You are on page 1of 42

Pop Art: arte, cultura pop e os meios de comunicação Prof.

Eduardo Dias

Pop Art Marco inicial: exposição de Jasper Johns (1958) Europa e Estados Unidos As primeiras exibições já possuíam os grandes temas da imaginação contemporânea que foram explorados pela Pop art: fotografia, design, propaganda, produto e tecnologia Imagens banais do cotidiano que estavam relacionadas ao consumo de massa, aos estereótipos e simplificações da interpretação Produtos possuíam mais importância que objetos de arte. Afinal, a vida cotidiana do consumo era o que estava sendo representado nas telas HQs comunicavam melhor que alguns romances Arte de massa assume um papel mais dominante do que a «alta arte» e a cultura oficial Jasper Johns e Robert Rauschenberg

Pop Art é a arte perfeita para a cultura pop e o local onde os signos da cultura pop podem ser reconhecidos imediatamente Única vanguarda que conquistou sucesso com o público antes de ser aceita pela crítica Insere no universo purista e conservador da arte uma vitalidade tirada do vulgar e do banal sem traços de esnobismo Nos EUA, a Pop Art trabalhou no plano de uma ênfase monumental dos objetos e das imagens da publicidade. A escala gigante das representações eram expostas friamente associadas ao senso comum sem sofrer nenhum tipo de alienação Na Europa, a abordagem da Pop Art teve um caráter mais crítico e intelectual. Os ícones da sociedade de massa eram questionados ou faziam parte de problematizações maiores do que os sentidos de sua própria existência. No início da década de 1960, surgiram os artistas que se transformariam em ícones da Pop Art Andy Warhol, Roy Lichtenstein e Richard Hamilton

Três bandeiras. Johns Duas bandeiras. Jasper Johns Bandeira branca. Johns .

Alvo com quatro rostos. Jasper Johns Alvo. Johns Alvo com modelos de gesso. Johns .

Johns Falsa partida. Johns .Figura 8. Jasper Johns Device.

Robert Rauschenberg Choke.Estate. Rauschenberg .

Robert Rauschenberg .

.

Diamond Dust Shoes Facas .

Marylin Liz .

.

Lábios de Marilyn Marilyn Díptico .

Cadeira Elétrica Desastre Laranja/Cadeira Elétrica .

Elvis I e II Elvis Triplo .

John Wayne .

Orange Car Disaster 10 times .

10 Do-It-Yourself .O homem mais procurado n.

Roy Lichtenstein .Garota com lágrima III T-Talvez (Quadro de uma garota) M-Maybe (A Girl’s Picture).

Whaam! Como eu iniciei o fogo .

Pincelada (Brush Stroke) Grande Pintura n. 6 .

Quarto em Arles Garota Afogando-se .

Garota com bola Mulher da Algéria .

Hamilton Mas. Richard Hamilton .Londres Espetacular (Swingeing London). o que faz as casas de hoje tão diferentes. tão atraentes?.

Hamilton .Interior II. Hamilton Interior I.

Hamilton Sonho com um natal branco.Para uma verificação definitiva das novas tendências do vestuário e acessórios masculinos. Hamilton .

Um grande splash. David Hockney .

Rage Against The Machine . Robert Indiana Capa do disco «Renegade».Raising Love.

Romero Britto Black Nana.Gemeas. Niki de Saint-Phalle .

Casa Monacat .

.

.

Vik Muniz Hans Namuth .

.

.

.

O exagero de detalhes. cores e combinações improváveis entra na pauta da arte com o kitsch O kitsch é sempre identificado com as cores berrantes e saturadas. o excesso de detalhes. O especial e o espetacular não é mais tema central Artistas de televisão e cinema em destaque. colagem Repetição de temas reflete a presença destes na vida cotidiana do homem A representação do cotidiano se concentra no banal e no corriqueiro. objetos cotidianos. realizações do homem.Os artistas da Pop Art empregavam diversas técnicas em suas composições: silkscreen. a grande quantidade de objetos similares no mesmo espaço Está presente tanto nos ambientes mais privados de recursos financeiros como nos mais abastados . modelos vazados. políticos (presidentes) estão presentes nas representações Exaltação dos objetos cotidianos leva à celebração do mau gosto (kitsch) ou gosto duvidoso.

.

David LaChapelle .

a arte (e os meios) oferecem imagens completas do homem e do mundo.Atrativo da Pop Art é a estilização das informações. Os significados dos conteúdos parecem ser secundários Informação corriqueira é «embalada» profissionalmente em um estilo visual Os meios de massa são a chave para a compreensão do social O homem não mais experimenta a realidade por si mesmo. O homem esquece de ler a realidade por ele mesmo Pop Art procura anular o sistema de valorização da «alta arte» e da «arte popular» .