You are on page 1of 22

PROFESSORA: IZABEL MARTINS DE NOEME MAGALHÃES

ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO EMPRESARIAL Curso: Engenharia Elétrica – 8º Período

UFMA - 2009

SUMÁRIO

1

UNIDADE I – OS DIFERENTES TIPOS DE ORGANIZAÇÕES 1.1 Conceito e tipologia das organizações 1.1.1 Definindo uma organização 1.1.2 Tipos de organizações 1.2 Funções Organizacionais 1.3 Estrutura Organizacional 1.3.1 Especialização do Trabalho 1.3.2 Departamentalização 1.3.3 Cadeia de Comando 1.3.4 Formalização X Informalização 1.3.5 Centralização X Descentralização 1.4 Ambiente Organizacional 1.4.1 Ambiente Geral 1.4.2 Ambiente Tarefa 1.5 Mudança Organizacional 1.5.1 Forças que atuam no processo de Mudança 1.6 Aprofundamento

2

UNIDADE II – A ADMINISTRAÇÃO E O ADMINISTRADOR 2.1 Fazendo um passeio pela história 2.2 O Administrador 2.3 Classificação de Administradores 2.3.1 Pelo nível que ocupam na organização 2.3.2 Pelo âmbito das atividades 2.4Papéis dos Administradores 2.4.1 Papéis Interpessoais 2.4.2 Papéis Informacionais 2.4.3 Papéis decisórios 2.5 Habilidades do Administrador 2.6 Características do Administrador 2.7 Alguns conceitos importantes 2.7.1 Eficiência e Eficácia 2.7.2 Efetividade 2.7.3 Competitividade 2.8 Funções do Administrador

UNIDADE I – OS DIFERENTES TIPOS DE ORGANIZAÇÕES Após estudar e resolver os exercícios desta unidade. você estará apto a: Explicar o porquê da existência das organizações Caracterizar uma organização Citar tipos de organizações e suas diferenças Descrever as funções organizacionais Identificar como as organizações são estruturadas Explicar as influências do ambiente na organização e seus relacionamentos com o processo de mudança organizacional .

Posto de Saúde Empresa de abastecimento de água Polícia.1 Conceito e Tipologia das Organizações Ao iniciarmos nosso estudo sobre administração cabe falarmos primeiramente sobre as organizações.1 Definindo uma organização O homem é um ser social. clube. corpo de bombeiros Empresa de fornecimento de energia Teatro. Necessidades: Saúde Água Segurança Energia Lazer Educação Organizações: Hospital. Universidade.Aula 1 1. Conforme Maximiniano (2007). cinema.1. ou seja. parque de diversão. 1. shopping center Escola. As organizações estão por toda parte. As organizações fornecem à sociedade o atendimento das necessidades das pessoas. que são o campo de atuação do administrador. os quais serão abordados a seguir: . Centro Acadêmico Caracterizando uma Organização: Mas afinal o que é uma organização? Nada mais é que uma reunião de um grupo estruturado de pessoas a fim de atingirem um ou mais objetivos que se estivessem sozinhas não conseguiriam atingir. uma organização possui quatro componentes importantes. A partir dessa necessidade das pessoas de se relacionarem surgem as organizações. ele vive em sociedade e precisa de outros homens para garantir sua sobrevivência.

Exemplo: Uma fábrica de roupas. o governo de um Estado. quais as necessidades que desejará suprir a curto médio e longo prazo. entre outros. o que ele pretende oferecer à sociedade. 2009 Abordaremos abaixo o significado de cada um desses componentes: Objetivos: são os ideais da organização. caixa). softwares). Mas em termos gerais. Esse processo produz eficiência e rapidez ao sistema produtivo. Exemplo: A prefeitura de uma cidade. Recursos: as pessoas são o principal recurso das organizações.recursos humanos (as pessoas propriamente ditas).recursos financeiros (capital de giro. que utiliza recursos. para chegar nos produtos (roupas/vestimentas) e serviços (geração de empregos). assistência social. transportes. instalações. máquinas e equipamentos.recursos intangíveis (tempo e conhecimentos). seria a elaboração de um bolo por meio de uma receita. fornecer produtos e serviços para suprir as necessidades das pessoas. educação. Processo de transformação: um processo é uma seqüência de atividades que estão interligadas. em diversas áreas como. um outro exemplo. móveis e utensílios). Divisão do trabalho: Divisão do trabalho corresponde à especialização de tarefas com funções específicas. indicam aonde ela quer chegar. por meio de máquinas e utensílios de costura e atividades humanas (costureiras). com finalidade de dinamizar e otimizar a produção. a saúde.recursos materiais (espaço.Figura 1: Componentes importantes da organização Fonte: Elaboração própria.recursos tecnológicos (computadores. como esforço humano e recursos tecnológicos para se chegar a um determinado objetivo comum. e que passam por um processamento com início. meio e fim. os recursos poderiam ainda ser definidos como tudo aquilo que a organização utiliza para atingir seus objetivos como. tem inúmeros objetivos. pois sem elas não haveria a sua existência. . . onde haverá a transformação da matéria-prima (tecidos e aviamentos). por exemplo: . . . saneamento básico dentre outros. .

são estabelecidos também relações de poder onde sempre um é subordinado ao outro até se chegar ao topo da organização. EXERCITANDO Para sua melhor compreensão sobre os conceitos e os processos acima. Através deste exemplo. com a divisão do trabalho. OBJETIVOS DIVISÃO SOCIAL DO TRABALHO PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÃO RECURSOS RESULTADO / PRODUTO Aula 2 . um dos setores da hotelaria. Neste caso o ajudante de cozinha é subordinado ao chefe de cozinha.Tomaremos como exemplo. e o cozinheiro com o auxílio do ajudante de cozinha executa. onde poderemos observar a seguinte divisão do trabalho: Chefe de cozinha planeja e elabora os cardápios/receitas. escolha uma empresa de seu conhecimento e descreva cada uma das etapas abordadas. podemos observar um outro item que é o de hierarquia. ou seja. mais especificamente o setor de gastronomia.

A empresa enquanto organização social Observamos que as organizações existem pela necessidade do homem de atingir objetivos individuais e comuns que de forma isolada ela não conseguiria.1. serviços públicos. meio ambiente. mas também o desenvolvimento social. mas também porque embora visem ao lucro têm um papel social. comunidade. Elas têm. fornecedores. ou seja. exército. etc. Como por exemplo: organizações governamentais. Mas para facilitar. sobretudo através de suas ações de responsabilidade social. ambiental e econômico. procuram ser socialmente responsáveis. as empresas. comunidade. que são organizações que visam o lucro. acionistas. através de ações socialmente responsáveis sejam elas internas ou externas. têm interesse. As suas atividades e seus objetivos são estruturados para possibilitar o rendimento do capital investido. elas podem ser classificadas em três tipos principais: governo. buscando um novo posicionamento diante da sociedade. . por natureza jurídica. a isso chama-se de responsabilidade social empresarial. Segundo o setor da economia em que atuam.). organizações do terceiro setor. Lembrando que elas podem ser classificadas de muitas maneiras: por tamanho. mas também externamente: clientes. ou pelo menos deveriam ter. Portanto. faz-se necessário uma reflexão sobre a empresa. Muitas dessas empresas. governo. colaboradores. abordaremos os tipos de organizações existentes. colaboradores. que agir de forma ética. basicamente existem dois grandes grupos de organizações. retorno de imagem e retorno para os próprios acionistas. ou são afetados de alguma forma pela sua atividade: acionistas. por área de atuação e por outros critérios. entre outras.1. Contudo. permitindo-nos demonstrar a real participação da empresa no contexto social. essa relação depende muito das políticas. valores cultura e da visão estratégica que existe dentro da empresa. diretrizes e relação com o interesse público. interno e externo à organização. responsável e colaborativa em relação a todos os envolvidos no seu processo organizacional. No caso das organizações sociais. seus objetivos. Tomando como base às relações múltiplas e recíprocas entre a organização e a sociedade. igrejas. Algumas irão limitar-se a resolver conflitos com seus stakeholders (indivíduos ou grupos de pessoas que interagem no ambiente. empresas e organizações do terceiro setor. assumem um compromisso com a sociedade buscando não apenas o lucro. a saber: Com fins lucrativos: dentre as organizações com fins lucrativos temos. fornecedores. não apenas internamente. melhorando a qualidade de vida das pessoas envolvidas direta ou indiretamente. enquanto outras irão buscar de maneira estratégica a melhoria dessas relações e o lucro será uma conseqüência dessa postura. Sem fins lucrativos: são aquelas em que o lucro não está entre seus objetivos principais.2 Tipos de organizações Agora que você já sabe o que é uma organização. pois haverá um maior retorno social. governo. não apenas porque envolvem pessoas nos seus processos e no alcance de seus objetivos.

mas o ser humano e o meio ambiente. Já a responsabilidade social externa em ações que são voltadas ao benefício da comunidade. preservação do meio ambiente. Assim todos Na escolha dos fornecedores.br/publicações/arquivos/f1184266761321. qualidade de vida no trabalho.De acordo com Melo e Froes (2001) a responsabilidade social interna se baseia em ações que visam o bem-estar dos colaboradores.doc .administradores. valores éticos bem definidos. Para saber um pouco mais sobre Responsabilidade Social faça a leitura do artigo Responsabilidade Social Empresarial. que não prioriza o capital. acumulam o resultado gerado pelo trabalho). Essencialmente o que caracteriza estas empresas é a propriedade e a direção sob controle dos trabalhadores.com. transparência nas relações com seu público externo. qualificação profissional. remuneração adequada. assistência médica. apoio à economia solidária (Nova forma de relacionamento econômico. serviços voluntários. etc. As empresas que fazem Economia Solidária se organizam como associações ou organizações comunitárias e os trabalhadores estão a elas associados. Que se encontra disponível em: HTTP://www. doações. apoio a projetos sociais. entre outros.

etc. revisão periódica de automóveis. gasolina. A coordenação de todas essas funções especializadas forma o papel da Administração Geral (Figura 2). 2009 Produção (ou operações): o objetivo básico da função de produção é transformar os insumos para fornecer o produto ou serviço da organização aos clientes usuários ou público-alvo. navios de grande porte. finanças e recursos humanos. sendo as mais importantes analisadas a seguir: produção (ou operações). eleições presidenciais. identificação de interesses. Existem três tipos principais de processos produtivos: Produção em massa: produção em grande quantidade de serviços/produtos que são idênticos e que podem ser simples ou complexos. produção de um programa de televisão. açúcar.: Café. automóveis.  Marketing: O objetivo básico da função de marketing é estabelecer e manter uma ligação entre a organização e seus clientes.Aula 3 1. através de atividades como: pesquisa. Ex. transmissão de um programa de televisão. etc. corte de cabelo. que podem ser simples ou complexos. marketing. consumidores e público-alvo. etc. Fonte: Elaboração própria. Praticamente todas as organizações têm as mesmas funções.2 Funções Organizacionais Funções organizacionais são as tarefas que as pessoas executam dentro das organizações para que se consiga atingir os objetivos organizacionais.: parafusos. Produção unitária e em pequenos lotes: processo de produção de produtos ou serviços sob encomenda. Ex. refeições rápidas (fast foods) fornecidas por meio de produção em massa. Ex. Produção por processo contínuo: processo de fornecimento ininterrupto de um único produto ou serviço. organização e realização de corridas de Fórmula I e Jogos Olímpicos. pesquisa e desenvolvimento. necessidades e tendências do mercado.: Montagem de aviões. desenvolvimento .

Mas o mais freqüente deve chamar-se assim à função que ocupa com recrutamento e seleção. folhas de pagamento. . essa função abrange: Investimento: avaliação e escolha de alternativas de aplicação de recursos. mantendo um grau de liquidez (Grau de disponibilidade de recursos financeiros para cumprir obrigações de pagamento) para que a organização consiga cumprir seus compromissos financeiros. saúde e segurança do trabalho. política de remuneração. treinamento e desenvolvimento de pessoas ou coloboradores para a organização. cuidar dos recursos financeiros da organização com o intuito de proteger e utilizar de forma eficaz os recursos financeiros.de produtos. Controle: acompanhamento e avaliação dos resultados financeiros da organização. O objetivo básico que persegue a função de Recursos Humanos (RH) é alinhar as políticas de RH com a estratégia da organização. etc. manutenção de arquivos. controle de ponto.  Finanças: o objetivo básico é cuidar do dinheiro da organização. desenvolvimento de canais de distribuição. higiene. promoção dos produtos ou serviços e vendas. além de identificar a introdução de novas tecnologias com o intuito de melhorar os processos produtivos e reduzir os custos. a atividades burocráticas para realização de administração de pessoal. Pesquisa e desenvolvimento: O objetivo básico da função de pesquisa e desenvolvimento (P&D) é transformar as informações de marketing e os avanços da ciência em produtos e serviços. ou seja. Enfim. determinação de políticas de preço. visando à maximização do retorno do investimento. avaliação de desempenho. Recursos Humanos: É chamado recursos humanos ao conjunto dos empregados ou dos colaboradores de uma organização. Destinação dos resultados: seleção de alternativas para aplicação dos resultados financeiros da organização. Financiamento: identificação e escolha de alternativas de fontes de recursos.

a estes níveis chamamos de estrutura vertical. para se falar em estrutura organizacinal temos que saber que uma organização poderá possuir três níveis de atuação: estratégico. Cada departamento pode ficar responsável por toda uma função. tático e operacional. um grupo de tarefas.3 Estrutura Organizacional A Estrutura Organizacional é a forma como as empresas se articulam para desenvolver as suas atividades. um tipo de cliente. o qual vermos mais a frente. Figura 3: Pirâmide dos Níveis Organizacionais  Sofre interferência de informações  Sofre interferência de informações Fonte: Elaboração própria. um produto ou uma área geográfica. existe uma estrutura organizacional que se adapte adequadamente às mudanças. O desenho da estrutura organizacional chama-se organograma. ela representará a forma como a organização está estabelecida. É importante saber que esses e outros critérios de departamentalização definem a estrutura organizacional da empresa. Contudo. não existe uma estrutura organizacional acabada e nem perfeita.Aula 4 1. Mas o que isso quer dizer? Mesmo que as funções sejam as mesmas em todas as empresas. a forma específica de dividir o trabalho varia de uma para outra. 2009 .

Departamentos do mesmo nível hierárquico compõem a estrutura horizontal. Como foi dito anteriormente. o qual pode ser visualizado através da representação gráfica das área ou unidades que compõe a organização em cada nível organizacional. Estas unidades são também chamadas de departamentos. o desenho da estrutura organizacional chama-se organograma. . Nível Tático: lida bastante com as pessoas e é responsável pela articulação interna para consecução dos processos. Nível Operacional: opercionaliza de fato as atividades da empresa.Nível Estratégico: situa-se no topo da hierarquia organizacional e é o nível onde são tomadas as principais decisões norteadoras para sonsecução dos objetivos organizacionais. este nível está voltado principalmente para o ambiente externo da organização. Logo abaixo você pode observar um exemplo de um organograma. A departamentalização pode ser de vários tipos. ou seja. executa as tarefas. Figura 4: Organograma de uma empresa hoteleira. 2009 EXERCITANDO Pesquise a estrutura organizacional de uma empresa e elenque os agentes. os quais veremos com mais aprofundamento na Unidade III. quem ocupa cada nível. Fonte: Elaboração própria.

mas um comportamento criado e aceito pelo grupo de maneira informal. Essas regras não aparecem de forma explícita na estrutura organizacional. Significa definir normas. não importando muito como façam contando que atinjam as metas como acontece com empresas como a Microsoft. regulamentos. baseado nas relações interpessoais criadas. padrões. Esse comportamento passa a ser esperado virando uma regra informal. tomadas por aqueles que estão no topo da organização ou descentralizadas. isto é. Formalizar significa definir qual o cargo de cada um dentro da estrutura organizacional. só que definidos pelo próprio grupo do qual se está inserido.1 Formalização X Informalização Toda organização possui duas estruturas. como em uma indústria.Aula 5 1. quando as decisões são delegadas a níveis hierárquicos mais baixos. E a informalização? Vamos dar um exemplo da estrutura informal: imagine que em uma empresa existe o hábito de fazer uma comemoração no dia do aniversário dos colegas de um determinado setor e essa prática não é formalizada. não é uma regra definida pela empresa. A estrutura informal se constitui também de regras de comportamentos. quais as suas responsabilidades e atividades e o modo como devem ser feitas. onde os próprios funcionários fazem seus horários de trabalho. o grau de formalização tende a ser menor. regulamentos a serem cumpridos. que podem ser mais rígidos.3. mais formalizados ou menos rígidos. A estrutura formal é representada pelo seu organograma. Exemplificando Empresas com horários a serem cumpridos a risca. geralmente possuem um alto grau de formalização. menos formalizados.3. nas interações. Estas decisões podem ser centralizadas. setores que não podem parar. baseada nas relações interpessoais que são criadas entre os colegas de trabalho. quais as suas responsabilidades e atividades dentro da estrutura organizacional. tendo liberdade até mesmo para trabalhar em casa se preferir. . no sentimento de grupo.2 Centralização X Descentralização A estrutura organizacional influencia também no modo como as decisões são tomadas dentro das organizações. por documentos oficiais da organização. mas fazem parte do dia a dia da organização sendo criadas espontaneamente. com muitas regras. ou seja. nas atitudes de grupo e nas relações afetivas. Já empresas mais flexíveis. regulamentos e padrões de funcionamento da empresa. 1. nas percepções. uma formal e outra informal. por exemplo.

segundo Robbins (2005). é imprescindível que as decisões sejam tomadas de forma centralizada. para que haja o correto funcionamento desta instituição. por exemplo. Nas empresas as decisões podem ser tomadas individualmente ou em grupo. No entanto a escolha de como são tomadas as decisões Vaira conforme o momento. . Atualmente. Já considerando um país conforme o momento. As primeiras resultam das atividades rotineiras da organização. como decidir o modo de executar uma atividade. as decisões tomadas em grupos. existe uma tendência das organizações em descentralizar as decisões delegando cada vez mais a autoridade para a tomada de decisões nos níveis intermediários e da base da organização. pessoas processos). Isto é resultado não apenas do crescimento dessas organizações (em tamanho. geralmente são tomadas pelos níveis organizacionais mais baixos. sendo mais centralizadas ou mais descentralizadas. deixando para os níveis mais altos apenas decisões realmente estratégicas. a decisão de mudar o ramo de negócio da empresa. Já as não programadas são fruto de situações não muito freqüentes e são tomadas pela alta cúpula organizacional. as decisões podem ser tomadas de forma mais democrática como em tempo de paz. existem diferentes tipos de decisões e conforma o tipo da decisão ela será tomada em um nível diferente dentro da empresa.CENTRALIZAÇÃO VANTAGENS Decisões são tomadas por pessoas que têm visão global da organização Tomadores de decisão são mais bem preparados Decisões mais consistentes com os objetivos globais Elimina esforços de vários tomadores de decisão e reduz custos operacionais Decisões são tomadas distantes dos fatos e circunstâncias Pode ocorrer demora na resolução de problemas na base da organização devido ao tomador de decisões não ser aquele envolvido diretamente no processo Decisões podem sofrer distorções. e de forma mais centralizada como em um momento de guerra. apesar de demandarem mais tempo e mais recursos costumam oferecer mais alternativas e com maior criatividade. Essas decisões são chamadas de decisões programadas e decisões não programadas. número. pois dependem apenas do ponto de vista de uma única pessoa. por exemplo. As decisões tomadas individualmente tendem a ser mais rápidas. Além disso. pois o problema passa por vários níveis hierárquico até chegar ao tomador de decisões DESCENTRALIZAÇÃO Os tomadores de decisão estão mais próximos dos problemas Aumento da motivação pela delegação de decisões Permitem que os altos funcionários concentrem-se em decisões mais importantes Reduz o tempo para resolução de problemas que ocorrem na base da organização Maior custo pela necessidade de melhor treinamento nos diversos níveis organizacionais Distorção entre os objetivos organizacionais e os objetivos departamentais Variação de políticas e procedimentos entre os departamentos DESVANTAGENS Observamos que tanto na centralização quanto na descentralização existem pontos positivos e negativos. Em uma organização militar. o tipo de decisão e o tipo de organização. principalmente. mas. Por outro lado. da exigência do próprio mercado pro empresas hierárquico em que eles ocorrem. é um exemplo dessas.

Hoje em dia.Aula 6 1. ao se instalarem em nosso estado receberam concessão de incentivos fiscais. tudo isso trará implicações. industrialização. o ambiente de uma organização é composto por tudo aquilo que a cerca. Os avanços tecnológicos criam novos produtos. Empresas como: a VALE. De acordo com Thomas Snell (2006). Além do ambiente geral. O conhecimento desse ambiente é fundamental para a sobrevivência das organizações. tudo isso irá influenciar na atividade organizacional a até mesmo na decisão da empresa se instalar ou não naquela localidade. principalmente as organizações empresariais. existe também o ambiente tarefa. Em tempos de grande inflação. que é o ambiente interno das organizações. a ALUMAR e a Refinaria PREMIUN da Petrobrás que está por vir e que será instaladas possivelmente em Bacabeira-MA. O governo pode afetar as oportunidades de negócios por meio de leis tributárias. embora isso represente menor arrecadação para o governo. para suprir necessidades da sociedade. políticas econômicas e regras comerciais.1 Ambiente Geral É Também chamado de Macroambiente. Dentro desse ambiente geral existe uma séria de variáveis oi condições que de alguma forma influenciam nas atividades e nos resultados organizacionais. o ambiente geral é constituído de: Condições Tecnológicas – estamos na era da informação. positivas ou negativas para as organizações. ou ainda quando o governo aumenta ou diminui tributos. em contrapartida há uma geração de emprego e aquecimento da economia com a instalação dessas empresas. Condições Econômicas – são aquelas relacionadas a fatores econômicos. estabilidade da moeda. também chamado de ambiente geral. Desse modo. enquanto que anteriormente o cliente precisava ir até à agência para resolver o que precisava. distribuição de riqueza. pois as políticas do governo tanto impõem limitações estratégicas como provêem oportunidades. novas técnicas de produção e maneiras de administrar e comunicar. para ser melhor sucedida. Elas existem por um motivo. e assim como a organização influencia o meio em que está inserida. 1. por exemplo. foi uma nova tendência tecnológica que todos os bancos tiveram que seguir para permanecer no mercado. por exemplo. as empresas têm que reajustar seus preços de forma constante para não ficarem no prejuízo. estadual e federal e a própria ideologia política dominante influencia na atividade das organizações. É o conjunto das condições externas que influenciam essa organização.4 Ambiente organizacional As organizações não vivem isoladas e de forma auto-suficiente. as instituições bancárias oferecem muito mais serviços pela internet. hoje as empresas têm que se adequar seus processos à esse desenvolvimento. .4. A alteração dessas legislações provocam mudanças nas organizações. Quando o governo dá incentivos fiscais para uma determinada empresa se instalar numa região. Condições Políticas – as decisões governamentais em esfera municipal. Condições Legais – estão relacionadas às leis e normas que regulamentam ou influenciam de alguma forma as atividades das organizações. esse meio também influencia a organização.

as empresas modificam o meio ambiente e acabem sendo também modificadas por ele. Condições Culturais ou Sociais – a cultura de um povo (costumes. No caso das organizações. transportes. raça.constituem o quadro demográfico que envolve a organização. citamos a descoberta da gordura trans. por exemplo. Agora que já foram apresentados os conceitos. religião. resultado da iniciativa do governo no sentido de regulamentação das organizações de terceiro setor). leia e reveja-os na figura 5 logo abaixo. religião) penetra nas organizações através das expectativas de seus participantes e de seus consumidores. no caso retirando essa gordura.Ex. Se houver dúvida retorne ao texto. o crescimento do número de idosos. população. Um exemplo de mudança por influência dessas variáveis é a coleta seletiva e reciclagem de lixo. Portanto. pode significar um novo nicho de mercado a ser explorado por algumas empresas. que determinam as características do mercado atual e futuro das organizações. etc. clima. recheios e massas. bolachas. Devido à preocupação com a saúde que muitas pessoas já têm adquirido culturalmente. a empresa precisa conhecer o meio social no qual está inserida para fazer com que seu produto ou serviço seja bem aceito pela sociedade/população local. Lei das OSCIPs (Organização de Sociedade Civil de Interesse Público – tipo de organização definida pela lei 9. as empresas fabricantes desses produtos buscaram adequar-se de forma a modificar a sua fórmula. é chamada ecologia social: as organizações influenciam e são influenciadas por aspectos como poluição. Condições Demográficas – referem-se às características populacionais. o reaproveitamento de água. este aquecimento é resultado principalmente da ação de empresas que lançam poluentes na atmosfera. tendo que muitas vezes modificá-lo se for o caso. hoje há uma grande preocupação em relação ao aquecimento global. que compõem grupos ou outras unidades sociais. Fonte: Elaboração própria. distribuição geográfica.: Lei da micro e pequena empresa. distribuição por sexo e idade. Além disso. 2009 . Condições Ecológicas . como taxa de crescimento. tradições. Sendo assim. Essas características da sociedade permitem às empresas adequar suas estratégias para atingir seu público-alvo. comunicações. a utilização de fontes renováveis de energia. Você já ouviu falar? É uma gordura que faz mal à saúde e que está presente na maioria dos biscoitos. Como exemplo.790/99 sem fins lucrativos.

é uma distribuidora de energia elétrica. que fabrica impressoras dentre outros produtos. concorrentes. Esses grupos influenciam diretamente nessas atividades. Nas organizações empresariais o foco deve estar mais do que nunca voltado para o cliente e não apenas para sua satisfação. pois eles são responsáveis pelo reabastecimento de produtos e serviços. já que a concorrência em vários setores está cada vez mais acirrada e é do cliente que vem o lucro da empresa. como sindicatos. PESQUISA Faça uma pesquisa na internet ou na biblioteca do pólo e tente identificar a diferença entra satisfazer e encantar o cliente. A concorrência pode ser vista como uma ameaça de perda de mercado ou como um incentivo para a melhoria de processos e produtos/serviços o que beneficia o consumidor. Concorrentes – são as demais empresas que oferecem o produto igual ou similar ao seu. a pontualidade e a responsabilidade do fornecedor. . órgãos protetores do consumidor.2 Ambiente Tarefa É Também chamado de Microambiente. um serviço público a ela permitido. Ambiente e Tarefa é o ambiente mais próximo e imediato de cada organização. mas para seu encantamento. Na hora da escolha do fornecedor é importante considerar a qualidade dos produtos oferecidos. aquele que será beneficiado pela ação da organização. seu ambiente interno e suas relações mais diretas. sendo que dentro do ambiente tarefa destacam-se quatro componentes fundamentais: cliente. Entidades reguladoras – cada organização está sujeita a várias outras organizações que procuram regular ou fiscalizar as suas atividades. lança um modelo novo em um prazo curtíssimo de tempo. etc. logo.4. e faça um texto de 25 a 30 linhas e entregue na próxima aula. Essa melhoria é muito observada em empresas de alta tecnologia. fornecedores e grupos reguladores. Fornecedores– o bom resultado de uma empresa depende muitas vezes da relação que a mesma tem com seus fornecedores. órgãos regulamentadores do governo. A Companhia energética do maranhão (CEMAR). sem cliente não há lucro. que é regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). por exemplo. a empresa deve atuar conforme as diretrizes desse órgão. o preço. a Hewlett-Packard (HP). Segundo Maximiano (2007). porque devido á concorrência a à influência dos fatores tecnológicos. ou seja. ou seja. associações de classe. seu produto fica obsoleto muito rapidamente e para evitar isso e se manter no mercado a empresa precisa melhorar continuamente e rapidamente seus produtos.Aula 7 1. organizações nãogovernamentais (ONGs). por exemplo. Clientes ou usuários – a razão de ser da organização.

. 2009 EXERCITANDO Escolha uma organização que você conheça: uma empresa. relatando como os elementos influenciam a organização escolhida. uma prestadora de serviços. A seguir descreva o seu ambiente geral e tarefa. Fonte: Elaboração própria. etc. uma organização não governamental.Figura 6: Ambiente Geral e Ambiente Tarefa de uma organização.

modificar. 298) traz ainda uma figura 7 que exemplifica bem o processo de mudança. muitas vezes. p. abandonadas e desprendidas Novas idéias e práticas são exercidas e aprendidas Identifica ção Internaliz ação Suporte Reforço Fonte: Chiavenato (2004. Chiavenato (2004. as organizações dependem do ambiente em que estão inseridas.5 Mudança organizacional Como visto anteriormente. transformar. A mudança é a transição de uma posição para outra. tendemos a nos acomodar em uma situação sendo difícil. desse modo. uma positiva que representa a aceitação e uma negativa que representa a resistência. aceitar o processo de mudança.Aula 8 1. Para a efetivação da mudança segundo Lewin (1947 apud Chiavenato 2004) existem duas forças que atua em vários sentidos. p. 298) . Mudar implica em romper. por um determinado período de tempo. E nós seres humanos. DESCONGELAM ENTO MUDANÇA RECONGELAME NTO Novas idéias e práticas são incorporadas definitivament e ao comportament o Velhas idéias e práticas são derretidas. a força de cada pólo irá definir o sucesso do processo de mudança. a mudança quase sempre é acompanhada de resistência de alguma parte. é passar de um estado para outro diferente do inicial. elas devem estar preparadas para mudar à medida que seu ambiente também muda. Assim ocorre também nas organizações. Para que ele ocorra é necessário que haja maior aceitação do que resistência à mudança.

uma prática totalmente incorporada ao comportamen to dos clientes e funcionários GG EXERCITANDO Agora. . passa a ser diminuída.1 Forças que atuam no processo de mudança As mudanças podem ser feitas nas organizações tanto baseadas em forças internas (novos produtos. depósitos. governo. depósitos que era uma prática. etc. sendo influenciada então pelas variáveis tanto do ambiente geral (externo) quanto do ambiente tarefa (interno). descreva um processo de mudança em uma organização especificando o descongelamento. como visto no início deste tópico a mudança ocorre em função da necessidade de adaptação da organização ao ambiente. saques. decisões internas) quanto externas (economia. saques. nova tecnologia. incentivos às pessoas para utilizassem esse auto-atendimento diminuído o número de funcionários disponíveis nos guichês e colocando funcionários para tirar dúvidas na utilização do caixa eletrônico RECONGELAME NTO A utilização do caixa eletrônico tornou-se tão comum que virou hábito. MUDANÇA Inserção de caixas eletrônicos para auto.5. Você pode inclusive utilizar a mesma organização/empresa escolhida no exercício anterior.atendimento: pagamento. 1.).Contextualizando Para entender o processo de mudança baseada na figura de Chiavenato vamos lembrar da implantação de caixa eletrônicos nos banco: DESCONGELAM ENTO A utilização de atendimento por funcionários em guichês para pagamentos. a mudança e o recongelamento. ou seja.

novos processos.Mudança nos Produtos/Serviços: (Ex. É importante se ater ao fato de que não podem ser feitas ao acaso e na improvisação. quando as Forças forças negativas são maiores que as forças positivas. de acordo com Chiavenato (2000. expectativas. pg. Quando as forças positivas são maiores que as forças negativas. novos clientes. nova configuração.: Novos produtos. . Para melhor ilustrar esse assunto. etc).Mudança na Cultura Organizacional: (Ex.). temos também as forças positivas e negativas.: Novas atitudes. atrofiado). gradual e suave. para um melhor entendimento. suporte) Tentativa mudança bemsucedida Situação (Apoio e Forças positivas as suporte) mudanças são maiores do que as forças negativas Situação Velha Situaç ão Situação Forças negativas à mudanças são maiores do que as forças positivas Forças Situação Negativas (Apoio e suporte) A Nova Situaç ão Situação Tentativa de mudança malsucedida Situaç Nova ão Situaç ão Situaç ão Situação Fonte: Chiavenato (2000. Nesse caso a organização pode terminar estagnando e sendo superada pelo seu meio-ambiente. são elas: . tendendo a desaparecer – obsolescência (Capacidade de tornar-se atrasado. novos softwares. novos serviços. segue (Apoio e abaixo a Figura 8.Além dessas forças internas e externas. percepções. Essas mudanças que ocorrem no mundo moderno exigem a revitalização e reconstituição das organizações.: Redesenho da organização. ou seja. . Observação Importante: A capacidade de adaptação e mudança é muitas vezes tolhida pelos mecanismos de preservação daquilo com que já se está acostumado.). prevalecendo a velha situação.Mudança na Tecnologia: (Ex. Por outro lado. etc. uma mudança lenta. . Conseqüentemente ao ser implantadas acarretará um desempenho organizacional melhorado. 449) Existem diversos tipos de mudanças organizacionais.Mudança na Estrutura Organizacional: (Ex. mentalidade. etc. que por sua vez têm que se adaptar às mudanças do ambiente. habilidades.: Novos equipamentos. mas devem ser muito bem planejadas. 448). resultados. arcaico. há um processo de desenvolvimento evolutivo. a tentativa de mudança é bem-sucedida e a mudança ocorre efetivamente. a tentativa de mudança é malsucedida e a Positivas mudança não ocorre. havendo equilíbrio entre a preservação e adaptação e sendo este equilíbrio capaz de responder prontamente às demandas ambientais. Já quando o mecanismo de adaptação Situação . Porém.). etc.

demanda por maior formação profissional. entre outros. há uma mudança através da descontinuidade – mudança revolucionária. sejam mudanças mínimas como a forma de atender ao telefone até mudanças bem maiores como fusão de duas grandes empresas. No entanto. citamos o caso do nosso Curso de Administração à distância. pois influenciam diretamente nas atitudes doas atores da organização. são as mais profundas. Contextualizando Para percebermos como o ambiente influencia no processo de mudança e como as organizações devem estar abertas a mudanças. o ambiente de trabalho). abrupta. Podemos perceber que as mudanças nas organizações ocorrem a todo o momento e em todos os níveis. e da organização que o concebeu: a UFMA. treinar professores. a satisfação das necessidades dos funcionários. que representaria grandes mudanças: preparar a estrutura da universidade para instruir cursos a distância. o modo como as coisas são costumeiramente feitas. as mudanças podem ser muito variadas e em vários aspectos: mudanças nas tecnologias. elaborar material didático. comportamentos. já o clima organizacional é a atmosfera psicológica que envolve os componentes da organização. como vimos toda mudança representa sair de uma zona de conforto para um lugar inicialmente desconhecido e isso causa medo. o moral da equipe. estranheza e resistência. nos procedimentos e até mesmo mudanças que envolvem relações entre pessoas. valores. necessidade de acesso a educação em lugares mais distantes dos grandes centros entre outros terminaram por influenciar as universidades a se organizarem no intuito de levarem conhecimento a um número maior de alunos através da educação à distância. Há algum tempo atrás não eram imaginados cursos de graduação em nível superior no formato à distância. tradições que envolvem a organização. É vista por alguns como uma educação de má qualidade. cultura e clima (a cultura organizacional representa os hábitos. desestimulante. entre outros.rompe com o mecanismo de preservação. avanços tecnológicos. Esses pré-conceitos foram tentando ser quebrados na UFMA. modernizá-la através de aparato tecnológico. . contudo mudanças ambientais: legislação. crenças. as modificações de normas. e dessa forma está sendo constituído. No caso da educação a distância vários pré-conceitos a envolvem. A UFMA acompanhou essa tendência. intensa. que são as pessoas. Enfim. através de reuniões e exaustivas discussões sobre o tema tentando desmistificá-lo e plantar a idéia de que o mais importante é a qualidade seja essa educação presencial ou a distância. a motivação. No entanto.embora a princípio menos palpáveis. que provoca o isolamento e solidão do aluno ou ainda que jamais poderia substituir a educação presencial em termos de qualidade.