You are on page 1of 29

(ANEXO 1

)

CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AERÓDROMO 1 (CBA-1)

1 1.1 1.2 1.3 1.4

Currículo do Curso de Habilitação de Bombeiro de Aeródromo 1: O currículo do CBA-1 está estruturado em 6 (seis) módulos, conforme disposto no quadro 1 (um). Os módulos do curso são compostos por disciplinas, seus respectivos objetivos, conteúdos e cargas-horárias, conforme quadros 2 (dois) a 7 (sete). As disciplinas que podem ser concedidos créditos estão dispostas no quadro 8 (oito). Para efeito desta Portaria aplicam-se as siglas estabelecidas a seguir.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas AIS - Aeronautical Information Service ANAC - Agência Nacional da Aviação Civil APU - Auxiliary Power Unit CCI - Carro Contraincêndio de Aeródromo COA - Centro de Operações de Aeródromo COE - Centro de Operações de Emergências DEA - Desfibrilador automático externo EPI - Equipamentos de proteção individual EPR - Equipamentos de proteção respiratória EPTA - Estação Permissionária de Telecomunicações e Tráfego Aéreo

ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 ESCEA - Exercício Simulado Completo de Emergência em Aeródromo ESPEA - Exercício Simulado Parcial de Emergência em Aeródromo FAA - Federal Aviation Administration FFV - Formulário de Frequência de Voo IATA - Associação Internacional de Transportes Aéreos ICAO - Organização da Aviação Civil Internacional ISA - International Standard Atmosphere LGE - Líquido Gerador de Espuma MTE - Ministério do Trabalho e Emprego NBR - Normas Brasileiras NFPA - National Fire Protection Association NPCE - Nível de proteção contraincêndio existente NPCR - Nível de Proteção Contraincêndio Requerido NR - Normas regulamentadoras PAA - Parque de Abastecimento de Aeronaves PCINC - Plano Contraincêndio de Aeródromo PCM - Posto de Comando Móvel
2/29

ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 PLEM .Plano de Emergência do Aeródromo PRAI .Serviço de Prevenção.Programa de Segurança Aeroportuária RCP . Salvamento e Combate a Incêndios em Aeródromos Civis SGSO .Sistema de Resposta à Emergência TCCA .Serviço Médico de Emergência e Remoção de Vítimas SREA .Transport Canada Civil Aviation TWR .Reanimação pulmonar SESCINC .Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional SME .Plano de Remoção de Aeronaves Inoperantes PSA .Torre de controle de aeródromo 3/29 .

Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis 03 Gerenciamento de Emergências 04 Emergências Químicas 05 Atendimento Pré-Hospitalar 06 Fatores Humanos Subtotal Total Quadro 1 – Estrutura Modular do CBA-1. Carga horária Teórica Prática 20 53 07 10 16 08 114 75 189 00 37 00 06 24 08 4/29 .ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Estrutura Modular Módulos 01 Básico 02 Prevenção.

Identificar a importância da OACI no contexto da aviação civil mundial. Identificar as atribuições dos principais órgãos públicos que desempenham atividades no complexo aeroportuário. Responsabilidades dos alunos em casos de emergências. 01 - Sistema de Aviação Civil. Identificar as principais atribuições da ANAC. Histórico e desenvolvimento da regulação e fiscalização da aviação civil no Brasil. Desenvolvimento do curso. Principais órgãos públicos que desempenham atividades no complexo aeroportuário. legislação dos Corpos Carga horária Teórica Prática Introdução ao Curso. dentre os anexos à Convenção de Chicago. Órgão Central e Elos do Sistema. os setores responsáveis pelas atividades de resposta à emergência aeroportuária e de proteção da aviação civil contra atos de interferência ilícita. os que tratam das atividades de resposta à emergência e da proteção da aviação civil contra atos de interferência ilícita. Distinguir. NBR. como órgão regulador e fiscalizador da aviação civil no Brasil. Legislação ANAC. Referências Normativas. Procedimentos de segurança da OE-SESCINC. os objetivos e a metodologia de avaliação do curso. Conhecer os recursos e procedimentos a serem adotados pela OE-SESCINC na eventualidade de ocorrência de incidentes ou acidentes com os docentes/discentes durante a realização de eventos didáticos. Conceito de Sistema. Identificar. (Normas técnicas oficiais: NR. na estrutura da ANAC. Atribuições do Operador de Aeródromo. 03 - Regulamentação da Atividade do Bombeiro de Aeródromo. Sistema de Aviação Civil Brasileiro. Desenvolvimento e regulação da aviação civil mundial. Atividades de resposta à emergência no âmbito da ANAC. Suporte normativo da atividade do bombeiro de aeródromo. Conhecer o sistema normativo e as principais normas técnicas oficiais relacionadas à atividade de bombeiro de 02 5/29 .ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo Básico Disciplinas Objetivos Conhecer a estrutura. Atividades de proteção da aviação civil contra atos de interferência ilícita no âmbito da ANAC. Programa de avaliação. Conteúdos Mínimos Objetivos do curso.

Aeródromo. Carga horária Teórica Prática Identificar os requisitos mínimos relativos à provisão de recursos humanos para o SESCINC. reconhecidos pelo Órgão Regulador. Conhecer as principais características psicofísicas e de competência do bombeiro de aeródromo. Identificar os principais aspectos ligados à sustentação das 06 - 6/29 . Breve histórico da evolução da aviação. Identificar os requisitos para a habilitação. comercial e militar. Conteúdos Mínimos de Bombeiros. Conhecer as principais características construtivas e operacionais das aeronaves. 03 - Conhecimentos Gerais de Aviação. Certificado de Aptidão profissional de Bombeiro de Aeródromo (CAP-BA). especialização e atualização do bombeiro de aeródromo. salvamento e combate a incêndio em aeródromos. Atmosfera terrestre. salvamento e combate a incêndio em aeródromos (OACI / NFPA / FAA / CASA / TCCA). Normas internacionais de referência para as atividades de prevenção. especialização e atualização do bombeiro de aeródromo. Exercício das funções operacionais / supervisionais / gerenciais no SESCINC. Identificar as funções operacionais tipificadas no Atividades do Bombeiro de SESCINC. Eventos didáticos destinados à habilitação. entidades e órgãos internacionais que são referência para a regulação das atividades de prevenção. Atestado de Capacidade Psicofísica do Bombeiro de Aeródromo (ACP). o Propriedades da atmosfera (temperatura. Conhecer as principais organizações. Documentação exigida para o exercício das funções operacionais do SESCINC.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo Básico Disciplinas Objetivos aeródromo. Aviação esportiva. geral. Documentação requerida pelo Órgão Regulador quando de inspeções no SESCINC. legislação do MTE). Noções gerais das instituições e autoridades responsáveis pela atividade de salvamento e contra incêndio no Brasil. com foco nas atividades do SESCINC.

o Características das aeronaves e suas partes fundamentais (asas. Grupos motopropulsores e combustíveis. tipos de fuselagem. ventos (características. processo de formação e classificação de nuvens). peso. trem de pouso e suas diferentes configurações.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo Básico Disciplinas Objetivos aeronaves em voo. processos de distribuição de calor na atmosfera (convecção. que possam influenciar as atividades do SESCINC. advecção. suas superfícies de controle e dispositivos aerodinâmicos. suas principais partes e características gerais. Identificar os principais aspectos ligados à movimentação e controle de voo das aeronaves. o Motores convencionais (pistão) 7/29 Carga horária Teórica Prática . nuvens (noções básicas. cabine de comando. Teoria de voo básica. Operações de pouso e decolagem. empenagem e suas superfícies de controle. tração e arrasto). radiação e condução). Aeronaves. o Forças que atuam no avião em voo (sustentação. fenômenos que restringem a visibilidade. o Aeronaves de asas fixas. processo de formação e influência nas operações de pouso e decolagem). o Aeronaves de asas rotativas. princípio de Venturi. Conteúdos Mínimos pressão e densidade). atmosfera padrão ISA. o Classificação de aeronaves. hélices e rotores).

Conhecer a metodologia para determinação do nível de proteção contraincêndio requerido para os aeródromos. Fundamentos operacionais. Área de atuação. Atividades do SESCINC – principais acessórias. Organograma do SESCINC. 8/29 01 - Parâmetros operacionais do SESCINC. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis (SESINC) – Introdução. Diferentes combustíveis. com base no número de passageiros processados e a aplicação desta classificação nos requisitos de resposta á emergência aeroportuária. Serviço de Prevenção. Elos do Sistema de Aviação Civil Estrutura do órgão regulador Atribuições do Operador de Aeródromo Identificar os parâmetros operacionais que caracterizam as atividades de prevenção. Turbofan. NPCR. 04 e - 20 20 00 . Turbojato. Conhecer a metodologia para determinação do nível de proteção contraincêndio existente para os aeródromos. Conhecer a área de atuação do SESCINC.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo Básico Disciplinas Objetivos o o o o Conteúdos Mínimos Turboélice. NPCE. Carga horária Teórica Prática Legislação Regulamentação da Aviação Civil Conhecer o sistema normativo relacionado à aviação civil. salvamento e combate a incêndio em aeródromos civis. Conhecer a classificação de aeródromos nacionais. Subtotal Total Quadro 02 – Módulo Básico.

o Combustíveis e lubrificantes de uso na aviação. o Flashover. Técnicas de prevenção de incêndio. Identificar os métodos de combate a incêndio associando às particularidades da atividade do bombeiro de aeródromo. associando aos possíveis efeitos desta transmissão. backdraft. triângulo e tetraedro do fogo. o Lean flashover. roll over. Classificação dos incêndios. Compreender conceitos básicos de hidráulica. boil over e slop over). elementos necessários para a combustão. Hidrostática. Propagação do calor. Fenômenos do incêndio. dinâmica da combustão. e à Compreender as formas de transmissão de calor. o Boil over. lean flashover. o Roll over. Compreender técnicas de prevenção de incêndio. Teoria Contraincêndio. 06 - Noções de Hidráulica. Fogo / combustão. velocidade da combustão. com foco nas atividades de bombeiro de aeródromo Aplicar regras de conversão de unidades de 02 - 9/29 . o Slop over. o Backdraf. Pressão o Unidades de pressão Carga horária Teórica Prática Compreender as principais características dos corpos combustíveis associando aos efeitos da combustão. Compreender a classificação e as características dos incêndios. Subprodutos da combustão. Identificar os indicadores de fenômenos nos incêndios (flashover. Compreender as principais características comportamento dos elementos essenciais combustão. o Bleve. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Conteúdos Estudo dos combustíveis. e pontos notáveis de temperatura. bleve. Métodos de extinção do fogo. controle e extinção do fogo. produtos da combustão e seus efeitos.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção.

ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. Princípio de Venturi. o Legislação ABNT. Identificar as principais características dos agentes extintores de uso aeronáutico. o Classificação quanto à aplicação. Agentes Extintores. Distinguir. agentes extintores principais e complementares. o Composição. o Relação entre quantidade de água e LGE. o Emprego. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas pressão Objetivos Conteúdos o Regras de conversão. o Classificação quanto à eficácia. o Composição. Princípio dos vasos comunicantes. o Tipos. salvamento e combate a incêndio em aeródromos. o Classificação. o Classificação quanto à expansão. quanto aos aspectos operacionais. o Emprego. 04 - 10/29 . o Processo de formação. Estudo dos Pós Químicos. Agentes extintores – principal e complementar (de acordo com a legislação aeronáutica). Carga horária Teórica Prática Identificar os agentes extintores requeridos para uso em atividades de prevenção. Estudo das espumas. Princípio de Arquimedes. Água como agente extintor e na composição das espumas. Hidrodinâmica. Identificar a aplicação de agentes extintores de uso aeronáutico.

Compatibilidade entre agentes extintores de uso aeronáutico. Conhecer a metodologia para determinação da quantidade de extintores necessária em uma determinada área. a utilização de. Carga horária Teórica Prática Extintores de Incêndio. o Tipos. Uso e limitações. o Emprego. Estudo dos hidrocarbonetos halogenados. de manutenção e operacionais dos extintores de incêndio portáteis e sobre-rodas. * A parte prática deverá contemplar. Etiquetas de inspeção e utilização. Componentes dos extintores. até a obtenção de eficiência no manuseio e uso de extintores. Características gerais dos extintores de incêndio. o Legislação ABNT.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. Legislação ABNT. o Classificação. recarga e teste hidrostático. Inspeção. o Legislação ABNT. pelo menos um extintor de cada tipo por grupo de 20 alunos. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Conteúdos o Processo de formação. Determinação da quantidade de extintores por área a proteger. Realizar combate a princípios de incêndio em combustíveis sólidos e líquidos inflamáveis utilizando extintores de incêndio portáteis. Cilindros de pressurização. Capacidade extintora. 04 06 11/29 . Tipos de extintores. o Processo de formação. o Composição. manutenção. Indicadores de pressão. Identificar as principais características construtivas.

Realizar exercício de controle e extinção de incêndio utilizando CCI. com foco nas atividades de resposta à emergência aeroportuária. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Conteúdos Simulação de exercícios de extinção com a utilização de extintores portáteis. 03 (três) treinamentos de extinção de incêndio. Familiarização com Aeródromo. o Numeração de cabeceiras. 05 03 12/29 . Técnicas de Maneabilidade e Combate a Incêndio com CCI. o Auxílios à navegação aérea. resgate e extinção com emprego de canhão monitor e/ou linhas de mangueiras do CCI. de incêndio com CCI. * Utilizar. Comunicações por gestos. Formação de equipes. Realizar técnicas de maneabilidade. Identificação das principais instalações que integram um complexo aeroportuário. Aspectos da topografia do aeródromo. Preparação para os fogos. aeródromo local que tenha maior expressão em termos de números de passageiros embarcados e desembarcados. Compreender as técnicas de maneabilidade. Exercícios de extinção. o Terminal de carga aérea.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. o Terminal de passageiros e seus acessos. Maneabilidade e orientação de segurança. Serviço de Tráfego Aéreo (TWR. Carga horária Teórica Prática 06 Realizar manobras de resgate de sobreviventes durante a fase de controle do exercício de extinção * cada aluno deverá realizar. Estação Rádio). o Sinalização visual. ** Recomenda-se visita a aeródromo local. como referência. Sistema de pistas. EPTA. no mínimo. Compreender as principais características operacionais de um aeródromo. Simulação de abordagem.

fluídos hidráulicos. Em cada categoria. Noções de tráfego aéreo/terrestre em aeródromos. o Pneumático. o Alimentação/combustível. Acionamento do SESCINC. borrachas. materiais compostos e outros materiais (localização e características). saídas de emergência e escorregadeiras de evacuação de uma determinada aeronave. Materiais utilizados na construção de aeronaves. Localização dos equipamentos de prevenção.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. salvamento e **Utilizar como referência aeronaves combate a incêndio de aviação geral. equipamentos e procedimentos utilizados nas aeronaves. Sistemas de aeronaves. utilizar no mínimo 1 (uma) aeronave de cada fabricante em operação no Brasil. salvamento e combate a incêndio em aeroportos. 08 - 13/29 . o Hidráulico. o Unidades centrais de energia. o Centro de Operações de Aeródromo (COA). o Equipamentos de comunicação. plásticos. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Conteúdos o Parque de abastecimento de aeronaves (PAA). o Metais. Carga horária Teórica Prática Localizar os metais. influenciam as operações de resgate. Noções de comunicação. óleo lubrificante e outros materiais combustíveis em uma determinada aeronave. o Alfabeto fonético. sistemas. o Lubrificação. o Elos do SREA. de categorias contraincêndio de 1 a 5. Identificar os materiais. o Oxigênio. madeiras. o Áreas de manutenção. Localizar as portas de entrada normais. que Familiarização com Aeronaves. militar e comercial mais utilizadas no Brasil. Sistema de Resposta a Emergência (SREA). o Centro de Operações de Emergências (COE).

rodas e sistemas de evacuação de uma determinada aeronave. o Manetes de potência/mistura. Localização das baterias e procedimentos para sua desconexão. proteção contra-fogo. Localização dos pontos de entrada forçada por meio de corte na fuselagem. Localização e operação dos conectores de comunicação. oxigênio. Características e localização do Flight Data Recorder e Cockpit Voice Recorder. Identificação. Identificar os procedimentos normais e de emergência para desligamento dos motores e unidades auxiliares de força (APU). saídas de emergência e janelas de inspeção. Localização e capacidade dos tanques de combustível das aeronaves até categoria contraincêndio 5 mais utilizadas no Brasil. Localização e operação das portas. Motores (localização e procedimentos para seu desligamento). freios. Comandos. 14/29 Carga horária Teórica Prática . Identificar e localizar a abertura e a operação de portas. Conteúdos o Elétrico/ignição. Localização e operação dos dispositivos para evacuação da aeronave. elétrico. e sua localização. APU (Auxiliary Power Unit) – localização e procedimentos para seu desligamento. a localização e a capacidade dos tanques de combustível de uma determinada aeronave. compartimentos e escotilhas de uma determinada aeronave de carga. hidráulico. APU. Identificar e localizar o Flight Data Recorder e Cockpit Voice Recorder. o Detecção e extinção de incêndios (localização e operação). acesso e abertura de compartimentos. Identificar e localizar os componentes dos sistemas de combustível. anti-gelo.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. em uma determinada aeronave Indicar o tipo de combustível utilizado. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Identificar o número de tripulantes e passageiros.

Utilização do sistema contraincêndio. tais como: ferramental básico. imobilizadores. Desempenho. Identificar os tipos e capacidades dos CCI mais utilizados nos aeródromos civis brasileiros. Posicionamento. a seleção. facas corta-cintos. holofotes lanternas e extensões). Compreender o uso. Identificação e operação de materiais e equipamentos de salvamento resgate e combate a incêndio existentes na SCI. a inspeção e o teste. preditiva e corretiva) de CCI. de na Classificação do Carro Contraincêndio de Aeródromo (CCI). o armazenamento e manipulação. macas. Ked. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Conteúdos Localização dos extintores portáteis a bordo de aeronaves.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. desencarceradores. o Chassi. o Superestrutura. Manutenção (preventiva. Conhecer os principais itens inspeção/manutenção. turbo-ventilador cinto de Carga horária Teórica Prática 06 08 Identificar os veículos de apoio às operações do SESCINC e a quantidade mínima conforme a Classe e a localização do aeródromo. sistemas de iluminação (torre. Inspeção visual em CCI. o Sistema de contraincêndio. Operação de CCI. Características da configuração interna das aeronaves. de combate a incêndio urbano. motoserra. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos. que influenciam operação de um CCI. Estabelecer a quantidade mínima de CCI conforme o Nível de Proteção Contraincêndio Requerido (NPCR) para aeródromo. Compreender a importância dos equipamentos de combate a incêndio em aeródromos civis. Características do CCI. e a manutenção dos equipamentos de combate a incêndio em aeródromos civis. luvas (p/trabalho c/ corda e ignifugadas) guinchos. Entender a diferença entre um CCI e uma viatura Equipamentos de Prevenção. 15/29 . colar cervical. croque.

mantas infláveis. mangueiras. Demonstrar correta utilização de equipamentos de comunicação usualmente utilizados em aeródromos. Procedimentos Operacionais em Aeródromos Civis. Entender como deve ser realizada com segurança o tempo resposta do SESCINC. Situações particulares do aeródromo que exijam a atuação do SESCINC. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Compreender a importância dos principais itens de inspeção/manutenção. EPR. Identificar os procedimentos para recebimento de um alarme de emergência. Remoção e dispersão de animais. o Na condição de urgência.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. que influenciam na operação de um veículo de apoio às operações do SESCINC. Reportar o status inicial de um acidente simulado. cunhas hidráulicas. transporte ou transferência no lado ar ou estocado no Parque de Abastecimento de Aeronaves (PAA). Identificar as freqüências de rádio e os canais utilizados pelo SESCINC (SCI e organizações de suporte). Incêndios florestais. Demonstrar conhecimento do alfabeto fonético internacional. Ocorrências com materiais perigosos. esguichos. Operações em condições meteorológicas de baixa visibilidade. quando aplicável. Tempo resposta. o Na condição de socorro. Identificar os procedimentos relativos a alarmes múltiplos e auxílios mútuos. DEA. 06 06 16/29 . Conteúdos resgate e acessórios. Carga horária Teórica Prática Emergências com aeronaves em vôo e no solo. EPI. Incêndios envolvendo combustíveis em operações de reabastecimento. Critérios de preservação do local do acidente aeronáutico. Demonstrar procedimento correto para obtenção de autorização da torre de controle para movimentação de CCI. Incêndios em instalações aeroportuárias. Interferência ilícita. etc. Realizar simulação de tempo resposta. cabos (nós e amarrações).

Conhecer as táticas de salvamento e combate a incêndio em aeronaves. Incêndio no grupo motopropulsor. o Proteção da fuselagem e penetração da equipe. Principais componentes das aeronaves que apresentam ou contribuem para a ocorrência de incêndio. Aproximação e abordagem. Diferenças entre incêndios em aeronaves e em edificações. Métodos de aplicação de espuma.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. Corte de motores e desligamento de baterias. 08 04 17/29 . Identificar sinalização manual padrão utilizada para comunicação com tripulantes das aeronaves. Principais características dos incêndios em aeronaves. Conteúdos Carga horária Teórica Prática Táticas de Salvamento e Combate a Incêndio em Aeronaves. o Aplicação por canhão e aplicação por linha. o Busca em incêndios. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Demonstrar a utilização de sinais manuais. Incêndio no trem de pouso. Identificar os sinais luminosos de emergência utilizados pela torre de controle de tráfego das aeronaves. Resgate e salvamento. Incêndio durante o abastecimento de combustível. o Resgate em ambientes confinados.

Sistemas de prevenção contraincêndio. Segurança na operação e transporte de cilindros contendo gases inflamáveis. Cores de segurança.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Conteúdos o De acordo com a Legislação da ANAC Classificação das edificações quanto ao risco. Proteção Contraincêndio em Edificações. o Técnicas de abandono de área. pontos de encontro e chamada. o Detecção. saída organizada. Realizar combate a incêndio utilizando o sistema hidráulico de uma edificação. Resgate e salvamento. Identificação de cilindros de aço para armazenamento de gases e produtos perigosos. Brigadas de incêndio. o Busca em incêndios. Controle de pânico. Segurança nas tubulações de gás. Identificar sistema hidráulico preventivo: composição. Realizar a busca de vítimas em ambiente confinado incendiado. Saídas de emergência. 04 04 53 37 18/29 . Subtotal Carga horária Teórica Prática Demonstrar as técnicas de combate a incêndios e de ventilação natural e forçada em ambientes confinados. Elevadores. o Resgate em ambientes confinados. funcionamento e aplicação. Executar abordagem de ambientes pré-backdraft e pré-flashover. o Alarme. Sistemas de proteção contraincêndio. Abandono de área.

Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Disciplinas Objetivos Conteúdos Total Quadro 3 – Módulo de Prevenção. Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis. Carga horária Teórica Prática 90 19/29 .ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Prevenção.

Planos. o PRAI – Plano de Remoção de Aeronaves Inoperantes. o Centro de Operações de Emergência (COE). Compreender e identificar o sistema de comando de incidentes previsto em uma emergência. Definir. Carga horária Teórica Prática Identificar os vários tipos de emergências relacionadas com a operação de aeronaves. o PCINC – Plano Contraincêndio de Aeródromo. o PLEM – Plano de Emergência do Aeródromo. Serviço Médico de Emergência e Remoção de Vítimas (SME). Avaliação do SREA. Estruturas de coordenação. o Emergência real. Sistema de Resposta à Emergência Aeroportuária (SREA). etc). Procedimentos. Ferramentas de suporte (Mapas de grade. Compreender o que é planificação de emergência em aeródromos e seus componentes. Responsabilidades. o que é planificação de emergência em aeródromos. o Infraestrutura. Recursos externos. o PSA – Programa de Segurança Aeroportuária. ESPEA). o Exercícios (ESCEA. 02 - 20/29 . em linguagem clara. Acordos de ajuda mútua. Compreender as legislações que estabelecem orientações e requisitos mínimos relativos à planificação de emergência em aeródromo. o Pessoal capacitado. o Posto de Comando Móvel (PCM). o Ferramentas.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Gerenciamento de Emergências Disciplinas Objetivos Conteúdos Recursos.

ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Gerenciamento de Emergências Disciplinas Informações Administrativas e Operacionais do SESCINC. Conceitos básicos de segurança operacional Introdução ao gerenciamento da segurança operacional Perigos Risco Noções de análise de risco Subtotal Total Quadro 4 – Módulo de Gerenciamento de Emergências. Relatório de operações. Conteúdos Informação do nível de proteção contraincêndio existente (NPCE) ao órgão Aeronautical Information Service (AIS). Conhecer os conceitos básicos de segurança operacional. Conhecer os conceitos e ferramentas para gerenciar riscos. 04 - 07 07 00 21/29 . Formulário de Frequência de Voo (FFV). Objetivos Conhecer as principais informações administrativas e operacionais que devem ser disponibilizadas pelo operador de aeródromo à ANAC. Conhecer os procedimentos básicos para análise de perigos. Carga horária Teórica Prática 01 - Noções Básicas de SGSO.

Identificação de emergências químicas. manuseio. Limitações. Reconhecimento de artigos perigosos não declarados. Organização da cena. Classificação.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Emergências Químicas Disciplinas Objetivos Identificar os perigos indicados nas etiquetas da OACI. Procedimentos de emergência. 04 06 22/29 . armazenamento. Legislação ANAC. identificação. Técnicas de resgate de vítimas. Disposições relativas aos passageiros e tripulantes. Riscos ambientais em emergências químicas. Conteúdos Manual ABQUIM. Identificar uma emergência química. Técnicas de contenção/isolamento. 05 - Procedimentos em Emergências Químicas. Equipamentos de proteção individual e respiratória (EPI. Notificação ao Comandante. Legislação OACI. Técnicas de descontaminação. EPR). carregamento. Utilizar a legislação pertinente para obter informações sobre materiais perigosos. Critérios Gerais para transporte de artigos perigosos: transporte. marcações e embalagem de artigos perigosos em território brasileiro. etiquetagem. Lista de artigos perigosos. Identificar as limitações das classificações e sistemas de etiquetagem. Manual de Carga Perigosa IATA. Carga horária Teórica Prática Legislação. 01 - Artigos Perigosos. Compreender os critérios gerais para transporte de artigos perigosos.

Carga horária Teórica Prática 10 06 16 23/29 .ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Emergências Químicas Disciplinas Objetivos Conteúdos Subtotal Total Quadro 5 – Módulo de Emergências Químicas.

para adultos.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Atendimento Pré-Hospitalar Disciplinas Objetivos Conteúdos Aspectos legais da atividade de APH. 14 24 24/29 . Carga horária Teórica Prática 02 - Legislação Aplicada Compreender os aspectos legais da atividade de ao Socorro de APH e os deveres e a ética do socorrista no Urgência. Biomecânica do trauma. Estado de choque. atendimento. Ferimentos. Compreender as técnicas de exame primário (sinais vitais) e exame secundário (sintomas e exame da cabeça aos pés). Transporte de vítimas. Triagem de vítimas. com um e dois socorristas. socorrista e primeiros socorros. Análise de vítimas. Hemorragias. Diferenciar o padrão de lesões sofridas por uma vítima de acordo com o tipo de colisão e a energia envolvida no processo. Deveres do socorrista. emergências clínicas. Fraturas. Conceitos básicos de primeiros socorros. Realizar intervenção em vítimas que apresentam obstrução de vias aéreas por corpo estranho. Movimentação de vítimas traumáticas. Avaliação da cena. Vias aéreas. Realizar o exame primário e secundário em vítimas de traumas. Compreender as causas e os sintomas de obstruções e manobras de liberação de adultos. Emergências clínicas. crianças e bebês. Queimaduras. crianças e bebês conscientes e inconscientes. Primeiros Socorros. Ética no atendimento. Compreender as técnicas de reanimação cardiopulmonar (RCP) com ventilação artificial e compressão cardíaca externa. RCP (reanimação pulmonar). Compreender os conceitos de trauma. DEA (desfibrilador automático externo). Realizar intervenção em vítimas que apresentam parada cardiorrespiratória.

técnicas de prevenção e tratamento em casos de estado de choque.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Atendimento Pré-Hospitalar Disciplinas Objetivos Compreender os procedimentos para uso do DEA. Realizar intervenção em vítimas que apresentam estado de choque. Subtotal Total Quadro 6 – Módulo de Atendimento Pré-Hospitalar 16 40 24 Conteúdos Carga horária Teórica Prática 25/29 . Realizar intervenção em vítimas que apresentem para cardiorrespiratória utilizando o DEA. Realizar intervenção em vítimas que apresentam fratura em membros. Compreender as técnicas para o transporte de vítimas. reconhecimento dos sinais. Compreender a classificação de fraturas abertas e fechadas e técnicas de imobilização. Compreender a classificação e técnicas de tratamento. sintomas. Compreender a classificação. Realizar transporte de vítimas.

Psicologia social. Identificar os potenciais efeitos do stress no pessoal de resposta à emergência envolvidos em acidentes de grande escala. Carga horária Teórica Prática Identificar os perigos associados com a atividade de resgate e combate a incêndio em aeródromos civis.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Fatores Humanos Disciplinas Objetivos Conteúdos Conhecimento do fator humano. Identificar os perigos associados às aeronaves e sistemas de aeronaves. Descrever os Conceitos Básicos sobre a Segurança do Trabalho. Conceitos Básicos sobre Acidente do Trabalho. Ambiente físico. Fatores que afetam o rendimento. 02 - Fundamentos de Segurança e Saúde no Trabalho em Aeródromos. Relatórios e investigação do erro humano. documentação apropriada. Acidente do Trabalho. Monitoramento e auditoria. rendimento e limitações humanas. Fundamentos de Fatores Humanos. Legislação de Segurança do Trabalho. Situação de risco. Comunicação. 02 - 26/29 . Trabalho em equipe. A Segurança do Trabalho. Evolução da Prevenção no Mundo. Identificar as Causas dos Acidentes e os Métodos de Prevenção. Identificar os principais sintomas que o insucesso na realização do salvamento pode acarretar ao bombeiro. Erro humano. Convivendo com o insucesso operacional. Acidentes do Trabalho: o A Teoria de Heinrich o Pirâmide da Prevenção Conceitos de Acidente de Trabalho.

Identificar as limitações do EPR. manuseio e manutenção. Identificar o propósito e as limitações dos EPI utilizados na atividade de bombeiro de aeródromo. mau funcionamento do regulador. Ferramentas da Prevenção. Demonstrar a colocação do EPI e EPR em. 27/29 Carga horária Teórica Prática Equipamentos de Proteção Individual – EPI (fogo e emergências químicas). Conhecer os equipamentos de proteção individual (EPI) e respiratória (EPR) seu uso. 1 minuto e 30 segundos. Identificar o propósito do EPR. no máximo. Identificar os componentes e a operação do EPR. 04 08 . Demonstrar ações que deverão ser adotadas. Proteção Individual do Bombeiro de Aeródromo. Equipamentos de Proteção Respiratória – EPR. mangueira de baixa pressão e mangueira de alta pressão danificada. Demonstrar a colocação do EPI em 01 (um) minuto. fim do suprimento ar. Demonstrar a troca de um cilindro de ar de um membro da equipe que esteja com o cilindro de ar vazio.ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Fatores Humanos Disciplinas Objetivos Conteúdos Causas dos Acidentes. utilizando um EPR. quando as seguintes situações de emergências ocorrerem: acionamento do alarme indicador de baixo suprimento de ar. bocal danificado.

08 16 08 Conteúdos Carga horária Teórica Prática 28/29 .ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Módulo de Fatores Humanos Disciplinas Objetivos Demonstrar ações que deverão ser adotadas. utilizando um EPR. mangueira de baixa pressão e mangueira de alta pressão danificada. bocal danificado. fim do suprimento ar. para auxiliar um membro da equipe quando as seguintes situações de emergências ocorrerem: acionamento do alarme indicador de baixo suprimento de ar. mau funcionamento do regulador. Subtotal Total Quadro 7 – Módulo de Fatores Humanos.

ANEXO 1 CURRÍCULO DO CURSO DE HABILITAÇÃO DE BOMBEIRO DE AÉRODROMO 1 Disciplinas que podem ser concedidos créditos Módulos 01 Básico Disciplinas Conhecimentos Gerais de Aviação Teoria Contraincêndio 02 Prevenção. Carga horária Teórica Prática Totais 06 06 02 04 04 04 04 02 14 02 02 04 06 04 06 24 08 Total 06 06 02 10 08 04 10 02 38 02 02 12 102 29/29 . Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis Noções de Hidráulica Extintores de Incêndio Proteção Contraincêndio em Edificações 03 04 05 Gerenciamento de Emergências Emergências Químicas Atendimento Pré-Hospitalar Noções básicas de SGSO Procedimentos em Emergências Químicas Legislação Aplicada ao Socorro de Urgência Primeiros Socorros Fundamentos de Fatores Humanos 06 Fatores Humanos Fundamentos de Segurança e Saúde no Trabalho em Aeródromos Proteção Individual do Bombeiro de Aeródromo Quadro 8 – Disciplinas que podem ser concedidos créditos.