You are on page 1of 17

AD ASTRA!!!

INSTRUÇÃO TÉCNICA DA AERONAVE EMB 312 T-27 TUCANO 01 – Quais São as características da anv. EMB 312? Anv. Monomotor, asa baixa, dois tripulantes, construção inteiramente metálica. 02 – Como é a estrutura? Toda a estrutura da anv. É do tipo semimonocoque com revestimento trabalhante. 03 – De qual material é composta a fuselagem? A fuselagem é construída em liga de alumínio. 04- Descreva a fuselagem do EMB 312. A fuselagem é de um só conjunto composta de curvas cônicas, constituídas de cavernas de seção U, entalhadas para acomodar reforçadores extrudados. 05 – Quais as características das asas? Asa cantilever (não necessita de montante (= apoio) para sustentação), bilongarina (PRINCIPAL 30% DA CMA; TRASEIRA 70% DA CMA) e baixa. Os bordos de fuga revestidos de chapas clad (a chapa clad recebe um banho de Al puro para evitar a corrosão). Flapes do tipo fenda simples. O caixão central é formado pelas longarinas principal (30 % da CMA) e traseira (70 % da CMA). 06 – Descreva a empenagem. ESTABILIZADORES: Cantilever inteiriço e bilongarina (ligadas por chapas e reforçadores extrudados ) DERIVA: Cantilever, bilongarina e parte integrante da fuselagem. PROFUNDOR: Convencional, bipartido monolongarina e articulado por 5 pontos com rolamentos LEME: Convencional, monolongarina, articulado em 3 pontos dotados de rolamentos na longarina traseira da deriva. COMPENSADORES: Profundor- lado esquerdo do profundor, articulado através de dobradiça contínua. LEME DE DIREÇÃO – no bordo de fuga 07 – Descreva os ailerons e flapes. Ailerons: Instalados nos bordos de fuga das asas, são articulados por meio de três suportes de liga de alumínio dotados de rolamentos Flapes – Tipo fenda simples, monolongarina e orientados cada um por três suportes guia de liga de aço. 08 – Quais as dimensões e pesos do T – 27 Comprimento: 9,86 m Envergadura: 11,14 m Altura: 3,40 m Bitola: 3,76 m Peso básico: 2520 Kg (dois tripulantes, óleo, fluido hidráulico e tanques cheios) Sem combustível: 2050 Kg Máximo p/ pouso: 2800 Kg Máximo p/ decolagem: 3175 Kg

09 – Como está constituído o painel múltiplo de alarmes e onde são ligadas as luzes? O PMA é constituído de 26 luzes. • 10 vermelhas (ALARME) ligadas à barra de emergência de 28 V DC. • 16 âmbares (ATENÇÃO) ligadas à barra principal de 28 V DC.
1Ten Andrade Junior - AD ASTRA!!!

ora de outro. GRAU DE PRIORIDADE CONDIÇÃO SINAL CARACTERÍSTICO CANCELAMENTO FORMA DE CANCELAMENTO 1 ESTOL FATOR DE CARGA EXCESSIVO SOBREVELOCIDADE Som contínuo com freq cte Som contínuo com freq variável (período=2s) Som intermitente com frq cte (período=0. de estol.AD ASTRA!!! 10 – Quem alimenta o alarme sonoro? Quem alimenta o alarme sonoro é a barra de emergência de 28 V DC. Recolha os Flapes 2. Trave o trem em baixo 4 ACENDIMENTO DA LUZ ALARME TREM DE POUSO NÃO TRAVADO EMBAIXO ASSOCIADO À REDUÇÃO DA MANETE ASSOCIADO À CONDIÇÃO DE FLAPE ESTENDIDO 24⁰+4⁰/-1⁰ Som intermitente com freq cte Cancelável Som intermitente com freq variável (período de 0.75s) Não cancelável 14 – Quais as maneiras de silenciar o alarme do Trem de Pouso? cancela trem” Redução da manete • Pressionando o botão “cancela buzina trem abaixo de 76 + 3 3% • Avançando a manete • Travando o trem em baixo Ng • Recolhendo os flapes Flape estendido abaixo de 24⁰+4⁰/ /-1⁰ • Travando o trem em baixo 1Ten Andrade Junior . Trave o Trem em baixo 1. 13 – Especifique os sinais sonoros. • FATOR DE CARGA: ao atingir 5. 12 – Como será o sinal sonoro emitido em caso da ocorrência de duas emergências com o mesmo grau de prioridade? Caso ocorram duas condições anormais com o mesmo grau de prioridade haverá emissão prioridade. ora de um som. Avance a manete 3. cancelamento classificando-os e sinal característico. classificando os quanto ao grau de prioridade. 11 – Quando é dado o aviso de : • ESTOL: 5 a 10 kts acima da veloc. Pressione o botão “cancela buzina trem” 2. num ritmo capaz de permitir a identificação rápida e . alternada.AD ASTRA!!! .5g. • SOBREVELOCIDADE: 291 kts.8s) 2 3 Não cancelável Não cancelável Não cancelável Cancelável Quando cessar a causa Quando cessar a causa Quando cessar a causa Pressionando a moldura da luz alarme ou quando cessar a causa 1. z segura dos dois eventos.

Melhorar o ângulo de incidência dos gases na outra turbina. 16 – o que sinalizam as seguintes luzes? PRESS ÓLEO PRESS OXIG TEMP BAT BAIXO NÍVEL COMB DIR/ESQ PRESS HID EMERG • Pressão do óleo abaixo de 40 PSI.AD ASTRA!!! 15 – De que se constitui o painel de avisos e por quem é alimentado? O Painel de avisos é constituído de 6 luzes verdes. • Temp. âmara A câmara de combustão é anular de fluxo reverso. 150F • Nível de combustível abaixo de 42 l ( 73 lb). • Press do sist hidr principal abaixo de 18+1PSI • Pressão do comb. da bateria acima de 150 ou durante teste. 21 – Descreva a câmara de combustão. A turbina de gases gira no sentido anti gases anti-horário e a turbina de potência gira no sentido horário. 10 primários e 4 secundários ( a partir de 33%Ng) 22 – Quantas e qual o tipo de vela utilizada? Duas velas do tipo centelha. A finalidade do giro contrário é: 1. Diminuir o torque 2. É auto sustentável e dotada de 14 bicos auto-sustentável injetores. O acoplamento entre elas é gasoso. 18 – Quantos Compressores tem o motor? Qual sua taxa de compressão e quantos estágios possui? O motor é dotado de um único compressor de taxa de compressão 7:1 constituído de 4 estágios (3 axiais e 1 centrífugo). estágio independentes capaz de fornecer uma potência de 750SHP. 19 – Qual a função do estágio centrífugo? A função do estágio centrífugo é evitar o turbilhonamento do ar embaixo da câmara anular. de fluxo reverso. 1Ten Andrade Junior . com duas turbinas de um 25C. antes da FCU abaixo de 2PSIG • Indica que um disjuntor< 10A desarmou A PRESS HIDR PRINC PRESS COMB DISJUNTOR 17 – Qual o motor do T-27 e qual a potência por ele fornecida? 27 Pratt & Whitney PT6A-25C. 20 – Qual o sentido de rotação das turbinas e qual a sua finalidade? As turbinas giram em sentidos opostos.AD ASTRA!!! . tipo turbina livre. alimentadas pela barra de emergência de 28 V DC através do mesmo disj disjuntor das luzes vermelhas do PMA. • Pressão de oxigênio abaixo de 80+10 PSI. • Press sist hidr de emerg abaixo de 1500+75 PSI.

• Bomba do Compressor de Ar Cond.totalmente aberta 33 – Quais os valores de Nh e Ng máximos? • 100%Nh = 33000RPM ou 2200RPM após passar pela caixa de redução. 27 – O que encontramos na caixa de acessórios? • Bomba de combustível.5%Ng ≅ 38100RPM.abre pouco • Abaixo de 86% .AD ASTRA!!! 23 – Como a turbina da hélice aciona a mesma? Através de uma caixa de redução (15:1 . de modo a evitar a ocorrência de estóis do compressor. 3:1) 24 – Como o ar chega ao motor? O ar externo é admitido pela entrada da capota inferior e chega ao interior do motor por meio de uma câmara anular protegida por uma tela metálica. ( V↓ P↑ ) 30 – Quando se dá o estol de compressor? Quando a pressão em uma fase posterior se torna menor que a pressão em uma fase anterior do compressor. • Taco gerador de Ng. 31 – Qual a função da válvula de sangria? A válvula de sangria permite o escapamento do ar interestágios. • 100%Ng = 37500RPM Máx: 101. 1Ten Andrade Junior .não abre • 86% a 90% .AD ASTRA!!! . • Bomba hidráulica. Esta válvula funciona com um pistão apoiado sobre um diafragma sensível à diferença de pressões (interestágios/saída do compressor) 32 – Como se abre a válvula em função do valor de Ng? • Acima de 91% . • Arranque gerador. • Governador de sobrevelocidade. 26 – O que encontramos na caixa de redução? • Governador da hélice. 28 – Quais são as sete estações do motor? • P1T1 – entrada de ar do motor • P2T2 – entrada do compressor • P3T3 – saída do compressor ou entrada da Câmara de combustão • P4T4 – saída da câmara de combustão • P5T5 – interturbinas • P6T6 – saída da turbina de potência • P7T7 – saída dos ductos de escapamento 29 – Qual a função do estágio estator? Diminuir a velocidade do ar comprimido e aumentar a pressão estática. • Taco gerador de Nh.5:1. 25 – Qual a função da unidade hidropneumática? Regular o fluxo de combustível para manter a potência necessária de acordo com a posição da manete.

1Ten Andrade Junior . 41 – Como são lubrificados os rolamentos? Os rolamentos são lubrificados por bicos injetores que injetam o óleo nos selos labirintos. 42 – No Vôo de dorso o óleo enviado aos rolamentos não retorna. 44 – Quando é confiável a marcação hot do motor? De 10 a 15 minutos após o corte do motor. durante o vôo invertido.8 US Gal). O suspiro funciona por gravidade e permite manter pressões adequadas no tanque em condições de vôo normal ou invertido. selando o óleo por pressão. 43 – Qual a função das válvulas a seguir? Válvula de alívio: Ajusta a pressão. assegurando o fluxo ótimo para a lubrificação dos rolamentos em todas as condições de operação. Desvia parte do óleo sob pressão para o interior do próprio tanque.6 litros (2. onde se localiza o dreno e qual a função dos suspiro do tanque principal? A capacidade total dos tanques é 10. mantendo as pressões adequadas. Está localizada no interior do tanque principal e seu suprimento se dá através de um filtro e uma válvula operada por gravidade. um principal (junto à caixa de acessórios) e um auxiliar ( abaixo do principal) 38 – Qual a única finalidade do tanque auxiliar de lubrificação? O tanque auxiliar tem como função prover óleo ao tanque principal. a qual permite suprimento adequado de óleo em todas as condições de vôo. Como é compensada a ausência de óleo no tanque principal? Através do óleo contido no tanque auxiliar. 39 – Qual a capacidade dos tanques de lubrificação. O dreno realiza a drenagem de ambos os tanques e está localizado na parte inferior do tanque auxiliar.AD ASTRA!!! 34 – Como é a composição da caixa de redução? A caixa de redução é composta de 2 estágios. Válvula termostática: evita que o óleo danifique o radiador quando sua teperatura for inferior a 60⁰C. Válvula de derivação: assegura a lubrificação em caso de entupimento do filtro principal. 40 – Qual a pressão e localização da bomba do sistema de lubrificação? Pressão de 75 a 95 PSI. reduzindo 5:1 e 3:1 (total 15:1) 35 – Qual a função do sistema de lubrificação do motor? Refrigerar e Lubrificar o motor.AD ASTRA!!! . Evita que a pressão do óleo varie com a variação de Ng. 36 – Qual a função do filtro principal do sistema? Reter as limalhas e corpos estranhos provenientes do motor? 37 – Quantos e quais são os tanques do sistema de lubrificação? O sistema de lubrificação é dotado de 2 tanques.

• Controla a Pot efetiva por controle de Ng. • Montada sobre a bomba de combustível. 49 – Com o que varia o fluxo de combustível? • Com a quantidade de ar admitido • Com a temperatura do ar externo • Com as mudanças de Nh 50 – Qual a função das válvulas-dreno (na câmara de combustível)? Eliminar o combustível residual após o corte do motor e levá-lo para o retorno. 52 – Quais são as três unidades do sistema de controle de combustível? • FCU – dosa o fluxo de combustível de acordo com a posição da manete para um regime estável de operação e aceleração do motor. dois radiadores e uma válvula termostática. • Conj. Existem dois filtros entre a bomba. 1Ten Andrade Junior . o qual está exposto à temperatura do combustível na saída do trocador. enquanto que a entrada e saída de óleo são controladas pela válvula de derivação. 53 – Cite as características do FCU. • Acionada por rotação proporcional a Ng. Um deles é dotado de uma válvula de derivação para casos de entupimento. Temp Comb < 21⁰C – trocador acionado 21⁰C< temp Comb <32⁰C – trocador intermitente Temp comb >32⁰C – trocador aberto 47 – Qual a temperatura mínima para o óleo passar através do trocador de calor? 55⁰C 48 – Qual a função do sistema de controle de combustível do motor? Regular o fluxo de combustível. necessário para produzir a potência determinada pela posição da manete.AD ASTRA!!! .AD ASTRA!!! 45 – Como se dá o retorno do óleo de lubrificação para o tanque? Através de 4 bombas de engrenagens. 46 – Como se dá o funcionamento do trocador de calor (o trocador de calor aquece o combustível)? A passagem do combustível através do trocador é livre. Governador da hélice – Possui as aseções Controle de rotação constante(CSU) e a Seção governadora da turbina de potência. • Divisor de fluxo c/ válvula dreno – distribui o combustívl para as canalizações primaária e secundária em função da pressão n canalização primária. • Dosa o fluxo conforme a posição da manete. que é atuada pelo elemento sensor de temperatura. 51 – Onde está localizada a bomba de combustível? Sobre a caixa de acessórios. recebendo combustível filtrado do trocador de calor.

atua na seção pneumática do FCU reduzindo a potência do motor • Em mergulhos/acrob – 1850 Lb. • Válvula beta.Ft (situações transientes). 56 – Descreva o conjunto governador da hélice • Montado sobre a caixa de redução.Governador da turbina de potência (NF). ativa os bicos da canalização secundária. Esta seção protege a hélice em caso de aumento excessivo (2 a 6% da RPM selecionada pela manete). 57 – Quais barras alimentam o sistema ignição/partida? • Ignição – Barra de emergência • Partida – Barra principal 58 – Quais as características da unidade de controle de Torque (TCU)? • Evita o sobretorque. É constituído pelo arranque-gerador que aciona a turbina do compressor. • Governador da hélice.AD ASTRA!!! 54 – O que a manete controla? • FCU. • Inicia a combustão. • 2 velas.AD ASTRA!!! . • Duas seções: normal – de controle de potência cte (CSU) . 60 – Descreva o sistema de partida. 61 – Descreva o sistema de Sep. 55 – Quais as caracteríticas do divisor de fluxo? • Distribui o fluxo de combustível dosado pelo FCU para as canalizações primária e secundárias. • Com 33% de Ng (na partida). caixa de ignição e cabos blindados. • Recebe sinais do torquímetro. 59 – Descreva o sistema de ignição. • UCG desativa com 45 a 50%Ng. Não opera com a barra principal em pane. • Instalado na entrada de ar • Promove um súbito desvio do fluxo de ar à entrada do motor 1Ten Andrade Junior . • Acende o motor mesmo com baixas temperaturas. Inercial. em função da pressão da canalização primária • Durante a partida: somente bicos da canalização primária.

Não vai para máximo ara devido à queda de pressão do óleo. • Hélice Hartzell. A pressão do óleo é gerada e controlada pelo governador da hélice. atuada pela válvula beta.2⁰ • Não possui batente de passo máximo.1⁰ • Passo Min: 16. 66 – Quem envia o óleo para o pistão pistão-servo? A válvula piloto.AD ASTRA!!! .AD ASTRA!!! Constituição •Defletor móvel •Ducto de desvio •Punho de comando •Peda de potência •Aumento de T5 Consequências Utilização •Pistas não pavimentadas ou sujas •Voando em condições de chuva ou gelo 62 – Quando se usa o aquecimento de Px? Para a operação em temperaturas < +5 +5⁰C.O embandeira embandeiramento é obtido pelo levantamento da válvula piloto da unidade lo de rotação cte (estando a manete na pos CORTE). do pistão servo. • No solo . ??? 1Ten Andrade Junior . 67 – O que ocorre com o passo da hélice quando o motor afoga em vôo? ??? Tende a ir para mínimo até que se comande o embandeiramento. 65 – Como ocorre o embandeiramento da Hélice? • O piloto comanda o embandeiramento através da manete. microinterruptor. que favorece o escoamento rápido do óleo pos. instalado à esquerda da pos MÍN. tripá de velocidade cte. A pressão do óleo é gerada e controlada pelo álvula governador da hélice. a qual é atuada por um sinal proveniente de um sobrevelocidade. 88. Isto permite o embande embandeiramento da hélice em vôo sem que seja necessário cortar o motor. • Contrapesos X (pressão do óleo X mola) Máx Mín Máx • Dento do pistão – servo • Passo Máx.) 64 – Caracterize a hélice Do T T-27.) e Py (Pressão Governador) iquec.O embandeiramento também pode ser obtido através de uma válvula solenóide no governador de sobrevelocidade. • Em vôo . embandeirável e de passo variável. ). 63 – Quais são as pressões de referência p/ controle de combustível pelo FCU? Px (Pres Enriquec.

70 – Como funciona o protetor de sobrevelocidade? • Opera em paralelo com o governad da hélice. (drenagem do óleo do servo mecanismo da hélic p/ retorno)→aumento do ângulo de passo = reduç da hélice →aumento redução rotação. emergência de 28 V DC. 69 – Qual a função da válvula beta? • Assegura o passo mínimo de vôo. interno Bomba ejetora Reservatório de alimentação Válvula de corte manual Válvulas unidirecionais Junção das linhas Válvula de alívio Filtro de combustível Válvula de corte 1Ten Andrade Junior . causa Ueda de 2% na Ng. 72 – O que acontece com a Ng quando o ar ar-condicionado é ligado? Estando a manete em Mín ou Táxi. Mín: → Marcha lenta 67+ Ng +1% → Governador p/ 90% de Nh ( mas Nh<90%) Taxi: →54%+1%Ng →passo vai para chato (p/ controle de tração da hélice) Reverso →torque no batente 85 85+1% de Nh →passo : -11 11⁰ OBS. 75 – Diagrame o sistema de combustível combustível. induz na hélice a tendência a ir para o passo mínimo de ⁰ tendência vôo. Alimentada pela barra de emerg ⁰C. 73 – Qual a fonte de alimentação do torquímetro? 26V AC. Os tacômetros Ng. bloqueando a entrada de óleo no pistão-servo (é o batente para passo mínimo). O indicador de temperatur e pressão do óleo também se utilizam de eletricidade (28V DC). • Impede hidraulicamente a diminuição do passo. 74 – Qual a temperatura de acionamento do sistema de detecção de fogo? 160⁰C. indique os valores de Ng e Nh. Nh e T5 são independentes de eletricidade. governador • Derivação da pressão do óleo atuante no servomecanismo caso haja uma eventual falha do governador da hélice e ao atingir 106.AD ASTRA!!! .AD ASTRA!!! 68 – O que é ângulo de pick up? É o ângulo no qual de 2⁰ a 4⁰ abaixo. Tanque externo Bombas elétricas (01 ou 02) Válvula flape e tubulação Tq. 71 – Nas faixas de atuação da manete. servo • A válvula beta abre para permitir táxi e reverso.: O uso do reverso somente acima de 40Kt por te 1 minuto.2% de Nh Nh. • Força dos contrapesos > Força da mola →válvula piloto do gov.

Utiliza o fluxo primário após a saída das bombas elétricas 78 – Qual o dispositivo usado pelos tanques para evitar explosão? Revestimento com espuma anti plosiva exceto o tanque de alimentação. 89 – Qual a função do subsistema de ventilação? • Equaliza a pressão do interior do tanque com a pressão atmosférica.AD ASTRA!!! Trocador de calor Bomba do motor FCU Transmissor de fluxo Divisor de fluxo Bicos injetores 76 – Qual a função da válvula flape? Esta válvula escoa o combustível por gravidade do tanque externo para o interno. principal 84 – Por que esperar 0%Ng para desligar as bombas do motor (elétricas) após o corte? Para evitar cavitação na bomba mecânica. 81 – Quais as vantagens das bombas elétricas do sist. anti-explosiva 79 – Qual a função da válvula de alívio? Impedir pressões superiores a 35 PSI 80 – Onde está localizado o sensor de Press Comb e qual a restrição para vôo de dorso segundo a quantidade de combustível? Antes do trocador de calor. 77 – Qual a função da bomba ejetora? Mantém o reservatório sempre cheio. 87 – Qual a finalidade da válvula de corte manual? Usada somente pela manutenção. de combustível? • Diminui a quantidade de combustível não utilizável. 85 – Qual o tempo máximo de funcionamento da bomba mecânica? 10 Horas 86 – Qual a função da válvula de corte? Corta o fluxo de combustível p/ o motor e óleo p/ o sistema hidráulico.AD ASTRA!!! . Não se deve voar no dorso com menos de 300Lb. 1Ten Andrade Junior . 88 – Qual a função do sensor de nível do t tanque externo? Desliga a transf. para que não seja necessário esvaziar os tanques. Do tanque subalar. Não pe permite o fluxo contrário. • Impede a vaporização de combustível acima de 14000ft • Permitem o balanceamento do combustível (desbalanceamento máximo 265Lb) 82 – Com que quantidade remanescente de combustível as bombas se desligam? 100 Lb 83 – Com que pressão a bomba auxiliar de combustível é ligada automaticamente? Quando a pressão na bomba princi cai abaixo de 7 PSI.

99 – Quais as vantagens e desvantagens da bateria? 1Ten Andrade Junior .AD ASTRA!!! • • • • Entrada de ar NACA – capta a pressão dinâmica. 98 – Qual a voltagem dos seguintes elementos do sistema elétrico • GERADOR – 28V DC.0 psi → é aberto o by pass. Mecânico vareta ( Max 560 Lbs e mín 111Lbs) 91 – Qual o componente do sistema responsável pela indicação do fluxômetro e detotalizador? Transmissor de fluxo. Detotalizador – Lb 92 – Quando acende a luz Baixo Nível Comb? Quando as bóias indicam menos de 42 litros (73 lb) – Um temporizador retarda o acendimento das luzes por 60 segundos. Fluxômetro – Lb/h . 93 – Quando aparece a indicação de entupimento? Quando acende a luz FILTRO COMB. • BARRA PRINCIPAL E DE EMERGÊNCIA – 28VDC. • Período máximo entre revisões : 150h. ∆ > 2. • FONTE EXTERNA – 28V (800 A). 95 – Quais as restrições para se voar com GAV? • As duas bombas devem estar ligadas.4 psi (caso de entupimento iminente). De bóias envia sinais elétricos p/ o indicador Sist. Válv. De alívio (evita excesso de pressão) 90 – Como se dá a indicação de combustível? Sist. acionada por um sensor manométrico diferencial. 94 – Como devem estar as bombas de combustível para vôos acrobáticos? Principais LIGADAS e auxiliares em AUTO. • BATERIA – principal e de emergência 28V DC.AD ASTRA!!! . Ao ligar a bateria interna. 6KW (200/250 A por 5 min). Supressor de chamas (contra raios) 2 válvulas unidirecionais -1 p/ vôo normal(tq ext) e 1 p/ vôo invertido(tq int). 96 – Qual a capacidade total. utilizável e não utilizável dos conjuntos? Cada conjunto 347 l Total ( 2 conjuntos) 694l (347 x 2) Utilizável 670l (335 x 2) Não utilizável 24l (12 x 2) *Em missões na AFA →800lb para navegação 1151lb 595Lb 1190Lb (595 x 20) 1151Lb (575.2 x 2) 39 Lb 97 – Por que deve-se voar abaixo de 14000ft em caso de pane elétrica total? Para evitar a volatilização de combustível. Esta Luz acende quando o sensor manométrico mede um diferencial de pressão > 1. Após este tempo elas permanecerão acesas por 10s para efeitos de teste. há um retardo de 5s até as luzes acenderem.

Tensão de 120A.2 VDC (26 Ah durante 5h) cádmio. VANTGENS • Boa relação energia/peso • Baixa resistência interna • Carrega com rapidez Carrega-se • Alto custo • Atenção quanto à temperatura DESVANTAGENS 100 – Quais as especificações da bateria? Alcalina de níquel-cádmio. consumo de corrente e possíveis sobretensões. • Sobretensão > 32+1V 1V 107 – Qual a função dos conversores? Transformam 28V DC em 115 e 26V AC/400Hz 108 – Qual a razão do conversor reserva ser ligado antes do principal? 1Ten Andrade Junior . 25. • Tensão reversa > 11A. O relé do gerador permanece desligado quando o seletor da bateria estiver em fonte externa. 104 – Quais as especificações do gerador? 28 V DC (6Kw . Tem duas funções: Arranque (durante a partida) Fonte de energia (gerado DC) 102 – Qual a Ng a ser atingida para que o gerador passe a fornecer corrente contínua para a bateria principal? 65% Ng para fornecimento de carga total. 103 – O que acontece se o gerador for ligado com a GPU (Fonte Externa) conectada? ce O gerador não é acoplado p/ não carregar a UCG.200 A / 250ª por 5minutos) 105 – Qual a função da UCG UCG? • Controlar o campo do arranque gerador na partida até 45 a 50% de Ng arranque-gerador • Controlar e regular o campo do gerador. • Dif.AD ASTRA!!! .AD ASTRA!!! A bateria é uma fonte secundária de energia e está localizada na parte inferior trazeira do nariz da aeronave. 106 – Quando a UCG desativa o gerador? • Consumo maior que 250A (após 5 min). 101 – Qual a função do gerador? O gerador é a fonte primária de energia e está localizado na caixa de acessórios do motor.

AD ASTRA!!! . atingir 12%Ng o combustível começa a ser injetado na câmara de combustão (através de ação na manete). 112 – Quem alimenta os indicadores de atitude reserva em operação normal e de emergência? • Em operação normal – barra de emergência.6A/h – 40 min. 109 – quais as especificações dos conversores? 250 VA Principal e 125VA reserva VA reserva. a aceleração continua alimentada pelo combustível e assistida pelo arranque gerador até que entre 45% a 50% de Ng arranque-gerador o arranque e a ignição são desativados automaticamente. 113 – Quem carrega a bateria de emergência? A barra principal. 116 – Qual o único instrumento AC que não utiliza conversor? HSI do 1P. para ser inflamado pelas velas de ignição. É um processo semi-automático. para o envio de energia elétrica ao arranque gerador.). 1Ten Andrade Junior . Esta ação ativa um relé que estabelece o contacto INÍCIO. que Interruptor IGNIÇÃO → INÍCIO A luz IGNIÇÃO acende no painel de avisos O arranque-gerador é acoplado à turbina geradora de gases o gerador de gases atinge 12%Ng A manete é aberta (levada para BANDEIRA). 114 – Quais as características da GPU? 28V DC e 800A (mín. 110 – Como são alimentados os conversores? • Conversor principal →Barra principal • Conversor Reserva →Barra de emerg emergência 111 – A que está ligada a barra da bateria? Ligada diretamente à bateria principal estando permanentemente alimentada (circuito quente). • Em emergência – Bateria de emergê emergência (24 V Dc – 2. é levado à posição (momentânea) INÍCIO. 115 – Descreva o ciclo partida partida-ignição. A ignição é ativada quando um dos interruptores de PARTIDA automático. A partir daí. min.). Quando o gerador de gases atin arranque-gerador. Nav. O combustível começa ser injetado nacâmara de combustão para ser inflamado pelas velas de ignição A aceleração continua alimentada pelo combustível e ssistida pelo arranque-gerador 45% a 50% Ng O motor já tem condição de se auto-sustentar O arranque e a ignição são desativados automaticamente A luz IGNIÇÃO no painel de avisos apaga.AD ASTRA!!! • • Checar a luz do painel apagada Limbo dos inst.

118 – A válvula de carregamento de emergência opera eletricamente. 120 – Qual a capacidade útil do reservatório hidráulico? 1. 128 – Quais as características dos sistemas de freios? • Circuito duplo. • Possui reservatório hidráulico próprio.. 125 – Quando surgirá a bandeira U/C no velocímetro? Com velocidade inferior a 100kt e trem não travado em baixo. após ter sido baixado pelo sistema de emergência? (pane simulada) Basta colocar a alavanca de emergência em NORMAL e recolhê-lo pelo sistema normal. Emerg → 9s (nesta condição é necessária uma altura mínima de 200 ft). De emerg quando a pressão do acumulador ficar menor que 1850PSI e as 3 pernas do trem estiverem travadas em baixo. 127 – Quando acendem as luzes FILT HID. PRESS HID EMERG – p < 1500+75 PSI. retrátil. O trem de pouso é triciclo. 122 – Qual o tempo de abaixamento normal e de emergência do trem de pouso/ Normal → 11 a 15s. PRESS HID EMERG e PRESS HID PRINC? FILT HID – quando é iminente o entupimento do filtro hidráulico (∆p > 70 PSI). assegurando o seqüenciamento correto p/ abertura das portas (1⁰ portas – 2⁰ trem). operando com uma pressão nominal de 2100PSI.AD ASTRA!!! . Hid. 119 – Descreva resumidamente o trem de pouso.AD ASTRA!!! 117 – Qual a função do sistema hidráulico e sua pressão nominal? A função do sistema hidráulico é fornecer energia para a operação normal e de emergência do trem de pouso. 124 – Como recolher o trem de pouso pelo sistema normal. 123 – Qual a função das válvulas de prioridade? Separar as linhas hidráulicas normais das de emergência. PRESS HID PRINC – p< 18+1PSI (ou quando o acumulador de emerg estiver sendo carregado). Como é a sua atuação? Ela desvia o fluxo p/ o sist.9 litros 121 – Qual a finalidade das válvulas restritoras? Evitar que o trem bata na porta. • Independente do sist. 1Ten Andrade Junior . 126 – De que se constitui a unidade de controle do trem? 2 válvulas. rodas simples e operado hidráulicamente.

02 conj de freios a disco.AD ASTRA!!! Constituição : 02 cilindros-mestre. 135 – Descreva o sistema anemométrico. Obs. • Secundários: Flape e compensadores. de estol. 01 válvula de estacionamento. 133 – Discrimine os comandos primários e secundários. Atuadores transformam mov rotativo em linear. Abaixam em 12s. Luz Flape: Quando uma falha no sistema e detectada o movimento é interrompido.: Cada posto possui um sistema independente interligados por válvula de prioridade. De Atuação: Motor de atuação (barra princ). 132 – Onde está localizado o detector de estol? Quando soa o alarme de estol? Está localizado no bordo de ataque da asa esquerda. 131 – Quais os subsistemas dos flapes? De Comando: 02 seletoras ligadas mecanicamente: • Diant. 1Ten Andrade Junior . O alarme toca c/ 5 a 10kt acima da veloc.→ajuste de flapes • Traseira →teleflex De Controle: Teleflex (compara flape direito com a seletora) –quando coincide com a indicação. Qual a prioridade de atuação dos compensadores. cessa a energização. De Indicação: Informação de deflexão (transmissor no flape esuerdo). DEC e POUSO? CIMA → 0⁰ DEC→12⁰ POUSO→35⁰ 130 – Como se acionam os flapes? Os flapes são acionados por um atuador linear que faz com que se movam sobre roletes apoiados em 3 trilhos. profundor e Leme.AD ASTRA!!! • . 129 – Qual a deflexão dos flapes nas posições CIMA. Os compensadores do posto traseiro sobrepujam os do dianteiro. Aciona o alarme quando o flape está entre 24⁰+4⁰/-1⁰ e trem não está travado. • Primários: Aileron. 134 – Onde atua a válvula CORT CPENS? Nos compensadores do profundor no dos ailerons. De Interligação Mecânica: protege contra deflexões assimétricas e aciona alarmes se forem ultrapassados limites. Recolhem em 11s.

<100Kts / Trem fora • CONTÍNUA .AD ASTRA!!! É um sistema duplo. 139 – Qual a função dos vibradores elétricos do altímetro? Minimizam os erros de indicação provocados pelo atrito interno do instrumento. BANDEIRA U/C ARCO AMARELO • INTERMITENTE . Um sistema para cada posto de pilotagem composto cada um de um tubo de pitot e duas tomadas de pressão estática. 140 – Quais as marcações do climb? 0 a 1000ft 1000 a 2000ft 2000 a 6000ft • Graduado em incrementos de 100 100ft • Incrementos de 500ft • Incrementos de 1000ft 141 – Em qual barra de alimentação está conectado o indicador de curva e inclinação? O indicador de curva e inclinação é alimentado pela BARRA PRINCIPAL. • Ajuste simultâneo em hectopascal e milibares milibares.0 ̊/seg (360 ̊ em 2 min) 1Ten Andrade Junior . • CÂMARA AMORTECEDORA → elimina as flutuações rápidas que causam variações no ões ponteiro. Tem uma escala graduada em divisões de 2Kt até 150kt e divisões de 5kt acima desta veloc.5 ̊/seg (360 ̊ em 4 min) • curva de 3.veloc. 136 – Quais as funções do dreno e da câmara amortecedora (na linha de pressão estática)? • DRENO→ evita o retorno de água no vôo de dorso. .000ft. veloc. 138 – Descreva sucintamente o velocímetro.. • O altímetro do painel dianteiro envia os sinais para o TDR modo C ro C. Tb fornece alarme de sobrevelocidade e alarme de baixa velocidade a caso o trem não esteja travado em baixo. Máxima permitida na configuração limpa e uma referência visual ajustável.falta de energia elétrica • Varia com a altitude • Só em ar calmo 138 – Descreva o altímetro. Apresenta a velocidade indicada. 142 – A que correspondem as indicações da escala do indicador de curvas? Deslocamento do ponteiro igual à sua largura Ponteiro coincidindo com a marcação lateral • curva de 1.AD ASTRA!!! . • Fornece marcações desde – 1000ft até 50. INDICAÇÃO VIB/COD • O altímetro está inoperante ou não está enviando a informação codificada de altitude ao TDR.

) Detonação da carga principal de ejeção e início do movimento. 1Ten Andrade Junior . ÓLEO (⁰C) (4) DECOLAGEM E MÁX. Extração do pára-quedas principal e liberação dos suspensórios e das correias de amarração.AD ASTRA!!! .5 38100/101.5seg após a ativ. Para cada 10⁰C abaixo de -30⁰C de temperatura-ambiente. da unidade barostática e da pistola drogue *Seqüência de ejeção válida p/ abaixo de 16400ft. Condição de operação Regime SHP TOQUE (lb.ft) T5 MÁX. O torque máximo é 1795 lb. Ativação do sist de oxigenio de emerg.5 seg após a ativação da unid. baros.AD ASTRA!!! 143 – Descreva a seqüência de ejeção? Acionamento do punho de ejeção Detonação do cartucho do sistema de disparo. da drogue) Detonação da carga da unid. CONTÍNUO MÁXIMO DE SUBIDA 750 700 1795 (1) 1795 790 765 38100/101. (⁰C) LIMITES DE OPERAÇÃO Ng RPM/% (2) Nh RPM/% PRESS ÓLEO (psig) (3) TEMP. de retração dos suspensórios Liberação do assento do páraquedas estab/estrator (1. 2.5 2200/100 75 a 95 10 a 99 1.2%. Ejeção do pára-quedas estrator/estabilizador (0. o valor máximo de Ng deve ser reduzido de 2.ft desde que a rotação da hélice não exceda 100% de Nh (2200RPM).