You are on page 1of 9

ACTUOPALEONTOLOGIA DE VERTEBRADOS E INVERTEBRADOS RECENTES NA GRUTA CRISTAL - MORRO DO CHAPÉU - BA

Autores: Alana Bastos Fernandes1, Fernando de Jesus Silva1, Milane Almeida Reis1, Valéria Sheila Ribeiro do Nascimento1 Co-autora: Rita de Cássia Anjos Bittencourt Barreto2
1

Graduandos em Ciências Biológicas na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia-UESB
2

Docente do DCB da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia- UESB

RESUMO: O presente trabalho foi realizado na Fazenda Cristal, Gruta Cristal, situada na cidade Morro do Chapéu, região central da Chapada Diamantina, Ba.Este vem tratar daactuopaleontologiaque é uma linha da paleontologia moderna, que traz implicações que fornecem apoio para estudar o registro da vida passada a partir da interação da vida atual com os fenômenos e processos hoje existentes. O método de coleta e análise de material em cavernas consiste, respectivamente, em demarcação do local onde ocorrerá a coleta do material, separação por área e devida identificação, e em laboratório o material é devidamente peneirado, lavado e identificado. Os resultados foram satisfatórios visto que é um estudo preliminar da área. Foram encontrados restos de pequenos vertebrados e invertebrados, possibilitando assim a inferência de quais táxons de animais ali habitam e/ou habitaram, permitindo, estudiosos realizarem comparações entre o passado e o atual na dinâmica da Gruta Cristal. PALAVRAS-CHAVE:actuopaleontologia, gruta, subfósseis, Morro do Chapéu,Ba, Chapada Diamantina ABSTRACT:This study was conducted at Fazenda Cristal, Crystal Cave, located in the city of Morro Hat, central region of ChapadaDiamantina, Ba. This deal comes from actuopaleontologia which is a line of modern paleontology, which has implications that provide support for studying the record of past life from the interaction of life with current phenomena and processes that exist today. The method of collecting and analyzing material in 1

caves consists, respectively, occur demarcation of where the material collection, separation area and proper identification, and laboratory material is properly screened, washed and labeled. The results were satisfactory since it is a preliminary study of the area. We found remains of small vertebrates and invertebrates, allowing the inference of taxa of animals which live there and / or inhabited, allowing scholars perform comparisons between past and current dynamics in the Crystal Cave.
KEYWORDS: actuopaleontologia, grotto, subfósseis, HillHat -Ba, ChapadaDiamantina

INTRODUÇÃO A Actuopaleontologia consiste na pesquisa deproblemas paleontológicos e paleoecológicos por meio do estudo ecológico dos seres vivos atuais (SUGUIO, 1998). Conforme Melo, a actuopaleontologia é uma linha da paleontologia moderna, que traz implicações que fornecem apoio para estudar o registro da vida passada a partir da interação da vida atual com os fenômenos e processos hoje existentes. Os estudos actuopaleontológicos acertam na observação de restos orgânicos atuais passíveis de fossilizarem. Assim sendo, podem ser estudados: processos "post-mortem", transporte e sedimentação de restos de organismos; processos atuais passíveis de conduzir à mineralização e preservação de restos de organismos; marcas de atividades capazes de serem conservadas no registro geológico. A Actuopaleontologia propõe-se ainda a analisar os ambientes presentes, procurando condições atuais capazes de gerar documentos idênticos aos que são estudados por paleontólogos. Neste sentido, o paleontólogo analisa os ambientes atuais na intenção de reconhecer as associações das particularidades que lhe são características como: abrasão, disposição dos restos esqueléticos (disponível em paleolisboa.com s/a e s/d). A Gruta Cristal está localizada no município de Morro do Chapéu, situado na região da Chapada Diamantina e é considerada a mais importante ocorrência registrada na formação Caboclo, apresentandoum padrão labiríntico reticulado de desenvolvimento, sendo esta a suaprincipal característica. Sua morfologia é bastante irregular, apresentando ao longo de suas paredes placas que formam patamares laterais descontínuos. A Gruta possui ainda grande

2

potencial fossilífero, que se deve a configuração das entradas e galerias e pela relativa estabilidade encontrada em seu interior(Born e Horta). O presente estudo tem por objetivo fazer um levantamento actuopaleontológico dos restos esqueléticos de vertebrados e invertebrados encontrados fragmentados na Gruta do Cristal. MATERIAL E MÉTODOS O estudo foi realizado em agosto de 2012, na Gruta Cristal situada no município de Morro do Chapéu, na região da Chapada Diamantina – Bahia. A cidade de Morro do Chapéullocaliza-se a 384 km a noroeste de Salvador-Ba, e possui altitude média de 1.100 m. Os pontos de maior altitude podem chegar a 1.350m, sendo, portanto, uma das cidades mais frias do estado com temperaturas beirando os 10°C em algumas épocas do ano (Fonte: http://www.geografos.com.br/cidades-bahia/morro-do-chapeu.php).

Fig. 1. Localização da cidade Morro do Chapéu, Ba. Fonte: Google maps A Fazenda Cristal, onde está localizada a Gruta Cristal, abrange uma área de aproximadamente 3,25km2, delimitada pelos meridianos de 410 19' 57" e 410 18' 07" de longitude oeste e pelos paralelos 110 18' 05" e 110 19' 47" de latitude sul, situada no município de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina Oriental, na região central do estado da Bahia (Fonte:http://vsites.unb.br/ig/sigep/sitio093/sitio093.htm).

3

Fig. 2. Localização da Fazenda Cristal, onde se localiza a Gruta Cristal (Fonte: http://vsites.unb.br/ig/sigep/sitio093/sitio093.htm) A Gruta Cristal tem como principal característica um padrão espacial do tipo labiríntico reticulado, a mesma ainda não foi totalmente explorada, mas seus condicionamentos físicos e genéticos apontam um grande potencial no que se refere ao desenvolvimento de inúmeras galerias intercomunicantes. A gruta é essencialmente desprovida de espeleotemas. A grande espessura de sedimentos existentes pode guardar animais fósseis, esse potencial fossilífero é um dos aspectos de maior relevância para essa ambiente que encontra-se localizada em Morro do Chapéu. Para a coleta de material foram definidos três quadrantes de 1m²,cada, na área interna da Gruta. Nestesforam coletadas pequenas amostras do solo, numa profundidade de aproximadamente 20 cm, para verificar a ocorrência de subfósseis. Após a coleta na caverna, os materiais foram submetidos aos métodos de peneiramento, triagem e lavagem dos materiais. O peneiramento consiste na separação dos sedimentos por tamanho. Geralmente a coleta de pequenos fósseis só é possível por meio do peneiramento. Subsequente a essa técnica, ocorre o recolhimento do sedimento para triagem e posterior a isso advém à lavagem do material para a remoção de sedimentos indesejáveis.

4

Para a análise de dados, os materiais foram devidamente separados por área e semelhança foram organizados, respeitando a ordem crescente, em uma escala com medida de 0 a 15 cm. Após essa organização foram realizados registros fotográficos e posterior tentativa de identificação com ajuda de referencial teórico. RESULTADOS E DISCUSSÃO A partir do material coletado na Gruta Cristal, pode-se subtrair os seguintes resultados:

Fig. 3. Área 1, representações de vértebras

Fig. 4. Área 1, Sem identificação

Fig. 5. Área1, sem identificação 5

Fig.6. Área 2, possíveis anéis do corpo de diplopoda

Fig.7. Área 3, representações de tíbia e fíbula

Fig.8. Área 3, representações de vértebras

6

Fig.9. Área 3, possível fêmur

Fig.10. Área 3, possível parte de membros superiores ou anteriores

Fig.11. Área 3,possível parte de membros superiores ou anteriores

7

Fig.12. Restos,impossíveis de identificação, de todas as áreas A partir dos materiais encontrados no interior da gruta foram possíveis fazer algumas deduções. Os restos encontrados podem indicar que ali no interior da gruta ocorre predação,segundo Callapez, o estudo de restos esqueléticos de subfósseis, quando associados a contextos arqueológicos, constitui um domínio multidisciplinar, capaz de desenvolver um universo analítico baseado em metodologias próprias da Paleontologia. A identificação dos materiais não foi detalhada visto que esse trabalho é um estudo preliminar da área, mas em consulta a referenciais teóricos pré-existentes sobre a área em foco, pode-se afirmar que na gruta há presença do filo Chordata, classe Mammalia, ordem Chiroptera, que são morcegos frugívoros, hematófagos e insetívoros; Ordem Carnivora (Born e Horta), prova disso são os restos esqueléticos encontrados em duas das áreas (A1 e A3) coletadas. Ainda dentro da gruta pudemos perceber a presença do filo Arthropoda, superclasse Myriapoda, (Born e Horta),com a presença dos anéis que formam o corpo desses animais. Com isso pode-se inferir que esses subfósseis encontrados representam táxons de animais vertebrados e invertebrados. A princípio, pode-se descrever a hipótese de que esses subfósseis e restos encontrados são de animais que habitam dentro da caverna, denominados hipógeos, mas não descartando a ideia de que animais de fora visitem a gruta. CONCLUSÃO Aactuopaleontologiaé uma importante ferramenta para análise tafonômica,

possibilitando o surgimento de hipóteses e considerações sobre a vida no passado. Este trabalho é um estudo preliminar no qual foi possível, através da análise dos subfósseis encontrados na Gruta Cristal, concluir que a mesma possui potencialidade para abrigar animais fósseis (ossos), visto que em curto prazo forneceu uma quantidade considerável de subfósseis de vertebrados e invertebrados que possivelmente poderiam ter vivido naquele 8

local ou em seu entorno e deixa abertura para que coletas e análise mais detalhadas possam ser efetuadaspara que faunas hipógeas e epiginias, assim como seus modos de vida, daquele local sejam bem conhecidas. REFERENCIAL TEÓRICO BORN, M. B. & HORTA, L. S. ESPELEOLOGIA, pg 163. In MODULO III AULA DE CAMPO, PALEONTOLOGIA. CALLAPEZ, P. Moluscos marinhos e fluviais do Paleolítico superior da Gruta do Caldeirão(Tomar, Portugal): evidências de ordem sistemática, paleobiológica e paleontologia, pg 127. In MODULO III AULA DE CAMPO, PALEONTOLOGIA. Localização Morro do Chapéu, BA. Disponível em: http://www.cprm.gov.br/geoecoturismo/geoparques/morrodochapeu/grutacristal.html. Acesso em: 09/09/2012 MELO, F. H. V. CONSIDERAÇÕES SOBRE A IMPORTÂNCIA DO ENFOQUE ATUALISTA NO ESTUDO DA PALEONTOLOGIA. Disponível em: http://www.prppg.ufc.br/eu2011.ufc.br/Resumos/wrappers/MostrarResumo.php?cpf=931 80870630&cod=002. Acesso em: 07/09/2012 Morro do Chapéu, dados geográficos. Disponível em: http://www.bahia.com.br/cidades/morro-do-chapeu. Acesso em: 09/09/2012 SRIVASTAVA,N.K.; ROCHA,A.J.D. 1999. Fazenda Cristal (Bahia) - Estromatólitos mesoproterozóicos. In: Schobbenhaus,C.; Campos,D.A.; Queiroz,E.T.; Winge,M.; BerbertBorn,M. (Edit.) Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil. Disponível em: http://vsites.unb.br/ig/sigep/sitio093/sitio093.htm. Acesso em: 09/09/2012 SUGUIO, Kenitiro. Dicionário de Geologia Sedimentar e áreas afins. São Paulo, 1998. Tafonomia, (sem autor). Disponível em: http://paleolisboa.com/pve_tafonomia.htm. Acesso em: 09/09/2012

9