You are on page 1of 7

BRASIL E SUAS RAÍZES

Acadêmica : Lidiane de Sousa Santos

Resumo: Nos dias atuais, em que o discurso dominante é a globalização da economia,numa crescente depreciação das teses do nacionalismo, chega em boa hora esta obra de Darcy Ribeiro.“O povo brasileiro” parte do questionamento do porquê o nosso País não tem dado certo quando considerado sob a perspectiva de melhor desenvolvimento para o País e melhor qualidade de vida para o povo brasileiro. Darcy Ribeiro analisa os brasileiros em sua condição de povo, com ampla miscigenação, levada a efeito pela integração racial das diferentes etnias que para aqui vieram e se somaram aos povos indígenas não exterminados. As diferenças culturais do Brasil estão atreladas às condições da formação histórica e da diversificação da produção e do trabalho das regiões brasileiras. Palavras-chave: Miscigenação, Cultura, Qualidade de vida

passou por uma reavaliação. para que se viva de forma igualitária acabando com o preconceito. A biologia colocou esse termo em desuso. impróprio para se referir a seres humanos. maneiras de pensar. sentir e agir. o índio e o negro e posteriormente. costumes. Faz-se necessário que a nação brasileira se consciente de que é um só povo.INTRODUÇÃO Falar de cultura no Brasil remete-se a idéia de matrizes culturais do Brasil a formação cultural de sua população que ocorreu através da miscigenação de vários grupos étnicos. . A princípio o branco europeu.1. Já o termo raça. possuem traços culturais que se assemelham: idiomas. a entrada de migrantes principalmente europeus O termo etnia refere-se a agrupamentos humanos com uma unidade cultural em comum. ou seja. racismo e a desigualdade que é marcante neste país. visto que se constatou que não existem raças humanas e sim raça humana. muito usado no passado. Todos os seres humanos pertencem a uma única raça. no século XIX.

Darcy Ribeiro mostra que ela foi sustentada por quatro pilares. que se constituiu pela supressão de qualquer identidade étnica discrepante da do conquistador através do etnocídio e do genocídio. Quando os portugueses chegaram aqui a terra estava totalmente povoada por pessoas as quais foram denominadas de índios. entraram e vários conflitos com os colonos. cuja vida era levada dia a dia sem acúmulo de qualquer riqueza. Eram vários grupos étnicos que .2. Assim. O primeiro tipo se deu pelo choque de mentalidade entre os recém-chegados e os locais. o que culminou na expulsão dos jesuítas do Brasil. contudo. 2. as condições ambientais em que ela ocorreu. MISTURA DE RAÇAS Para explicar a mistura de raças do povo brasileiro. dizimando sua população através das doenças trazidas pelo homem branco. A esses pilares se somam três forças: a ecologia. sem percalços. Ele sustenta que somos muito mais marcados hoje pelas nossas semelhanças do que pelas diferenças. cuja economia era baseada no escravismo e no mercantilismo.1 PLURALIDADE CULTURAL Quando os jesuítas chegaram estabeleceram inúmeras missões autosustentáveis em que tentavam recriar o modo de vida do índio. Surgia assim no Brasil uma estrutura social totalmente inédita. o que lhes foi extremamente prejudicial. Já os colonos eram considerados afoitos – os índios não conseguiam entender todo aquele desespero para juntar tantas coisas se ele tinha apenas uma vida para consumi-las. Os índios eram considerados improdutivos e fúteis. cuja ideologia era sustentada pela igreja. Isso fez com que cada tribo tivesse de ser dominada de cada vez. a economia e a imigração. e os objetivos de vida e produção assumidos por cada uma dessas matrizes. invadiram muitas dessas missões e mataram índios e saquearam os jesuítas. Houve vários conflitos principalmente entre colonos e índios e entre colonos e jesuítas. Houve muita resistência indígena principalmente pelo fato de eles serem politicamente descentralizados e atrasados. Por esse conflito de interesses e do caráter mercantil da nova colônia a Coroa ficou do lado dos colonos. as proporções que essa mistura tomou em nosso país. que queriam se apossar dos índios para realizarem seus trabalhos de extração. Alguns conflitos não se deram. Pelo fato de reunirem vários índios nessas missões. são eles: as matrizes que compuseram o nosso povo.

"(1. a necessidade de uma força armada e a grande necessidade de povoar o território figuram entre as principais mudanças.. na segunda guerra mundial o nível de migrantes para o Brasil se reduziu ao máximo. Durante esses oitenta anos grande levas de portugueses. Para Portugal tornar o Brasil produtivo usou primeiramente o trabalho indígena. grupos familiares [. o qual não se mostrou tão interessante visto que: "Os indígenas brasileiros. A solução foi trazer os negros. entre . Em meados do século XIX a necessidade de mão-de-obra para a lavoura do café traria muitos migrantes em situação extremamente difícil para trabalhar nas fazendas de café. festas populares. A vinda da família real.]" (2. os quais Portugal já conhecia da costa africana. pp. O negro. o índio e o branco. influenciaram e foram influenciados. Também chegaram alemães. mas foram todos considerados índios. A partir de 1930 a migração para o Brasil declinou. crenças tiveram influências significativas desses povos que aqui se fixaram. No início do século XIX. vivendo no estágio da comunidade primitiva. idioma. desconheciam a escravidão.. para depois. Por volta de 1850 -1930 chegaram ao Brasil migrantes de origem europeia e alguns asiáticos. foi o terceiro elemento da formação étnica do Brasil. Todos contribuiram muito com a formação cultural do Brasil. 44-45). a constituição étnica principal do Brasil foi o negro. as músicas. "Formou-se então. O Brasil vinha sendo pressionado para acabar com a escravidão e o europeu atenderia a necessidade de mão-de-obra e ao mesmo tempo promoveria um certo "embranquecimento" do povo brasileiro. Do século XVI ao início do século XIX. pois na nova terra manifestavam seus constumes e suas crenças.178).possuiam semelhança e diferenças culturais. Ou devoravem os prisioneiros de guerra ou assimilavam-no à tribo. Que por sinal foi uma grande exceção na história do Brasil. deslocado de sua terra e de sua cultura. Esses passaram a ser escravizados no Brasil no início do ciclo da cana-deaçúcar. libaneses e japoneses. a primeira corrente de colonos ou imigrantes portugueses vindos principalmente das ilhas dos Açores. A primeira miscigenação que ocorreu foi com o branco europeu e os índios do Brasil. espanhóis e italianos entram no país. Foram escolhidos. de preferência. p. várias mudanças estruturais fizeram com que a população do Brasil aumentasse.

mas ainda pouco significativas. . ter um sútil aumento nas taxas de migração.1949 e 1953.

os imigrantes quando aqui chegaram iam dominando os mais fracos e com isso se deu o que hoje é um problema muito relevante nesta sociedade. vieram com um certo gral de desigualdades. No momento em que vivemos é importante que se eduque com o objetivo de resgatar as culturas. CONSIDERAÇÕES FINAIS O Brasil é um país de diversas culturas.3. . pois proporciona aos seus habitantes uma pluralidade cultural. de forma em que os indivíduos sintam-se privilegiados e orgulhosos de sua nação respeitando as diferenças para que assim possamos viver de forma igualitária. Toda trajetória das culturas que se alojaram no Brasil. o que faz deste país um lugar riquíssimo. e com isso muito conhecimento.

a formação e o sentido do Brasil. Busca: http://professoresdechumanas. O povo brasileiro.br/news/resumo-do-livro-opovo-brasileiro-darcy-ribeiro/ . Darcy. São Paulo: Companhia das Letras.com.4. 2.webnode. REFERENCIAS RIBEIRO. 470 páginas. 1995.reimp.