You are on page 1of 7

CURSO CONTRA TERROR

SUPORTE TÉCNICO

* Rastreador e identificador de chamadas telefônicas celulares

1. ELETRÔNICA Os recursos da eletrônica e da informática tiveram uma evolução impressionante nas últimas décadas. Hoje, a cada ano, um novo salto é dada nesta área, sendo impossível deixar de empregá-Ios nos trabalhos do Time Tático. As opções desses recursosnos permitemobter uma quantidadede informaçõessuficientes para suprir todas as alternativas, da negociação ao assalto, de modo a termos a certeza do que fazer no seu emprego. Hoje, podemos monitorar o interior de uma barricada ou de um cativeiro, identificando, observando, fotografando ou filmando, dados como quem são e onde estão reféns e marginais, o que estão conversando, que recursos possuem, etc. . Entre alguns recursos eletrônicos mais comuns, possíveis de serem empr~gados tanto na área de inteligência como também na contra-inteligência, garantindo a segurança ou o sigilo dos trabalhos, são:

* Equipamento apreendido à disposição do Departamento de Inquéritos Policiais e Polícia Judiciária - DIPO-

as escutas eletrônicas proporcionam o monitoramento do ambiente e de linhas telefônicas físicas e elétricas. pois são capazes de capitar sons de forma canalizada. Esse equipamento possui um sistema transmissor de imagens. que podem ser introduzidas e permaneceram imp~rceptíveisem um ambiente. Microcâmeras . que capitam aleatoriamente a transmissão eletrônica. . fazem o monitoramento de linhas telefônicas e a desorientação dos sinais.Existem câmeras minúsculas para filmar.Uma variação de escuta para situações onde não se tem acesso físico ou proximidade no local a ser monitorado. impedindo a escuta ou gravação dos telefonemas.Popularmente conhecidos por "grampos" ou "bugs". por exemplo. a longas distâncias. Antigrampos .São equipamentos de escuta de ondas de rádio.CURSO CONTRA TERROR . sendo a sua capitação e gravação feita fora do local observado. Esses equipamentos não como os dispositivos "scanner" de alguns tipos de rádio. Identificadores de chamadas . ambiente) e alguns desses recursos chegam a usar sistemas criptográficos nos sinais. disfarçadas até mesmo em uma caneta ou em um óculos. conforme a linha (elétrica. podendosereminstaladospor fora do localou introduzido disfarçadamente. Escutas . . .Mais indicados para as ações de contra-inteligência. Microfones direcionais . fazem a identificação do telefone de origem no momento do recebimento de uma chamada telefônica. capazes de monitorar e gravar a comunicação de aparelhos telefônicos celulares. . rádio-transmissores e até mesmo computadores. . . Existem vários tipos de antigrampos e monitores.Chamados "Sinas". Rastreadores . pois são possíveis de serem programados para capitar uma freqüência ou um número especifico de telefone. física.

Câmera capilar . haviam informações sobre a existência de explosivos preparados e armadilhados para detonarem na tentativa de entrada pelas forças legais. que se tivessem sido corretamente utilizados.Equipamentos de observação em condições noturnas ou sem luminosidade. . hoje estão disponíveis a preços e condições acessíveis e em breve.os resultados seriam catastróficos. no seqüestro do empresário Abílio Diniz em São Paulo (1989).que é introduzido frestas. Visar noturno . composto por um fino tubo o locale direcionamento imagemconformea necessidade. que já existem em alguns países. quando não exclusivo. a Polícia Alemã foi surpreendida com a detonação de granadas no helicóptero onde estavam os reféns e alguns dos terroristas. um profissional especializado. Existe a necessidadede um especialista. por baixode portas e outros pontos. equipado para monitorar. Na frustada tentativa de resgate dos atletas judeus em Munique (1972). 2. Assim como o Negociador ou Sniper. recursos como equipamentos de raios-X para ambientes e filmadores por capitação de calor.em bombas e explosivos no"Time Tático. constatou-se que os criminosos realmente possuíam explosivos e granadas. outrora só era produto da imaginação cinematográfica. O perigo que representam os explosivos contra um Time requer realmente um Explosivista.Um tipo específico de microcâmera. poderão englobar o rol de equipamentos dos Times Táticos.ou equipe especializada. Esses dispositivos podem ser usados acoplados a filmadoras e máquinas fotográficas. Apesar de não detonarem nas ações da forças de resgate. aumentado a segurança e diminuindo riscos.filmando em Muitos outros recursos podem ser empregados no trabalho tático. A constante evolução tecnológica propicia cada vez mais recursos que.EXPLOSIVOS o emprego de explosivos em ações táticas engloba duas esferas distintas: o trabalho preventivo e o trabalho tático de emprego de explosivos no assalto. para esta missão. Podem trabalhar através de sistemas de raios infravermelhos ou de intensificadores de luz residual. a articulado. de forma preventiva e de segurança para as demais ações do Time Tático. como o resgate dos israelenses em Entebbe (1973). . detectar e desativar bombas e explosivos convencionais e improvisados.CURSO CONTRA TERROR . não seria suficiente para um Time Tático possuir indivíduos "treinados" ou "capacitados" nessa área. Em diversas ocorrências clássicas. no resgate pelo GIGN do avião da Air France em Paris (1994) e na tomada da Embaixada do Japão no Peru (1997).

ou materiais explosivos e bombas convencionais. neutralização e destruição de bombas e explosivos). .. detecção e identificação de bombas e explosivos) ou ações contrabombas (que compreendem técnicas de remoção.CURSO CONTRA TERROR A Equipe de Bomba pode ser " H "'" ~ . dar condições de ação para o Time Tático. Inspeção de objeto suspeito (COE . KIT DE DEMOLIÇÃO.. TOLVA. ~ ~.etc. ROUPA ANTIFRAGMENTAÇÃO. um mínimo de dois técnicos em explosivos para compor uma equipe i Estudos organizada de diversas formas.Pará) A missão do Explosivista tem início com o trabalho da Equipe de Negociação. através de ações antibombas (que compreendem a busca. . ROBÔ' . minas. ao menor sinal ou informação da existência de explosivos ou bombas em poder dos criminosos. explosivoscomerciais. dentro das possibilidades do cenário tático. . uma "'~ "'fI!! ti! ~ vez que contará com todo o time para ~~ apoiá-Io e fazer sua segurança. . esse especialista " ~' poderá até mesmoagir sozinho. DETETOR DE EXPLOSIVOS. Neste trabalho. A partir daí. de bombas. . " . mísseis. como as granadas. sendo um Técnico. ~ *~ '" ~ ~ '" ~ ". um "" Auxiliar e um Segurança. o Explosivista poderá contar com alguns recursos especiais. . CANHÃO DISRUPTOR. . Dentro de ~ *~ um Time Tático. EQUIPAMENTOS DE BUSCA. Técnicos em Bombas) recomendam . ou com IED (lmprovisedExplosiveDevice)ou materiais explosivos improvisados e bombas artesanais. irá iniciar a investigação para confirmar o fato e.. Para enfrentá-Ios. desativação. trabalhase com três. Na Colômbia.i!!! da IABTI (Associação ~ ~ Internacional de Investigadores e . o Explosivista poderá se deparar com EODs (Explosive Ordinance Disposal). como: . EQUIPAMENTO DE RAIOS-X. . ..

a equipe de negociação obteve uma informação que cancelou os planos de um arrombamento com explosivos. a caloria da detonação iniciaria o incêndio. óleos. em concordância com o momento do assalto. Realizar a detonação dos explosivos.arrombamento. -além de treinamento e ambientação de seus efeitos por parte dos integrantes do Time Tático. Se houvesse o arrombamento. para confundir ou distrair a atenção dos criminosos. como roga o lema dos explosivistas.. ameaçando atear fogo na casa. favorecendo uma invasão por um ponto diferente. de modo que não sofria nenhuma lesão com a detonação. mas em determinado momento.. som e fogo. . ~ . 1996) Cabe ao Explosivista (ou equipe) do Time Tático. emprego criteriosamente e rigorosamente calculado e testado.. Preparar cargas de arrombamento ou de distração. outro emprego de explosivos em ações táticos é o artefato de distração. v . o GATE planejou o arrombamento da porta da casa onde estava o criminoso com explosivos. Posicionar a equipe de assalto para o arrombamento.Avaliar oscargas. Calcular de explosivos a serem . --. . -< :. Sabia-se que a refém estava em outro cômodo. - .r- CURSO CONTRA TERROR '-' Outras situações adversas também podem limitar o emprego dos explosivos: em uma ocorrência com reféns na Zona Norte de São Paulo (1995). montado para produzir na sua detonação. tanto na área preventiva como tática. realizar todo trabalho com explosivos. O artefato de distração é um tipo de "efeito especial". em pontos diversos ou seqüenciais.~ Treinamento de arrombamento de janela com explosivos (EUA. . 1996) . O criminoso despejou pela casa álcool. riscos e possibilidades de na ação. . exige uma especialização muito grande. '-. pois.".J O emprego dos explosivos.. quantidades e tipos emprego de explosivosutilizados..J Além do . bebidas alcóolicas e abriu o gás da cozinha. \... apesar da eficiência comprovada em ações reais. ."com explosivossó se erra uma vez". . Destacamos como principais missões: . I :Tn ~ iíI !!i m i '" !li I Artefato de distração (EUA.

Em outras circunstâncias. Nas entradas táticas. possibilidàdes ou não de emprego. Limitação quanto ao posicionamento da equipe de assalto. mostrando-se muito eficiente. onda explosivae demais efeitos da explosão devem ser calculados com auxílio de informações da equipe de negociação. janela. fragmentadas. permitindo tempo necessário para a ação da equipe de assalto. Um segundo campo de atuação do Explosivista do Time Tático. o planejamento da Equipe de Assalto. sendo comumente empregados recursos como o ariete. Oferece um efertoatordoadore intimidadorcontra o oponente. Até mesmo uma parede de alvenaria pode ser perfurada para permitir o acesso da equipe de assalto. . Obstáculos como portas e janelas podem ser cirurgicamente cortadas. limitativos do uso de explosivos em arrombamentos. empurradas ou sofrerem outro efeito desejado. é a realização da entrada tática com explosivos. a equipe de assalto terá que ser posicionada em posições mais distantes. análise de riscos e contramedidas necessárias. Em determinadas situações. sem que sofram qualquer efeito da onda explosiva. sejam através de portas. . avaliando até mesmo o grau de conhecimento dos criminosos nessa área. parede. o que tornaria ineficaz o emprego desta alternativa tática. grade. a detonação do explosivo contra eles causa obrigatoriamente uma desorientação e atordoamento momentâneos. etc) e o acesso na área desejada de forma precisa e imediata. que poderiam atrasar ou atrapalhar a entrada imediata na área desejada.CURSO CONTRA TERROR Sua atuação compreenderá também fazer a orientação da negociação com perguntas chaves. informando-os sobre necessidades de segurança.A projeção de fragmentos. tornando o fator surpresa eficiente. cunhas e alicates hidráulicos. quando a quantidade de explosivos necessária para o arrombamento é muito grande. perdendo o efeito surpresa da invasão. pé-de-cabra. janelas ou outros locais. ou melhor. . de ordem técnica. marreta. O posicionamento de um refém próximo ao ponto a ser detonado poderá ser mortal para ele. constantemente há a necessidade do uso de força. 'conforme a preparação da carga explosiva. cadeado. Possibilita o arrombamento do obstáculo (porta. o arrombamento com explosivos apresentam dois aspectos positivos: . fator que pode ser fatal para reféns ou mesmo para o Time. A detonação poderá oferecer riscos às pessoas posicionadas dentro do local a ser invadido. Auxiliará também. ou não há ângulos de proteção contra a onda explosiva. o uso dos explosivos nesse arrombamento tem ploriferado entre Times Táticos policiais e militares. Mesmoque os criminosos barricados estejam prepârados e aguardando uma invasão. Dentre os aspectos negativos. destacamos: . esses recursos clássicos podem atrasar a entrada. A quantidade de explosivo e local da colocação da carga pode permitir o posicionamento da equipe de assalto até alguns poucos centímetros da detonação. provocados pelo som e pelo deslocamento de ar e fragmentos.

durante o desenvolvimento da crise. OUTROS APOIOS DO SUPORTE TÉCNICO Além de especialistas em eletrônica e em explosivos. . . valer de especialistas em áreas específicas. o Time Tático pode. . MÉDICOS'.CURSO CONTRA TERROR v 3. Time Tático deve manter um arquivo de pessoas colaboradoras ou integrantes eventuai~ com possibilidade de acionamento em emergências. . apesar qU devem ser conhecedoresda doutrina e até mesmo participaremde treinamentosconjuntm Esses especialistas serão convocados quando a situação tática exigir. Entre eles. . JURISTAS. podemo citar profissionais como: 0 . s. ENGENHEIROS. etc. MECÂNICOS. PSICÓLOGOS e ANALISTAS. e deve. . Esse especialistas não necessitam ser integrantes permanentes do Time Tático.