You are on page 1of 5

Este documento só pode ser reproduzido para uso particular ou por escolas com a devida autorização da autora.

Para isso, basta enviar um e-mail para ligiafleury1@hotmail.com ou educacaoadois@gmail.com. Responderemos imediatamente, com o texto na íntegra e a autorização para a reprodução. É importante que professores leiam o material junto com os alunos ou os oriente na leitura. ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS Lígia Fleury Apresento aqui algumas técnicas para que você, aluno, possa obter resultados positivos na sua aprendizagem. Dedicar-se ao estudo fazendo trabalhos, relendo anotações, elaborando questões, estando atento em sala de aula, pesquisando em livros, revistas, jornais, Internet, solucionando dúvidas com professores, criando exercícios, é um caminho que lhe trará benefícios, se o fizer com determinação. Insisto que o estudo deve ser um hábito (no EM já adquirido) diário. Rever e exercitar em casa a matéria trabalhada em classe o ajuda a compreender, questionar, assimilar e registrar em sua memória o significado do conteúdo proposto. Quando você significa o conteúdo, compreende para que serve e quando o utilizará; dando sentido ao saber, amplia seu conhecimento. Para isso, no entanto, é necessário que seus cadernos sejam organizados e que você saiba fazer anotações de acordo com suas habilidades, registrando gráficos, desenhos, palavras-chave, relato dos professores, imagens... Talvez você faça suas anotações em seu computador; então, digite a aula, registre gráficos, links, perguntas e dicas de colegas, observações do professor, citações... É pelo seu registro que a estrutura do pensamento se apresenta e conhecer como isso acontece lhe dá a possibilidade de descobrir estratégias de estudo que lhe facilitem a compreensão dos conteúdos. Entendo por registro qualquer forma concreta de fazer uma história e, nesse caso, é da sua história de aquisição de conhecimento a que me refiro. Portanto, seja nos cadernos ou em computadores, faça registros que tenham sentido para você. Além de todo o conhecimento que você adquire no colégio, há outras fontes de informações que também lhe propiciam a aprendizagem: Internet, TV, rádio, jornal, livros, revistas, cinema, teatro, enfim, pelos mais diferentes meios de comunicação você pode aumentar sua bagagem cultural. E isso é uma maneira de estudo! É ampliar suas informações para ressignificá-las em conhecimento. O que você precisa é aprender a relacionar estas fontes – informações- com o conteúdo escolar, para que o conhecimento passe a ter um significado para você.

Procure descobrir o sentido de cada palavra. rádio ou televisão. procure criar um ambiente que o favoreça: pode ser uma sala fechada. verifique o que de mais importante conseguiu detectar. mesmo que seja uma pequena teoria. onde você é a personagem principal. você está recebendo informações do mundo do qual faz parte. ao ouvir uma notícia. pensar e agir. de cada expressão. Pergunte-se sobre o assunto. Enumere os parágrafos para ter noção da seqüência e do tempo necessário para tentar compreender o que está escrito. uma notícia de jornal. Receber uma nova informação exige de você capacidade de interpretação e necessidade de raciocinar para que possa relacioná-la com o que já foi adquirido. Contextualize cada fato. talvez ouvindo a própria voz. aquelas que necessitam utilizar os sentidos como movimentar-se para conseguir atingir um nível de concentração. Descubra em que contexto você está inserido e procure a melhor maneira de manter-se concentrado! LEITURA ORAL Ler em voz alta pode ajudá-lo a lembrar do que o professor falou de mais significativo sobre determinado assunto. LEITURA INTERPRETATIVA Para cada parágrafo lido. depende do seu empenho! As técnicas sugeridas podem ser desenvolvidas com cadernos ou computadores. fixe sua atenção na essência do que está sendo abordado. . tamanhos. você perceba aspectos importantes antes não notados. que precisam escutar algo. pode ser um ambiente com música. A concentração é muito particular: há pessoas auditivas. por ter uma bagagem de conhecimento que reflete sua maneira de ser. assistir a um filme ou a uma peça de teatro. Para descobrir como conseguirá concentrar-se melhor. Questione os fatos do parágrafo. Tente! Experimente! Para dar certo. escolhendo a que melhor se adapta ao seu estilo de aprendizagem. Para isso é necessário conhecer as diferentes possibilidades de aquisição e sistematização do conhecimento. formas. seja uma música.Ao ler um texto. Há pessoas visuais. arejado. que precisam visualizar algo. seja a própria voz. sem telefone. A seguir você encontrará algumas possibilidades para estudar. acessar um site. Há pessoas cinestésicas. seja alguém explicando a teoria. LEITURA SILENCIOSA Ao ler um texto. prender-se a cores. aberto.

só a visualização na própria tela já lhe ajuda a fixar o que foi proposto. Portanto. excluir algo que não seja importante. Reescreva o enunciado do exercício sem olhar a resposta e tente resolvê-lo. criando exercícios. experimente criar jogos no computador com o conteúdo estudado. seja digitando textos. leia atentamente para conferir com as orientações de seu professor. criar ciladas. pode estudar com ele. Sendo você um aluno criativo. Utilizar as redes sociais para estudar com colegas e esclarecer dúvidas com professores conectados pode ser uma motivação a mais para seu estudo. Muitos acham que se cortarem algumas palavras. nem todos trazem informações corretas. pode lhe trazer benefícios. Grave engano! . RESUMIR Essa técnica envolve mais aspectos importantes do que você imagina. mas pode também acrescentar dados. pois lhe possibilita ampliar o conhecimento e utilizar uma linguagem diferente da adotada em sala de aula. só depois compare as respostas. Há programas próprios para algumas matérias. Questione tudo. Busque em sites sugeridos por seus professores. Não é porquê está em sites ou livros que a informação é sempre correta.. UTILIZAR O COMPUTADOR Se você tem acesso ao computador.. Seja crítico ao escolher um site. você poderá encontrar as dificuldades e dúvidas. Poderá ou não imprimir o que trabalhou. charadas. CONSULTAR DICIONÁRIOS E LIVROS Todas as palavras desconhecidas devem aumentar o seu vocabulário. empregando--as corretamente após descobrir seu significado. um texto impresso ou digital. esconderem algum parágrafo ou colocarem um sinônimo para determinadas palavras. estarão fazendo um belo resumo.e trocá-las com colegas. informações que complementem as que você já possui. Consultar um livro.REFAZER EXERCÍCIOS Revendo com calma os exercícios já resolvidos e corrigidos. para que um resolva o do outro. Jamais continue uma leitura sem que tenha compreendido o significado de todas as palavras. às vezes. CRIAR EXERCÍCIOS Você pode inventar enunciados parecidos com os do caderno ou do livro. fazendo resumos.

faça esquema. utilizando colchetes. grave os fatos principais e depois ouça a própria voz. estrutura frasal. riscar um desenho ou utilizar códigos para destacar o que acha ser principal. grife duas ou três palavras que ache mais importante e explique para você mesmo o que entendeu. vamos ao segundo passo.Resumir é muito diferente disto: exige leitura. GRAVAR / ESCUTAR Se você é um aluno auditivo. assimilação. o parágrafo não existiria. Compare o seu texto com o primeiro e verifique se foi fiel ao assunto principal.. Repita este processo com todos os parágrafos. enumere os parágrafos. o mais importante é guardar o texto original e criar frases que tenham o mesmo sentido que ele. que precisa do som para compreender e assimilar o conteúdo. escreva-as de maneira que apresentem enredo.. sujeito etc. Vale colocar música nas suas palavras ou até transformar o texto em poesia. utilize a técnica da leitura silenciosa. chaves. Às vezes. decodificação. podendo misturá-las entre os parágrafos. Nesta etapa. gravuras. . é necessário que você. não falo de verbos. associação de idéias. consistência. Crie frases destacadas. Copie essas palavras destacadas em uma folha. dê seqüência. qualquer recurso que o ajude a compreender é sempre muito válido. HISTÓRIA EM QUADRINHOS Para esta técnica ser aplicada. Caso não goste muito de escrever (embora seja muito necessário treinar a escrita) . Leia o primeiro. parênteses ou flechas para ligar uma palavra à outra. lembrando que as palavras mais importantes são aquelas que dão significado ao contexto: são tão importantes que. FAZER ESQUEMAS Um aluno mais prático. Terminado o processo com todos os parágrafos. Releia as frases que criou. pode anotar as palavras mais significativas. recitando. sem elas. Você também pode ilustrar com desenhos. sua memória auditiva o ajuda também a compreender o que está estudando. enquanto lê um texto. em um primeiro momento. interpretativa e a do resumo. falo da importância significativa para o conteúdo. Vamos passo a passo. Utilize canetas coloridas para cada sinal diferente para que isto lhe chame a atenção para fatos diversos. Primeiro. compreensão de linguagem e leitura.

Psicopedagoga. a troca de informações entre vocês pode gerar algo inovador. Em seguida. Repita isto em cada parágrafo. qualquer jogo com dado pode ter perguntas sobre o conteúdo. Colunista da Coluna Educação: a Arte de Reeducar.com.Ao compreender cada parágrafo. Agora que já conhece algumas técnicas de estudo. se você estuda em uma escola em que a prova é um instrumento de avaliação do conhecimento. Crie!!! REFAZER PROVAS A prova ainda é vista como um documento que demonstra aquilo que o aluno sabe e também o que ainda não compreendeu – há muitas divergências sobre esse aspecto. leia-o em voz alta e compare-o com o original. faça um desenho que demonstre o significado do que foi compreendido por você. Novamente. elabore um texto com todas as frases. com todos os detalhes que conseguir lembrar. Criar um jogo de vídeo-game para os que têm esse domínio tecnológico é absurdamente desafiador. Mas. BOM TRABALHO! Lígia Fleury é Pedagoga. estude por ela quando recebê-la corrigida. Gestora do Educacaoadois. Ao terminar. CRIAR JOGOS DE RACIOCÍNIO Utilize os saberes conceituais das aulas e dos livros e transfira-os para jogos de tabuleiros ou de computador. não a desmereça.blogspot. descubra qual ou quais melhores se adaptam ao seu jeito de aprender e procure utilizá-las conforme suas necessidades. Por exemplo. desafie-se a compreender o que errou. guarde o texto e escreva uma frase para cada desenho. Assessora Pedagógica Educacional. Palestrante . O fato de ilustrar cada parágrafo ajuda-o a visualizar o significado de cada parte do texto. convide amigos para fazerem juntos.