Modelos mock-up e protótipos

Representações no processo de design
Sketches ou esboços – desenho a mão livre

Representações no processo de design
Desenho técnico

Representações no processo de design

Perspectiva expandida

Representações no processo de design Rendering .

Transferência de modelos mentais para um suporte bidimensional com o intuito de visualizar.Importância da representação no processo de design 1. analisar e registrar suas idéias . coleta e analise de informações para estabelecer requisitos e conceitos (caderno de projeto) 2.

etc. construção de modelos rápidos diminui o esforço cognitivo de interpretar imagens bidimensionais agilizando a escolha da alternativa viável. formas. 4.Definição do produto e apresentação para o cliente . estudo de mecanismos. dimensionamento. texturas. encaixes. ergonomia.Importância da representação no processo de design 3. Construção de modelos para minimizar a possibilidade de erros na configuração do produto e conseqüente prejuízo na fabricação de moldes e ferramentas. 5.

Desenho reverso . Realizando o desenho das vistas básicas. Construindo em conjunto mock-ups e modelos durante a geração de alternativas. Construindo mock-ups e modelos após a realização do desenho técnico. 3.Importância da representação no processo de design Como utilizar a representação em benefício do projeto: 1. Modelo reverso 2.construindo o mock-up e/ou modelo e a partir destes construir o desenho técnico final.

O modelo é usado como guia para produzir os desenhos para produção e futuras mudanças no design acabamento final e referências. estudando e incorporando mudanças no design diretamente no modelo.Importância da representação no processo de design Projetar construindo um modelo. . O modelo reverso projetando através do modelo.

Importância da representação no processo de design O Desenho reverso – Após fazer o modelo. Correções de superfície podem ser feitas através de programas de desenho técnico. . fatia-se em camadas finas de 2cm para utilizá-lo como referencia no desenho técnico. Estas fatias serão copiadas como cortes do desenho podendo ser reconstruídas fazendo correções de curvas e linhas. Depois de revisado é possível refazer as fatias e montar o modelo final.

MODELO E PROTÓTIPO As diversas possibilidades de aplicação de modelos durante o projeto podem ser classificadas quanto: • à execução. Automatizada a partir de modelos tridimensionais em CAD modelados em centros de usinagem ou através de prototipagem rápida .acrescentando ou polimerizando o material.CONCEITO DE MAQUETE. . • utilização •forma de construção. A construção pode ser manual (com auxílio de ferramentas).

•Prototipagem rápida . •Automatizada a partir de modelos tridimensionais em CAD modelados em centros de usinagem.Quanto a forma de construção •A construção pode ser manual (com auxílio de ferramentas).acrescentando ou polimerizando o material .

Mock-up – modelo em escala natural (1:1). Modelo – modelo em escala reduzida ou ampliada com qualquer material. com material diferente ao especificado no projeto. . com material igual ou semelhante ao especificado no projeto.Quanto a forma de execução Protótipo – modelo em escala natural (1:1).

Importância da representação no processo de design Mock-up .

Importância da representação no processo de design Modelo ou Protótipo Escala reduzida Escala real .

Ergonômico – Modelo para avaliar fatores ergonômicos.Quanto a utilização: Teste – modelo para avaliar o comportamento do produto ou componente quanto a esforços estáticos ou dinâmicos. Volume ou estético – Modelo para avaliar aspectos morfológicos e/ou semânticos. Funcional – Modelo para avaliar aspectos funcionais de sistemas ou subsistemas. mobiliário) . Apresentação – Modelo para apresentação pública ou cliente. Produção – Modelo para avaliar processos de fabricação ou produção. Arranjo – Modelo para avaliação de layout (fábrica.

para confecção de molde ou pequena seriação de peças de amostra. para escaneamento em 3D 3. . para fabricação de peças de fundição 2.Classificação quanto à utilização: Pode-se ainda incluir a possibilidade de um modelo: 1.

•transporte e armazenagem . •superfícies do modelo. •habilidade do modelista. •escala acabamento. •similaridade. •detalhes.CRITÉRIOS DE SELEÇÃO •custo do material. •tempo disponível. •equipamento e espaço disponíveis. •desenvolvimento da forma. •riscos a saúde.

Poliuretano expandido. borracha de silicone.Clay . Concreto celular.Massa de modelar. ABS. Cartonados. Clay. espuma floral Moldes : borracha de silicone. Papelão. gesso. Sabão. cera. barbotina Termoformagem : Poliestireno .Processos e materiais Planificação e Empilhamento: Cartão duplex.Papier maché . PVC Modelagem Manual : Argila. Gesso . chapas de madeira . Cerâmica plástica(fimo) . Poliestireno. Papelão. madeira. PVC. Porcelana fria . Epóxi Solidificação em molde : gesso. resina . Epóxi Escultura e Desbaste: Poliestireno expandido. Foam. Chapas metálicas. Chapas de madeira. Madeira.

Planificação e empilhamento .

Modelagem .

Desbaste .

Modelos e Moldes .

Solidificação em moldes .

Termoformagem .

. são necessários para guiar o uso do gabarito. •Gabaritos podem ser usados como ferramentas de corte e desbaste para trabalho customizado. grades de superfície etc. •Gabaritos podem ser usados ocasionalmente para verificação da forma. servem como ferramentas de desbaste ou como prensas para fixar a nova forma da peça. •Linhas de referencia. Pode ser construída em qualquer material. •Gabaritos podem ser macho ou fêmea •Gabaritos podem ser permanentemente incorporados e fazer parte das dimensões do modelo.Gabaritos São peças que tem a contra forma da peça final.

Gabaritos .

Aditivas ou subtrativas.D).Prototipagem rápida O termo prototipagem rápida designa um conjunto de tecnologias usadas para se fabricar objetos físicos diretamente a partir de fontes de dados gerados por sistemas de projeto auxiliado por computador (C. .A.

• Modelagem por deposição de material fundido (FDM) – camadas de resina aquecida e extrudada.Prototipagem rápida • Esteriolitografia – polímeros líquidos (resina epóxi) solidificados quando expostos à radiação ultravioleta. elastômeros. • Sinterização seletiva a laser (SLS) – pó fusível (nylon. • Manufatura de objetos em lâminas (LOM) – camadas de papel e material adesivo. metal) ao calor de raio laser. .

Prototipagem rápida .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

EXEMPLOS .

New York: Whitney. 1991 . Yoshiharu.Bibliografia •Trudeau. Norman. 1995 •SHIMIZU. Models & Prototypes. Professional modelmaking: a handbook of techniques and materials for architects and designers. Tokio: Grafic-sha.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful