You are on page 1of 27

O Rei Esquecido e A Princesa do Reino Solitário

Cris está sentada, entra Eduardo correndo...
1

Duda – Cris, Cris vem comigo rápido, vem, não podemos demorar... Cris – Espera! Para onde você está indo... Para onde você está me levando? Duda – Temos que encontrar o espelho e a escova de madrepérola da Iara, antes que seja tarde demais. Cris – Mas quem é Iara? E que espelho é esse? Eduardo - Venha. No caminho eu te explico! correndo) Entra o Rei Esquecido Rei – Pois muito bem... Digam-me meus amigos: Onde mesmo que deixei a minha coroa? Súdito 1– Oh, meu amado Rei! Sua coroa está em sua cabeça... Rei – Tinha me esquecido. Mas, e o que estamos fazendo aqui? Súdito 2– Majestade, estás esperando a princesa do reino solitário. Rei - Tens razão meu amigo. Tinha me esquecido. Mas o que mesmo essa tal de princesa do reino acompanhado vem fazer aqui? Súdito 1 - Senhor não é do reino acompanhado é do reino solitário... Rei – Mas foi isso que eu falei... Do reino acompanhado, ou você acha que eu ia me esquecer... Súdito 1 – Claro que não majestade. Claro que o senhor não ia esquecer. Mas ela vem pra ser acompanhada. Súdito 2 – Ela quer se casar! Rei – Casar com quem? Não me diga que você ficou viúvo? Súdito 2 – A noiva não é pra mim majestade. É para o senhor. Rei – Para mim? Mas eu já sou casado. Súdito 1– O senhor é viúvo majestade.
2

(saem os dois

... Rei . (Para duda) Olha para onde você me trouxe! Duda – Calma.. Rei – Presta atenção! Como você ousa se dirigir a mim assim? Você sabe quem eu sou? Duda – Não senhor..... Ela..... Súdito 2– Reino Solitário. reino. como poderia me esquecer. Rei ....Quem eu sou? (para o súdito) Quem sou eu mesmo? Súdito 2– O Rei. Desculpas. mas ela quem? Rei – Ora. tudo vai ser resolvido.Rei – (espantado) É? Quer dizer sou? Mas eu tinha me esquecido! (Entra Cris e duda) Rei – Olha ela aí! (eles se olham) Cris – Oi.. ora quem? Você! Princesa do reino.Sim.. De que reino mesmo você disse que ela é? Súdito 1– Do reino solitário.... sim. mas ela não é a princesa do reino... Cris – Eu não tô entendendo nada. Súdito 2 – O Rei desse reino esquecido! 3 . Do reino. O rei majestade! O rei do reino esquecido! Rei – (Para o súdito) Sou? Pois muito bem! Eu sou! Cris – Quem que o senhor é? Rei – Eu sou o.

. mas não temos tempo para contar.. o rei do. não existem. sim e sim!!!! Rei – Ousa contrariar o rei. esquecido de todos e de tudo! Rei – É isso.. o que estão fazendo aqui? Cris – Estamos procurando o espelho e a escova de madrepérola da Iara.Não pensam? Pois já que não pensam.. não e não! Cris – Sim.. Rei – Passagem? Mas não vendemos passagens! E para onde vocês pensam que vão? Duda – A gente não pensa não..E se não existem.. Rei – Quem é Iara? Duda – É uma longa história majestade.. A princesa do reino. Rei – Isso! Cris – Mas eu não sou a princesa desse reino Duda – Na verdade. esquecido do esquecimento mesmo.. estamos só de passagem. Temos que partir! Rei – Partir? Não. E vocês não vão sair daqui... 4 .. Súdito 2. Súdito 1 . Súdito 1– Do reino esquecido.. Esquecido de que? E por quem? Súdito 2 – Bem..Cris – Esquecido por quê? Duda – É mesmo esquecido de quem? Rei – Boa pergunta. Súdito 1 – Solitário.

Vamos Cris .... Entram as três meninas do saco) Saquinha – Estou cansada! Andamos a noite toda e nada!!!! Sacada – Eu também.Corre. vamos conseguir. Rei – Isso mesmo! Peguem eles agora! Duda – Realmente. 5 .. rápido! (O rei e o Súdito correm atrás deles. indo procurar o espelho e a escova de madrepérola da Iara. não dá majestade. Mas. E o casaco deu em você? Saquinha . Cansadas. Súdito1 – Mas. mas eu uso assim mesmo. Saquinha – Devemos parar um pouco para descansar.. não vamos chegar lá. para isso... Ousa? Pois muito bem! Prendam os impostores! Súdito 2– Majestade. E o sapato deu no seu pé? Sacolé – Tá apertado..Rei – Isso. mas vou usar assim mesmo. mas ela vai ser a sua esposa.Hei! Para onde vão com tanta pressa? Duda – Estamos fugindo do rei esquecido Cris – E. (entra a Cris e o Duda correndo) Sacolé .. Rei – Peguem.... peguem eles. eu uso assim mesmo. ela realmente não pode fugir.. mas..Tá pequeno... Saquinha – Podemos ir com vocês? Duda – Acho que não! A viagem é longa.. E a calça deu em você? Sacada – Tá pequena. Temos que sair..

... E esses sacos? Sacolé – São os nossos sonhos que guardamos aqui e.. nem sabemos por onde temos que ir.Sacolé – E qual é a distância? Cris – Exatamente. Cris – Mas para onde vocês estão indo? Sacada – Para qualquer lugar... não sabemos.. Cris – Não entendo. Estamos a dar voltas sem encontrar o lugar.Nem nós.. Saquinha – Encontrei por aí... Aí o saco fica muito pesado. Cris –(Para Saquinho) E esse casaco não cabe em você.... O mundo e os caminhos ficam mais fáceis de andar. Duda – (olhando para os pés de Sacolé) Mas os seus pés.. mais leves ficamos.. Sacada ... Cris – E suas calças? Que confusão! Vocês estão todos com roupas e sapatos trocados.. Longe...Aqueles que realmente acreditamos. Então uso assim mesmo. ele agora é meu..... Onde os nossos pés nos levar. para onde formos os levamos.... perto. não menina! Você confunde tudo! Quanto mais sonhos temos. Então. Quando estão vazios deveriam ficar mais leves.. Sacada – Esses ficam sempre com a gente. Esses sapatos não cabem em você. 6 . deixamos escapar alguns pelo meio do caminho..... Mas aqueles sonhos verdadeiros.. Às vezes. Aliás. estamos com os sacos vazios.. Às vezes... Saquinha . Sacolé – Não..Encontrei pelo caminho. Saquinha ..

.Se não for para desacreditar no que acreditamos.. O caminho fica muito mais difícil. Pode ser? (Eles se olham) Sacolé . muito boa essa! Cris – Quero propor uma coisa a vocês três. olhem para vocês... você.. O mundo pesa sobre nossos ombros. Sonhar não custa nada.. Pode. você. Você.É mesmo! E os meus são só meus.. vocês andam sonhando muito. Os sacos estão cada dia mais cheio.Agora entendi. Como? Cris – Primeiro.. Cris – Os sonhos podem ser nossos..Saquinha . Sacolé – Meus sonhos são só meus. o seu casaco pra ela (a mesma coisa) e.. (Para Saquinha) dê o sapato para ela (eles se olham e dão o sapato) e. Saquinha . Duda .. Cris – Pois bem.. Boa.Agora. Saquinha .. Sacada – Pode... (eles se olham) Vocês não vêem? Pois bem.... Sem eles.. leves.... Seus sonhos são maravilhosos. Mas... Duda – Hi. (eles fazem à troca e os objetos cabem certinho neles) Saquinho ..Isso deu certinho em mim! 7 . pode... pesados. Saco com sonhos. a calça para ela. mas vocês podem sonhar e viver de uma forma melhor.. quero que troquem os objetos... Cris – Sério. quando estamos com o saco dos sonhos vazio..Se não for roubar os nossos sonhos.. Saquinha – Como assim? Sacada – Pois é...

. Era exercício.. Lá vem o Rei! Vamos fugir. Estamos seguindo a princesa do reino solitário.. Saquinha – Deixem irmos com vocês? Duda – Não podemos.. Não deixem que nos alcancem.. se dividimos os sonhos. em que podemos ajudar? Súdito 1– Não atrapalhem... Rei – É? Pois tinha me esquecido. mas espere. A quem estamos seguindo? Sacada – A ninguém majestade.. Mas estávamos correndo! Sacolé – É para emagrecer majestade. eles estão nos enrolando... Sacada – O prazer foi nosso. Súdito 2– Majestade. Rei – Isso mesmo... as coisas podem caber melhor em cada um de nós e tudo ficará mais confortável. Isso se chama segredos (o Rei e o súdito aparecem). Foi um prazer encontrar vocês...... senão eles vão fugir. vocês estão apenas passeando.Sacado – O sapato em mim também! Sacolé – Pois é.. o que vocês levam dentro de seus corações... Duda – Isso mesmo. Agora entendi. mas não se esqueçam de olhar para a realidade. Algumas coisas não devemos dividir com todos. vão fugir. E dividir com os outros os que vocês levam dentro desses sacos. Rei – Do reino o que? 8 .. Cris – Ou melhor.. Agora temos que ir. não lembro.. (Saem os dois) Saquinha – Oi majestade... Levem seus sacos cheios de sonhos... Cris – Enrolem eles... não lembra? Rei – Não..

Tânia – Nem o mar tá pra peixe! Tina – Nada tá pra peixe.. tá tudo uma pobrezinha só... Há dias. Não temos tempo... A frigideira não tá pra peixe. Rei – Vamos..Súdito 1 – Solitário majestade.... Sacada – Conseguimos!!!! Saquinha – Então vamos. (Se aproximam) Cris – Boa tarde. O rei segue em direção oposta do Súdito. minhas senhoras? Tina – Muito boas tardes. Sacada e Sacolé comemoram).. Tânia – Assim.. como? Tina – Sem peixes!!! Olha lá! Tânia – É. Vamos.... vamos para onde? (cada um aponta para um lado.. Mas.... Vamos antes que eles fujam. menina Tânia – Boa. Quem será? Tina – Sei lá! Deve ser gente querendo pescar. Tânia – É deve de ser gente querendo pescar.... coisa nenhuma. Nunca vi o rio tão assim. estamos aqui e nada de peixe! Duda – Eu sei!!! 9 . sabe.. (CANTAM) (Entram duas pescadoras) Tina – O rio não tá pra peixe. Saquinha. Sacolé – Vamos para onde? Sacado – Para onde os nossos pés nos levarem.

que me deixa feliz.. Inclusive. Por isso.. Ele esqueceu. Cris – Nem me fale! Não é o Rei do reino esquecido que se aproxima? Já vem confusão! Duda – Temos que sair daqui. assim. É que roubaram o espelho e a escova de madrepérola da Iara.. mas antes me digam: como podemos ajudar a Iara a encontrar seus objetos perdidos? Tânia – Primeiro. que me deixa louco de amor.. foram roubões mesmos. Rei .Tina – Sabe? Duda – Sei sim. quem são? Cris – Ai que bom. Eles roubam tudo. Quem são vocês? Tina – Tina e tânia – Pescadoras dessas águas calmas... não? Tina – Não. Então quer dizer que roubaram a coitadinha. Cris – E o que é que isso tem haver com os peixes? Tânia – E você não sabe que a Iara é a rainha das águas doces? Cris – É? Tina – É sim. não escuto mais o seu cantar... e... temos que descobrir se ela os perdeu ou os roubões os roubaram.. 10 .. (para o rei e súditos) Boas tardes meus senhores? Rei – Boa...E vocês dois....E como podemos saber se foram eles? Tânia – Aí fica difícil.. todos estão consolando ela. Cris – Você quis dizer ladrões. a nossa paciência! Duda.

. Vamos tentar impedi-los de pegar vocês.. Súdito 2 – Vamos pegá-los! Duda – Ah! Não vão não..... cuidado com os roubões. Sacada – Pois é. majestade.. Acho que vou desmaiar.. Correria Saquinha – Olá amigos.. mas eles conseguiram achar o caminho que vocês fugiram. Saquinha – Ficaremos aqui. Corre... Súdito – Agora vocês dois não escapam. Rei – Saem de perto. Tchau Cris e Duda – Tchau.... Sacada – Para tentar despistá-los Cris ...... Sacolé – Eu to com medo.E vocês. despistamos o rei...Súdito 1– Eles são os que estamos perseguindo. Antes que as coisas piorem.. Duda – Temos que fugir! Tânia . vocês. Sacolé – Socorro...Voltaremos. rápido. Cantam 11 .Que confusão! Duda – Temos que ir.... Pode ter certeza! Tina..Vamos ajuda-los! Tânia .

não passa.. aí! Bololô – O tempo que não passa Bololá – Não passa. Bololô – E nada pra fazer. Passos que caminham nessa direção.... tédio esse lugar! Os dois – Bololô e Bolalá Bololô – Escute. E o calor é de matar! 12 . (se escondem) (entram Duda e Cris) Eduardo – Nada acontece... e nada pra pegar. Os dois – Bololô e Bololá Bololó – Nada pra fazer Bololá – Nada.. nada! Bololô – Que tédio esse lugar! Bololá – Tédio. Bololá – Nessa direção? Bololô – Silêncio!!! Bololá – xiiiiiiiiiiiii Bololô – Vamos nos esconder para espiar........Bololô e Bolalá.Entram os Roubões. Bololô – Aí que chatura! Bololá – Aí. Bololá – Bora. bora lá!!!! Os dois .

Espera... Os dois – Bololô e Bolalá. nem sinal dos roubões... temos que tentar.. Estão atrás de nós. cochichando para Eduardo) Acho que estamos sendo observados.Cris – Nem sei onde estamos. (Escondidos) Bololô .. (deitam) Bololô – (saindo do esconderijo com o Bolalá) Então...... Bololô – Xiiiiiiii vamos ouvir. Está me dando um sono.Então.. Bololá – Hehehe de nós! Bololô . Silêncio! Vamos escutar..(falando mais alto) Vamos descansar um pouco. (pisca o olho para Cris) Cris – Vamos.. acham que vão dormir aqui em nossas terras de graça? Bolalá – De graça? Nananinanão!!!! Bololô – Hehheh. Duda. E o Saquinho? será que encontrou o Sacado? E o Sacolé já deve ter acordado. Bolalá – Tudo isso é para o nosso bem!!!! (Vão se aproximando deles). 13 . vamos pegar tudo que eles têm..Temos um trabalho pra fazer! Bolalá .. Bolalá – Xiiiiiiiiiiii Duda– Será que vamos encontrar a escova e o espelho? Cris – Sim... pois estamos levando muitas coisas de valor e os pescadores falaram que os Roubões moram por aqui. (olhando para um lado e para o outro.Que bom trabalho pra fazer... Mas temos que ter cuidado.

Cris e Eduardo – Bololô e Bolalá? Os dois ..... Cris e Duda riem muito) Duda – Então vocês querem nos roubar? Cris – Coisa feia seus... Bololô – Menina sabida... Bolalá – Onze. Cris........Bololô.Bololô e Bolalá!!!! Cris – Queremos fazer umas perguntas a vocês! Duda – Isso mesmo!!!! Bololô – Hehehe e vocês acham que vamos responder? Bolalá – Acha que vamos? Cris – Por favor. (olha pra Duda) de você não! 14 . Precisamos saber se vocês sabem algo sobre o sumiço dos objetos da Iara. Bololô – E o que ganhamos com isso? Bolalá .O que ganhamos em? Eduardo – Mas é só uma pergunta. doze....Duda e Cris – Búúúú´(eles levam um susto e cai cada um para um lado. Cris – Então tá!!! Duda– Mas. treze. não temos nada para dar a eles. Bobolô – Bolalá Bolalá . Seus. Gostei de você! Bolalá – De você. Bololô – Que sejam dez.

.... A gente não zerinha ou um né? Bolalá – Zerinho ou um e já. Bolalá – Bololô vamos brincar!!!! Bololô – Quanto tempo que não nos divertimos não é? Bolalá . Tudo bem? Bololô – Ganham o que menina sabida? Bolalá – O que sabidinha? Cris – O que vocês escolherem. Mas e se acertarmos? Bolalá – Acertamos nhem? 15 . eu ganho o que eu quiser.Cris – Faremos o seguinte: Vocês nos farão perguntas e nós a vocês. Bololô ... vão falando e colocando zero ou um com os dedos.. Vamos brincar. Então vou perguntar e.. ganham. Os que acertarem. o primeiro que sai pergunta.Pode perguntar. Hehehheh Cris – Tudo bem! Vamos começar... Cris ganha).Hehehe quanto tempo Bolalá... Vamos para o zerinho ou um.. eba! Duda – Nada disso.. Cris – Ganhei. Duda – Você ficou louca? Bololô – Me parece interessante Bolalá.. se vocês errarem. Bololô .Não é!!! Cris – Quem começa? Bololô – Nós começamos!!! Bolalá – Começamos... (eles fazem uma roda e começam a brincar..

Vamos brincar!!!! Cris – A pergunta se faz sem demora: Quero que vocês me digam o que colocamos nos pés e vemos no relógio? Bololô – hehhehe. A pensar. a nossa pergunta!!!! Sem gaguejar.. Bolalá – Pergunta vai.....Tá certa a resposta..Eduardo – Vocês pedem o que vocês quiserem... Nosso!!! (eles entregam os sapatos) Bololô – Agora.. De quem é que estamos a falar? Bolalá – A falar. Cris – Deixa-me pensar. sandálias.. Já que ganharam. brilha na noite e ás vezes são pescadas.. Bololô – Queremos de vocês o que têm nos pés. O que colocamos nos pés e vemos no relógio? São as meias que vestimos e a meia da hora! Bolalá – É! Ganhamos com a meia que vestimos e com a meia hora!!!! Duda – (assustado) É. Cris – Combinado.... chinelos.. Duda – Já sei! 16 . Bololô – Que tem no céu e tem no mar. no cinema. as vezes no altar. Muito fácil para aqueles que sabem pensar.. ás vezes. Bolalá . Vamos para a primeira rodada.. a pergunta é muito fácil para aqueles que sabem pensar.. Essa é fácil e te respondo sem demora. Pode ser sapatos. temos que cumprir o trato. Bololô – Podem perguntar. O que era de vocês agora é nosso!!! Bolalá – É nosso!!!! Os dois – Bololô e Bolalá..Pensar.. Cris – Podem pedir.....

.. Bolalá – Perguntar? Cris – Nada disso! Quem pergunta somos nós. heheheh Os dois – Bololô e Bolalá!!!! A paciência tirar! Cris – No céu e no mar... vamos continuar a jogar! Bololô – Agora é a nossa vez de perguntar. São as estrelas!!!!! Os dois – Ela acertou. a paciência tirar.Bololô – Cuidado para não errar! Já temos o que calçar. dessa vez. Nem sabíamos 17 . Bolalá – Vamos dá os sapatos de volta... no cinema e no altar...... Já pediu e. Que pena bololô e bolalá! Que pena!!!! Peçam logo o que quiserem antes que nos arrependam e não queiramos dar. de vocês. Onde foi parar a escova de madrepérola e o espelho da Iara? Bololô – Hum... não fomos nós.... Cris – Já sei. O que pediu é que vamos dá. logo vamos vestir e quem sabe. Duda – Queremos os nosso sapatos de volta e é pra já!!!! Cris – NÃO!!!! Bololô – Agora não tem volta... Quer dizer que a coisinha da água doce chora os seus pertences? Mas.. Duda – Estou tão nervosa... e vocês respondam também sem gaguejar. Logo.. que não consigo pensar. Os sapatos não importam e agora. No céu e no mar. Cris – (Para Eduardo) Não era isso!. não pode voltar atrás.... O que pode ser? O que já é sempre será.. Bolalá – A paciência tirar...

Vamos embora Bolalá. Eduardo – Mas. Bolalá – Pagar? Vocês perderam e vão ter que pagar. (Entram as borboletas) Borboleta 1 – Eu vi.. Eles não sabem brincar... Música borboletas. Vamos embora bololô.. no fundo do jardim. Elas dormem. Duda – Vamos dormir e amanhã continuamos Cris – Mas aqui? E se os roubões voltarem? Duda – Nada de mal vai nos acontecer. Bolalá – Não sabem brincar.. Se não foram os roubões.. Eles não sabem brincar. escondidinha. (saem correndo brincando de pega-pega) Cris – Nossa caçada está cada vez mais difícil...... confie em mim.. E se não fomos nós e não sabemos quem foi.... Os dois – Bololô e Bolalá. Bolalá – É somos nós!!! Cris – Não responderam a nossa pergunta. Eles não sabem brincar. vai embora. Quem poderia ser? Duda – Não temos nenhuma pista. se vocês que não responderam. quem paga são vocês. vocês vão ter que pagar.... Bololô – Vocês não sabem brincar. uma joaninha. então o que queremos é que vocês vão embora! Duda – Isso.desse contente. 18 . Cris – E já estamos cansadas.

Não estou brincando! Todos – Não estou brincando! (riem) Duck . não quis assustar..que estranho! Música – entram os ENCANTADOS Duda – Quem são vocês? Todos – Quem são vocês? (riem) Duda. Borboleta 2 – Encheu e levou o meu cordão de ouro Borboleta 1 – E o meu anel de prata. Borboleta 5 – Eu vi que choveu e o rio encheu. mas vocês por acaso não viram o espelho e a escova de madrepérola da Iara? Borboletas – (Rindo) não vimos não! Duda – Cris. elas são borboletas? Cris – Uhum Duda.Somos os encantados Encantados – Encantados! 19 . Cris – Oi ? (as borboletas se assustam) Desculpe. Borboleta 3 – (Ri) Também vi.Borboleta 2 – Eu também vi. Ela vestia um biquíni rosa choque e pegava sol pela manha. mas começou a chover.. em cima de uma pedra uma formiguinha. mas não era uma formiguinha era a tanajura que usava fio dental! Borboleta 4 – Fio dental? Nossa! Que arraso essa tanajura...

Duda. tuck. Duck – Não liga. eu sou o Duck. vuck. Luck – Sou o Luck Zuck – Zuck Tuck – Tuck Confuck – Confuck Cris – Muito prazer. Borboleta 1. eles não estão acostumados com os humanos. meu nome é Cris.Nós não queremos fazer mal a floresta! (riem) Tuck – Nós sabemos! Luck – É. sabemos! Zuck – Sabemos! Confuck – Não sabemos! Duck – o que? Confuck – Sabemos! Duck – Muito prazer. Todos Riem muito.Cris Borboleta 4 – Duda Bosboletas – 2... luck. Encantados – Humanos não! 20 . Puck.Duda. 3 e 5 – Que nome estranho! Cirs.Tuck – Guardiões da floresta! Zuck e Tuck – Da floresta! Cris – Nós não queremos fazer mal a floresta! Todos .Olha quem fala. príncipe encantado dos encantados do mundo encantado.

Criados pelo mesmo criador. azuis.Duck – Olha o preconceito! Confuck – Mas eles são estranhos! Encantados – Muito estranhos! Duck – Já conversamos sobre isso.E as fadinhas assistentes! YEHH Cris e Duda. Fadinhas. brancos..que lindas! Fadinhas. Todos – ohh!! Fadinha 1 – É por isso que os peixes sumiram! Fadinha 2 – que horror! Duck – Temos que salvar a Rainha! 21 . todos respiramos o mesmo AR. magros. gordos. Entram fada e fadinhas. Fada dos sonhos – Já conversamos mesmo! Humanos. pequenos.(ri) Digam-me.. Somos todos iguais! Irmãos. grandes.. Duck – essa é a fada dos sonhos.Muito obrigada Fadinha 1 – eu fiz escova hoje! Fadinha 2 – Eu fiz limpeza de pele. Duck – O que fizeram com a Iara? Todos – O que fizeram? Duda – Ela perdeu seu espelho e sua escova de madrepérola.. todos! Ninguém é melhor que ninguém! Somos apenas alunos em séries diferentes. Fada dos sonhos. o que fazem por aqui? Cris – temos que ajudar a Iara. animais. encantados. pretos. arvores.

.A Iara é Iara e a sereia é a sereia.Nas florestas também Encantados – Nas estradas Borboletinhas – Que coisa feia! Fada dos sonhos – Já esta amanhecendo.. Eles voltam a dormir. que me deixa feliz. Duck – Precisam ir... ultimamente os rios estão muito sujos.. Cris – Eu não sabia dessa historia. Quer dizer que a Iara é como se fosse a sereia dos rios? Fadinha 1 – Não fale isso menina! Que você ofende a Iara. ela feliz vai cantar e proteger os rios contra tantas sujeiras. Fada dos sonhos . Duda – Mas... Assim.... Por isso...Iara protege todos os peixes e não deixa que poluam as águas limpas dos rios. Fadinha 2 . vocês precisam ir.. por isso devemos encontrar logo os pertences da Iara. Cris – Mas precisamos de ajuda. não escuto mais o seu cantar.– É sim.. Então quer dizer que roubaram a coitadinha.. que me deixa cheia de amor. Fada dos sonhos – As pessoas jogam muitas coisas nos rios Duck ..Cris – Rainha? Fada dos sonhos – E você não sabe que a Iara é a rainha das águas doces? Cris – É? Fada dos sonhos . Duda.por favor! Fada dos sonhos – Estaremos com vocês Todos – com vocês! Música. E. 22 .

MÚSICA – entra Iara Iara – (triste) Nas águas doces do rio onde lavo os meus cabelos..... Não é pelos objetos em si..... você não é a Princesa do reino Solitário? 23 . mas. Sei que estão tentando me ajudar e ajudar a natureza também.Pois é meus amigos esses objetos passaram de geração em geração e logo eu fui perder.. estou feliz por vocês Cris e Duda estarem aqui. Cris – Oi. Borboleta 4 – Eu também vi a girafa de skate... Duda – Não sabemos pra onde ir.. Eles Acordam.. Você que é a Iara? Duda – Ela é linda! Iara – Sim sou eu..Vem comigo.. Iara – Há meu bom rei esquecido o espelho e a escova de madrepérola que eram da minha tatatatatatatatatataravó....Borboleta 1 (Saindo as duas) Sabe que eu vi o tamanduá andando de patins. precisamos ir. Súdito – Nossa! Quanto tatatatatatatatatata.Eu sei. Súdito 1 – Mas.... Duda – Algum bicho te mordeu? Cris.... Cris.. Cris. mas o valor sentimental deles. recebe minhas lágrimas salgadas. e.. Rei – De que objetos que você está falando..Acorda Cris.. Iara ..

tem outra. Rei – Como não sou eu? Ela disse Majestade. Guardião – Majestade.Pode mandar entrar. mas você não quis me ouvir.Acho que conheço vocês de algum lugar.. além de mim? Iara – Fala. Mas Iara.. tudo que passa nos rios e nas suas margens.. depois de uma longa data.Fico feliz em revê-la. Rei . A outra.Eu não sou mais rei? Súdito 2 – Sim majestade. (Entram os Guardiões dos rios) Guardiã – Majestade? Rei e Iara – Sim!!!! Súdito 2– Não é você Majestade. Não entreguei antes pois não 24 . a princesa do reino solitário deseja vê-la. Mas os ventos e as correntezas que me trazem aqui é para saber de suas tristezas.. (Entra a Princesa) Que honra recebê-la em minhas águas...Linda! Princesa – Aqui está a minha resposta.. mas não me lembro de onde. mas não é a majestade o senhor. Saquinho e Sacolé .. Mas.. princesa! Que correntezas a traz aqui? Princesa .. Cris – Já vai começar.A princesa é linda!!!! Sacado. Iara . como você sabe que estamos tentando lhe ajudar? Duda – E é a rainha dos rios.. e a outa majestade..Cris – Eu tentei te avisar que você estava enganado... meu guardião... Sendo assim. Cris -. ela fica sabendo. (Entrega uma caixa a Iara) eu recebi esse presente de noivado. Rei – Ah! sim.

majestade. esteve aqui há alguns dias.... É o meu espelho e a minha escova de madrepérola!!! Todos (espantados) Oh!!!!!!!!! Iara – Agora.. 25 ...Oh!!!!! Rei – É? Eu mandei? Súdito 1 – Sim... Acho que já entendi tudo.... Mas. Súdito – De fato estivemos aqui. como esses objetos foram parar no Reino Solitário? Rei – Quem mandou essa caixa para você princesa do . Iara – Oh! Que as águas matem a sua sede. Esteve aqui para me convidar para ser a madrinha do seu casamento com a Princesa do reino Solitário. Cris – Mas. Que elas purifiquem a tua alma. mandou!!!! Iara – Eu posso explicar. foi o senhor!!!! O senhor é o noivo.. Rei – Estive? Iara – Sim.. ajudar nas limpezas dos rios. o rei do reino esquecido. De onde ela é mesmo? Todos . quem mandou esses presentes. majestade! Todos .tinha me dado conta de que esses objetos eram os mesmos que você procurava... posso cantar em cima da minha vitória régia e com o meu canto. Eduardo – Que confusão! Iara – A majestade.Do reino solitário!!!! Rei – Isso!!!! Súdito 1– Vossa majestade esqueceu que..

peguei a caixa e vi que tinha objetos dentro. meu rei... vazia. Desculpa. convidados por mim. de alguma forma.. Todos – Xiiiiiiii (pedem silêncio) Iara – Vocês traziam essa outra caixa. trocamos as caixas e quando vi que essa caixa estava vazia. princesa. Ou seja. Um brinde a todos nós!!!! Todos – Um brinde!!!!! MÚSICA... Apenas Cris dorme.. Eduardo entra correndo) 26 . Claro que não! É que esqueci de colocar isso aqui dentro (tira do bolso um colar de pérolas para a princesa) Todos – Oh!!!! Rei – É para você. é muito lindo! Iara – Tudo bem. seu presente de noivado. Não abri para verificar e pedi para ser entregue à princesa do reino solitário.. Olhem a caixa! Está vazia..Vazia? Iara – Sim. sentaram para beber água da fonte da paz e do amor. exatamente igualzinha a minha. Realmente. Súdito 2– Majestade. desculpe a confusão!!! Princesa do Reino Solitário – Obrigada. o rei ia mandar a caixa vazia? Rei – Não...Iara – Sim e vi quando vocês. Por isso pensei que tinha perdido o espelho e a escova de madrepérola. e Iara minha rainha das águas doces. com água da fonte da paz e do amor. que sempre ofereço ás minhas visitas.. As pescadoras – Por falar nisso estou com sede.... Mas. Mas fui eu quem enviou a caixa para a Princesa do reino Solitário. Agora que estamos todos bem. pois quando voltei para o reino esquecido. (Eles vão dançando e se retirando do palco. vamos matar a sede... e que vocês consumaram o noivado. Cris – Sim. Todos .

. Cris – Espera! Para onde você está indo. Cris vem comigo rápido. (Música) Cai o pano! 27 . Para onde você está me levando? Ai meu Deus! Vai começar tudo de novo. não podemos demorar... vem.Eduardo – Cris..