Encaminhe cópias das principais peças dos autos ao Ministério Público Comum, para as providências de sua competência, tendo em vista a apuração das divergências de saldo bancário e conciliado na conta do FUNDEF, na PCA da Prefeitura Municipal de Serra Grande referente ao exercício de 2004; 5. Encaminhe cópia da presente decisão aos autos da PCA da Prefeitura Municipal de Serra Grande, relativa ao exercício de 2012.

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DECISÃO DO TRIBUNAL
Vistos, relatados e discutidos os autos do PROCESSO TC-6.540/07, os MEMBROS do TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DA PARAÍBA (TCE-PB), na sessão realizada nesta data, ACORDAM, à unanimidade, em:

1. Declarar não cumprido o Acórdão APL TC 704/2011; 2. Aplicar multa ao Sr. João Bosco Cavalcante, ex-Prefeito municipal de Serra Grande, no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais), com fundamento no art. 56, IV da LOTCE, tendo em vista o descumprimento da decisão plenária, assinando-lhe o prazo de sessenta (60) dias, a contar da data da publicação do presente Acórdão, para efetuar o recolhimento ao Tesouro Estadual, à conta do Fundo de Fiscalização Orçamentária e Financeira Municipal, a que alude o art. 269 da Constituição do Estado, a importância relativa à multa, cabendo ação a ser impetrada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), em caso do não recolhimento voluntário devendo-se dar a intervenção do Ministério Público Comum, na hipótese de omissão da PGE, nos termos do § 4º do art. 71 da Constituição Estadual; 3. Determinar ao atual gestor que proceda, com recursos do município, ao recolhimento do montante de R$ 51.354,55 à conta do FUNDEB e encaminhe a comprovação respectiva por ocasião da remessa da Prestação de Contas referente ao exercício de 2012, para verificação, sob pena de multa e outras cominações legais; 4. Encaminhar cópias das principais peças dos autos ao Ministério Público Comum, para as providências de sua competência, tendo em vista a apuração das divergências de saldo bancário e conciliado na conta do FUNDEF, na PCA da Prefeitura Municipal de Serra Grande referente ao exercício de 2004; 5. Encaminhar cópia da presente decisão aos autos da PCA da Prefeitura Municipal de Serra Grande, relativa ao exercício de 2012.
Publique-se, intime-se e registre-se. Sala das Sessões do TCE-PB – Plenário Ministro João Agripino. João Pessoa, 06 de fevereiro de 2013.

___________________________________________________ Conselheiro Fábio Túlio Filgueiras Nogueira – Presidente

___________________________________________________ Conselheiro Nominando Diniz – Relator

__________________________________________________ Isabella Barbosa Marinho Falcão Procuradora Geral do Ministério Público junto ao Tribunal

T C – 06.540/07