EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) JUIZ (A) FEDERAL DA ___ª VARA DO TRABALHO DE BELO HORIZONTE/MG.

THALES DANTAS CUNHA, brasileiro, solteiro, professor de educação física, CTPS nº 4151034, série nº 001-0/MG, CPF nº 083.123.906-93, PIS nº 1290801112-5, residente e domiciliado na Rua Vila Rica, 789, apto 502, Padre Eustáquio, CEP 30.720-380, Belo Horizonte/MG, por seus Advogados infra-assinados (Procuração em anexo), vem, respeitosamente, perante Vossa Excelência, propor a presente RECLAMAÇÃO TRABALHISTA em face de FUT SPORT ESCOLA DE FUTEBOL LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 07.554.542/0001-55, situada na Rua Minerva, nº 610, bairro Caiçaras, CEP 30.720-580, Belo Horizonte/MG, pelos fatos e fundamentos seguintes:

1- ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA

Inicialmente, o Autor requer o BENEFÍCIO DA ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA, nos termos do art. 4°, da Lei n° 1.060, de 05/02/50, para o que apresenta a declaração (documento anexo) de que não reúne condições de pagar as custas processuais e os honorários advocatícios, sem prejuízo próprio ou de sua família.

1

00 (oitocentos) reais por mês. O Reclamante foi dispensado imotivadamente em 01 de Junho de 2012 e. acrescido de mais um valor “por fora” (no montante de R$ 300. para laborar como professor de educação física.2 . de Novembro de 2008 a Março de 2010. sendo que a respectiva assinatura da Carteira de Trabalho ocorreu somente em 01 de Abril de 2010. o Obreiro não recebeu os direitos subsequentes. 2 . Logo.DO PERIODO SEM ASSINATURA DA CTPS O Reclamante foi contratado em 02/11/2008. apesar de inúmeras tentativas em receber o que é seu de direito junto a Reclamada. tais como férias + 1/3. mesmo após a assinatura de sua CTPS. com remuneração inicial no valor de R$ 800. após 01 (um) ano e 05 (cinco) meses do início efetivo de seu labor para a Reclamada. 3 . até o presente momento. Destaca-se que. FGTS e INSS do período. Entretanto. recebia o pagamento apontado na folha. não recebeu nenhuma verba rescisória. ou seja. trabalhou sem que sua CTPS estivesse devidamente assinada.DO CONTRATO DE TRABALHO O Reclamante foi admitido em 02 de Novembro de 2008. Vale informar que.00). o salário do Reclamante não era informado corretamente nos contracheques. em razão da ausência da assinatura da CTPS no período de 02/11/2008 até 01/04/2010. 13º salário. pela Reclamada. sua CTPS foi assinada somente em 01/04/2010.

FGTS e INSS do período). Pelo princípio da eventualidade. a Empresa-Ré passou a discriminar nos contracheques do Autor apenas parte do real salário do Obreiro. caso a Empresa-Ré negue o pagamento “extra folha”. em férias + 1/3. em 02/11/2008. devida em razão do pagamento dos valores “por fora” (R$ 300. Assim. o Reclamante faz jus ao pagamento da diferença salarial. Ou seja. Destaca-se que após a assinatura da sua CTPS. FGTS + multa de 40% e INSS. para constar a verdadeira data de sua admissão em 02/11/2008 e o verdadeiro salário recebido. aviso prévio. uma vez que sempre pagou uma quantia “extra folha”. além dos valores discriminados nos contracheques. bem como o pagamento dos direitos trabalhistas subsequentes (férias + 1/3. mesmo após evolução salarial. 13º salário. o Reclamante faz jus à retificação de sua CTPS.Assim. 4 . 13º salário. o Autor requer seja a Reclamada compelida a pagar as diferenças salariais de R$ 3 . com remuneração inicial de R$ 800.00 por mês. em 01/04/2010.DO REAL SALÁRIO DO AUTOR – PAGAMENTO ‘POR FORA’ – DIFERENÇAS SALARIAIS O Reclamante foi contratado pela Reclamada.00 por mês.00 por mês). a Reclamada sempre pagava “por fora” ao Autor a quantia de R$ 300.

em razão de diminuição unilateral da remuneração do Autor ao longo do pacto laboral. Assim. Logo. bem como os reflexos legais em férias + 1/3. mesmo sendo sobre o salário inferior ao real. sob pena de execução do mesmo. o salário passou a ser de apenas R$ 510. Portanto. 13º salário.00 – conforme demonstram os contracheques.00 por mês. bem como os reflexos legais. referente às verbas salariais.00. inclusive sobre o 13º Salário e o Aviso Prévio.00 por mês. deve ser a Reclamada compelida a realizar o recolhimento devido ao INSS. 4 . o qual incide sobre todas as verbas salariais. FGTS + multa de 40% e INSS. uma vez que o salário inicial do Autor era de R$ 800. nessa hipótese. 5 . sendo que após a assinatura da sua CTPS em 01/04/2010.300. A Empresa-Ré também não efetuou os recolhimentos previdenciários devidos. o Autor faz jus ao pagamento das diferenças salariais de R$ 300.DO FGTS E INSS A Reclamada por diversos meses deixou de depositar o FGTS do Obreiro. garantindo a integralidade dos depósitos durante todo o período de duração do contrato de trabalho (inclusive do período sem assinatura da CTPS). referente aos meses em que não houve recolhimento correto. repita-se que. aviso prévio. quando da sua contratação em 02/11/2008. Tal pedido se justifica. o Autor requer seja a Empregadora condenada ao pagamento do FGTS.

2009/2010.Férias proporcionais + 1/3 do período de 2011/2012 (08/12). 137. faz jus ao pagamento das férias.Saldo de Salário .13ª Salário proporcional (7/12). sendo que as do período de 2008/2009. devem ser pagas em dobro. da CLT. . devidamente acrescidas do terço constitucional. 5 . não recebeu qualquer parcela referente à sua rescisão contratual. para fins de recebimento do seguro desemprego. o Reclamante faz jus ao recebimento das seguintes verbas rescisórias: . ressalte-se que as férias do período de 2011/2012 já foram abordadas no tópico anterior (referentes às “Verbas Rescisórias”).DAS FÉRIAS Durante todo o pacto laboral. e as do período de 2010/2011. nos termos do art.DAS VERBAS RESCISÓRIAS O Autor foi dispensado imotivadamente no dia 01/06/2012.Aviso Prévio proporcional e sua respectiva projeção até 10/07/2012. apesar de diversas tentativas.Multa de 40% do FGTS. Por fim. o Autor nunca gozou e recebeu as férias devidas. de forma simples. Contudo. 7 . sob pena de pagamento da indenização substitutiva.Entrega das Guias TRCT (bem como a chave de conectividade). .6 . . Assim. Assim. e a entrega das Guias CD/SD. .

já foi abordado no tópico referente às “Verbas Rescisórias”. Assim. DA CLT O Autor requer a aplicação da multa do Art. uma vez que. 2009. Por fim ressalta-se que o 13º Salário de 2012. 2010 (4/12). No período de 01/04/2010 a 01/06/2012. o 13º salário devido ao Autor foi pago de forma incorreta. 9 . 6 . da CLT. o Autor não recebeu qualquer cifra a título de 13º salário. 477. faz jus ao pagamento do 13º Salário sobre o salário “extra folha” (R$ 300. faz jus ao pagamento do 13º salário dos anos de 2008 (2/12).8 – DO 13º SALÁRIO Durante todo o pacto laboral. uma vez que a Reclamada não considerava o pagamento do salário “extra folha”. No período de 02/11/2008 a 31/03/2010. a Reclamada não efetuou o pagamento das verbas rescisórias até o presente momento. Assim. repita-se. o Autor nunca recebeu corretamente o 13º salário devido. § 8º.DA MULTA DO ART.00) dos anos de 2010 (8/12) e 2011. 477.

DOS PEDIDOS Por todo o exposto. compareça à a audiência a ser designada e apresentar defesa.. constando a verdadeira data de sua admissão em 02/11/2008 e o verdadeiro salário.. sob pena de condenação destas acrescidas de 50%. aviso prévio... Requer...... sejam julgados procedentes os pedidos desta Petição Inicial...10 ... a apurar b.. o Reclamante vem requerer que Vossa Excelência se digne em determinar a citação da Reclamada para que.. 467. 11 – DO ENVIO DE OFÍCIOS Face às irregularidades apontadas acima... requer sejam expedidos ofícios a DRT. requer o pagamento da diferença salarial. sob pena de revelia e confissão. caso queira.. em face da questão retro mencionada.00 por mês) em férias + 1/3.DA MULTA DO ART..... sob as penas da lei.. 12 . b) A integração dos valores pagos “por fora” (na quantia de R$ 300. para: a) Retificar a CTPS do Reclamante..... mais reflexos legais. 13º salário.. FGTS + multa de 40% e INSS: (item 4) .. DA CLT Deve ser observada a incidência da multa prevista no artigo 467 da CLT...1) Na eventualidade de não ser reconhecida a hipótese anterior. a apurar 7 . ainda.. devendo a Reclamada quitar as parcelas incontroversas em aberto.. INSS e CEF.

00 j) Incidência da multa prevista no artigo 467 da CLT................ 477.................................................. a apurar i) Pagamento da multa do Art.... a apurar d) Pagamento do INSS dos meses em que não houve recolhimento correto.. a apurar e) Pagamento das verbas rescisórias: Saldo Salário..................... 2010 (4/12)........ 2009........... g) Pagamento das Férias 2008/2009....................... da CLT.... 8 ............................. de forma simples (item 7) .100..... 13º salário..................... garantindo a integralidade dos depósitos durante todo o período de duração do contrato de trabalho (item 5) .. sob pena de execução do mesmo (item 5)....... e as do período de 2010/2011....... R$ 7......... 2009/2010 em dobro.. da CLT (item 9) ..430..... R$ 1............... caso a Reclamada não efetue o pagamento das parcelas incontroversas na data da primeira assentada...00 h) Pagamento do 13º salário dos anos de 2008 (2/12)........00) dos anos de 2010 (8/12) e 2011 (item 8) ................ FGTS + indenização de 40%....................... nos termos do art.... § 8º.......... 137................. a apurar f) Liberação das Guias TRCT (bem como a chave de conectividade) e CD/SD sob pena de pagamento da indenização substitutiva.c) Pagamento de FGTS dos meses em que não houve recolhimento correto (inclusive do período sem assinatura da CTPS)...... Férias proporcionais + 1/3 (item 6) ................ bem como do 13º salário sobre o salário “extra folha” (R$ 300.................... Aviso Prévio...

notadamente por documental.166 - LUIZ ANTONIO DE AVELAR BERGAMINI SEGUNDO . 31 de outubro de 2012.435-E - 9 . Dá-se à causa o valor de R$ 30.OAB/MG 102.833-E - SAMIR TALES FERREIRA DE ASSIS . Deferimento.OAB/MG 100. os benefícios da Justiça Gratuita.OAB/MG 97.Tudo corrigido e com juros nos termos da legislação trabalhista específica.OAB/MG 31.00 (trinta mil reais). nos termos da Lei nº 1. Belo Horizonte.060/50. Por fim. requer provar o alegado por todos os meios de prova admitidos em direito.OAB/MG 35. não podendo arcar com as custas do processo sem prejuízo de seu sustento (declaração em anexo). ainda. O Reclamante requer. RAFAEL MORAIS CARVALHO PINTO . por ser pobre no sentido legal.485 - MARIA ANGELICA ALVARES DA SILVA E SILVA . P. além da condenação nas custas e despesas processuais. testemunhal e pericial.026 - TULIUS MAXIMILIANO CORRÊA DOS REIS .000. depoimento pessoal do representante legal da Reclamada.

10 .