You are on page 1of 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI

BC&T - Professora Deborah Faragó

3ª Lista de Exercícios - LEIS DE NEWTON
1. No esquema abaixo F1 = 12 N, F2 = 25 N e F3 = 22 N. Determine (a) o módulo da resultante das forças e (b) o ângulo que a resultante faz com a horizontal. (Resp: 32 N; 126º) equilíbrio estático), calcule o valor da tensão T que a corda transmite ao carro nessa situação. (Resp:2,87 103N)

6.

A figura abaixo representa um sistema constituído por dois blocos em equilíbrio por meio de cordas. Encontre as tensões nas cordas e o valor do peso do bloco B, sabendo que o bloco A pesa 100 N.

2.

Três forças F1, F2 e F3, de intensidades respectivamente iguais a 5,0 N, 8,7 N e 10,0 N se equilibram quando aplicadas no mesmo ponto. Calcular os ângulos entre essas forças e verificar graficamente os resultados obtidos. Um peso de 200 N está sustentado, em equilíbrio, pelo sistema de cordas mostrado na figura 1. Determine os valores das tensões T1 e T2 indicadas na figura. (Resp: 282,8N e 200,0N)

3.

7.

Determine o valor da tração em cada uma das cordas das estruturas, sabendo-se que o valor do peso suspenso é de 200 kgf. (Resp: 146kgf e 179kgf; 546kgf e 669kgf)

(a) 4. O sistema mostrado na figura 2 está em equilíbrio. Considere que as roldanas são pequenas e não apresentam atrito. Supondo que θ1 seja 60º e θ2 seja 30º e que o peso P3 seja de 200 N, determine os valores de P1 e P2. (Resp:173,2N e 100,0N) 8.

(b) Uma massa m é mantida imóvel por um cabo estendido paralelamente a um plano inclinado. (a) Sendo θ = 44º e m = 50 kg, determine a tensão no cabo e a força normal exercida pelo plano. (b) Escreva a tensão em função de θ e m, analisando o resultado para θ = 0º e θ = 90º. O bloco da figura 3 está sendo puxado para a direita, com velocidade constante sobre a superfície horizontal. Sendo µc o coeficiente de atrito cinético entre o bloco e a superfície, mostre que o valor da força F exercida pela pessoa é dado por: F = P µc (cos θ

9.

+ µc sen θ)-1.

5.

Para tirar um carro que ficou atolado, o motorista usa uma corda que, estendida horizontalmente, é amarrada ao carro e a um poste P, como indica a figura 5. Em seguida, o motorista puxa lateralmente o ponto médio da corda, com uma força F de 500 N, até que o ângulo θ seja de 5º. Supondo que o carro permaneça atolado (portanto em

10. Vamos fazer algumas análises a respeito do problema anterior. Perceba que o valor de F depende do ângulo θ que mede a inclinação da força exercida pela pessoa. Para estudar a variação de F com θ, façamos o seguinte:

1

18. Um bloco A de 100N repousa sobre uma superfície. (c) fica na iminência de descer o plano. 196N e 219N) 11. através dele. Dois blocos A e B são ligados como mostra a figura.30.25.Professora Deborah Faragó a) b) c) θ D Supondo µc = 0. (Resp: F= Mg/16. (b) a força forma um ângulo de 45º com a horizontal. que forma com a horizontal um ângulo de 30º. pergunta-se: (a) Qual a menor força F que pode ser aplicada e ainda manter o equilíbrio? (b) Qual a maior força F que pode ser aplicada e ainda manter o equilíbrio? (Resp:5. o coeficiente de atrito estático 0. O peso da esfera pendurada é de 20N e o sistema todo está em equilíbrio. 4. (Resp: 20N e 30N) 12. Construa o gráfico D × θ e determine. Ache a força F necessária para arrastar o bloco B para a esquerda. Determinar a força F necessária para manter o equilíbrio de cada sistema dado pelas figuras abaixo. Calcular o ângulo θ e todas as tensões nas cordas. (c) A e B são ligados por fio flexível leve passando em torno de uma roldana fixa sem atrito. (Resp: 3. conforme se vê na figura do exercício. (Resp: 0. Se o coeficiente de atrito entre a parede e o bloco é de 0. Despreze as massas das roldanas. (b) A é mantido em repouso.6kgf e 116. O bloco de peso 5N é mantido em equilíbrio. (Resp: 26.UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI BC&T .0N. se: (a) A repousa sobre B e move-se com ele. determine: (a) o valor de F para o qual o bloco A desce o plano com velocidade constante.43N e 17. Os blocos A e B pesam 4. Calcular o módulo da força que deverá ser aplicada ao corpo para tal fim se: (a) a força for horizontal. Sabe-se que o coeficiente de atrito entre as superfícies é de 0. Ache o peso do bloco B para o qual o bloco A (a) desce o plano com velocidade constante. para qual valor de θ a pessoa fará um esforço mínimo para arrastar o bloco? 5º 10º 15º 20º 25º 30º 15. (Resp: 269N.5N) 17. supondo que o sistema esteja em equilíbrio. Despreze a massa da roldana.0N.0kgf) 16. o ângulo entre o plano inclinado e a horizontal é de 30º. Sabe-se que a massa do bloco A é de 12 kg e a do bloco B é de 20 kg.25. e ainda.0N) 14. Calcular o coeficiente de atrito estático entre o plano e o bloco A. Na figura considere m1 = 10kg e m2 = 20kg. Sendo o peso de A igual a 100 kgf. (b) sobe o plano com velocidade constante. O coeficiente de atrito entre todas as superfícies é 0. sabendo-se que A pode subir a qualquer momento. calculando os valores de D.4.38) 2 . por uma corda passando por uma pequena polia sem atrito.40 e o cinético 0. o valor de θ para o qual D é máximo. Um corpo de 600N deve ser mantido em equilíbrio sobre um plano inclinado rugoso.50 e o coeficiente de atrito cinético 0. Um bloco A pesando 500N é colocado sobre um plano inclinado de 30º e é ligado a um segundo bloco B. 5.30. (b) o valor de F para o qual o bloco A fica na iminência de subir o plano. (Resp:33. onde D é o denominador da expressão de F da questão anterior. Determine: (a) a força de atrito exercida sobre o bloco A.86N) 13.25. 262. (b) o peso máximo da esfera para o qual o sistema permanece em equilíbrio.0N. encostado em uma parede vertical.6º. complete a tabela da figura 4 para os ângulos ali indicados. 98N. de peso PB. com velocidade constante. Então.0N e 8. A figura mostra um sistema em equilíbrio. F = mg/4) 19. O coeficiente de atrito estático vale 0.