You are on page 1of 138

Guia básico OpenStudio

1. 1.1. 1.2. 1.3. 1.4. 1.5. PRIMEIROS PASSOS ............................................................................................................................................... 3 COMEÇAR DO ZERO ........................................................................................................................................... 3 ADICIONAR UMA NOVA ZONA COM SUPERFÍCIES ............................................................................................. 3 CRIAR SUBSUPERFÍCIES ..................................................................................................................................... 5 ADICIONAR UM GRUPO DE SOMBREAMENTO .................................................................................................. 7 QUAL É O PRÓXIMO?......................................................................................................................................... 9

MELHORES PRÁTICAS ..................................................................................................................................................... 9 Diretrizes Gerais .......................................................................................................................................................... 9 Diretrizes para as Zonas ............................................................................................................................................. 9 Diretrizes para Superfícies .......................................................................................................................................... 9 Diretrizes para a subsuperfície ................................................................................................................................. 10 Diretrizes para superfícies de sombreamento ........................................................................................................... 10 CONSTRUÇÕES PADRÃO ................................................................................................................................................. 10 Construções padrão ................................................................................................................................................... 10 SUPERFÍCIES CORRESPONDENTES ................................................................................................................................. 11 Desenho as superfícies a serem combinados ............................................................................................................ 11 Método 1 .................................................................................................................................................................... 12 Método 2 .................................................................................................................................................................... 15 Ferramenta de superfície Matching ......................................................................................................................... 17 Fluxos de trabalho para Correspondência Superfície ............................................................................................. 17 BUSCA DE OBJETOS ENERGYPLUS ................................................................................................................................ 18 Superfícies de busca e subsuperfície ........................................................................................................................ 18 Use Outliner para Pesquisar Grupos (Zonas) e componentes (iluminação natural: Controles e saída: IlluminanceMap) ..................................................................................................................................................................... 20 Usando Camadas....................................................................................................................................................... 22 RENDERIZAÇÃO POR CONDIÇÃO DE CONTORNO FORA ............................................................................................... 23 CARREGA ZONA ............................................................................................................................................................. 25 Ganhos internos ........................................................................................................................................................ 25 Sistema de Ar Ideal Cargas ....................................................................................................................................... 26 Preferências salvos .................................................................................................................................................... 26 CONTROLES DE ILUMINAÇÃO NATURAL ....................................................................................................................... 27 Adicionar uma iluminação natural: Object Controles ............................................................................................ 27 Fazer Mudanças ........................................................................................................................................................ 28 ILUMINÂNCIA MAPAS DE SAÍDA .................................................................................................................................... 30 Adicionando uma saída: IlluminanceMap ............................................................................................................... 30 Fazendo alterações .................................................................................................................................................... 30 EXECUTAR ENERGYPLUS .............................................................................................................................................. 32 Configurar EnergyPlus ............................................................................................................................................. 32 Configurar opções de simulação .............................................................................................................................. 32 Executar EnergyPlus ................................................................................................................................................ 33 VER RESULTADOS DA SIMULAÇÃO ............................................................................................................................... 35 Dados de carga de arquivo ESO ............................................................................................................................... 35 Selecionar dados para visualização .......................................................................................................................... 35 Exibir os dados .......................................................................................................................................................... 39 Animar os dados ........................................................................................................................................................ 41 Go Deeper .................................................................................................................................................................. 42 VERIFIQUE GEOMETRIA COM ENERGYPLUS SAÍDA DXF............................................................................................ 42 Importação de DXF no SketchUp............................................................................................................................. 42 CONVERTER 2D DXF PARA ENERGYPLUS ................................................................................................................... 44 Importe o DXF .......................................................................................................................................................... 44 Adicionar Zonas EnergyPlus .................................................................................................................................... 47 CONVERTER MODELOS 3-D CAD PARA ENERGYPLUS ................................................................................................ 51 Fontes de modelos 3-D .............................................................................................................................................. 51 Adicionar Zonas ........................................................................................................................................................ 51 Adicione superfícies de sombreamento .................................................................................................................... 55

Adicionar Sub-superfícies ......................................................................................................................................... 56 TRABALHAR COM CONTEÚDO SKETCHUP AO LADO DO CONTEÚDO OPENSTUDIO ..................................................... 57 USANDO ESTILOS PARA MOSTRAR FACES OPOSTAS ..................................................................................................... 61 USANDO A FERRAMENTA OFFSET PARA MIMIC RODADA DO WINDOWS ..................................................................... 62 SELEÇÃO, MODELANDO, INFERÊNCIA E ....................................................................................................................... 67 Seleção de Geometria ................................................................................................................................................ 67 Desenho e Modelagem .............................................................................................................................................. 67 Motor de Inferência .................................................................................................................................................. 70 CÂMERAS, CENAS E CORTES SEÇÕES............................................................................................................................ 70 Câmera ...................................................................................................................................................................... 70 Cenas ......................................................................................................................................................................... 70 Cortes de seção .......................................................................................................................................................... 71 ATALHOS PERSONALIZADOS ......................................................................................................................................... 73 GEO-REFERENCIAMENTO .............................................................................................................................................. 75 Geo-referenciamento................................................................................................................................................. 75 Importar edifícios próximos, como superfícies de sombreamento ........................................................................... 75 EIXOS ROTATIVOS E CÂMARAS ..................................................................................................................................... 77 Criar Axis para corresponder objeto ........................................................................................................................ 77 Ver alinhar com Axis ................................................................................................................................................ 79 Redefinir Eixo ........................................................................................................................................................... 80 DESABILITANDO EXTENSÕES ........................................................................................................................................ 81 OPENING CSV FILES IN MICROSOFT EXCEL ................................................................................................................ 82 Illuminance Map ....................................................................................................................................................... 82 Report Variables ........................................................................................................................................................ 84 ABERTURA DE ARQUIVOS SQL EM RESULTSVIEWER .................................................................................................. 85 Sobre ResultsViewer.................................................................................................................................................. 85 Amostra Iluminação Daylight .................................................................................................................................. 85 Superfície exterior Temperaturas Exemplo ............................................................................................................. 86 Índice de brilho ......................................................................................................................................................... 89 Screenshot Openstudio de edifício que está sendo usado para este tutorial ............................................................ 91 IDF 301 - LOTE EXECUTANDO VÁRIAS SIMULAÇÕES USANDO EP-LANÇAMENTO ....................................................... 92 Prepare arquivos IDF ............................................................................................................................................... 92 Lote simulações feitas com EP-lançamento ............................................................................................................. 94 Veja o resultado da simulação de lote ...................................................................................................................... 99 IDF PRIMER - INTRODUÇÃO AO ARQUIVO IDF .......................................................................................................... 104 Editores IDF ............................................................................................................................................................ 104 Anatomia de um arquivo IDF e objeto IDF ........................................................................................................... 106 Documentação EnergyPlus..................................................................................................................................... 107 IDF 101 - EDIÇÃO E COPIAR OBJETOS IDF ................................................................................................................. 111 Horários editar IDF ................................................................................................................................................ 111 Materiais e Construções .......................................................................................................................................... 115 IDF 201 - ADICIONANDO NOVO IDF OBJETOS ............................................................................................................ 118 Adicionar os relatórios de saída adicionais ............................................................................................................ 118 Adicionar um gerador fotovoltaico (Gerador: Fotovoltaica) objeto ...................................................................... 121 IDF 301 - LOTE EXECUTANDO VÁRIAS SIMULAÇÕES USANDO EP-LANÇAMENTO ..................................................... 126 Prepare arquivos IDF ............................................................................................................................................. 127 Lote simulações feitas com EP-lançamento ........................................................................................................... 128 Veja o resultado da simulação de lote .................................................................................................................... 133

1. Primeiros passos 1.1. Começar do zero
 Quando você abre o SketchUp com Openstudio execução, ou qualquer momento que você começar um novo arquivo IDF, Openstudio carrega o arquivo NewTemplate.idf localizado no diretório plugin Openstudio. Este arquivo vem preenchido com alguns objetos básicos EnergyPlus, tais como horários, construções, e local (o local padrão é de Chicago).  Mais cedo ou mais tarde você vai precisar para se familiarizar com o exterior EnergyPlus de Openstudio então dê uma olhada ao redor do diretório EnergyPlus para se familiarizar com os programas utilitários, modelos de exemplo, conjuntos de dados / bibliotecas e documentação extensa.

1.2. Adicionar uma nova zona com superfícies
 Depois de iniciar um novo arquivo IDF, crie a sua primeira zona com a ferramenta nova zona. Depois de selecionar a ferramenta da barra de ferramentas Openstudio, clique no modelo que você deseja a origem zona de estar. A origem da região não pode atualmente ser modificados a partir da interface Openstudio.

Depois de inserir a zona que você deve ver uma caixa delimitadora azul em torno de sua zona selecionada.

Você pode clicar duas vezes sobre a marca de escala pequena para ativar sua zona. Pode haver momentos em que é difícil ou impossível para selecionar seu fuso com este método, por exemplo, se ele é mesmo à beira de outra região. Há algumas maneiras alternativas outros para editar uma zona listados abaixo.

para determinar a direção exterior normal para novas superfícies. em seguida. Note-se que usa o SketchUp regra da mão direita. ele deve aparecer como ele faz a seguir.Superfícies desenhadas sobre a = z 0 avião são atribuídos normais exteriores apontando para baixo. como a ferramenta de linha. Dê um duplo clique sobre alguma geometria da zona (como mencionado acima. independentemente da ordem de entrada vértice. Você pode desenhar no chão com a ferramenta Retângulo ou uma das outras ferramentas de desenho do SketchUp. Esta extrusão vai criar novas superfícies e Openstudio irá inferir o seu tipo (parede ou teto) com base no normal externa da superfície . Sua primeira superfície será tipicamente um piso.  Após o chão é desenhado usar o Push / Pull Ferramenta para expulsar a superfície do piso. Sua caixa delimitadora azul sólida é agora uma linha tracejada. corrigir para pisos. se você tem algo para clicar) o Botão direito do mouse sobre a geometria na zona e selecione "Editar Grupo" (mesmos problemas com o método acima) o Dê um duplo clique na zona na janela Outliner. ou único clique e. com base na ordem de entrada vértice. o  Agora você pode começar a desenhar superfícies dentro da sua zona. clique direito "Editar Grupo" o Com o grupo selecionado vá para ir ao menu Editar e escolha "Group / Editar" Uma vez que você tem a zona ativada. exceto para superfícies desenhadas no plano z = 0.

3. você pode começar a adicionar subsuperfícies ao seu modelo. Subsuperfície são. Se você quer uma parede cheia janela. Ao longo Openstudio. as superfícies que ficam dentro de uma superfície de base. Se uma superfície é orientado a 'caminho errado'. a parte inferior de uma porta). o Não faça uma sub-superfície tão grande quanto a sua superfície de base. 1. Você pode apagar apenas as bordas ou clique duas vezes na sub-superfície para selecionar as bordas das faces andd. mas Push / Pull funciona muito bem para a extrusão de um chão para criar paredes e um teto. . enquanto as cores mais claras identificar o interior. o Se você quer apagar um sub-superfície certifique-se de apagar as arestas e não apenas o rosto. cores mais escuras são usados para identificar o exterior de uma superfície.da. Isto inclui portas. a janela de inserção de uma pequena quantidade. Mais uma vez você pode criar geometria com a linha ou outras ferramentas. Openstudio tem um esquema de cores para permitir pisos. janelas e clarabóias. Criar subsuperfícies  Depois de ter quatro paredes e um telhado. Isso é facilmente feito usando a ferramenta Offset (disponível no conjunto de ferramentas SketchUp grande). você pode clique direito sobre ele e selecione Face Reversa. Não apagar bordas que também fazem parte da aresta da superfície de base. como o próprio nome sugere. (Por exemplo. paredes e telhados para ser facilmente identificado. Há uma série de orientações para seguir com subsuperfícies. o Não toda a superfície de um sub-partes de uma aresta com uma outra superfície sub-ou uma superfície de base.

e as janelas são de um azul translúcido. e uma janela na imagem a seguir. Verifique com a janela de informações objeto ou a ferramenta de informação para ver o que Openstudio interpretou a superfície a ser.  Abaixo você pode ver as informações Ferramenta exibindo informações sobre a superfície que está sendo arrastado. Apenas certifique-se de manter um olho sobre a coloração ea janela de informações de objeto para todos os problemas que surgem. Portas são marrons.  Subsuperfície também têm o seu próprio esquema de cores automático. Você pode redimensionar os seus superfície e subsuperfície como você projeta a sua construção. que é um sinal de que algo está errado. Se você desenhar algo e não é a cor que você esperava. Uma parede na primeira imagem. .

1.4. . Adicionar um grupo de sombreamento  Em seguida. Cada rosto desenhado em um grupo de sombreamento torna-se uma superfície de sombreamento. não dentro de uma zona). você pode adicionar um grupo de sombreamento no nível mais alto do modelo de SketchUp (por exemplo.

Assim. Os termos são revertidas do que você pode imaginar.  Abaixo está uma zona completado com o grupo de sombreamento. Você pode agora o grupo ativo sombreamento usando o delineador e desenhe uma superfície horizontal de sombreamento sobre a porta e janela. é deixado em branco e a superfície de sombreamento sempre máscaras. Ser padrão.  Você pode definir um cronograma de transmitância para superfícies de sombreamento. você só iria usar isso se você queria desativar temporariamente superfícies de sombreamento sem apagar sua geometria. Um outro uso de um horário de sombreamento sobre as superfícies seria a de imitar o sombreado de uma árvore de folha caduca. "Always On" vai definir a superfície de sombreamento para ser sempre transparente. Você pode escolher um horário específico ou um conjunto "Always On" ou "Desligada". . ao longo de um ano.

Diretrizes para Superfícies . Você pode querer nomear os de superfície e subsuperfície. mas não vai mover a origem da zona. vá para o diálogo Informações de Objeto.  Depois de criar uma nova zona ou grupo de sombreamento. Apenas uma saída: Mapa Iluminância precisa a ferramenta de escala. Salvar várias versões do seu IDF como você progressos.  EnergyPlus é um mecanismo de simulação detalhada. cavando ao IDF e olhando para os resultados detalhados é a única maneira de verificar que você modelou seu prédio corretamente.  A ligação entre a IDF e arquivos SKP pode ser danificado. A fim de modelar corretamente a transferência de ar entre as zonas que você tem que adicionar objetos de entrada que descrevem o fluxo de ar entre as zonas. Por exemplo. Um equívoco comum é que EnergyPlus irá interpretar "vazios" entre as zonas "corretamente".  Para renomear objetos. logo que você importá-lo antes de importá-lo.  Deixe Norte no SketchUp em 0 graus.  Geometria interior de uma zona deve ser convexa . A Zona de Cargas tutorial irá mostrar como adicionar básicos ganhos internos (tais como iluminação e equipamentos) para suas zonas. o Run EnergyPlus tutorial ea Ver Simulação Resultados tutorial irá mostrar como executar EnergyPlus e ver os resultados. Finalmente. clique duas vezes no grupo para editá-lo.  Não use a ferramenta balde de tinta em superfícies EnergyPlus e subsuperfície. 2. vai repintar Openstudio-lo. Futuras versões do Openstudio devem fornecer uma melhor integração com o arquivo SKP.  Não use a ferramenta de escala a escala de uma zona. A Matching Superfície tutorial é um bom lugar para ir para aprender sobre como fazer as ligações necessárias entre as superfícies em zonas adjacentes. Se você quiser manter o seu IDF-prima virgem. no entanto. Se fizer isso.1. superfícies.  Origens da zona não se movem. Você pode. Se você quiser mover a origem da zona. subsuperfície. você precisa editar o arquivo IDF em outro lugar. Diretrizes para as Zonas  Zonas devem ser de nível superior objetos. como parte do processo de importação. Se você dimensionar uma zona de seus dados será incorreto. definir a rotação zona através da janela de informações Objeto Openstudio. mas você tem que dizer como é que você quer que seu edifício modelado. Openstudio move-os para dentro do plano da superfície de base.      Qual é o próximo? Mais do que provavelmente você vai querer adicionar mais zonas. EnergyPlus não calcular a transferência de calor entre zonas se eles não têm uma superfície.1. que afetará apenas oneobject. Você pode mover o grupo SketchUp. É uma boa idéia para continuar salvando vários arquivos IDF uma vez que você começar a trabalhar fora de Openstudio (por exemplo. não salve o projeto como um arquivo SKP.  A janela de informações de objeto funciona em um objeto de cada vez. Você pode criar um novo conjunto de eixo com uma única origem e rotação.  Quando você importa um IDF em Openstudio pode ser alterada.  Se você acidentalmente remover materiais ou componentes de seu modelo você pode simplesmente reiniciar o SketchUp e re-abrir o seu arquivo IDF. gire a geometria como necessário.  A janela de informações Objeto não levar os dados até que você guia para o próximo campo ou clique em qualquer lugar na janela. Não altere os nomes em Informações do SketchUp Entidade de diálogo. uma vez que estão definidos. O Outliner ou um atalho de teclado também pode ser usado para editar uma zona ou grupo de sombreamento.  Nome suas zonas de fazer grandes modelos mais fácil de gerenciar e pesquisar. mas salvar o arquivo IDF vez. Só porque um edifício parece certo não significa que ele é modelado corretamente. o que torna mais fácil para se recuperar de um erro e fornece pontos de decolagem para as variações do modelo. você deve ou "Salvar como".5. aberto SketchUp sem abrir qualquer arquivo SKP e reabra o IDF. Veja um tutorial sobre rotação de um eixo. Melhores Práticas 2. Se o seu prédio não está alinhado com o norte verdadeiro. Enquanto isso. se as janelas não estão no mesmo plano que a superfície de base. Não combinar várias zonas em um grupo ou componente. Diretrizes Gerais  Guardar mais cedo e muitas vezes salvar. de modo que você deve informar as superfícies comuns e definir as condições de contorno apropriadas. A fim de transmissão modelo luz do dia entre as zonas que você precisa adicionar janelas interiores. adicionando diretamente objetos de entrada EnergyPlus ao IDF) também. O Padrão Construções tutorial irá ajudá-lo a controlar quais construções são aplicadas a novas superfícies como eles são desenhados. Pode haver outras alterações também. e sombreamento para definir a geometria de seu prédio. Se você selecionar vários objetos ou superfícies e fazer uma mudança. Quando você voltar a ele.

 Modelo para as paredes exteriores da face exterior da parede. se possível. . em vez de superfícies dentro de uma zona de sombra irá evitar este problema. mas para outros andares. Use de Corretores do SketchUp para inserir o subsuperfície alguma quantia nominal. você pode excluir uma borda da subsuperfície para removê-lo e.  Excluir um subsolo tanto pela remoção de todas as arestas (um de cada vez) ou clicando duas vezes para selecionar a face e as bordas e depois apagar. paredes.  Tente evitar a exclusão de uma superfície. Se você quiser uma superfície zona de sombreamento. Coloque um pequeno espaço entre elas.  Construções padrão são definidas para cada um dos pisos interiores e exteriores. redesenhar a borda para criar um novo subsolo atribuído à superfície correta. pois isso deixa um buraco visual na superfície da base. em linha com o teto. Se isso se torna necessário. Diretrizes para superfícies de sombreamento  Se tentar estabelecer uma superfície de sombreamento de acordo com a zona do telhado. Não exclua o único rosto. Desenhe-os menores e depois esticá-los para baixo no chão. Você pode. em vez de desenhá-los como superfícies dentro de uma zona. que será reconhecida como um telhado. Todas as superfícies em uma zona deve ser desagrupados. Isto vai criar uma superfície nova base. Diretrizes para a subsuperfície  Não coloque um (janela ou porta) subsuperfície dentro de outro subsuperfície. Superfícies para as zonas adjacentes não deve sobrepor-se uns aos outros. Para zonas do primeiro andar. Isto não se actualizar as subsuperfícies da superfície excluído para apontar para a superfície de base de novo. o piso é ok.  Não faça uma janela do tamanho de uma superfície de toda a base. Não agrupar uma seleção de superfícies EnergyPlus ou subsuperfície juntos. janelas e portas. Atualmente não há Construções padrão separada para abaixo da faixa de superfícies. mas não na extremidade.  Divida a superfície em dois por desenhar uma linha em toda a face. você terá que alterar manualmente a superfície da base na janela de informações do objeto. É importante que a superfície da base para uma superfície de sombreamento é uma superfície exterior. em seguida. Isto pode ocorrer em aletas verticais. você deve desenhá-la menor.  Não colocar dois subsuperfícies uns contra os outros. apagando uma borda compartilhada com outra superfície. É possível desenhar uma janela na borda da parede.  Por padrão. telhado / teto.  Desenhar paredes interiores para as suas linhas de centro. Usando um grupo de sombreamento. Construções padrão Construções padrão  Construções padrão são usados para definir construções em nova geometria como ele é desenhado. escolher qualquer vantagem. e então movê-lo no lugar.  Superfícies de sombreamento também não podem ser tiradas enquanto eles tocam o chão. desde que você é consistente com as zonas adjacentes.  Você pode criar superfícies de sombreamento como parte de um grupo de sombreamento. superfícies de sombreamento atribuir um piso a partir da zona como a sua superfície de base. bem como o tecto ou chão.  Não desenhar um subsolo que partilha duas bordas com uma superfície de base. contudo.

como "parede exterior".  Selecione "Aplicar a modelo inteiro" ou "Aplicar a Seleção" para repor rapidamente as superfícies existentes para as Construções padrão atual. por exemplo.  Você pode salvar suas preferências Construções padrão para um arquivo externo para um determinado projeto. O arquivo de modelo está localizado sob Openstudio / NewTemplate. apenas os nomes. se você não planeja desenhar uma nova geometria. As construções têm que estar em um arquivo IDF dada a usá-los.idf. mas em algum momento você terá que editar esta nova construção no arquivo IDF diretamente para definir as propriedades desejadas. portas interiores.  Alterar as Construções padrão não afeta superfícies existentes. Isto pode ser aplicado a uma determinada seleção ou todo o modelo.  É necessário que as superfícies correspondentes de zonas diferentes partes as mesmas construções. e reabrir essas configurações quando necessário para evitar ter que reiniciar manualmente cada vez que você abrir o arquivo. padrão de construção no valor separados por vírgula (CSV) para verificar as operações que foram realizadas. Ele apenas define os padrões para superfícies criadas a partir deste ponto em diante. Se uma seleção não contém superfícies de um determinado tipo. você será solicitado a fornecer padrões. Este é carregado automaticamente quando você inicia um novo arquivo IDF. superfícies correspondentes em zonas adjacentes podem agora estar fora de sincronia.  Stub de construção nova permite que você criar uma nova construção referenciar. o valor para que a construção padrão de superfície tipos não tem efeito e não precisa ser definido. Construções padrão são inicializados para as construções utilizadas para iniciar um novo modelo a partir do modelo IDF.  Você pode obter um relatório da última aplicação. Use a ferramenta de busca de superfície para criar seleções personalizadas de superfícies através de várias zonas de reinício para Construções padrão.  Superfícies são repostos no interior padrão atual ou construção exterior de seu tipo quando a rotina de correspondência superfície é executado. Você pode ignorar este aviso. Você pode começar a atribuir esta construção de superfícies de imediato. Superfícies correspondentes Desenho as superfícies a serem combinados .  Ao abrir um arquivo IDF que não tem construções com nomes correspondentes aos de um novo arquivo. Se você escolher uma única zona como uma seleção e depois aplicar Construções padrão recém-mudado para a zona. Você tem que ter certeza que eles estão em sincronia novamente antes de executar uma simulação. Você não está exportando as construções reais.

 Você deve sempre verificar os resultados da operação de superfície correspondente usando a ferramenta de busca de superfície. Openstudio requer limites de espaço de segundo nível. o Use a ferramenta de linha para desenhar linhas que se encaixam a objetos em outra zona. botão direito do mouse-> esconder. ou ir para "esconder" no menu de edição. SketchUp irá indicar isso com uma nota pop-up que diz "Endpoint atividade externa". mas deixar as outras zonas visíveis. o Você pode ter que navegar em torno do modelo com as ferramentas de pan e órbita para tirar todas as bordas de sua superfície. saída EnergyPlus. ou outros meios. em seguida. Este desenho utiliza ferramenta de linha e inferência do SketchUp trava para tirar a geometria em outras zonas EnergyPlus.  Dois métodos para desenhar superfícies seguir: Método 1 o Este método utiliza ferramentas de desenho do SketchUp e fechaduras de inferência. o Entrar na zona de onde você quer chamar a sua nova superfície.  Em alguns casos. . pode ajudar a salvar o seu IDF e re-abri-lo antes de usar a ferramenta de superfície correspondente como Openstudio faz alguma geometria limpar-se quando se abre um arquivo. de diálogo Informações objeto. o Se geometrias em outras zonas estão em seu caminho. Openstudio exige que vértices alinhar exatamente. Em termos mais técnicos. você pode temporariamente esconder. Selecioná-los e.

Clique no segundo ponto em outra zona EnergyPlus Clique no terceiro ponto em outra zona EnergyPlus. .

Se em vez da zona de menor apenas compartilhou uma borda com a maior zona. como se fosse uma porta contra a parede. por exemplo. se. foi centrado na horizontal com a maior zona. Se você não criar a borda horizontal primeiro Openstudio poderia interpretar sua nova superfície como subsuperfície. então você tem que fazer as coisas um pouco diferente. em vez de uma superfície de base. . Então você pode desenhar as bordas verticais para completar a superfície a ser correspondido.Superfície final na zona EnergyPlus. o Você teria que primeiro dividir a superfície da base em duas superfícies de base. você ainda tem que desenhar a borda comprimento horizontal antes de colar na cópia das bordas de superfície. o Se você usar o método dois neste cenário. o O exemplo acima tem uma pequena zona partilhando duas arestas com uma grande zona. adicionando uma borda em toda a extensão da superfície base maior (foto abaixo).

Escolha Colar no Local (editar / colar no lugar). mas deixar as arestas selecionadas. Dê um duplo clique na superfície que deseja duplicar em outra zona.Método 2 o o o o Este método usa "copiar" e depois "colar no lugar" em vez de manualmente o desenho da segunda superfície. . Shift-clique sobre o rosto para desmarcar-lo (isso evita que o rosto normal da nova cópia de ser invertida). o Copiar a seleção. sair da zona de corrente. e entrar na zona que precisa da nova superfície. Selecione a face e suas bordas delimitadoras. mas um tutorial separado mostra como criar seus próprios atalhos. Não há nenhum atalho padrão definido para "colar no lugar".

Selecione uma face e suas bordas. . Shift + clique para desmarcar o rosto. clicando duas vezes.

Ferramenta de superfície Matching  Uma vez que suas superfícies são desenhadas.  Você pode combinar de superfície e subsuperfície de objetos selecionados ou de todos os objetos no modelo. Fluxos de trabalho para Correspondência Superfície  Você pode combinar superfícies juntos como você fazê-los ou você pode criar todas as superfícies para o seu modelo e combiná-los no final.  Você pode obter um relatório do último jogo ou unmatch realizada em valor separado por vírgulas (CSV) para verificar as operações que foram realizadas.Alterar a condição de fronteira externa para "superfície" e em seguida.  Openstudio não pode encontrar algumas superfícies não-retangulares.  Você também pode usar essa ferramenta para superfícies unmatch. você pode usar a ferramenta de superfície correspondente para combinálos em conjunto. Você pode combinar estes manualmente usando a Janela de Informações de Objetos.Aqui você pode ver as bordas resultantes e de superfície na Zona segunda EnergyPlus. identificar o objeto de fronteira correspondente Fora. Isto ajusta a condição de contorno de cada superfície para que aponte para o outro e reatribui construção do interior predefinido para esse tipo. Isso redefine as suas condições de fronteira para ser ao ar livre ou no solo e atribui a construção exterior padrão para esse tipo. .

Um fluxo de trabalho alternativa seria desenhá-los como superfícies retangulares. objetos devem corresponder a ambos os critérios para aparecer nos resultados. em seguida. A ordem de desenho de seus vértices serão: aguda vértice> obtuso vértice> obtuso vértice> vértice agudo. seus jogos são em pares. ajustar a geometria. identificar o objeto de fronteira Fora que você wan para combinar com. Na maioria dos casos. Copiando-se para criar vários andares deve ser fino. Em seguida. e não é sensível a maiúsculas. Depois de correspondência. Modelo antes ins de busca executar . O campo de pesquisa de nome irá corresponder palavras parciais e inteiro. Defina a condição de fronteira externa para "superfície" e em seguida. se você combinar superfície "A" à tona "B". chamando sua origem zona no segundo dos dois ângulos agudos. é possível combinar as superfícies manualmente. verificar que não existem superfícies com condições de contorno ao ar livre estão dentro do prédio. Se isso acontece. Você pode. Se você usar vários campos. (2 ao usar a regra da mão direita para desenhar pontos no sentido horário). você pode manualmente coincidir com as superfícies (veja acima). em seguida. use a ferramenta de linha para desenhar a sua forma de olhar com o segundo ângulo agudo (mesmo ponto como origem zona). Então. então você pode geralmente evitar o problema.  Correspondência de superfície pode não corresponder adequadamente algumas superfícies não retangulares. combiná-los e. ou em apenas uma. Você pode introduzir critérios de pesquisa em todos os campos. Busca de objetos EnergyPlus Superfícies de busca e subsuperfície     A ferramenta de busca de superfície permite a busca de superfície e subsuperfície.  Se sua superfície é um trapézio (como zona de perímetro em um plano de cinco zona). e vice-versa. a superfície "B" também deve se referir à tona "A". utilizando a ferramenta de informações do objecto. Uma vez que você fizer isso não se movem em torno de suas zonas. como é objeto de fronteira Fora. por exemplo.  Como uma alternativa para a ferramenta de Correspondência de superfície. você pode verificar os resultados corretos usando a ferramenta de busca de superfície para verificar os resultados corretos.

Pesquisando no terceiro andar para superfícies com construção chamado 'ASHRAE 90.55_0.4_fixed_west_window'. Mostrar e ocultar geometria oculta é uma boa maneira para você se orientar após uma pesquisa. .1 2004_Sec-5.  Os resultados são apresentados ao ocultar tudo excepto no modelo dos resultados.3_0. resultados da pesquisa  Existe um botão da barra de ferramentas para uma característica construída em SketchUp para ver a geometria oculta .

você pode escolher "Reexibir Todos" para mostrar ao resto dos objetos EnergyPlus. . No entanto.  A pesquisa afeta o Outliner apenas. e não mudar o seu modelo parece. Para limpar um filtro.  Digite o texto para o filtro executar a sua pesquisa. Use Outliner para Pesquisar Grupos (Zonas) e componentes (iluminação natural: Controles e saída: IlluminanceMap)  Você pode usar o SketchUp.vendo geometria oculta  Quando você terminar de usar uma busca. e não é sensível a maiúsculas. o delineador mostra todos os grupos do SketchUp e componentes. você pode clicar em um objeto no Outliner para selecionar ou ativá-lo. a caixa vazia de texto no topo do Outliner.  Você pode executar buscas de superfície são executados em uma seleção ou em todo o modelo.  Objetos delineador são negros se nenhum filtro / pesquisa é definido e vermelho se não houver um filtro.  Você pode expandir ou contrair a hierarquia com o botão do lado direito da caixa de diálogo.  Sem termos de pesquisa inseridos. A pesquisa irá coincidir com palavras parciais e inteiro. construída em Outliner para procurar grupos (zonas) e componentes (iluminação natural: Controles e saída: IlluminanceMap).

Outliner antes pesquisa Outliner após pesquisa  Você pode executar uma busca Outliner no topo de uma busca de superfície para obter resultados interessantes. . Se você deseja ocultar zonas específicas. Você ainda vai ver itens ocultos no Outliner mas eles vão ser rastreados de volta.

você pode controlar a visibilidade de cada camada para facilitar o trabalho de seu modelo. para zonas com "Office" no nome) e.  Você também pode usar o SketchUp é construído em "Cor por camada" para ver o seu modelo por camada. Alguns estilos são guardadas no Openstudio / lib / recursos / estilos. selecionar duas zonas e movê-los com a janela Informações da entidade para uma camada denominada de "varejo". ou você pode movê-los para uma camada específica e esconder essa camada. Esta questão será abordada em uma versão futura do Openstudio. mesmo se você ligar "mostrar a geometria oculta".você pode selecioná-los com o delineador e depois escondê-los manualmente. que mostra apenas os objetos escondidos em camadas que estão ativos. Por exemplo. objetos em que não será visível. Você pode acessar este através da janela de camada ou a janela de estilo. Quando você reabrir o IDF.  Você também pode usar o delineador para filtrar as zonas apresentadas (por exemplo. em seguida. As atribuições da camada não são salvos no IDF e vai durar a sessão atual. executar uma pesquisa de superfície sobre a seleção restante. todos os objetos estarão de volta em layer0.  Uma vez que seus objetos estão na camada específica. . Usando Camadas  Você pode mover as zonas e superfícies para novas camadas. Quando você ocultar uma camada.  Você pode exibir ou ocultar saída: IlluminanceMap e iluminação natural: objetos Controles. você pode atribuir zonas para as camadas com base no tipo de espaço ou atribuir superfícies para as camadas de construção.

Isso permite que as portas sejam rapidamente distinguida de telhados ou pisos de cor. Definir as cores da camada na caixa de diálogo "Layer" e depois usar o "estilo" janela para a cor por camada. Renderização por Condição de Contorno Fora  O modo de renderização padrão (mostrado abaixo) para Openstudio torna superfícies baseado em classe. Há também um item de menu para Openstudio enalbe isso. exceto os do "escritório" da camada.desligue todas as zonas. .

uma parede e um teto ficariam com a mesma cor. como mostrado acima. Você também pode ativar o modo de raio-x. mas pode ser difícil de ver o que você está olhando.  Aqui é o mesmo modelo. "Ar Livre"). Neste modo. que permite a transferência de calor através de inter-zona superfícies.  Se você olhar para o exterior de um modelo. . Se você quiser ver o que está acontecendo no interior. O bronzeado é 'Terra'. eo verde representa a "superfície" condição de contorno. mas desta vez com o modo de renderização definida para mostrar condições de contorno. a ferramenta de corte da seção funciona muito bem. se eles têm a condição mesmo limite (por exemplo. o azul é "Ar Livre". Renderização por Condição de Contorno Fora vez torna superfícies com base em sua condição de fronteira. você normalmente deve ver um monte de azul com castanho para superfícies em grau.

Carrega zona Ganhos internos .  Existem 18 cores diferentes para as condições de fronteira externas.  Olhe para documentação EnergyPlus para aprender mais sobre as condições de contorno. Abaixo está um exemplo com raio-x modo ligado. Quatro são fora das condições.  Alguns destes são agrupados. e nove são as condições do solo.

Você também pode salvar uma cópia do IDF antes e depois da operação e. Estes sistemas devem actualmente ser adicionado no texto directamente IDF. Os horários estão presentes no arquivo NewTemplate.Ele fornece uma maneira rápida e fácil de avaliar os impactos da construção de perturbações envelope e mudanças em ganhos internos. No entanto.  Lembre-se de remover 'ZoneVentilation: DesignFlowRate "ao mover o arquivo para sistemas mais avançados de HVAC que fornecem ar exterior para o espaço através do sistema e não no nível de zona. Você também pode salvar uma cópia do IDF antes e depois da operação e. Preferências salvos  Os valores iniciais para os ganhos internos correspondem a um prédio de escritórios em geral. . HVACTemplate: Zona: IdealLoadsAirSystem dá o caminho mais rápido para cálculos de carga usando EnergyPlus.  Um conjunto de ganhos internos e horários para um edifício típico de escritório foram adicionadas apenas para referência. Sistema de Ar Ideal Cargas  Para os modelos a partir do zero. Você pode redefinir o diálogo ganhos interna para estes valores com o "Reset para Escritório Padrão" botão. Os horários iniciais são aqueles incluídos no NewTemplate.  Adicionando HVACTemplate: Zona: IdealLoadsAirSystem para as zonas seleccionadas remove objetos existentes do tipo HVACTemplate: Zona: IdealLoadsAirSystem. Ao contrário do diálogo Informações objeto. ventilação e infiltração.  Ganhos internos são modelados usando 'People' os objetos de entrada. O arquivo IDF expandido é copiado para o diretório original com uma extensão 'expidf'. este diálogo não permite que você visualize os ganhos em zonas atuais. Olhe para o InputOutputReference e + Energia. Ganhos internos incluem pessoas. mas não vai estar disponível em todos os arquivos existentes IDF. Você pode.  O sistema de ar Ideal Cargas é usado para somar a zona de aquecimento e as cargas de refrigeração sem a modelagem de um sistema de climatização completa. 'Luzes'.  Sistemas HVACTemplate são expandidos para entrada EnergyPlus integralmente pelo pré-processador ExpandObjects. IDD para uma lista completa de todos os campos.  Zonas Renomeando após a aplicação ganhos internos pode causar problemas. PTHP. mas nenhum sistema é incluído para remover energia a partir de zonas com ganhos internos. 'ElectricEquipment'.idf.  HVACTemplate: Termostato é referenciado por cada HVACTemplate: Zona: IdealLoadsAirSystem para especificar aquecimento e arrefecimento set points. recarregar e aplicar essas configurações para modelar outros tipos de espaço ou para gerar perturbações no modelo atual. usar uma ferramenta de comparação de arquivos para executar um DIFF.  Você pode obter o último Relatório Zona Cargas em valores separados por vírgulas (CSV) para verificar as operações que foram realizadas. equipamento. iluminação.  Nenhum objeto IDF será adicionado para ganhos internos com valores inferiores ou iguais a zero. mas apenas para especificar valores que serão gravados no arquivo.  Você pode salvar as configurações de ganhos internos que correspondem a tipos de espaço de outros ou variações. você sempre pode corrigir estas à mão no IDF.  Aplicando ganhos internos para as zonas seleccionadas remove esses tipos de objetos.  EnergyPlus inclui vários outros sistemas. e muitos outros que são apenas um pouco mais complicado que HVACTemplate: IdealLoadsAirSystem: Zona.idf quando se inicia um novo modelo a partir do zero e corresponde a um prédio de escritórios em geral.  Simulações EnergyPlus pode ter problemas se ganhos internos estão presentes.  Você pode obter o último Relatório Zona Cargas em valores separados por vírgulas (CSV) para verificar as operações que foram realizadas. então. tais como HVACTemplate PTAC. em seguida. A maioria dos campos desses objetos são padronizados. usar uma ferramenta de comparação de arquivos para executar um DIFF. em seguida.  Objetos luzes são necessários para adicionar iluminação natural: controles a uma zona. 'ZoneVentilation: DesignFlowRate' e 'ZoneInfiltration: DesignFlowRate'. 'GasEquipment'.exe antes de uma simulação é executada.

você verá este alerta. Se você tentar adicionar iluminação natural: controles fora de uma zona. .Controles de iluminação natural Adicionar uma iluminação natural: Object Controles  Entrar na zona onde você deseja colocar a iluminação natural: Controla objeto.

Fazer Mudanças  Você pode alternar entre um e dois sensores e alterar a posição de cada sensor através da caixa de diálogo Objeto Info. aresta ou vértice que você clicar. Quando você coloca o objeto. . certifique-se da zona também tem um objeto de Luzes.  Para obter resultados de EnergyPlus para a sua iluminação natural: Controles. Você pode adicionar luzes através Openstudio com a ferramenta de carga Zone. ele irá localizar 30 centímetros acima da superfície. Clique no modelo onde você quer inserir a iluminação natural: Controla objeto.  Você não pode adicionar mais de uma iluminação natural: Controla objeto para uma única zona. Clique no botão da barra de ferramentas para ativar a ferramenta.  Veja abaixo para saber como realocar a iluminação natural: Controla uma vez que você colocou.

clicando duas vezes o Daylighting: Controles objeto e utilizando a ferramenta SketchUp movimento para arrastar os sensores em volta. Você pode alterar a posição dos sensores. .

 Clique no botão da barra de ferramentas para ativar a ferramenta.  Veja abaixo para aprender a mudar e redimensionar a saída: IlluminanceMap. Clique no modelo onde você quer inserir a saída: IlluminanceMap. A seta na iluminação natural: objeto de controles reflete o brilho Ângulo de Azimute Cálculo da definição Direcção View. Quando você coloca o objeto que ele irá localizar 30 centímetros acima da superfície. Fazendo alterações . Você vai ver oito pinos que você pode usar para escala. Iluminância Mapas de saída Adicionando uma saída: IlluminanceMap  Entrar na zona onde você deseja colocar a saída: IlluminanceMap.  Você não pode adicionar mais do que uma saída: objeto IlluminanceMap a uma zona. você vai ver este alerta. o canto em dois. ou vértice você clicar. A escala de bordas em uma direção. a ferramenta de escala será ativo. borda. Girando os sensores não alterar esta configuração.  Depois de clicar.  Para obter resultados de EnergyPlus para a sua saída: IlluminanceMap você precisa para garantir que a zona foi Daylighting: Controles e objetos Luzes. Se você tentar adicionar saída: IlluminanceMap fora de uma zona.

Você tem o mesmo número de linhas de grade após escalar o Mapa da iluminação. .  Você pode usar a ferramenta Move para mover a saída: IlluminanceMap. Você pode usar a ferramenta de escala para alterar o tamanho da saída: IlluminanceMap (veja a figura abaixo).  Você pode usar a caixa de diálogo Object Info para alterar a posição eo tamanho da saída: IlluminanceMap.

 Baixar arquivos em tempo www. Essas opções podem resultar em um arquivo de entrada diferente daquele que você está trabalhando.  Resultados o Relatório Anual Edifício Resumo do Desempenho Utility . o Reportar os resultados de iluminação natural .EnergyPlus vai criar um DXF que você pode importar para o SketchUp ou outro aplicativo CAD. você pode definir o início e término.0 EnergyPlus de http://apps1. o Pedido de resultados em formato SQLite . Os dados são gravados em pontos onde as linhas se cruzam. e as unidades (SI ou IP). O mapa acima tem pontos de grade 50x10. o Relatório de arquivo DXF para verificação . orFixed). CSV. e as variáveis' Ideal Cargas Air taxa de resfriamento Total 'relatório. Se você desmarcar "simulação anual". 50 × 50 pontos de grade) por saída: IlluminanceMap.'superfície interna Temperatura' Pedidos e "Surface temperatura exterior" variáveis de relatório.  Ações na Conclusão o Fechar janela de comandos shell o Mostrar arquivo de erro (ERR) Recomendado o Mostrar Anual Edifício Resumo do Desempenho Utility (ABUPS) o Mostrar variáveis de relatório e metros de arquivo (CSV) .Você pode escolher o formato do relatório (HTML. o "Simulação anual" .gov ou uso do Google Earth para navegar na camada do arquivo EnergyPlus tempo . Você precisa disto para usar o ResultsViewer ZeroKit aplicativo para a visualização de saída timeseries detalhada o Se você quer que seu arquivo ESO em unidades IP olhar a documentação EnergyPlus para o "convertESOMTR" aplicação.  Simulação do arquivo Tempo o "Caminho EPW" é necessário quando você marcou a opção "Executar simulação arquivo de tempo" Existem links na caixa de diálogo para o download de arquivos de tempo a partir do site EnergyPlus ou como uma camada do Google Earth. Cálculos de dimensionamento ainda são realizadas."Daylight Illum em Ref Point 'Pedidos e" Índice de Glare no ponto de ref "variáveis de relatório. Tab. 'Ideal Cargas Air taxa de resfriamento sensível ". o Relatório temperaturas de superfície . o "Executar simulações dia de design" permite que você selecione se os relatórios a partir de simulações dia de design são relatados no arquivo de saída detalhada (ESO) de EnergyPlus.Pedidos 'Ideal Cargas taxa de aquecimento do ar'.Sua simulação pode ser executado por qualquer um parte do ano ou um ano inteiro. mas os dados do relatório não são emitidos durante o período de dimensionamento se essa caixa não está marcada.eere.gov/buildings/energyplus/ . Para ver o arquivo de entrada como cheque simulado o diretório de execução indicado pelo diálogo.energyplus.A saída é gravado em um banco de dados SQLite e um arquivo ESO. o Cargas da zona do relatório . o "Executar simulação arquivo tempo" irá executar uma simulação com base em um arquivo de tempo EPW.Preserva variáveis de relatório do usuário. o Relatório variáveis de usuário e medidores .Pedidos 'Zona temperatura média do ar "e" Zona de temperatura radiante média "variáveis de relatório. EnergyPlus suporta até 2.500 pontos de rede (por exemplo. A textura no mapa irá refletir os valores que você tem para os pontos de grade. 10x10 vs pontos de grade na imagem anterior.  Configurar Plugins-> Openstudio-> Preferências para apontar para o local de instalação do EnergyPlus. o Temperaturas da zona do relatório . Executar EnergyPlus Configurar EnergyPlus  Baixe e instale 5. Você pode usar a caixa de diálogo Informações de objetos para alterar o número de pontos de grade.energy. Configurar opções de simulação  Executar Controle o A caixa de diálogo Executar Simulação dá uma variedade de opções para configurar a simulação antes de executar EnergyPlus.

 Openstudio será executado o pré-processador ExpandObjectsHVAC para converter todos os objetos HVACTemplate de objetos de entrada detalhados para simulação. Alternativamente.  Antes de executar EnergyPlus. você pode armazená-los pressionando "Aplicar".Caixa de diálogo Executar Simulação Executar EnergyPlus  Uma vez que as opções de simulação são definidos. . você pode pressionar "Run" para iniciar a simulação. Openstudio irá limpar o diretório temporário usado para simulação e cópia nos arquivos da IDF. e EPW para a simulação. IDD.

e / ou o arquivo CSV. Certifique-se de que você tem acesso de gravação para o diretório que o arquivo de entrada está dentro ou esta cópia falhará. em seguida. o relatório ABUPS. mudar o nome do padrão nomes de arquivos de saída EnergyPlus para novos nomes com base no nome do arquivo de entrada.  Após a conclusão da simulação. Openstudio irá abrir o arquivo de erro.  Openstudio irá copiar os resultados (mas não a modificação arquivo IDF) de volta para o diretório de entrada e. Openstudio começará então uma simulação EnergyPlus em um segmento novo e começar de espera para a simulação para terminar. Openstudio irá executar o programa ReadVarsESO para converter os resultados do ESO para o formato CSV se o relatório foi solicitado. Em um Mac. você tem que sair do aplicativo terminal manualmente antes Openstudio vai ver que a simulação está completa. Você deve sempre verificar se há aviso EnergyPlus e mensagens de erro no arquivo de erro. Arquivo de erro .  Finalmente. se solicitado.

IDF. Para ver uma lista completa de variáveis disponíveis para a comunicação em uma simulação dado. Eso.  Uma vez que você tem um arquivo simulado entrada e gerado um arquivo ESO. Selecionar dados para visualização . "o objeto em seu arquivo de entrada.cache' (definir essa opção em Plugins-> Openstudio-> Preferências) depois de carregar o arquivo ESO para agilizar o carregamento em sessões posteriores. O arquivo em cache será atualizado quando se está desatualizado em relação ao arquivo ESO.  O arquivo Openstudio / exemplos / GeometryTest. Isso fará com que EnergyPlus para gerar um relatório de dados de dicionário (RDD) relatórios arquivo de listagem que pode ser solicitada.Edifício relatório de desempenho anual Utility Ver Resultados da Simulação Dados de carga de arquivo ESO  Os dados do relatório de simulação EnergyPlus estão disponíveis no arquivo de saída ESO se ele foi solicitado no arquivo de entrada simulada usando 'Saída: Variável' objetos.  Como o arquivo ESO pode ser bastante lento para analisar. O arquivo IDF relacionado com a simulação deve ser aberto para que os resultados podem estar relacionados volta a geometria de entrada. Openstudio pode criar um arquivo '*. certifique-se de incluir 'Saída: VariableDictionary. se desejar. você pode carregar o arquivo ESO em Openstudio.idf está incluído com resultados prerun EnergyPlus para uso neste tutorial.

temperatura da superfície) ou zonas (por exemplo. temperatura média do ar). Depois que o arquivo ESO é carregado. pode apresentar resultados separadamente para as superfícies dentro e fora. lista de variáveis de superfície disponíveis . você pode selecionar a partir de uma lista de períodos de execução disponíveis (dimensionamento e períodos de tempo de arquivo relatados na simulação) e variáveis povoadas. Ao relatar variáveis de superfície. Renderização caixa de diálogo Configurações  Openstudio pode exibir resultados relacionados a superfícies (por exemplo.

o "dormitórios e Aeras COMUNS" zona em 7. ou após a normalização por área de superfície para as variáveis de superfície ou Área zona de variáveis de nível de zona.  Você pode exibir dados ou em unidades absolutas do ESO. como a temperatura da superfície. dormitórios e áreas comuns".lista de variáveis de zona disponíveis  Openstudio atualmente não pode exibir dados na frequência de comunicação de HVAC TimeStep.  A segunda imagem foi normalizado para ajustar o tamanho da zona. Agora você pode ver que o pé por metro quadrado. Normalizando os dados são úteis para alguns tipos de variáveis como a potência de iluminação. teve a taxa de resfriamento segundo maior Sensible das cinco zonas em aproximadamente 35. A imagem da parte superior não é normalizada por zona. enquanto que a segunda é. de modo que grandes zonas não parecem ter propriedades muito diferentes do que as zonas mais pequenas. Na imagem de cima da zona grande no meio ". Zona / Sys taxa de resfriamento sensível às 4:16 pm em 6/21 .  Ambas as imagens a seguir mostram a taxa de resfriamento Sensible em 4:16 pm em 21 de junho. a normalização não faz sentido para outras variáveis. No entanto.3 W/ft2 vs aproximadamente 10-12 W/ft2 para as três zonas azuis.000 W.

Normalizada Zone / Sys taxa de resfriamento sensível às 4:16 pm em 6/21  Você pode escolher os valores mínimo e máximo para a escala de cores usados para visualizar as variáveis do relatório. Se você visualizar variáveis de relatório em unidades absolutas, você pode usar os valores mínimo e máximo de cada variável para definir automaticamente o intervalo. Esta opção não está disponível para normalizar a variável de relatório à superfície ou por área. Nesses casos, você deve definir a faixa manualmente. Ela pode ajudar a aplicar a normalização e, em seguida, use a ferramenta de dados para verificar valores manualmente para definir esta faixa.  A caixa de diálogo abaixo foi utilizado para criar o ponto de vista acima processado. Os valores mínimo e máximo foram alteradas a partir de (0 a 46.000) a (5-41).

Exibir os dados  Uma vez que você selecione os dados e executar período para visualização, pressione "Aplicar" ou "OK" para salvar suas configurações.  Selecione o "Render pelo Valor Data" ferramenta para visualizar os dados sobre a geometria do arquivo de entrada. Você pode usar a sombra de diálogo Configurações (acessado através Janela-> Sombras) para controlar o tempo para a visualização. Esta caixa de diálogo permite que você escolha a data e hora de mostrar resultados para. (Use o tempo único padrão, pois isso não conta para horário de verão.) Não há dados são mostrados (todas as superfícies brancas) para uma data e hora sem dados para o período de execução selecionada, por exemplo, se você olhar para um período de execução de design dia mas com uma data e hora diferentes do que o dia de projecto seleccionado.

Incidente

superfície

Ext

Solar

08:36

em

5/12

Incidente

superfície

Ext

Solar

em

1:15

pm

em

5/12

. (veja as imagens acima)  A ferramenta de dados podem ser utilizados para mostrar o valor de dados para uma dada superfície ou zona no momento actual. (veja as imagens acima) Animar os dados  Você pode usar as ferramentas de animação Openstudio para configurar uma animação dos resultados. tais como a posição da câmera.Iluminação natural em Illum Ref Ponto 1 às 3:08 horas do dia 5/12 (Variable Zone)  A ferramenta de escala de cor pode ser usado para gerar uma escala de cores de referência.  Você pode desenvolver cenas do SketchUp. eles mudam. que incluem o tempo e as configurações.

 Você pode abrir os arquivos de saída CSV criados a partir do arquivo ESO pelo programa ReadVarsESO em um aplicativo de planilha. Se o veio de DXF EnergyPlus.  NREL desenvolveu ResultsViewer ZeroKit para traçar a saída de séries históricas de EnergyPlus e comparar os resultados de várias simulações. e navegue até o arquivo de DXF. DXF / DWG importação já faz parte de sua aplicação.  Você pode encontrar o plugin de DXF no site do SketchUp. você pode aprender um pouco sobre isso de dentro documentação Openstudio através do Tutorial ResultsViewer. Se você tem a versão gratuita do Google SketchUp 7. . você pode instalar a importação DXF / DWG como um plugin que funciona exatamente como no SU7 Pro e SU6. Enquanto ResultsViewer tem a sua própria documentação. Verifique Geometria com EnergyPlus Saída DXF Importação de DXF no SketchUp  Se você tem o Google SketchUp Pro.  Certifique-se de suas unidades estão definidos corretamente. as unidades são em metros. vá para importar no menu arquivo.  Com o plugin instalado. você terá que reiniciar o SketchUp. Parcelas de séries temporais de dados também são muito úteis para as utilizações de engenharia típicos.Fora e dentro de Temperatura da Superfície às 2:00 horas do dia Você pode animar através das Configurações de Animações ou as cenas (ambos mostrado) Go Deeper 8/25 (Zona Variável)  O Openstudio característica visualização de dados é uma forma única de visualizar os resultados de simulações EnergyPlus.  Saiba mais sobre a visualização de resultados EnergyPlus com o Microsoft Excel. Se você acabou de instalar o plugin.

 No exemplo aqui utilizado. Cada zona do arquivo DXF também se senta em sua própria camada. rotação de objetos ou zonas. não tem buracos perfurados. ou outros problemas que podem causar problemas com a sua simulação. uma vista dividida foi criado para mostrar o alinhamento. O DXF se parece muito com um modelo Openstudio. Isso pode ser ajudar a isolar zonas que você deseja revisar.  Porque o DXF EnergyPlus é criado pelo motor EnergyPlus. Uma diferença é que as janelas da DXF não cortar a superfície da base. A superfície da base. e o DXF foi convertido em estrutura de arame. portanto. fora de geometria plana. mas em vez sentar-se como uma superfície separada da sua própria. . o mesmo esquema de cores é usada em ambos. é uma boa saída para olhar para os erros causados por sistemas de coordenadas. o DXF foi colocada exactamente em conformidade com o modelo Openstudio.

 Você deve usar o File-> Import vs File-> Abrir para importar o arquivo. como mostrado abaixo.Converter 2D DXF para EnergyPlus Importe o DXF  Se você tem o Google SketchUp Pro. DXF / DWG importação já faz parte de sua aplicação. Você também pode precisar de clicar em "Opções" para ver se as unidades estão sendo tratados corretamente e escala é preservada. Defina o tipo de arquivo (*. Se você tem a versão gratuita do Google SketchUp 7.  Você pode encontrar o plugin de DXF no site do SketchUp. você pode instalar a importação DXF / DWG como um plugin que funciona exatamente como no SU7 Pro e SU6. Dxf). Dwg / *. .

Um cubo temporário pode ser feito facilmente escolher o plano de rotação. Depois de selecionar as entidades de elevação. . rodar de modo que você pode se referir a alturas sobre ela. mas existem outros métodos. (Crédito para DXF fonte: Google)  A estrutura de camadas DXF / DWG é preservada. Seu DXF será parecido com este. tais como a mudança para uma vista da câmara padrão. Definir o plano e de origem para a rotação. bem como.  Se você tem uma elevação com o DXF. Você pode ser capaz de limpar visualmente o modelo por desligar camadas desnecessárias. escolher o SketchUp ferramenta de rotação.

. Isso mantém elevação em sincronia com o plano.Escolha uma origem de rotação na elevação que coincide com o plano de chão para o primeiro andar. Isso permite que você se mover para escolher a origem sem perder o seu plano de rotação. Mantenha pressionada a tecla Shift para bloquear o plano de rotação.

Adicionar Zonas EnergyPlus  Certifique-se de que você não está em seu componente DXF. Criar uma nova zona e entrar nele para criar a geometria. .  Desenhe no chão sobre o plano para a sua primeira zona. Definir as coisas com cuidado para que você possa re-importação atualizados arquivos CAD.

Você também pode usar a elevação para referenciar janela e alturas de porta.  Este é o projeto com as outras zonas adicionado dentro . Extrude o chão até esta altura. Use a elevação para encontrar a altura para esta zona.  Adicionar a próxima zona e repita.

Uma linha pontilhada guia é criado paralelamente ao seu primeiro ponto e através do seu ponto de referência. Clique em uma borda e arraste o mouse para um ponto de referência (vértice ou ponto na borda ou face). Desenhe linhas de construção temporários do plano e da elevação para ajudar a localizar e tamanho das janelas.  Vire visibilidade para as linhas de orientação e fora usando o menu Exibir. As imagens seguintes mostram o processo para adicionar subsuperfícies.  Eliminar todas as linhas de orientação de uma vez no menu Editar. .  Criar linhas guia usando a ferramenta de fita métrica.

.

você provavelmente deve envolvê-lo em um único grupo ou componente que você pode mostrar e ocultar-lo facilmente. direto do Google Earth. ter o cuidado de alinhar as superfícies entre os andares. AutoCAD.  O modelo usado neste tutorial veio do Google 3D Warehouse. Microstation. Se você tiver o plano segundo andar. mas a conversão de modelos 3-D a partir de outras fontes que compartilham um fluxo de trabalho semelhante. Se você pretende usar a correspondência de superfície automática. ou algum aplicativo CAD. . Neste exemplo. Isto requer julgamento de engenharia e depende das necessidades da análise. Revit. Adicionar Zonas  O primeiro passo é o de determinar a forma como o modelo 3-D deve ser convertido para um modelo térmico para EnergyPlus. Você precisa modelar o sótão como uma zona separada. Converter modelos 3-D CAD para EnergyPlus Fontes de modelos 3-D  Modelos 3-D poderia vir de SketchUp. você pode inserir zonas na altura adequada e continuar a sua modelagem.  Qualquer que seja o 3-D modelo que você usa para referência. o modelo que se segue irá ser convertido em um modelo EnergyPlus três zonas com grupos de sombreamento em torno das janelas.

Faces retirada da face conjunto terreno plano normal de acordo com a ordem de entrada vértice. botão direito do mouse e escolha face inversa.  Neste caso. o que é correto para um telhado. a cor.  Se você desenhar com a ferramenta de linha e siga a regra da mão direita (começar com qualquer ponto e desenhar o resto do seu rosto por aí a esquerda) a superfície normal irá apontar para cima. Openstudio irá torná-lo um piso.(Crédito para modelo 3D Warehouse: Google)  Criar uma nova zona e abri-lo para desenhar.  Se o seu normal é invertida. Você vai reconhecer isso. . se não é. use a janela de informações de objetos para transformar a superfície em um telhado antes de continuar. é mais fácil desenhar o primeiro telhado em vez de tirar o solo em primeiro lugar. Se isso acontecer. o que seria normal.  Se você usar a ferramenta retângulo. ou você pode usar a janela de informações de objetos ou ferramenta de informação. é difícil prever o caminho que a superfície normal vai apontar. Verifique se a superfície mais escura (fora) está apontando para cima.

Você pode usar o SketchUp do motor de inferência para tirar a um objeto no modelo original que está no plano de terra. .  Pressionar a superfície do telhado para baixo a partir do topo do parapeito para o telhado. Verifique se as paredes eo chão estão corretamente identificadas. Use a ferramenta Empurrar / Puxar para expulsar o telhado em um objeto 3-D.

 Desligue o modelo arquitetônico original para que você veja apenas as zonas EnergyPlus. Você pode ver as três zonas cobertas com o modelo de arquitetura. . De raios-X em modo é para fazer tudo translúcido.

em seguida.Adicione superfícies de sombreamento  Para criar as superfícies de sombreamento. Depois de ter desenhado um conjunto de superfícies de sombreamento você pode usar o Move / ferramenta Copiar para fazer várias cópias se a geometria sombreamento é o mesmo.  A seguir é o modelo depois de todos os grupos de sombreamento são adicionados. usar a ferramenta SketchUp linha e bloqueia a inferência para desenhar três superfícies de sombreamento associados com uma janela. . primeiro faça um grupo de sombreamento e.

Criar guias de construção temporários da textura da foto semelhantes ao tutorial de importação 2D.  Este modelo não tem vértices do Windows para inferência.Adicionar Sub-superfícies  Você pode ser capaz de copiar ou desenhar sobre a geometria da janela existente do modelo de arquitetura durante a edição de superfícies em suas zonas para criar subsuperfícies. as janelas estão presentes apenas como parte da referência 3D textura do modelo da foto. .

 A última tela mostra um modelo de cisão com o modelo de arquitectura do lado esquerdo e do modelo Openstudio à direita. Trabalhar com conteúdo SketchUp ao lado do conteúdo Openstudio  Como mencionado na documentação. cenas e camadas. Este exemplo tem uma impressão chão definindo zonas térmicas. Mas poderia conter árvores. Colocar o pensamento em como você faz suas zonas e outros objetos irá melhorar a precisão da análise de energia e acelerar o tempo de simulação.  Abaixo você vê alguns não-Openstudio conteúdo SketchUp. Mas o que você faz quando você quiser usar o conteúdo ao lado de SketchUp com conteúdo Openstudio por mais de sua sessão atual? Siga o fluxo de trabalho detalhado abaixo. Alguns pormenores arquitectónicos não estão incluídas no modelo EnergyPlus. uma planta do local. você não deseja salvar zonas Openstudio como parte de um arquivo do SketchUp. . ou qualquer outra coisa.

 Primeiro. . mas nenhum tipo de objeto deve ser aninhados dentro do outro. salve o arquivo IDF. você deve seguir estes passos. Certifique-se que 'Sempre apagar entidades SketchUp ao fechar um arquivo de entrada "é desmarcada em" Plugins-> Openstudio-> Preferences'.  Depois de fechar o arquivo IDF todo o conteúdo Openstudio será removido a partir do ficheiro SketchUp. Você pode continuar a desenhar objetos SketchUp lado a lado com objetos Openstudio.  Quando você está pronto para sair do SketchUp.  Em seguida feche o arquivo IDF em "Plugins-> Openstudio-> Fechar".

você pode fechar seu arquivo SketchUp e SketchUp sair.  Abaixo está o que você vê depois de sair do SketchUp e então re-abrir o seu arquivo SketchUp. Você vai ter que colocá-lo lá novamente. Certifique-se de que você sabe onde os arquivos são salvos assim que você pode emparelhá-los juntos quando necessário. Não há mais uma ligação entre este arquivo e da IDF.  Não só a geometria estar em sincronia.  Quando você está pronto para usar Openstudio abra novamente o arquivo IDF. mas suas cenas e camadas serão mantidos.  Neste ponto. eles não vão voltar a importar dessa forma. . Salve o arquivo de SketchUp como um arquivo skp. Se você já tinha colocar algum conteúdo Openstudio em camadas específicas.

Quando você voltar a importar o arquivo IDF os rótulos ainda vai estar na posição correta. Como as mudanças de design. o Mantenha os planos de base ou elevações no arquivo. Abaixo estão alguns usos para este fluxo de trabalho. o Trabalhar com conteúdo contextual ou arquitetônico junto com o modelo de energia. . o Você pode anexar etiquetas para zonas contendo informações para sua referência. ou para se comunicar com outras pessoas que abrem seu arquivo SketchUp. ele não irá ser colado a qualquer objeto mais se o objecto se desloca o rótulo não será automaticamente mover-se com ela. Planos de base pode ter links para conteúdo externo. No entanto. você pode atualizar o conteúdo arquitetônico e fazer os ajustes necessários no modelo de energia.

pode não ser evidente quando algo está invertida. .Você pode ativar a transparência fora.  O próximo é o mesmo modelo com um estilo personalizado para mostrar normais da face. Você pode mudar rapidamente para este ponto de vista. Ao definir a cor da frente para branco ea cor de volta ao vermelho brilhante revertida enfrenta facilmente encontrados. mas para a energia modelando os rostos devem ser orientadas corretamente. escolhendo "Plugins-> Openstudio-> Rendering Options-> Por superfície normal 'no menu Openstudio. A cara do normal é de uma linha perpendicular à face de sair através da parte dianteira da cara.  Em Openstudio o exterior de uma superfície é a frente da face e do interior da superfície é a parte de trás da face. mas em um modelo complexo.Usando estilos para mostrar Faces Opostas  Cada rosto no SketchUp tem uma frente e um para trás.  Openstudio utiliza uma frente única e de volta para a cor da face de superfícies.  Um modelo usando coloração Openstudio típico é mostrado abaixo. Modelos de arquitetura pode não se importar que forma estes rostos ponto. em "configurações de cara" a opção de renderização é definido como 'exibição sombreada usando toda mesmo ". Você também pode configurar um atalho de teclado para isso. Para este estilo. mas você também pode configurar um estilo que é muito mais fácil de ler.

. tais como o objecto mostrado abaixo.  Subsuperfícies pode ser tanto triângulos ou rectângulos mas polígonos não complexos. Polígonos complexos são bons para superfícies de base. mas eles devem ser convexo.Usando a ferramenta Offset para Mimic Rodada do Windows  Geralmente em EnergyPlus você não quer ter uma participação de subsuperfície com uma vantagem com outro subsolo ou da superfície de base. A exceção é uma porta. como paredes e telhados e também as superfícies de sombreamento. que compartilha uma borda com a parte de baixo da superfície de base.

 Clique aqui para saber mais sobre Tool Offset do SketchUp. Clique uma vez sobre uma borda enquanto a face correta é mostrada. ou usar o "medições" caixa na parte inferior direita da janela do SketchUp. em seguida. . clique uma segunda vez para definir a distância de deslocamento. Abaixo da ferramenta offset é usado para criar uma 24 centímetros abaixo da superfície interior da extremidade da superfície de base.

 O semi-círculo é preenchido com uma série de rectângulos.  Abaixo. Parece que uma janela. uma vez que é um complexo de subsolo. está uma estratégia para simplesmente a superfície. Abaixo encontra os resultados do deslocamento. . mantendo uma boa aproximação de seu tamanho e geometria. mas não irá funcionar adequadamente.

 As janelas são a geometria correcta.  Abaixo a ferramenta Offset é usado para compensar os retângulos por duas polegadas. mas as janelas são ainda arestas compartilhando um com o outro. Depois de desenhar os círculos. .  Use a ferramenta borracha para remover as bordas dos retângulos originais. Isso inclui as bordas segmentadas do semicírculo original de offset. use a ferramenta de apagar para remover as bordas que não foram incluídos como parte dos retângulos.

 Quando subsuperfícies foram elaboradas tocar que pode perder sua superfície base. ou cortá-las e colar no lugar (fazer bordas certeza selecionados. . Você não quer alterar a propriedade em outras áreas que utilizam esse tipo de janela. Se isso acontece. você pode refazer os retângulos. ou você pode alterar as propriedades dos materiais da construção janela usada neste caso para torná-lo um pouco mais translúcido ( simulando uma superfície ligeiramente maior). Você precisa fazer uma construção janela única para este local. mas não enfrenta). você pode escalar as janelas se se a sua superfície de base fornece espaço suficiente. Só tome cuidado se você escolher esse caminho.  A área da superfície de suas janelas novas será um pouco menor do que a janela original.  Se você quiser realmente obter uma simulação baseada na grande área.

 Triplo-clique amplia a seleção para todas as entidades conectadas. Um exemplo útil disso seria se você empurrar todas as paredes da sua zona de por 12 polegadas.  Push / Pull repetição . desde que você não faça nada mais no SketchUp até terminar.  Desenhe sua seleção a partir da esquerda para a direita para selecionar únicas entidades que estão completamente dentro da caixa.  Dê um duplo clique seleciona um rosto e as bordas delimitadoras.Seleção. para a esquerda versus direita. Inferência e Seleção de Geometria  Seleção de geometria no SketchUp é muito fácil. ou com o mesmo material.  Desenhe sua seleção da direita para a esquerda para incluir objetos que estão parcialmente dentro da caixa. que você pode mudar indefinidamente. por exemplo. mas você não quer sobrecarregar o modelo ou alterar enfrenta o guia linhas se cruzam. mas você pode economizar muito tempo usando técnicas de seleção especiais. no entanto. . e alguns não selecionado. Modelando. Isso vai fazer mais sentido com a cópia múltipla / Move.Se você usar a ferramenta Empurrar / Puxar a algo extrusão por uma quantidade definida. sem acrescentar nada. Você pode querer fazer isso se você modelou fora do lado de fora da parede exterior.  Arraste uma caixa para selecionar. mas você também pode inserir números exatos no "medições" caixa para criar ou alterar entidades. se você criar a janela da esquerda para a direita. Linhas guia colocação da janela de ajuda abaixo.  Único clique seleciona o rosto.  Mantenha pressionada a tecla "Control" para adicionar à seleção e remove nada.  Mantenha pressionada a tecla "Shift" para adicionar ou remover objetos de sua seleção.  Linhas de orientação permitem criar linhas de referência para bloquear nova geometria. Isso funciona. mas agora deseja modelar a parede interna. Se você pegar uma seleção que tinha alguns selecionados. todos eles vão ser revertida. Desenho e Modelagem  Você pode usar o SketchUp sem nunca digitando em comprimentos de objetos.  Contextual (direita) clique para seleccionar outras entidades na mesma camada.  A caixa de medição permite que você defina o valor.  Segure "Control" e "Shift" em conjunto para a ferramenta de seleção para remover entidades da seleção. você pode reaplicar esse valor para outras superfícies para ser empurrado ou puxado por um duplo clique sobre a superfície com a ferramenta Push / Pull selecionado. você vê resultados diferentes.

. mais uma originais). pressione a tecla "Control" para mudar "movimento" para "copiar". Começando com a janela original à esquerda.  Digite "/ 5" na caixa de medição para colocar mais 4 cópias equidistantes na parede (5 cópias novas. A ferramenta Move no SketchUp é também uma ferramenta de cópia que pode copiar várias entidades simultaneamente.

 Em vez de colocar a cópia do outro lado do edifício. . mas desta vez. cada cópia é o mais distante do seu vizinho que o primeiro. coloque-o ao lado da primeira janela.  Tipo "5 *" em vez de "/ 5" para fazer o mesmo número de cópias.

 As cenas podem salvar os eixos atuais locais. eles podem manter o controle das configurações da camada. zoom ou ao usar uma ferramenta de desenho. salvá-la como uma cena.  A tecla Shift é muito importante que você use inferências. como a órbita. Cenas e cortes Seções Câmera  Você pode mudar para uma ferramenta de câmera. mas não a visão da câmera.  Cenas só acompanhar o que você especificar. Um screenshot da caixa de diálogo da cena seguinte forma: . pan. Isso dá a você um monte de controle. configurações de camada. Câmeras.  Show / Hide resto do modelo é algo que você provavelmente quer um atalho. você pode alternar rapidamente entre ver apenas o seu fuso atual e todo o modelo. Você sempre pode se livrar dele depois. bom de outra forma não documentada que é específica para sua ferramenta atual. Motor de Inferência  SketchUp tem um motor de inferência extensa que tenta ajudar pressão para locais úteis.  Se você tem uma vista na tela ou estado do modelo que você pode querer de novo. Desta forma. Cenas  Cenas salvar visualizações de câmera (uma das funções cena muitos). Depois de ter movido sua câmera. Olhe para pontas da barra de status para obter informações.  X-ray modo pode ser uma boa alternativa para superfícies escondendo. por exemplo. Isso é bem coberta na linha documentação inferência . e cortes de seção ativos. clique na ferramenta de desenho e continuar de onde você parou. hora do dia. como pode trancá-lo em sua inferência a atual.

 Para colocar uma seção. O eixo do corte da seção irá coincidir com a superfície do cursor é longo.Cortes de seção  Usando cortes de seção é uma boa alternativa para esconder a geometria para ver dentro de seu modelo. ativar a ferramenta de seção. ele irá cortar seu modelo inteiro: . mantenha pressionada a tecla shift para travá-lo dentro Então arraste o corte de seção para o local que você quer. em seguida. arraste em torno do seu modelo.  Se o seu corte de seção é no nível superior. Se você tem o ângulo que você quer. mas manter o ângulo de corte atual.

A imagem abaixo mostra uma seção aninhada cortar no andar de cima. . cortando várias zonas.  Você pode ter cortes de seção múltiplos. mas você pode alternar rapidamente entre cortes de seção extra. à direita. Só pode estar ativo dentro de qualquer grupo específico. Se o seu corte seção está aninhado em um grupo ou componente. e um corte de seção global à esquerda. que irá cortar apenas o objeto que.

Por exemplo.  Você também pode rapidamente reverter um corte de seção através de uma contextual botão direito do mouse. mas você também pode configurar seus próprios atalhos para quase qualquer função SketchUp. incluindo todas as funções Openstudio. você pode obter um vislumbre dentro de todos os pisos. . Você ganha um belo efeito manualmente arrastando um corte secção activa através de seu prédio. Atalhos personalizados  SketchUp oferece atalhos padrão. mas também para as funções de plugin.  Você pode encontrá-los em Janela-> Preferências-> Atalhos. passando o corte da seção através de seu prédio.  Não só pode ser definido para atalhos de funções SketchUp.

ver / esconder corte seção) o Ferramentas de visualização (ver / esconder resto do modelo. \ recursos \ atalhos-mac Shortcuts.. Em um Mac. Superfícies Pesquisar Matching Superfície.  Você pode personalizar esses atalhos ao seu gosto. Você pode pressionar este depois de fazer uma nova Zona ou Grupo de sombreamento para entrar nele. sombras. de diálogo Info. você pode importar e exportar os atalhos de teclado do SketchUp em -> Preferências-> Atalhos  Em um Mac você deve substituir manualmente o arquivo no diretório seguinte. raio-x modo. Escala.  Os atalhos são organizados por função. em vez de alterar o conteúdo do modelo. tornar a classe. exportar estes no Windows. o Ferramentas de câmera (pan. Openstudio inclui um conjunto com o SketchUp e ferramentas Openstudio (veja a seguir o gráfico).plist)  Se você configurar e deseja salvar atalhos personalizados. copiar manualmente o "Shortcuts.dat". controles de iluminação natural novo mapa Iluminação Novo. cores por camada.  A tecla "~" é configurado para entrar em um grupo.plist \" para um Mac). zoom extents) o Ferramentas de seção (ver / esconder plano de seção. Você pode exportar e importar um conjunto de atalhos de teclado para Windows ou Mac. zoom. o Mover. borracha.  A linha superior contém atalhos para alterar o ponto de vista. . faça Cut Seção  O lado direito da linha do meio tem ferramentas para visualização de dados Openstudio. o Retângulo. (User / user_name / Biblioteca / Suporte de aplicativos / Google SketchUp 7/SketchUp/Shortcuts. Google SketchUp 7 \ Plugins \ Openstudio \ lib \ recursos \ atalhos-windows \ windows_shortcuts. Linha Fita Métrica. por tornar o rosto normal.  O arquivo de atalho Openstudio está sob ". o Ferramenta de informação.. o que muda a sua ferramenta ativa para a ferramenta de seleção. onde "user_name" é o seu nome de usuário. Construções Padrão  A linha de fundo é de ferramentas para criar geometria e objetos. (ou ". por tornar limite)  O lado esquerdo da linha média tem ferramentas para modificar a geometria. Zona Cargas  A tecla Escape é definida como atalho do SketchUp padrão para sair de um grupo ou componente. ver / esconder a geometria oculta.  Outro atalho padrão SketchUp é a barra de espaço... Push / Pull.  No Windows. (para as linhas de guia) o Nova Zona.plist" arquivo para um local diferente. órbita. Grupo Shading Novo.

Uma alternativa é usar o Google Earth e visualmente escolher os edifícios que você quer. O "Get Current View" ferramenta da barra de ferramentas do Google no SketchUp vai para o Google Earth e traz o ponto de vista atual. Importar edifícios próximos. pela sua proximidade. A imagem de base é agora geotagged. o SketchUp irá mudar sua direção Norte. como é o modelo do SketchUp / Openstudio (a latitude e longitude será definido para EnergyPlus).Geo-referenciamento Geo-referenciamento  SketchUp permite geo-referenciar a sua construção a um site específico manualmente ou com o Google Earth . Você pode clicar sobre eles para fazer o download dos arquivos do SketchUp ou KMZ. Caso contrário. agora. Definir Norte para cima no Google Earth antes de chegar o ponto de vista atual. . uma vez que não classificar os edifícios. que irá criar conflitos com Openstudio. como superfícies de sombreamento  Uso de geo-referenciação é trazer edifícios próximos do Armazém 3D. Isto não é muito fácil de trabalhar.

Você só precisa de superfícies que irão fornecer versos sombreamento todo o edifício.     É fácil copiar superfícies dos edifícios circundantes em um Grupo de Sombreamento. Rostos não-convexos sombreamento deve ser subdividida usando a ferramenta de linha em faces convexas. Openstudio irá converter rostos para superfícies de sombreamento. Edifícios vêm em corretamente localizados porque são geo-referenciado. .

Isto cria um certo número de problemas. clique no local onde você quer que sua nova origem para ser. tais como rectângulos.  SketchUp pode mover os eixos para uma nova localização e especificar uma nova rotação. . parte de seu prédio é girado em um ângulo diferente do resto. e também inferências que ligam de volta para a x e y (vermelho e verde) eixos.  Selecione a ferramenta de Machados.Eixos rotativos e Câmaras Criar Axis para corresponder objeto  Muitas vezes. um dos quais é o uso de ferramentas de desenho. em seguida.

. Clique em um ponto para definir o lado positivo do eixo vermelho (x)  Clique em um ponto para definir o lado positivo do eixo verde (Y).

Você pode usar o SketchUp para alinhar a visão com os eixos. . e escolha "Alinhar View". que está alinhado com o seu novo eixo em vez dos eixos originais. Botão direito do mouse sobre o eixo. Ver alinhar com Axis  A vista de cima mostra que o edifício ainda é rodado. quando você desenhar um retângulo. Agora.

Se você quiser salvar um eixo definido para uso posterior. Isto irá levá-lo para uma planta. que você pode desativar se você quer um plano verdadeiro. ainda com a perspectiva de. você pode criar uma cena que pode salvar este. . Redefinir Eixo  Clique novamente no eixo e desta vez escolha "reset" para voltar aos eixos de origem.

 Este é um fluxo de trabalho mais fácil então manualmente desinstalar e reinstalar plugins.  Se você tiver problemas estranhos com Openstudio.Desabilitando Extensões  Muitos usuários do Google SketchUp tem vários plugins de terceiros SketchUp.  Você não pode sempre quer carregar todos os plugins. vá para "Extensões".  Para gerenciar plugins. porque você quiser acelerar o SketchUp ou há um conflito entre plugins. .  Ligar um plugin irá exigir a reinicialização SketchUp para habilitá-lo.  Você pode transformar qualquer plugin off para desativá-lo imediatamente. sob o Windows-> menu Preferências-> Extensões. tente desativar todos os outros plugins para ver se o problema é causado pelo conflito.

It will not be there when you reopen the IDF.  You can select the map data for a specific time (4:00 p.) . you can return it to the OpenStudio file.Opening CSV files in Microsoft Excel Illuminance Map  If an IDF file has an Illuminance Map (as well as zone loads for lighting and daylighting controls). (Credit: David Goldwasser/NREL)  The resulting Excel chart follows. the simulation results will contain a CSV file with the Illuminance Map data. (If you save it to the OpenStudio file. This file will be in the same directory as the IDF file. In this case the file is called "GeometryTest-OutputIlluminanceMap. For example. shown) and create a contour chart to view the map.m. it remains there for your current session only. You can save this via a screenshot or image export from Excel to use elsewhere.csv".

minY of the Illuminance Map. go to File Import and check the button for "Use as Image" to bring the image in as its own object. . Again. this will not be saved with the IDF file. (Credit: David Goldwasser/NREL)  The resulting image object should appear something like this. it is only a viewing reference for your current OpenStudio session. and then click on the opposite corner.(Credit: David Goldwasser/NREL)  To overlay the map image on the OpenStudio Illuminance Map. click first on the minX. To place it. .

This contains all the data available to use in the OpenStudio results viewer.(Credit: David Goldwasser/NREL) Report Variables  If Report Variables is checked when the simulation is run. as well as additional data that OpenStudio may not have access to. in this case "GeometryTest.  The following screenshot shows a bar chart that uses the values for the Daylighting Reference Point in "DORM ROOMS AND COMMON AREAS" over the course of the day on June 21.csv". EnergyPlus will create a file with the same name as your IDF but with a ".  (Credit: David Goldwasser/NREL) .  You can open this file in Microsoft Excel and export the data or create charts to present or analyze the data.csv" extension.

Dependendo de suas necessidades. você pode encontrar um método mais útil do que o outro. mas sim.idf" usado na documentação Openstudio.  Ao executar uma simulação.     Os mesmos dados podem também ser vistos como uma trama de inundação.  Saiba mais sobre e descarregue ResultsViewer .  Este tutorial não ensina como usar ResultViewer. apresenta a ele e lhe mostra alguns resultados. A interface permite que você zoom em datas específicas. Os valores lux estão agora representados como cor. Seus muitos recursos vai ajudar você visualizar dados em um número de maneiras. Amostra Iluminação Daylight  Daylighting controles de dados ponto de referência para "Quartos porta e áreas comuns" zona é mostrado como um gráfico de linha. dias do ano estão no eixo "X".Abertura de arquivos SQL em ResultsViewer Sobre ResultsViewer  ResultsViewer é um novo aplicativo que permite visualizar os resultados da simulação de EnergyPlus. . com uma legenda à direita da trama. Os resultados aqui são do "GeometryTest.  Este gráfico mostra lux valores ao longo do ano. verificar os resultados "pedido em formato SQLite" para ter acesso aos dados no Visualizador de Resultados. Horas estão no eixo "Y".

Superfície exterior Temperaturas Exemplo  Temperaturas de superfície exteriores para o telhado do "quartos ao e áreas comuns" zona mostrado como um gráfico de linha ao longo de um ano. .

em vez de um ano. mas é visto agora ampliada para algumas semanas. Este é o mesmo conjunto de dados.  Aqui você pode ver as flutuações do dia-a-dia da temperatura da superfície. .

. Os mesmos dados. desta vez como uma trama de inundação.

Índice de brilho  Em vez de uma tela. importá-lo para uma apresentação ou papel. em seguida.  Esta imagem mostra o brilho no local do Ponto de Controle Referência iluminação natural. Você pode salvá-lo como uma imagem e. a imagem a seguir mostra o que você pode exportar diretamente ResultsViewer. .

 Abaixo é um outro exemplo brilho. o telhado inclinado que recebe uma grande quantidade de luz solar direta. desta vez do "Foyer PSI". .

Screenshot Openstudio de edifício que está sendo usado para este tutorial  Uma imagem de Openstudio do edifício a ser utilizado para os resultados neste tutorial segue. .

consulte o "Ver Simulação Tutorial Resultados" . ou se você estiver usando uma ferramenta que vai gerar as variações de design para você. Por exemplo. Abaixo estão alguns exemplos do que você pode variar de um modelo para o outro. Escolha "Info Plugins / Openstudio / Simulação". é bom para executar simulações em uma série de modelos que têm um aspecto mudou ligeiramente de modelo para modelo de olhar para a sensibilidade de energia para o aspecto sendo alterada.  O primeiro passo é abrir o seu arquivo IDF em Openstudio e vá para o menu de plugins no SketchUp.Lote executando várias simulações usando EP-lançamento Prepare arquivos IDF  Muitas vezes. no Estúdio Aberto. IDF 301 . Para esta demonstração a criação IDF será manual. Mudar o sistema de coordenadas para "coordenadas relativas". eo aspecto do projeto que vai mudar é a orientação do edifício.Incidente superfície Ext Solar em 1:15 pm em 5/12  Para ver os resultados da simulação para este edifício. Pode haver momentos em que você não precisa criar vários arquivos IDF. o o o o o o o o o orientação do edifício parede R-valor percentagem de vitrificação geometria dos dispositivos de sombreamento alterações cronograma de ocupação relação de aspecto de edifício número de andares localização do edifício posicionamento do painel solar  O primeiro passo é o de criar um conjunto de arquivos IDF baseados em um arquivo original. se você está apenas simulando um projeto em várias cidades. .

criar tantas cópias do arquivo que você deseja executar. Renomeie-os para identificar o que está a mudar. salve e feche o arquivo IDF. por exemplo. onde o ângulo de rotação do Norte alterado de "0" a "20" graus. Uma vez que o sistema de coordenadas foi definido. a adição de um prefixo de "020" para identificar um ângulo de rotação de 20 graus. .  Abaixo você pode ver um campo IDF. Em seguida.

exe".Voltar ao topo Lote simulações feitas com EP-lançamento  Uma vez que seus arquivos foram criados ir para a pasta EnergyPlusV5-0-0 e abrir o "EP-Launch. Pressione o botão "Novo Grupo" botão para começar. . Este aplicativo pode ser usado para executar simulações simples ou para executar várias simulações. Note-se que no Mac OS luz Ep-lançamento não suporta simulações de lote ou de grupo.

. O próximo passo é escolher os arquivos IDF você deseja simular. Uma vez que você definir o caminho que você pode escolher todos os arquivos manualmente ou escolhê-los.

então a lista de arquivos IDF será simulada para cada local de clima. . você tem uma oportunidade de adicionar simulações adicionais. ou remover os específicos da lista. Em seguida.  Depois de escolher os arquivos IDF e do tempo. você terá 40 simulações. você pode escolher um ou um grupo de arquivos do tempo. se você tem 10 arquivos IDF e 4 arquivos de tempo. Se você escolher um grupo de arquivos de tempo. Então.

 Em seguida. Escolha "Local User Defined". . você define onde os resultados da simulação será salvo.

 Você será solicitado para um caminho para salvar o arquivo Grupo EnergyPlus. Isso economiza todas as suas preferências facilitando a re-executar a simulação lote se você fizer alterações nos arquivos IDF. você terá uma sub-pasta para cada configuração local do tempo para o grupo. Todos os resultados da simulação estão dentro do correspondente pasta tempo.  Quando a execução de simulação é feito. Depois que escolher "Grupo Simular" para iniciar as simulações. .

Ele está localizado sob a instalação EnergyPlus em "PostProcess \ EPComparar \ EP-Compare. escolha "Gerenciar Arquivos" e escolha o diretório com as simulações que você deseja comparar. Compare-PE é feito apenas para isso. como você faria para uma única simulação. Você pode olhar para o html e arquivos de erro. e pode abrir o IDF em Openstudio e carregar o arquivo ESO. Há também algumas boas ferramentas que funcionam bem para a visualização de resultados de simulações de uma vez. . Quando você abri-lo.Voltar ao topo Veja o resultado da simulação de lote    Você pode ver os resultados da simulação para cada simulação.exe".

e "160" encontra-se no direito (20 passos de graduação). Era um edifício simétrico de modo que o conjunto de simulação não precisa passar por toda a 360 graus de rotação. a rotação do Norte de "0" está no lado esquerdo. Cada secção do gráfico é para uma das simulações. Uma vez que os arquivos são carregados. . Neste caso. você pode visualizar os dados em uma variedade de maneiras diferentes.

se você usar a ferramenta de filtro que você pode cortar a sua lista de variáveis e escolher um de cada arquivo de simulação. em seguida. o que foi solicitado. ResultsViewer é outro aplicativo para a visualização de resultados de simulação. também pode abrir vários arquivos de uma só vez do SQL. O gráfico abaixo mostra os resultados mensais. juntamente com os valores de hora em hora nos arquivos IDF. Embora seja muito agradável para visualizar os detalhes de uma única simulação. . clique direito e escolha "gráfico de linha". ResultsViewer irá mostrar-lhe uma imagem mais detalhada sobre momentos específicos do ano ou tempos ou momentos do dia. Então. "Ctrl" clique em cada valor que você quer e.

mas você também pode olhar para as zonas específicas. Você pode ver que há alguma . O gráfico acima olha para todo o edifício. O gráfico abaixo mostra a taxa de resfriamento sensível para uma das zonas do perímetro primeiro piso.

. dependendo da época do ano. dependendo da orientação do edifício.cruz sobre na ordem de empilhamento das linhas. Esta poderia ser uma boa ferramenta para informar o que dispositivos de sombreamento pode precisar olhar como em fachadas diferentes.

o Você pode querer mudar o projeto do edifício e. . o Esta é uma poderosa ferramenta que alavanca o trabalho já feito para criar o modelo de energia. Vários aplicativos são projetados exclusivamente para editar arquivos IDF. dispositivos de sombreamento. É um arquivo de texto. Abaixo está uma imagem do presente aplicativo com a "Construção" objeto destacado. A "Construção" objeto é o objeto de nível superior quando você está em Openstudio. Openstudio é um desses. voltar e re-executar o grupo de simulação novamente. Depois de ter concluído a sua simulação de lote e analisou os resultados espero que você ganhou informações para informar o seu processo de criação. Ela também ajuda a validar os pressupostos sobre a eficiência de variações de design diferentes.  Todos os editores de texto pode editar arquivos IDF.Introdução ao arquivo IDF Editores IDF  IDF é o formato de arquivo padrão para modelos EnergyPlus. mas com um ". Ele contém as zonas e os grupos de sombreamento. Txt" extensão. IDF Primer . o Se você está feliz que você abordou a orientação do edifício para o projeto.  Não é um dedicado IDF aplicativo de edição chamado "IDFEditor" incluído com EnergyPlus. então talvez você criar um grupo de nova simulação para estudar o percentual de vidros. ou em construções de envelope. Não poderia haver uma série de coisas que você poderia fazer ao lado de acompanhamento. em seguida. Idf" contra um ".

Este texto é o mesmo que o que você vê acima. O "objecto de texto" é só ler. sem uma interface gráfica. mas as atualizações quando você alterar as informações em "Entradas objeto".  O "Informações do objeto" em Openstudio mostra esta mesma informação em "Entradas de objeto" no topo e no "objeto Texto" abaixo. . no arquivo de texto. Você também pode abrir e editar um arquivo IDF com qualquer editor de texto. Abaixo você pode ver a mesma informação para o edifício como texto simples.

Distribuição Solar! 25. eles podem ser de utilizador ou adicionado por um editor dedicado. -! número máximo de dias Warmup  Nada após um "!" caracteres em uma linha é um comentário que EnergyPlus não lê. =========== todos os objetos de classe:! CONSTRUÇÃO =========== Building. Temperatura valor de tolerância de Convergência {} Deltac! FullInteriorAndExterior. Nome 0.Carrega valor de tolerância Convergência! 0.04.0. ! Protótipo BA_MOB.Voltar ao topo Anatomia de um arquivo IDF e objeto IDF  Abaixo está o texto de amostra de um arquivo IDF. .Eixo Norte {graus}! City. Os tópicos a seguir vai quebrar os elementos do objeto. . . Comentários são utilizados apenas para fornecer o contexto ao editar o arquivo IDF à mão.Terreno! 0. .4. .

Dentro de um objeto a ordem dos campos é fundamental. de suas construções. Se você abrir o "EPlusMainMenu. que está bem. Comentários e quebras de linha são opcionais. Documentação EnergyPlus  EnergyPlus tem documentação PDF extenso. Isso permite que EnergyPlus sabe que chegou o fim do objeto. em vez de uma vírgula. Não vai afetar a forma como funciona a simulação EnergyPlus. Este texto começa um novo objeto EnergyPlus. a linha não-branco é o único com "Construir". mas tornar o arquivo mais fácil de ler. que também está bem. Esta é em seu computador sob a "EnergyPlusV5-0-0 \ Documentação" da pasta. declara o tipo de objeto que se segue.  Um arquivo IDF é composto de uma série de objectos individuais. . Se você quiser colocar materiais ao lado das construções que os utilizam. O "Pressione para pesquisar documentos" botão irá abrir uma janela de busca que vai permitir que você procure por todos os arquivos de documentação de uma só vez. O primeiro comentário não. Este tipo é seguida por uma série de campos separados por vírgulas. Passe o mouse sobre o texto para ver uma descrição do arquivo e clique sobre ele para abrir o arquivo.pdf" arquivo que você vai ver um índice clicável para muitos dos arquivos de documentação. Este é o texto azul na parte esquerda.  Se você quiser colocar todos os seus materiais juntos e então. O primeiro campo em cada objeto. porém a ordem dos objetos dentro do arquivo podem ser alterados. O último campo de um objecto é seguido por um ponto e vírgula.

idf" arquivo exemplo é usado no "IDF 201" tutorial. "Energia +. O "esquema geral / metodologia para EnergyPlus execução" é uma grande seção de ler. Idd" arquivo com um editor de texto para uma descrição mais breve dos campos para cada objeto. "Programas auxiliares" introduz uma série de aplicativos que você pode usar junto com EnergyPlus incluindo processadores de pré e pós. este é o lugar para olhar. está a entrada de DDI para o "Edifício" objeto como visto em um editor de texto. Ele explica o que é EnergyPlus. O "Entrada / Saída de Referência" arquivo contém 2. Abaixo. EnergyPlus vem com arquivos de exemplo muitos IDF no âmbito do "ExampleFiles" e "DataSets" pastas.     "Introdução" é um ótimo lugar para começar a aprender. O "GeneratorswithPV.000 páginas descrevendo apenas sobre cada tipo de objeto EnergyPlus. IDD" arquivo lista o mínimo. Alguns deles contêm modelos de energia completos. que pode ser usada para executar individual e simulações em lote e também o "IDFEditor" discutido anteriormente. Além disso. enquanto outros contêm objetos que você pode incorporar em seu próprio arquivo IDF. tem alguns tutoriais sobre a criação de zonas térmicas a partir de um plano. máximo e os valores padrão para cada tipo de objeto. . e execução de simulações. Você também pode procurar no "+ Energia. dá introduções para "EPlançamento". Quando você vê um objeto e você quer saber como ele é usado ou o que os campos são obrigatórios.

 O PDF Input Output dá-lhe mais de uma descrição do que cada campo exige e como ele é usado. .

. O PDF Input Output normalmente dá-lhe também um pedaço do IDD relevante a esse objeto.

Este tutorial irá passar por cima de alguns exemplos. você provavelmente vai ter de modificar ou acrescentar novos horários para suas necessidades particulares. Você pode atribuir os horários de objetos. Estes são espaços reservados para horários.IDF 101 . mas você precisa para criar o conteúdo para o horário fora do Openstudio antes de executar uma simulação. . pessoas. A Zona de diálogo Cargas permite criar stubs novo agendamento. A Zona de diálogo Cargas é retratado abaixo.Ele assume que você leu o tutorial cartilha IDF e estão familiarizados com a estrutura de um arquivo IDF. No entanto.  Openstudio arquivo do modelo tem um número de construído em horários de iluminação.Edição e copiar objetos IDF Horários editar IDF  Existem muitos objetos dentro de um arquivo IDF que você vai precisar alterar ou copiar fora do Openstudio. juntamente com o alerta de que você vê depois de criar e nomear um esboço novo agendamento. etc Você pode simplesmente usar estes horários para o seu modelo de construção.

Dia o cronograma e horários foram ajustados. Abaixo é parte de um arquivo IDF mostrando dois horários. . Uma vez que o calendário é mudar você pode selecioná-lo e usá-lo para simulações em Openstudio. O topo é uma das programações no arquivo Openstudio modelo IDF. O fundo mostra uma cópia alterada e renomeada do cronograma.

Fracção pode ser usada para identificar a fracção de ocupação máxima. "Programar: compacto". Alguns outros tipos são "fração" e "temperatura".Seguido por detalhe para 1/6 a 08/31. Através de: 08/31.  Você pode ter a mesma programação diária para todos os dias. feriados e outros dias.Seguido por detalhe para 1/1 a 05/31. ! .  "Horas de horário de funcionamento" é o nome do objeto.  Horário no formato de 24 horas.0" é relativa. e da temperatura podem ser utilizadas para controlar pontos de regulação do termostato. ou fazer programas originais para fins de semana. O primeiro "Até" declaração é de meia-noite até o tempo indicado (06:00 e 07:00 nos exemplos acima).Seguido por detalhe de 08/31 a 12/31.  Os esquemas acima são o mesmo ao longo do ano inteiro. Através de: 12/31. esta foi a escola. "0. Projeto dia de inverno e verão são dias especiais utilizadas por EnergyPlus para simulações dia de design. Veja a imagem abaixo para alguns exemplos de "Tipo de agenda" valores. por exemplo. Sua última "Através de" declaração deve ser "Através: 12/31".  O primeiro "Através de" declaração é sempre de 01/01 até essa data. Abaixo está uma lista de + Energia.0" está desligado. e "1.  A abordagem para as horas do dia é semelhante. O número depois do tempo é o valor para o limite de tipo. haveria três instruções únicas semelhante ao que é mostrado abaixo. identifica o tipo de objeto que está sendo descrito. . ! . IDD dos tipos de dias diferentes que você pode usar. Se. O de cima é apenas ligado ou desligado. Olhe através da documentação EnergyPlus para mais informações sobre dias de projeto. ! . em qualquer momento dado. que determina o tipo de valores que podem ser inseridos no programa. o o o o o o Através de: 05/31. e daí o "Através: 12/31". Neste caso.  Horários ter um "Tipo de Programação".

ou seja.o \ Campo DataType lista 1 \ begin extensível nota \ "Para" é um prefixo opcional / início do Para campos. "Fins de semana de férias" nota \ Deve ter um espaço após Pois. .  Abaixo está uma tela mostrando a descrição de "Horário: Compacto" no arquivo pdf InputOutputReference EnergyPlus. "Para Alldays" \-campo requerida \ escolha do tipo \ chave Alldays \ Dias úteis chave \ chave fins de semana \ chave domingo tecla \ segunda-feira \ chave terça-feira \ chave quarta-feira tecla \ quinta-feira \ chave de sexta-feira tecla \ sábado \ chave de férias \ chave SummerDesignDay \ chave WinterDesignDay \ chave CustomDay1 \ chave CustomDay2  Abaixo estão alguns exemplos de tipos de programação que podem ser atribuídos a um cronograma. se ele está incluído. ou seja. As escolhas podem ser combinados em linha única nota \ se separadas por espaços.

mas você não pode executar uma simulação até que você editar o IDF para definir as camadas de material para o objeto da construção. o que lhe permite começar a atribuir que a construção de superfícies.Voltar ao topo Materiais e Construções  Outro objeto IDF que você pode querer mudar são as construções e materiais subjacentes usados para superfícies de construção.  Existem vários arquivos de conjunto de dados com EnergyPlus que definem os materiais de construção comuns e construções. .  Similar ao diálogo Cargas Zone. o padrão de diálogo Construções permite criar stubs de construção nova. Tal como acontece com os tocos de programação.

Os objetos são bastante autoexplicativo. Abaixo estão algumas construções exemplo do arquivo de modelo Openstudio IDF. . lista as camadas de materiais usados. Tal como acontece com todos os objetos. lembre-se de usar um ponto e vírgula em vez de uma vírgula após a última camada. Eles têm um nome. e em seguida.

Se o campo opcional (s) que deseja pular estão no final da lista de campos.  Há muitas configurações de materiais mais avançados e tipos de materiais especiais. seguido por campos. Se você tivesse tijolos finos e grossos dos feitos do mesmo material exato. Existem outros campos opcionais que EnergyPlus atribui valores padrão para que eles não são descritos no IDF. você pode deixá-los fora. você ainda teria dois objetos materiais separados para descrevê-los.  Como você modificar seus materiais e das construções tenha em mente que você tem que manter os nomes em sincronia. afinal? Este é apenas um nome. Olhe abaixo em materiais de amostra. que nominalmente é de 100 mm. Você teria que ter uma vírgula lá para indicar a posição do campo. Você pode aprender sobre eles no arquivo InputOutputReference. Cor do material é um exemplo de um campo com um valor padrão. Existem também campos para a rugosidade de material. . O tijolo é 0. a densidade de condutividade térmica e calor específico. Então. mas um poderia imaginar que representa um tijolo que é de 100 mm de espessura. lembre-se que EnergyPlus não usar os comentários à direita. a primeira linha indica que estamos descrevendo uma "Material" objeto. e verá que não é apenas um material que está sendo descrito. mas também a espessura do material de que uma vez que irá ser utilizado numa construção. o que é "tijolo M01 100 milímetros". mas se houvesse um campo opcional e você não quis atribuir manualmente um valor. como "Material: RoofVegitation". mas não alterar o nome utilizado na construção.  Os campos abaixo são todos necessários. Em seguida é um nome.  Tal como acontece com todos os objetos. EnergyPlus irá reportar um erro de volta quando você executar uma simulação. você não pode simplesmente ignorar o campo.pdf.1016 metros de espessura. de modo que o nome era um bom indicador disso. Se você alterar o nome do material. de modo que só pode usar a ordem dos campos para identificar o que campo um valor pertence.

Todos eles servem a um propósito. ele não salva estes objetos ao seu arquivo IDF trabalho. No entanto. Você pode ver o arquivo que Openstudio corre por olhar para o "in.  Openstudio adiciona objetos IDF para o seu modelo de construção para a direita antes de ficar dependendo de quais caixas você registrou. você pode adicionar estes pedidos de saída usando um editor de texto ou IDF caso em que você não precisa usar Openstudio para pedir saída. sob a guia de resultados abaixo. .Adicionando novo IDF objetos Adicionar os relatórios de saída adicionais  Existem centenas de opções de saída EnergyPlus. Openstudio faz alguns dos tipos de relatórios mais comuns directamente acessíveis a partir da "Simulação Run" de diálogo. dependendo de quais informações você está procurando a partir de sua simulação.idf" arquivo em seu diretório de execução.IDF 201 .

incluindo a discriminação da janela à relação de parede para todas as paredes do projeto. Isto fornece um número de resultados diferentes. Outro relatório anual predefinido resumo é a verificação de entrada e resumo dos resultados. . dividido pela direção as paredes estão enfrentando. O Edifício Resumo do Desempenho Anual Utility é um relatório de síntese anual predefinido. O texto abaixo é tudo o que tem de ser adicionado ao seu arquivo IDF para solicitar este relatório.

o Saída: Tabela: ! InputVerificationandResultsSummary, - Nome do relatório

SummaryReports,

 Abaixo você pode ver alguns dos resultados do relatório de verificação de entrada, que estão contidas no EnergyPlus ". Html" a saída do arquivo que é criado no mesmo diretório que o seu arquivo IDF.

 Você pode adicionar relatórios adicionais sob a "Saída: Tabela: SummaryReports" objeto. O Resumo Envelope lista paredes e detalhes a sua construção, reflexão, U-Factor, juntamente com uma série de outros resultados. Resumo sombreamento irá detalhar para cada janela que fração da janela é na sombra em nove diferentes épocas do ano (09:00 meio-dia, e, em três horas sobre os solstícios e equinócios). Veja a lista de Energia + idd para. "Saída: Tabela: SummaryReports" para ver a lista completa das tabelas de saída predefinidos.

o Saída:

Tabela: InputVerificationandResultsSummary,

-

Relatório

SummaryReports, nome!

EnvelopeSummary, ShadingSummary; - Relatório nome!

-

Nome

do

relatório!

 Abaixo você pode ver alguns dos resultados do relatório de síntese envelope, também no arquivo "html" contida no mesmo diretório do seu arquivo IDF.

Voltar

ao

topo

Adicionar um gerador fotovoltaico (Gerador: Fotovoltaica) objeto  Adicionando os relatórios de saída foi muito facilmente. Você pode adicionar algumas linhas de texto e você está feito. Adicionando algo como um gerador fotovoltaico envolve o trabalho um pouco mais. Existem alguns objetos que têm de trabalhar em conjunto com os outros, e com objetos que você já pode ter em seu modelo.  Abaixo está uma imagem do modelo que será utilizado para esta demonstração. Etiquetas SketchUp foram adicionados para identificar os nomes de superfície e do gerador PV onde serão adicionados. Isso não é salvo com o IDF, mas apenas foi adicionado para esta demonstração.

 Quando quiser adicionar um objeto mais complexo como este em seu modelo muitas vezes há um arquivo de exemplo relevante que tem todas as peças que você precisa. Você pode copiar e alterar os objetos, conforme necessário. Neste caso, o arquivo de exemplo que você pode se referir a está no EnergyPlus pasta de arquivos de exemplo e com o nome "GeneratorswithPV.idf". Quanto mais simplificado IDF usada neste tutorial está incluído na instalação Openstudio em "objetos Openstudio / exemplos / PV e modelo de amostra / Sample_PV_object_in_model.idf".  Há um certo número de objectos a adicionar, a fim de tornar o sistema fotovoltaico funcionar apropriadamente. Primeiro são uma série de "ElectricLoadCenter" objetos relacionados.

o ElectricLoadCenter: Distribuição, ! Centro da carga elétrica simples, Nome ! lista PV, Name Generator Lista ! base, que Gerador Tipo de esquema de operação ! 0, - Esquema Limite de Demanda Comprado Limite de Demanda Elétrica {W} , Track Programação Programação esquema de nome! Nome , faixa medidor Esquema Nome medidor! DirectCurrentWithInverter, Elétrica Buss Tipo! Inversor simples Ideal; - Objeto Inversor Nome! ElectricLoadCenter: Inversor: Simples, Simples Inversor Ideal, - Nome! sempre On, - Nome Horário Disponibilidade! , - Zona! Nome 0.0, - Fração

radiativa! 1,0; - Inversor Eficiência! ElectricLoadCenter: Geradores, ! lista PV, - Nome ! SIMPLES PV ShadingSurface, - Name Generator 1 ! Gerador: fotovoltaica, - Gerador de um objeto Tipo 20000, Gerador de uma classificação elétrico! Saída de potência ! sempre On, - Gerador de um nome de programação Disponibilidade , - Gerador de uma térmica nominal de Energia Elétrica Relação! simples e integrado PV, - Name Generator 2! Gerador: fotovoltaica, - Gerador 2 Tipo de objeto! 20000, - Gerador 2 Nominal elétrico! Saída de potência ! sempre On, - Gerador 2 Nome agenda de disponibilidade , Gerador 2 térmica nominal à relação de Energia Elétrica! SIMPLES Telhado Pavimentadora PV, - Name Generator 3! Gerador:! fotovoltaica, - Gerador 3 Tipo de objeto ! 20000, - Gerador 3 Melhores Saída de Energia Elétrica sempre On, - Gerador 3 Nome Horário Disponibilidade! ; -! Generator 3 térmica nominal à relação de Energia Elétrica

 O "PhotovoltaicPerformance: Simples" objeto descreve a eficiência dos nossos painéis, bem como o percentual de nossa superfície é coberta com o PV. Para esta demonstração os três geradores usar o mesmo "PhotovoltaicPerformance: Simples" objeto, mas cada gerador também pode ter o seu próprio "PhotovoltaicPerformance: Simples" objeto. o PhotovoltaicPerformance: 12percentEffPVhalfArea, 0,5, - Fração de área de superfície com células fixo, Conversão de Modo 0,12; - Valor para a Eficiência celular se fixa! Simples, Nome! adimensional! Eficiência!

solares de

ativos {} entrada

 Em seguida, temos o "Gerador: Fotovoltaica" objetos. Observe como os nomes abaixo corresponder-se com os nomes para o "ElectricLoadCenter: Geradores" acima. Os Geradores abaixo também se referem ao "PhotovoltaicPerformance: Simples" objeto pelo nome e, por fim, eles se referem a superfícies já existentes no modelo por nome ("sombra externa", "Painel de tímpano", e "teto"). o Gerador: fotovoltaica, ! SIMPLES PV ShadingSurface, Nome ! sombra externa, - nome da superfície ** mudar para corresponder à sua superfície PhotovoltaicPerformance: Simples, - Fotovoltaica Desempenho de tipo de objeto! 12percentEffPVhalfArea, Nome do Módulo de Performance! dissociado, Calor modo de Integração Transferência! 1.0, Número de módulos em paralelo {} adimensional! 1,0; - Número de módulos em série {} adimensional! Gerador: fotovoltaica, simples e integrada PV, Nome! painel tímpano, - nome da superfície ** mudança para corresponder à sua superfície! PhotovoltaicPerformance : Simples, - Fotovoltaica Desempenho de tipo de objeto! 12percentEffPVhalfArea, - Módulo Nome Performance! IntegratedSurfaceOutsideFace, Transferência de Calor Integração Mode! 1.0, - Número de módulos em paralelo {} adimensional! 1,0; Número de módulos em série {} adimensional! gerador: fotovoltaica, SIMPLES Telhado Pavimentadora PV, - Nome! telhado, - Nome Superfície ** mudar para corresponder à sua superfície! PhotovoltaicPerformance:! Simples, - Fotovoltaica Desempenho de tipo de objeto !

0.0. Seu modo de transferência de calor é definida como "IntegratedExteriorVentedCavity". PVModule (vidro). número de 0. parede. sombra externa. -! exposição ao . ! . o Sombreamento: Edifício:. O material de construção e para isso é bem típico de uma parede exterior normal. Nome Transmitância ! 4. -! número de 0. Construção Edifício Teste PV. Vertex uma coordenada Y 3.000000. alguns . Nome! Tipo! nome! zona! Fora! objeto! sol! vento Ground vértices {m} {m} {m} Construção.12percentEffPVhalfArea.Número de módulos em paralelo {} adimensional 1. Superfície PVSpandrlPanel. e que o painel fotovoltaico aquece. fora do limite condição de SunExposed. -! Vertex uma coordenada Y 1. Você pode ver acima que o gerador para isso tem o seu calor modo de integração de transferência definida como "IntegratedSurfaceOutsideFace". ele não transfere calor para a zona térmica do edifício. -! Vertex 1 coordenada Z <cut short> o PVSpandrlPanel.000000. -! Vertex 1 X-coordenadas 0. Condição de Contorno . -! Número de módulos em série {} adimensional  O PV superfície de sombreamento é termicamente do edifício. -! fator de visão ao 4. PVModule (vidro). -! Vertex uma coordenada Z <cut short> ! detalhada Nome Horário vértices {m}! {m}! {m}  O painel é ligado ao tímpano do edifício.524000. Vertex 1 X-coordenadas -1. !.Transferência de Calor Integração Modo de 1. . transferir uma parte do calor que para a zona térmica tal como a maioria das outras superfícies externas. Exposição ao WindExposed.Módulo Nome Desempenho ! IntegratedExteriorVentedCavity. À medida que a superfície se aquece. o BuildingSurface: painel de tímpano. nome da Ar Livre. B4 3 em E6 . Para conseguir isso.000000. -! camada 4 o isolamento. Uma vez que este objecto só fornece sombra e não faz parte de uma zona térmica. ele não tem uma construção. Nome! camada exterior! Layer 2! Layer 3! A cobertura tem o painel ligado em um método que simula uma caixa de ar entre o painel e o tejadilho.048000. detalhada. Abaixo está o texto IDF relevante para o objeto.1/2 EM GYP revestimento bordo.371600. .

fora do limite condição de objeto ! SunExposed. . -! espessura efetiva da cavidade por trás Exterior Baffle {m} 0. PVRoofPaverExtVentCav1.Nome! PVRoofPaverSystem1.Layer 4! SurfaceProperty: OtherSideConditionsModel. -! Vertex uma coordenada Z {m} <cut short> !  Construção.97.* * alterar nome da superfície ao usar IntegratedExteriorVentedCavity Calor Transfer Mode  No final.9. -! número de vértices 0.0. Nome! IN35. para apontar para a superfície desejada. -! Exposição Vento 0. . ajuste a construção dessa superfície quando necessário para simular adequadamente como ele será construído. telhado. É só solicitar que você quer. são referenciados na superfície do objecto.05. -! proporção de área de superfície real para área de superfície projectada {} adimensional suave. -! absortividade Solar do Exterior Baffle {} adimensional 0. Zona Nome ! OtherSideConditionsModel. Emissividade térmica de Material Exterior Baffle! {} adimensional 0. PVRoofPaverUnderlayment.791200.1. Nome! GapConvectionRadiation. Estes. PVRoofPaverSystem1. você tem uma cadeia de objetos conectados referência uns aos outros que é algo como isto: ElectricLoadCenter> Generator> PhotovoltaicPerformance superfície &> Material de Construção>  Enquanto isso parece muito complicado você realmente pode simplesmente copiar e colar tudo no arquivo de exemplo Openstudio que cai abaixo da linha que diz "-! =========== Objetos importados PV ======== === ".Eficácia para perfurações com respeito ao Vento {} adimensional! 0.  Por último para ver os resultados de simulação para o sistema fotovoltaico é preciso solicitar esses resultados. -! Escala de Altura para Flutuabilidade-Driven Ventilação 0. camada exterior! COBERTURA construído COBERTURA 3/8 IN.Rugosidade de Superfície Exterior! 0.05. .02. Exposição de Sun WindExposed. -! Vertex 1 X-coordenadas {m} 6.5. .096000. Depois de colar isso você só precisa atualizar os objetos do Gerador. . Condição de Contorno Fora ! PVRoofPaverSystem1. .92.000000.  BuildingSurface: detalhada. . tipo de superfície ! PVRoofPaverUnderlayment.objetos têm que ser acrescentado que simular a caixa de ar. e em seguida. Limite Nome do modelo Condições! 0. Nome ! telhado. por sua vez. -! Vertex uma coordenada Y {m} 5. Layer 3! MAT METAL. Construção Nome ! Edifício Teste PV. Layer 2! INS-Telhado-R_15.fração de área de aberturas {} adimensional! 0. coeficiente de descarga para aberturas com Respeito a flutuabilidade! Fluxo Conduzido {} adimensional telhado. Tipo de Modelagem! SurfaceProperty: ExteriorNaturalVentedCavity. -! fator de visão ao Ground 4. Você não tem que pedir a todos tudo o mostrado abaixo.

horária. de hora em hora. saída: Variável. * Saída do Inversor de alimentação CA.Lote executando várias simulações usando EP-lançamento . IDF 301 . saída: * Variável..  O próximo tutorial irá demonstrar como variações de lote de execução de um modelo. a cada hora. saída: Variável. PV Eficiência Array. que só gera energia. Uma utilização importante para isso seria para estudar o efeito de alterar o ângulo dos painéis sobre a quantidade de electricidade produzida. de hora em hora. * Saída do Inversor de Energia AC. *. Este modelo não tem nenhum cargas internas ou sistemas de HVAC para que ele não está usando toda a energia. saída: Variável. PV Gerador de energia DC. saída: Variável *. Cell PV  Abaixo você pode ver os resultados da simulação. PV Gerador de Energia DC. de hora em hora.o Saída: variável *.

Prepare arquivos IDF  Muitas vezes. .  O primeiro passo é abrir o seu arquivo IDF em Openstudio e vá para o menu de plugins no SketchUp. é bom para executar simulações em uma série de modelos que têm um aspecto mudou ligeiramente de modelo para modelo de olhar para a sensibilidade de energia para o aspecto sendo alterada. Por exemplo. ou se você estiver usando uma ferramenta que vai gerar as variações de design para você. o o o o o o o o o orientação do edifício parede R-valor percentagem de vitrificação geometria dos dispositivos de sombreamento alterações cronograma de ocupação relação de aspecto de edifício número de andares localização do edifício posicionamento do painel solar  O primeiro passo é o de criar um conjunto de arquivos IDF baseados em um arquivo original. Pode haver momentos em que você não precisa criar vários arquivos IDF. eo aspecto do projeto que vai mudar é a orientação do edifício. se você está apenas simulando um projeto em várias cidades. Mudar o sistema de coordenadas para "coordenadas relativas". Abaixo estão alguns exemplos do que você pode variar de um modelo para o outro. Escolha "Info Plugins / Openstudio / Simulação". Para esta demonstração a criação IDF será manual.

Em seguida. onde o ângulo de rotação do Norte alterado de "0" a "20" graus.  Abaixo você pode ver um campo IDF. Renomeie-os para identificar o que está a mudar. Uma vez que o sistema de coordenadas foi definido.exe". a adição de um prefixo de "020" para identificar um ângulo de rotação de 20 graus. . Voltar ao topo Lote simulações feitas com EP-lançamento  Uma vez que seus arquivos foram criados ir para a pasta EnergyPlusV5-0-0 e abrir o "EP-Launch. Este aplicativo pode ser usado para executar simulações simples ou para executar várias simulações. criar tantas cópias do arquivo que você deseja executar. salve e feche o arquivo IDF. Note-se que no Mac OS luz Ep-lançamento não suporta simulações de lote ou de grupo. por exemplo. Pressione o botão "Novo Grupo" botão para começar.

 O próximo passo é escolher os arquivos IDF você deseja simular. . Uma vez que você definir o caminho que você pode escolher todos os arquivos manualmente ou escolhê-los.

 Depois de escolher os arquivos IDF e do tempo. Em seguida. Então. ou remover os específicos da lista. você pode escolher um ou um grupo de arquivos do tempo. então a lista de arquivos IDF será simulada para cada local de clima. você tem uma oportunidade de adicionar simulações adicionais. você terá 40 simulações. se você tem 10 arquivos IDF e 4 arquivos de tempo. Se você escolher um grupo de arquivos de tempo. .

. Em seguida. você define onde os resultados da simulação será salvo. Escolha "Local User Defined".

Todos os resultados da simulação estão dentro do correspondente pasta tempo. você terá uma sub-pasta para cada configuração local do tempo para o grupo. . Você será solicitado para um caminho para salvar o arquivo Grupo EnergyPlus. Depois que escolher "Grupo Simular" para iniciar as simulações.  Quando a execução de simulação é feito. Isso economiza todas as suas preferências facilitando a re-executar a simulação lote se você fizer alterações nos arquivos IDF.

e pode abrir o IDF em Openstudio e carregar o arquivo ESO. Você pode olhar para o html e arquivos de erro.Voltar ao topo Veja o resultado da simulação de lote    Você pode ver os resultados da simulação para cada simulação. Compare-PE é feito apenas para isso.exe". como você faria para uma única simulação. Ele está localizado sob a instalação EnergyPlus em "PostProcess \ EPComparar \ EP-Compare. . escolha "Gerenciar Arquivos" e escolha o diretório com as simulações que você deseja comparar. Quando você abri-lo. Há também algumas boas ferramentas que funcionam bem para a visualização de resultados de simulações de uma vez.

e "160" encontra-se no direito (20 passos de graduação). Uma vez que os arquivos são carregados. . a rotação do Norte de "0" está no lado esquerdo. Neste caso. Cada secção do gráfico é para uma das simulações. Era um edifício simétrico de modo que o conjunto de simulação não precisa passar por toda a 360 graus de rotação. você pode visualizar os dados em uma variedade de maneiras diferentes.

ResultsViewer irá mostrar-lhe uma imagem mais detalhada sobre momentos específicos do ano ou tempos ou momentos do dia. ResultsViewer é outro aplicativo para a visualização de resultados de simulação. "Ctrl" clique em cada valor que você quer e. Embora seja muito agradável para visualizar os detalhes de uma única simulação. também pode abrir vários arquivos de uma só vez do SQL. . clique direito e escolha "gráfico de linha". Então. se você usar a ferramenta de filtro que você pode cortar a sua lista de variáveis e escolher um de cada arquivo de simulação. o que foi solicitado. O gráfico abaixo mostra os resultados mensais. em seguida. juntamente com os valores de hora em hora nos arquivos IDF.

O gráfico abaixo mostra a taxa de resfriamento sensível para uma das zonas do perímetro primeiro piso. Você pode ver que há alguma . mas você também pode olhar para as zonas específicas. O gráfico acima olha para todo o edifício.

dependendo da orientação do edifício.cruz sobre na ordem de empilhamento das linhas. . dependendo da época do ano. Esta poderia ser uma boa ferramenta para informar o que dispositivos de sombreamento pode precisar olhar como em fachadas diferentes.

voltar e re-executar o grupo de simulação novamente. o Você pode querer mudar o projeto do edifício e. em seguida. Depois de ter concluído a sua simulação de lote e analisou os resultados espero que você ganhou informações para informar o seu processo de criação. . Ela também ajuda a validar os pressupostos sobre a eficiência de variações de design diferentes. ou em construções de envelope. dispositivos de sombreamento. o Esta é uma poderosa ferramenta que alavanca o trabalho já feito para criar o modelo de energia. Não poderia haver uma série de coisas que você poderia fazer ao lado de acompanhamento. então talvez você criar um grupo de nova simulação para estudar o percentual de vidros. o Se você está feliz que você abordou a orientação do edifício para o projeto.