You are on page 1of 1

ESCALAPB PB ESCALACOR COR

Produto: EST_SUPL2 - EMPREGOS - 1 - 22/02/09


%HermesFileInfo:Ce-1:20090222:
CE01 - CYANMAGENTAAMARELOPRETO

CLASSIFICADOS O ESTADO DE S.PAULO Para anunciar (11) 3855 2001 Domingo, 22 de fevereiro de 2009 7

empregos
Acesse:

.com.br
os classificados do
Estadão na internet

Enviar Curriculum
왘 ÍNDICE Projetos e inovação Workshop de soluções para líderes Aos cuidados de
Empregos PÁG. 3 O Estado de S.Paulo, Aveni-
O Itehpec realiza no dia 2 de Estão abertas as inscrições como desenvolvimento de da Engenheiro Caetano Alva-
Empregados oferecem-se PÁG. 5
março o curso avaliação de para o workshop Vision, com liderança e criação de visão. res, nº 55, Bairro do Limão,
Estágios CIEE PÁG. 5
projetos de inovação tecnoló- o consultor japonês Yasuhiko O custo é de R$ 1.430 e as CEP 02598-900, São Paulo,
Centro de Solidariedade PÁG. 6
gica, em SP. As inscrições Kimura. O evento acontece vagas são limitadas. Para SP, mencionando no envelo-
Consultorias PÁG. –
são gratuitas e devem ser nos dias 2 e 3 de março, em participar, ☎ (11) 3064-4630 pe a sigla ou o código indica-
Cursos e Concursos PÁG. 7
feitas no www.protec.org.br SP. Na agenda, há temas ou pelo site www.glg.com.br do no anúncio de interesse.
8 páginas 1.221 anúncios

MARCELO XIMENEZ/AE

Auditores
contábeis
emfasede
prestígio
Função antes temida pelas empresas
ganha novo conceito no mercado
Sãomuitas ascarreirasqueexi- ma das Sociedades por Ações,
gem extrema dedicação e com- de 1976, tornando as práticas
prometimento por parte do em- contábeis brasileiras mais pró-
pregado, além da sujeição a ximasàsvigentes nos países eu-
umaaltacargahorárianajorna- ropeus e nos Estados Unidos.
da laboral – incluindo finais de Para alcançar essa conver-
semana. No entanto, são pou- gência, foi necessária a imple-
cas as que compensam todo es- mentação de várias medidas,
se esforço com bons salários e como a obrigação de auditoria
uma ascensão profissional bas- em empresas de grande porte,
tante acelerada. porexemplo. Um desfecho mui-
A área de auditoria contábil to atrativo para os profissio-
se encaixa perfeitamente nesse nais da área.
perfil de exceções. Indispensá- O novo panorama tem moti-
vel para a aferição de balanços vado as empresas do segmen-
de qualquer empresa, esta pro- to a intensificar os processos
fissãodevegarantirelevadosín- de seleção de trainees, onde ca-
dicesde contrataçõespelospró- da vez mais têm se destacado
ximos 20 anos, de acordo com as mulheres.
especialistas. Se você gosta de estudar e de
Entre os motivos para essa viajar constantemente, esta é
marédeprosperidade,destaca- uma boa opção de emprego.●
se a vigência da nova lei nº
11.638, que alterou a antiga nor- † Mais informações na pág. 2 DESENVOLVIMENTO - Plano de carreira costuma ser rápido. Fernando Oliveira, 27, atingiu a função de gerente após oito anos de experiência

Artigo

O melhor momento para requerer a aposentadoria


CARLINHOS MÜLLER
na data de aposentadoria. Lo- tadoria, maior será o montante
Alexander go,oenvelhecimento dosegura- acumuladoe,consequentemen-
Souza* do, junto com a manutenção te, o seu benefício.
das contribuições para a Previ- Na Previdência Social, esse
dência Social, resulta na apura- cenário significa desoneração
ção de um fator previdenciário do governo, pois o ligeiro acrés-
e,consequentemente,deumbe- cimonovalordobenefícioéinfe-
nefício maior. rior ao benefício que ele deixa
s informações so- Diante deste quadro, é preci- de receber em função do adia-

A bre aposentadoria
nem sempre estão
disponíveis de for-
ma a orientar o se-
gurado do Instituto Nacional
do Seguro Social (INSS) a to-
mar as decisões acertadas. Um
soavaliarse oefeitocausadope-
lo acréscimo na expectativa de
vida, que ocorre sempre em de-
zembro, é maior ou menor do
queoadvindodoenvelhecimen-
toedaacumulaçãode maistem-
po de contribuição.
mento da aposentadoria.
Não existe conta mágica na
Previdência Social, e sequer se-
gurança absoluta nos regimes
de previdência ou de poupança
do país.
Sabe-se que poupar assegu-
item importante e dificilmente Um estudo da Mercer detec- ra uma aposentadoria menos
levadoemcontaéescolherome- tou que o melhor momento pa- sofrível, pois as perdas sala-
lhor mês para se aposentar. ra o segurado se aposentar é na riais, nesse período, atingem
Claro que o segurado do data do seu aniversário, pois é boa parte da população econo-
INSS não sabe disso. Quer re- quando o benefício do INSS dá micamente ativa.
quer o benefício o quanto antes. um salto em virtude da fórmula Pensar em compor a pou-
Assim, pode perder dinheiro se adotada para o cálculo do fator pança social com a privada po-
errar o mês, pois existe sim o previdenciário. derá ajudar o segurado a viver
melhor mês para cada caso. Com exceção dos aniversa- suaaposentadoria com um pou-
Algumas variáveis devem riantes de dezembro, todos os co mais de conforto do que se
ser levadas em consideração. demaisdevem evitar seaposen- contasse apenas com o INSS.
Entreelas,queoInstitutoBrasi- tar nesse mês, pois, pela altera- Se quiser pensar num futu-
leiro de Geografia e Estatística ção na expectativa de vida que ro mais tranquilo poupe omáxi-
(IBGE) divulga anualmente, ocorre neste período, o benefí- sim. Após simular diferentes si- é: o que é melhor? Contribuir ça,após35anos oseguradoacu- mo que puder. ●
em dezembro, a expectativa de cio de dezembro pode ser me- tuações, os especialistas da para o INSS ou fazer um plano mularia cerca de R$ 545 mil,
vida média do brasileiro, que nor do que o de novembro. Mercer concluíram que a pos- de capitalização? Vamos a essa quese transformado em benefí- * Alexander Souza, consultor sê-
tem como consequência a redu- tergação da aposentadoria do conta. O teto do salário de con- cio aos 60 anos de idade, com nior da Mercer com 15 anos de
ção do fator previdenciário. DÚVIDA COMUM INSS, apesar de aumentar obe- tribuição do INSS é de R$ 3.218. reversão em pensão por morte, experiência em previdência
Isso significa a redução do Se o segurado resolver conti- nefícioderendamensaldosegu- Os segurados do regime geral geraria uma renda mensal de complementar, bacharel em
benefício a que o segurado teria nuar contribuindo com o INSS rado, não compensa a renda de previdência recolhem um aproximadamente R$ 2.960. estatística pela Escola Nacional
direito,umavezque ele,teorica- e postergar o pedido do benefí- que o mesmo segurado deixou percentual que varia entre No INSS, o mesmo segurado de Ciências Estatísticas (EN-
mente,oreceberáporum perío- cio ele ganha ou perde com essa de obter durante esse período, 8,0% e 11,00% deste teto, ou se- teria direito a uma renda de R$ CE), pós-graduado em mercado
do maior de tempo. iniciativa? ainda mais se continuou contri- ja, quem contribui com base no 2.830, valor inferior ao que acu- de capitais pela Fundação Getú-
O fator previdenciário é apu- Boa parte das pessoas acha buindo para o INSS durante to- teto recolhe mensalmente para mularia na caderneta de pou- lio Vargas (FGV) e MBA em ne-
rado com base na idade, na ex- quefazendo isso terão possibili- do esse tempo. o INSS a quantia de R$ 354. pança, sendo que no regime de gócios internacionais pelo Insti-
pectativade sobrevidaenotem- dade de obter uma renda Outradúvidamuito frequen- Se esse valor fosse colocado capitalização, quanto mais o se- tuto Brasileiro de Mercado de
po de contribuição para o INSS maior. Mas não é simples as- te entre os segurados do INSS em uma caderneta de poupan- gurado posterga a sua aposen- Capitais (IBMEC).

7 8 9 10 11 12