You are on page 1of 5

Leit_5 ª_ 1º bi_ 05

1

SUBSÍDIOS À ELABORAÇÃO DE PROVAS DO ENSINO FUNDAMENTAL II 5ª SÉRIE – Leitura
1º Bimestre - 2005

Apresentação Com a intenção de contribuir de forma mais efetiva para a elaboração de instrumentos de avaliação, coerentes com a abordagem metodológica adotada nos Cadernos do SISTEMA ANGLO DE ENSINO, os autores de nosso material didático produzem, bimestralmente, estes “Subsídios”. São sugestões que podem ser utilizadas nas avaliações, mas têm como principal destinatário o próprio professor. Por esse motivo, será necessário que você analise cada uma das propostas, verificando o nível de adequação, de acordo com as necessidades de seus alunos. Sabendo das particularidades de cada região, de cada escola e respeitando a dinâmica e as características de cada professor, salientamos que a utilização das atividades sugeridas depende exclusivamente de sua decisão. Considerações/orientações gerais No primeiro bimestre o aluno leu e interpretou vários poemas. Além de exercícios de compreensão e interpretação, trabalhou com a primeira dimensão do fazer poético - o ritmo e a sonoridade – em poemas de caráter lúdico. Sugerimos que a prova apresente alguns novos poemas com as mesmas características – ritmo bem marcado, jogos sonoros e semânticos de palavras e proponha questões de entendimento e interpretação. Apresentamos um texto, como exemplo. As questões aqui propostas devem ser consideradas também como exemplos de formulação. Acreditamos que uma prova que trouxesse todas elas seria “mais chata do que pata de pata”. Sugestão de texto No poema “Convite”, que você leu em aula, José Paulo Paes afirma que “Poesia / é brincar com palavras”. E é isso que ele faz no poema transcrito a seguir. Leia-o mais de uma vez, sentindo seu ritmo, sua sonoridade, e procurando perceber a brincadeira que o autor faz com o sentido das palavras.

se se engata pata a pata cada pata de um par de pares de patas. a) Faça um esquema. São Paulo: Ática.Leit_5 ª_ 1º bi_ 05 2 Patacoada A pata empata a pata porque cada pata tem um par de patas um par de pares de patas. Transcreva os versos que explicam o segundo sentido. 1991. separando as sílabas do primeiro verso. d) O ritmo e a sonoridade do primeiro verso do poema são imitativos. 2a. considerando o primeiro significado do verbo “empatar”. embaraçar. Poemas para brincar. b) Como o poeta conseguiu dar ritmo a esse verso? c) O verbo “empatar” possui vários significados. Assinale as tônicas (fortes) e as átonas (fracas). Proposta 1 Objetivos: Verificar a capacidade de: • percepção dos efeitos rítmicos e sonoros de um poema. . ed. Questão O primeiro verso exemplifica bem o modo como o autor trabalhou o ritmo e a sonoridade do poema. • compreensão e interpretação de significados sugeridos pelo jogo sonoro. Explique o que eles imitam. José Paulo. In: PAES. 2o igualar na contagem de alguma coisa. o emprego desse verbo sugere dois sentidos: 1o atrapalhar. No poema. Agora. definido na questão anterior. a coisa nunca mais desata e fica mais chata do que pata de pata.

Reescreva o primeiro verso do poema. se se engata”. a) Considere apenas o primeiro significado do verbo “empatar” (= “atrapalhar”). . substituindo a palavra “pata” pelas palavras “ave” ou “pé”. b) A quantas aves e a quantos pés referem-se os versos “e um par de patas / um par de pares de patas”? c) Brincando com a palavra “pata” e repetindo-a tantas vezes.Leit_5 ª_ 1º bi_ 05 3 Proposta 2 Objetivos: • Verificar a capacidade de perceber o jogo plurissignificativo das palavras em dado contexto poético e de interpretar os vários significados. conforme o significado que ela adquire em cada ocorrência. e) A palavra “patacoada” significa “tolice”. “disparate”. o poeta consegue confundir o leitor. ora referindo-se ao nome de uma ave (feminino de pato). Questão A palavra “pata”. Se você atribuir à palavra “patas” o significado de “aves”. ora ao pé dessa ave. escreva uma pequena interpretação da segunda metade do poema (a partir do verso “Agora. quantos pés estarão “engatados”? d) Explique os dois significados da palavra “chata” nas expressões “pata (pé) chata” e “coisa chata”. repete-se doze vezes no poema. Releia o verso 9. Levando em conta o título do poema.

Prepara a questão d). Comentários/observações a) O aluno deve criar um esquema que distinga. d) Questão mais complexa. que as tônicas sejam sublinhadas.pa . c) Estarão engatados oito pés (2 X 2 aves X 2 pés) . b) Na correção observe se o aluno conseguiu observar e explicar de algum modo a freqüência das repetições.ta em . Basta.ta a . ou seja. as tônicas das átonas. c) “porque cada pata / tem um par de patas” (o aluno pode explicar que todas as patas (aves) possuem um par de patas (pés). nenhuma possui mais ou menos patas (pés) que as outras) d) O ritmo e a sonoridade do verso imitam o andar desajeitado da pata. de algum modo. As sílabas /pa/ e /ta/ sugerem a batida dos passos alternados. O aluno pode explicar também que há uma alternância entre as sílabas /pa/ e /ta/. c) Questão simples de interpretação. Proposta 2 a) O pé empata (atrapalha) a ave.Leit_5 ª_ 1º bi_ 05 4 Respostas Proposta 1 a) A – pa . O aluno deve associar a percepção do ritmo imitativo (onomatopéia) ao significado da palavra “empatar”. Basta que o aluno transcreva os versos. por exemplo.pa .ta + + + b) Alternando as sílabas fortes e fracas e repetindo palavras e sons – pata/(em)pata/pata. b) Referem-se a duas aves (par de patas) e quatro pés (par de pares de patas).

e a coisa (o poema) nunca mais desataria (terminaria. Ele poderia continuar multiplicando as patas (pares de pares de pares de patas). O próprio poeta diz que é uma brincadeira. solucionaria). na expressão “coisa chata” significa “monótona”. O aluno deve explicar que o poema fala apenas de patas (pés) de patas (aves).Leit_5 ª_ 1º bi_ 05 5 d) Na expressão “pata chata” significa “achatada”. A questão e) é bastante aberta. As questões c) e d) preparam a questão e). Nesse caso a substituição seria “A ave empata o pé” (verso 9). . Mas seria um poema muito chato. “maçante”. num jogo infindável. “que chateia”. “plano”. dando ao poema o título de “patacoada” (tolice). “sem relevo”. “que aborrece”. e) Resposta pessoal. Comentários/observações A questão a) poderia ser feita com o outro significado da palavra “empatar” (ter o mesmo número).