You are on page 1of 15

Mapa da Mina Matéria: Assunto: IV RACIOCÍNIO LÓGICO

:
2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões.

Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões Argumento é um conjunto de proposições com uma estrutura lógica de maneira tal que algumas delas acarretam ou tem como consequência outra proposição. Isto é, o conjunto de proposições p1,p2,p3,...,pn que tem como consequência outra proposição q. Chamaremos as proposições p1,p2,p3,...,pn de premissas do argumento, e a proposição q de conclusão do argumento. Podemos representar por: p1 p2 p3 . . . pn . .. q

PREMISSAS

CONCLUSÃO

Exemplo: Se eu passar no concurso, então irei trabalhar. Passei no concurso . . . Irei trabalhar VALIDADE DE UM ARGUMENTO Sabemos que uma proposição é verdadeira ou falsa. No caso de um argumento diremos que ele é válido ou não válido. A validade é uma propriedade dos argumentos dedutivos que depende da forma(estrutura) lógica das suas proposições (premissas e conclusões) e não do conteúdo delas. Sendo assim podemos ter as seguintes combinações para os argumentos válidos dedutivos: 1 – Premissas verdadeiras e conclusão verdadeira. Exemplo: Todos os apartamentos são pequenos. (V) Todos os apartamentos são residências. (V) . . . Algumas residências são pequenas. (V) 2 – Algumas ou todas as premissas falsas e uma conclusão verdadeira. Exemplo: Todos os peixes têm asas. (F) Todos os pássaros são peixes. (F) . . . Todos os pássaros têm asas. (V)

Exemplo: Todos os peixes têm asas. . B e C e portanto a validade é consequência da forma do argumento. Exemplo: O Flamengo é um bom time de futebol. este argumento é válido para quaisquer A.3 – Algumas ou todas as premissas falsas e uma conclusão falsa. Vamos substituir mulheres. . Logo o que é importante é a forma do argumento e não o conhecimento de A. . isto é. . Todos os C são B. Exemplo: Todos ser humano têm mãe.B e C respectivamente e teremos: Todos os A são B. Todos os homens têm mãe. Observe que a validade do argumento depende apenas da estrutura dos enunciados. (F) . . um argumento é válido se quando todas as suas premissas são verdadeiras acarreta que sua conclusão também é verdadeira. (F) Então. bonitas e princesas por A. Todos os homens são humanos. o argumento é dedutivo quando a conclusão é completamente derivada das premissas. isto é. . Todas as princesas são mulheres. . Todas as princesas são bonitas. Todos os cães têm asas. Exemplo: Todas as mulheres são bonitas. O argumento será INDUTIVO quando suas premissas não fornecerem o apoio completo para ratificar as conclusões. Todos os C são A. . . Portanto um argumento será não válido se existir a possibilidade de suas premissas serem verdadeiras e sua conclusão falsa. . ARGUMENTOS DEDUTIVOS E INDUTIVOS Os argumentos são divididos em dois grupos: – – Dedutivos Indutivos O argumento será DEDUTIVO quando suas premissas fornecerem prova conclusiva da veracidade da conclusão. . Observe que não precisamos de nenhum conhecimento aprofundado sobre o assunto para concluir que o argumento acima é válido. O atributo VALIDADE aplica-se aos argumentos dedutivos. . (F) Todos os cães são peixes. B e C.

. Não q. José será demitido do serviço. Sendo assim. r v s ARGUMENTOS DEDUTIVOS NÃO VÁLIDOS Os argumentos dedutivos não válidos podem combinar verdade ou falsidade das premissas de qualquer maneira com a verdade ou falsidade da conclusão. . 2 – NEGAÇÃO DO CONSEGUENTE – Também conhecido como modus ponens. O Vasco é um bom time de futebol. então será demitido do serviço. Se p então r.AFIRMAÇÃO DO ANTECEDENTE – Também conhecido como modus ponens. não se aplica. . . . Se q então s. porém as premissas não sustentam a conclusão. . Todos os times brasileiros de futebol são bons. q Exemplo: Se José for reprovado no concurso. P . então q. r ou s pvq p→r q→s . . Portanto nos argumentos indutivos a conclusão possui informações que ultrapassam as fornecidas nas premissas. . . ARGUMENTOS DEDUTIVOS VÁLIDOS 1 .. então haverá inflação. q p→q p . .O Palmeiras é um bom time de futebol. Não aumentamos os meios de pagamentos.. por exemplo. Assim podemos ter. argumentos não-válidos com premissas e conclusões verdadeiras. José foi reprovado no concurso. Se p. então q. . . Geralmente este argumento ocorre quando alguém é forçado a escolher entre duas alternativas indesejáveis. . . Não há inflação. a definição de argumentos válidos ou não válidos para argumentos indutivos. . . ¬ p Exemplo: Se aumentamos os meios de pagamentos.. 3 – Existe também um tipo de argumento válido conhecido pelo nome de DILEMA. . . O Cruzeiro é um bom time de futebol. . p ou q. Se p. p→q ¬q . então. Não p.. .

. Todos os gatos são mamíferos.. . . p→q ¬p . . . . ¬ q ARGUMENTOS VÁLIDOS PREMISSAS V F F F V CONCLUSÃO V ARGUMENTOS NÃO-VÁLIDOS PREMISSAS CONCLUSÃO OBSERVAÇÃO: A negação de “ TODO A é B” é “ALGUM A NÃO é B” A negação de “NENHUM A é B” é “ALGUM A é B” ( PELO MENOS UM A é B) ALGUM A é B TODO B é C . Não p. . . .PC-ES . .. (V) . então q. Todos os C são B. p→q q . (V) FALÁCIA DA AFRIMAÇÃO DO CONSEQUENTE Se p.Escrivão de Polícia . . então q. (V) Todos os gatos são mortais. Não q. . .Todos os A são B. . p FALÁCIA DA NEGAÇÃO DO ANTECEDENTE Se p. Todos os C são A. ALGUM A é C V V F F F V V F ARGUMENTO VÁLIDO QUESTÕES DO CESPE 2011 1 . q. . p. Exemplo: Todos os mamíferos são mortais.

um agente de trânsito notou um veículo que havia parado a distância. P2 . – Foi o Lucas. concluída em 2009. . Nessas condições. – Marcelo está mentindo. obtém-se a conclusão P3. disse Marcelo. mulheres.Existem policiais que são médicos. P3 . 2010 4 . Ao observar o interior do veículo e constatar que havia uma lata de cerveja no console.Nenhum policial é infalível. é correto concluir que o argumento de premissas P1 e P2 e conclusão P3 é válido. O argumento "A maioria das vítimas era mulher. – Foi o Rafael. 13% eram meninas. em que P1 e P2 são as premissas e P3 é a conclusão . Marta foi vítima do tráfico de pessoas. 3 -PC-ES . então essa sequência de proposições constituirá um argumento válido 2 . Uma pesquisa realizada pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC). respectivamente. P2 e P3. na sua maioria. enquanto apenas 12% eram homens e 9% meninos. disse Lucas.Escrivão de Polícia Considere a seguinte sequência de proposições: P1 . julgue os itens subsequentes. Com base no texto acima. meninas e adolescentes. julgue os itens a seguir. no qual o condutor trocou de lugar com um dos passageiros. Se as premissas P1 e P2 de um argumento forem dadas. assumidas como verdadeiras.Delegado de Polícia A questão da desigualdade de gênero na relação de poder entre homens e mulheres é forte componente no crime do tráfico de pessoas para fins de exploração sexual. disse Rafael.PC-ES . pois as vitimas são. indagou aos quatro ocupantes sobre quem teria bebido a cerveja e obteve as seguintes respostas: – Não fui eu. bem como o fato de que apenas um dos ocupantes do veículo bebeu cerveja. a partir das premissas P1 e P2. também verdadeira por consequência lógica das premissas. disse Ricardo. Diante dessa situação. indicou que 66% das vítimas eram mulheres. Logo Marta é mulher" é um argumento válido. e a sua conclusão P3 for dada por "Existem gatos que são leões". por "Todos os leões são pardos" e "Existem gatos que são pardos". Considerando a situação hipotética acima. o agente resolveu parar o veículo para inspeção.Analista de Sistemas Durante blitz de rotina.P1. A respeito das formas válidas de argumentos.é considerado válido se.Um argumento constituído por uma sequência de três proposições .Nenhum médico é infalível. julgue os próximos itens. o motorista.DETRAN-ES .

21ª Região (RN) . após reunir-se com os técnicos judiciários Alberto. Com base nessas conclusões e sabendo que Ernesto usa o Windows. julgue os itens subsequentes. d) Alberto usa o Linux. A sentença "Falhas administrativas e maior tempo no poder andam de mãos dadas" é uma premissa desse argumento. A negação da proposição "Pedro não sofreu acidente de trabalho ou Pedro está aposentado" é "Pedro sofreu acidente de trabalho ou Pedro não está aposentado". se Douglas usa o Windows. então Alberto usa o Windows. v (ou).. Falhas administrativas e maior tempo no poder andam de mãos dadas.Técnico Judiciário . então Ernesto tambem não o faz. Por isso. então). Mas. . → (se.Em face dessa situação. se Douglas não usa o Windows. todos precisam ser fiscalizados. concluiu que: – – – – se Alberto usa o Windows. b) Douglas não usa o Linux. 7 . Douglas e Ernesto para uma prospecção a respeito do uso de sistemas operacionais. ˄ (e). enganoso é o coração do homem. c) Ernesto usa o Linux. 5 -TRT . 2009 10 -TRE-MA .Analista Judiciário O sustentáculo da democracia é que todos têm o direito de votar e de apresentar a sua candidatura.A afirmação "E a alternância no poder é imprescindível" é uma premissa desse argumento.Agente Administrativo Julgue os itens que se seguem. é correto afirmar que Marcelo e Rafael mentiram. é correto afirmar que a proposição (¬p)˄q → (¬p) v q é uma tautologia. se Cícero usa o Linux.. é correto concluir que: a) Cícero não usa o Linux. então Bruno usa o Linux. 8 -MPS .Esse é um argumento válido. então Cícero usa o Linux. E a alternância no poder é imprescindível. . 9 -Considerando as proposições P e Q e os símbolos lógicos: ¬ (negação).Programação de Sistemas Gilberto. Considerando o argumento citado. Cícero. e) Bruno usa o Linux. 6 . Bruno. proposições e operações com conjuntos. gerente de sistemas do TRE de determinada região. acerca de tautologia.

a negação da proposição A.Analista Judiciário . Nesse caso. A proposição simbolizada por A → B. é correto deduzir-se que Paulo a) ficou em casa. simbolizado por P1. ele chega atrasado ao seu trabalho.P3 . P2. se A for V. nos demais casos. – Ou Paulo fica em casa.11 -SECONT-ES . ou correto. Um argumento é denominado válido. passíveis de receberem um. – Se Paulo dorme tarde. será F. ou proposicional. e. – Se Paulo fica em casa. considere o seguinte argumento. isto é. – Se Paulo não acorda cedo. julgue os itens a seguir. ou ele vai ao cinema. Sabendo-se que Paulo não chegou atrasado ao seu trabalho.Técnico Judiciário . for valorado sempre como V.Pn → Q. lida como "se A. e. – Se Paulo faz o jantar. se. 13 . …. A proposição simbolizada por ¬A. b) foi ao cinema. e) não acordou cedo. A proposição simbolizada por A ˄ B. É usual simbolizar as proposições por letras maiúsculas do alfabeto e construir novas proposições usando-se símbolos lógicos. então faz o jantar. ele não acorda cedo. então esse argumento é válido. terá valor lógico V. Suponha que as proposições "Edu tem um laptop ou ele tem um celular" e "Edu ter um celular é condição necessária para Edu ter um laptop" sejam verdadeiras. Com base nessas definições. n≥1 de proposições tem como consequência uma proposição final q. . e apenas um. ou "B é condição necessária para A". …. entre os dois valores lógicos: falsa (F) ou verdadeira (V). nos demais casos. de acordo com as regras de raciocínio lógico. P2. então B". nos demais casos será V. terá valoração V quando A e B forem V.Auditor do Estado A lógica sentencial.P3 . 12 -TRE-MG .Pn . e valor lógico F.Área Judiciária Uma dedução é uma sequência de proposições em que algumas são premissas e as demais são conclusões. trata das sentenças. considerando essas proposições como premissas e a proposição "Edu tem um laptop" como conclusão de um argumento. A proposição simbolizada por A v B. for uma tautologia. d) dormiu tarde. Suponha que as seguintes premissas sejam verdadeiras. se A for F. ele vai dormir tarde. A esse respeito. ou proposições.TRT . c) fez o jantar. terá valor lógico F quando A e B forem F. lida como "A ou B". que se lê "A e B".17ª Região (ES) . Uma dedução é denominada válida quando tanto as premissas quanto as conclusões são verdadeiras. terá valor lógico F quando A for V e B for F.Área Administrativa Um argumento é uma afirmação na qual uma dada sequência finita -P1. e. será V.

é correto afirmar que a proposição "Se o juiz analisou os processos. III Se o juiz estava lendo os processos em seu escritório. II O juiz estava lendo os processos em seu escritório oi ele estava lendo os processos na sala de audiências. .Na sequência de frases abaixo.C3 e C4. Paulo é o mais velho dos três e sua poltrona não é C4. 14 . há três proposições.I Se os processos estavam sobre a bandeja. então a poltrona de numero C4 pertencerá a Mauro."Os processos não estavam sobre bandeja" é uma conclusão verdadeira. a idade de um deles é 35 anos e a de outro. então o juiz os analisou. – Indivíduo com 50 anos de idade ou mais não poderá se inscrever no concurso do TRT/ES.Analista Administrativo Paulo. então os processos estavam sobre a mesa. então ele não esteve no escritório" é uma conclusão verdadeira. Mauro e Arnaldo estão embarcando em um voo para Londres. 15 . – Se o candidato estudar muito. 17 -ANAC . A partir do texto e das informações e premissas acima. então os processos estavam sobre a bandeja. 16 . Sabe-se que: – – – – – os números de suas poltronas são C2. que terá 35 anos. julgue os itens seguintes. – Quantos tribunais regionais do trabalho há na região sudeste do Brasil? – O TRT/ES lançou edital para preenchimento de 200 vagas. Se a soma das idades dos três passageiros for igual a 100 anos. 22 anos. V Se o juiz estava lendo os processos na sala de audiências. a idade de Arnaldo não é 22 anos. a poltrona C3 pertence ao de idade intermediária. Com base nessas informações.A negação da proposição "O juiz determinou a libertação de um estelionatário e de um ladrão" é expressa na forma "O juiz não determinou a libertação de um estelionatário nem de um ladrão". então ele será aprovado no concurso do TRT/ES. IV O juiz não analisou os processos.

Se Carlos não estudou. 22 e 18 anos.maior numero de gols feitos. os aviões A. C. Se B decolar antes de A e após C. 20 . então ele não estudou. O número de gols marcados pelas equipes nas finais foi maior que 6 é uma proposição verdadeira. respectivamente. ou falsa . As proposições são. A respeito dessa situação hipotética e considerando que os três critérios listados foram suficientes para definir a classificação final das três equipes.se as três equipes ficarem empatadas segundo os critérios anteriores. 22 . D e E estavam esperando o momento da decolagem. jogando cada equipe contra as outras duas uma vez. As proposições compostas são expressões construídas a partir de outras proposições.Em determinado dia. A sequência de proposições a seguir constitui uma dedução correta.Se a soma das idades dos três passageiros for 75 anos. nessa ordem: .Com base nessas informações. como nos casos a seguir. julgue os itens a seguir. Se o avião D decolar antes dos aviões B ou de C. usando-se símbolos lógicos. D etc.V -. Carlos não fracassou na prova de Física. .F -. . será considerada mais bem colocada a equipe vencedora do confronto direito entre as duas. então ele deverá ser o primeiro dos cinco a decolar. B e C disputaram as finais de um torneio de futebol. então as idades de Paulo. frequentemente.As equipes A. A partir dessas informações.maior numero de vitorias. Se uma equipe for campeã ou 3ª colocada e as outras duas equipes ficarem empatadas segundo os critérios anteriores. As regras do torneio para a classificação final são. simbolizadas por letras maiúsculas: A. 19 .Agente da Polícia Federal Uma proposição é uma declaração que pode ser julgada como verdadeira . por más condições de tempo. a equipe A marcou 3 gols. Se Carlos jogou futebol. B. então C decolará antes de E 21 . B.DPF . então ele fracassou na prova de Física. julgue os itens seguintes quanto aos valores lógicos das proposições apresentadas. Carlos não jogou futebol. C. as três serão consideradas campeãs. .18 . julgue os itens os itens subsequentes. Com base nessas informações. que A decolaria após C e que E decolaria 5 minutos antes de B. que. Sabe-se que a equipe B ganhou da equipe A por 2×1. 35. julgue os itens a seguir. iria começar às 10 horas daquele dia. e cada equipe ficou com saldo de gols zero. em um aeroporto. mas não como V e F simultaneamente. Mauro e Arnaldo serão. Ficou determinado que cada voo ocorreria cinco minutos após o anterior.

C: Jane é policial federal ou procuradora de justiça.A sequência de proposições a seguir constitui uma dedução correta. e José disse: Carlos e eu somos de tipos opostos. se A e B forem V. seria correto o delegado concluir que Carlos e José mentiram. 2008 28 -SERPRO . já sabia que. 24 . 25 . então C também será V.As proposições "Se o delegado não prender o chefe da quadrilha. Se Carlos não estudou. A: Se Jane é policial federal ou procuradora de justiça. tem-se a seguinte tabelaverdade para algumas proposições compostas. Considere. Se Carlos jogou futebol. B: Jane foi aprovada em concurso público. então ele não estudou. Carlos disse: José só fala a verdade. Carlos não fracassou na prova de Física.Desenvolvimento de Sistemas Considerando os possíveis julgamentos V ou F das proposições A e B.Considere que um delegado.23 . então Jane foi aprovada em concurso público. no interrogatório. B e C a seguir. 26 . na quadrilha à qual estes pertenciam. então a proposição ¬A estará enunciada corretamente por "Nenhum policial é honesto". Nesse caso. ainda. Carlos não jogou futebol.Considere as proposições A. A V V F F B V F V F A˄B V F F F AvB V V V F V ¬A F A→B V F V V . 27 . então a operação agarra será bem-sucedida" são equivalentes. Nesse caso. quando foi interrogar Carlos e José. com base nessas declarações e na regra da contradição. então ele fracassou na prova de Física. que. os comparsas ou falavam sempre a verdade ou sempre mentiam.Analista .Se A for a proposição "Todos os policiais são honestos". então a operação agarra não será bem-sucedida" e "Se o delegado prender o chefe da quadrilha.

Se U for o conjunto de todos os funcionários públicos e P(x) for a propriedade "x é funcionário do INSS". a proposição composta A → B é uma contradição. mediante o emprego de conectivos ( Ʌ ou v). P(x)". julgue os itens subseqüentes. 32 -Proposições são sentenças que podem ser julgadas como verdadeiras ou falsas. Se a sentença aberta for uma expressão da forma o e x P(x). C etc. lida como "para todo x.Em relação às proposições A: √16 = ± 4 e B:9 é par. Considerando as proposições A e B acima. considere que A represente a proposição simples "É dever do servidor apresentar-se ao trabalho com vestimentas adequadas ao exercício da função". C etc. com respeito ao Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal e às regras inerentes ao raciocínio lógico. e diz-se que A é uma contradição quando A tem valor lógico F. isto é. Represente-se por ¬A a proposição composta que é a negação da proposição A. em que x é um elemento qualquer de um conjunto U. 30 -INSS . . 29 .Considerando-se a proposição A. P(x) seja a propriedade "x é funcionário do INSS" e Q(x) seja a propriedade "x tem mais de 35 anos de idade". é correto afirmar que duas das formas apresentadas na lista abaixo simbolizam a proposição Todos os funcionários do INSS têm mais de 35 anos de idade. e P(x) é uma propriedade a respeito dos elementos de U. então é preciso explicitar U e P para que seja possível fazer o julgamento como V ou como F. então é falsa a sentença x P(x) 31 . julgue os itens a seguir. isto é. e que B represente a proposição simples "É permitido ao servidor que presta atendimento ao público solicitar dos que o procuram ajuda financeira para realizar o cumprimento de sua missão". ¬A é falso quando A é verdadeiro e ¬A é verdadeiro quando A é falso. A proposição (A → B) → (¬A v B) é uma tautologia.Técnico do Seguro Social Algumas sentenças são chamadas abertas porque são passíveis de interpretação para que possam ser julgadas como verdadeiras (V) ou falsas (F). mas não admitem ambos os julgamentos. A partir das definições acima. as proposições "Se ¬A então ¬B" e "Se A então B" têm valores lógicos iguais. Desse modo.Considere-se que U seja o conjunto dos funcionários do INSS. Desse modo. formada a partir das proposições B. ou de modificador (¬) ou de condicional (→). A esse respeito. C etc. dependentemente dos valores lógicos de B.A e B têm sempre o mesmo valor lógico. Uma proposição A é equivalente a uma proposição B quando A e B têm as tabelas-verdade iguais. independentemente dos valores lógicos de B. diz-se que A é uma tautologia quando A tem valor lógico V.

nos demais casos. a última coluna dessa tabela corresponderá à expressão *p Ʌ (¬q)+ v *q → p+. Cada uma dessas atitudes. A2: alterou texto de documento oficial que deveria apenas ser encaminhado para providências.33 -A proposição composta "Se A então B" é necessariamente verdadeira. Além disso. foi tomada por exatamente uma das servidoras.Sabe-se que uma proposição na forma "Ou A ou B" tem valor lógico falso quando A e B são ambos falsos. 34 . observou-se que cada uma delas tomou uma das seguintes atitudes: A1: deixou de utilizar avanços técnicos e científicos que estavam ao seu alcance. então a proposição P → Q tem valor lógico V. que pode ou não estar de acordo com o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal (CEP). A3: buscou evitar situações procrastinatórias. julgue os itens seguintes. ou com F (falso). foi preenchida com V (verdadeiro) no caso de a servidora listada na linha ter tomado a atitude representada na coluna. correspondente ao cruzamento de uma linha com uma coluna. Rejane e Renata são servidoras de um mesmo órgão público do Poder Executivo Federal. 35 .Analista Judiciário . P V V F F Q V F V F ¬Q P Ʌ(¬Q) Q→P V V F V .Roberta. sabe-se que a servidora Renata tomou a atitude A3 e que a servidora Roberta não tomou a atitude A1. a proposição é verdadeira. Em um treinamento. A1 Roberta Rejane Renata V F A2 A3 Com base nessas informações. a proposição composta "Ou A ou B". ao lidar com certa situação. 36 -STF . em que A e B são as proposições referidas acima. é verdadeira. Essas informações estão contempladas na tabela a seguir. Se P for a proposição "Rejane alterou texto de documento oficial que deveria apenas ser encaminhado para providências" e Q for a proposição "Renata buscou evitar situações procrastinatórias". em que cada célula. Portanto. caso contrário. Caso as colunas em branco na tabela abaixo sejam corretamente preenchidas.Tecnologia da Informação Julgue os itens seguintes relacionados à lógica proposicional.

Em N. . o valor lógico de S será 0. Considere o seguinte diagrama de circuito lógico.Técnico Judiciário . julgue os itens subseqüentes. Esses valores lógicos são representados por 0 ou 1. I Todo brasileiro é artista. Nesse caso. 39 . e é 1 quando A for 0. Nesses diagramas. julgue o próximo item. Suponha-se que as seguintes proposições sejam verdadeiras. Nessa situação. As portas lógicas OU e N (não) são definidas pelos diagramas abaixo. Em OU. então a argumentação é correta. partindo-se de proposições presumidamente verdadeiras. o valor de S é 0 quando A for 1.37 . se a conclusão for "Joaquim é brasileiro".Circuitos lógicos são estruturas que podem ser exibidas por meio de diagramas constituídos de componentes denominados portas lógicas. Considere-se que A tenha valor lógico 1 e B tenha valor lógico 0. II Joaquim é um artista. A e B representam os valores lógicos de entrada e S. o valor lógico da saída. caso contrário. 2007 38 -TRT-9R . o valor de S é 0 quando A e B são ambos 0.Área Administrativa Considerando que uma argumentação é correta quando.Uma tautologia é uma proposição lógica composta que será verdadeira sempre que os valores lógicos das proposições simples que a compõem forem verdadeiros. Com base nas definições apresentadas e no circuito ilustrado acima. é 1. se chega a conclusões também verdadeiras. Um circuito lógico recebe um ou mais de um valor lógico na entrada e produz exatamente um valor lógico na saída.

obtenho boas notas. a) Quando chove. b) Se estudo. me sinto disposto. respectivamente. "e". Então. Logo estamos em junho.Técnico Judiciário . "V" e "→" sejam os conectores lógicos que representam.Técnico Judiciário . o preenchimento correto da última coluna da tabela-verdade acima é a) b) c) d) 41 -TSE . "ou" e o "conector condicional". As árvores estão verdinhas. . as árvores ficam verdinhas.Área Administrativa Um dos instrumentos mais importantes na avaliação da validade ou não de um argumento é a tabela-verdade. Se me alimento bem. logo obterei boas notas mas não me alimentei bem.Área Administrativa Assinale a opção que apresenta um argumento válido. c) Se ontem choveu e estamos em junho. Ontem choveu e hoje fez frio. logo choveu. Ontem estudei e não me senti disposto.40 -TSE . Considere que P e Q sejam proposições e que "Λ". então hoje fará frio.

001 Na lógica sentencial. B. O valor de √4 + 3 = 7. Uma proposição da forma "A ou B" é F se A e B forem F. caso contrário é V. denomina-se proposição uma frase que pode ser julgada como verdadeira (V) ou falsa (F). "A frase dentro destas aspas é uma mentira. caso contrário é V. Um raciocínio lógico considerado correto é formado por uma seqüência de proposições tais que a última proposição é verdadeira sempre que as proposições anteriores na seqüência forem verdadeiras. como ambas.A. Na lista de frases apresentadas a seguir. Considerando as informações contidas no texto acima. mas não. 42 -Banco do Brasil . O que é isto? GABARITOS: 1–E 11 – E 21 – C 31 – E 41 – B 2–E 12 – B 22 – C 32 – E 42 . Pelé marcou dez gols para a seleção brasileira. C etc. As proposições são representadas simbolicamente por letras maiúsculas do alfabeto .E 3–E 13 – C 23 – E 33 – E 4–E 14 – C 24 – C 34 – C 5–C 15 – E 25 – E 35 – C 6–E 16 – C 26 – C 36 – C 7–E 17 – E 27 – E 37 – E 8–E 18 – C 28 – C 38 – E 9–C 19 – E 29 – E 39 – E 10 – E 20 – C 30 – C 40 – C .d) Choveu ontem ou segunda-feira é feriado. Assim. frases como "Como está o tempo hoje?" e "Esta frase é falsa" não são proposições porque a primeira é pergunta e a segunda não pode ser nem V nem F.Escriturário . há exatamente três proposições. julgue os itens subseqüentes. Como não choveu ontem." A expressão X + Y é positiva. logo segunda-feira não será feriado. e uma proposição da forma "Se A então B" é F se A for V e B for F.